O blog JIdiario agora é portal JInews.com.br, com muito mais interatividade e conteúdo atualizado a todo momento. Acesse e confira.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Edição 1.729: EDITORIAL - Içara, uma cidade insegura

Há cada dia que passa, os números comprovam que Içara está se tornando uma cidade insegura. São furtos e assaltos a mão armada que vem aterrorizando a população. Basta fazer uma re-trospectiva nos últimos meses, que os números falam por si só. Assaltos ao Banco Itáu e ao Giassi.com., (que ainda não foram reolvidos), a dois ônibus da Expresso Coletivo Içarense, em duas padarias, uma em Vila Nova e outra no Centro, a morte de um aposentado e mais o roubo de R$ 80 mil de uma comerciante, em Pedreiras, além do tráfico de drogas, que está correndo solto no município, entre outras ocorrências.
O que está acontecendo com a segurança em Içara, que está se transformando uma cidade sem lei? A resposta é com os órgãos competentes, que tem o poder de combater a violência.
Depois que foi lançado o Projeto de Combate a Criminalidade, em 2 de setembro, Camboriú, a cidade mais violenta de Santa Catarina, está há três semanas sem registro de homicídio, sendo que até agora foram computadas 31 mortes.
Içara precisa de uma medida, não paliativa, para resolver o problema, antes que a violência domine o munícipio. Ainda há tempo de colocar ordem na casa. É só querer!!!

2 comentários:

Unknown disse...

Içara uma cidade violenta???
Voce deveria morar no Rio de Janeiro para saber o que é uma cidade violenta, onde o medo predomina no rosto de cada individuo. Sempre ocorreram assaltos em Içara, sempre ocorreram homicidios em Içara, em todos os lugares onde ha uma concentraçao espacial de pessoas, uma sociedade, ha sempre os do bem e os do mau, obviamente com um pouco mais de intensidade onde o acumulo é maior. Mas veja bem, um municipio de 60 mil pessoas aproxiadamente, uma vez ou outra se ouve falar em assalto, em roubo e raramente em homicidio. Trafico de drogas? sempre existiu, o que se pode notar é que hoje ha uma certa rigidez da policia em desbancar essa organizaçao, entao como houve um crescimento na midia no municipio as informaçoes sao mais rapidas e precisas, diferente de antigamente, quando se ouvia meses apos pela boca do cumpadre ou da comadre. Volto a dizer, vivemos num paraiso, Içara é o municipio tranquilo para se viver, para se criar seus filhos. Tem que haver politicas governamentais para que o nivel de segurança cresça proporcional ao populacional, isso lhe dou toda razao.

Um forte abraço

Leitor

Unknown disse...

Concordo com a Luciana, em partes, claro.

Içara, se comparada a todos os outros municípios, é bem tranquila. Tão tranquila que o menor problema é, muitas vezes, tomado como se fosse algo catastrófico.

Entretanto, violência e insegurança são fatos sociais, presentes em qualquer parte de uma sociedade humana.

Logicamente, não devemos nos conformar, mas cobrar de quem é responsável pela Segurança Pública.

O assalto ao Banco Itaú, a meu ver, foi um caso isolado. Içara fica às margens da BR-101, rodovia federal pela qual passam milhares de pessoas diariamente vindas de todo canto do Brasil. É normal que apareçam quadrilhas especializadas em assaltos à bancos que atacam e depois pegam a estrada novamente, desaparecendo sem vestígios.

É isso... Abraço de um novo leitor!

Postar um comentário