O blog JIdiario agora é portal JInews.com.br, com muito mais interatividade e conteúdo atualizado a todo momento. Acesse e confira.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

CAPA: Edição2.019 - Içara, 30 de dezembro de 2010

Parabéns Içara!
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)


Parte de Içara ficará pronta em fevereiro
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)


Educação recebe mais três ônibus para frota escolar
(Alex Cichella/Jornal Içanrense)

EDITORIAL - Içara festeja 49 anos de crescimento

Está sendo programada uma grande festa para co-memorar o 49º aniversário de emancipação política de Içara nesta quinta-feira, 30 de dezembro. O ato de solenidade vai lembrar a data e também chamar a atenção para o Hospital São Donato, que por causa de diretores incompeten-tes, passa por dificuldades financeiras, e vai precisar de muitos abraços da co-munidade para sair do ver-melho e voltar a ter credibi-lidade desejada.
Se a classe política for mais séria e se espelhar nos políticos de outrora Içara vai crescer continuamente nos próximos 50 anos.

CHARGE

De bem com a VIDA com Jairo MARTINS


Sobras

O ser humano necessita viver o seu melhor. Para viver a plenitude é necessário colocar pra fora os valo-res, dar o seu melhor. Ninguém está disposto a receber o resto do seu tempo. Ninguém se interessa em, apenas ter lacunas preenchidas que são esquecidas da dimensão do tempo.
Nascemos para todo e, do todo extraímos o muito. Ninguém quer a sobra do tempo e, se estamos dispostos a dar as migalhas e os pedaços que restaram, parte de nós irá conviver com o resto também. Ou somos tudo e servimos ou somos enganados e nos contentamos com os farelos.
Não é bom que demos o resto do tempo, a sobra de alegria, o pouco da atenção, pois no esconderijo de nós mesmos está alojado tudo o que podemos fazer, tudo o que poderemos ser, tudo o que poderíamos dizer, mas tanto nós como os outro saciaram - se com as sobras. Deixamos de ser integralmente felizes por não ter coragem de encarar nossas plenitude. Temos receios ficamos com pés atrás e o que laçamos é um pedaço do que queríamos, testando o tempo e as pessoas em suas complexas interpretações. O resto de nosso valor é hipocrisia aos outros. Ser sábio é acrescentar o conteúdo do coração em prol da nobreza do espírito. Assim com não nos contentamos com as sobras dos outros nem com forçados favores, não sejamos nós os multiplica-dores desta visão nem dessa triste forma de viver a vida. Sejamos, acima de tu-do prestativos, com alegrias verdadeiras, com suportes visíveis, com pensamentos transparentes, pa-ra que não hajam enganos.
Não queremos conhecer a metade dos outros ou uma fração do mundo humano, mas servir a ser servidos do melhor. Nada é constituído em base passageiras ou na parcialidade das intenções. Crescem as pessoas que se expõem, que tem coragem de viver sua solidez. Os mesquinhos serão enganados pensarão estar nutridos mesmo estando sedentos de pão. O que será que es-tamos preferindo? Não somos sobras de nós mesmos, nem parte de que não vivemos mas o todo que construímos. A sobra e o resto é para quem não ama, aos outros, e consequente-mente, a si mesmo, logo não vive em paz. A sobra do amor é um troco frio e passageiro. O todo é um universo sem limites. Não há limites para ser feliz.

POLÍTICA - Prazo para justificar voto é prorrogado devido ao recesso

O cidadão que não regularizar a situação eleitoral fica impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público, entre outros serviços públicos.

(Arquivo/Jornal Içarense)

O eleitor que não votou e nem justificou a ausência no segundo turno das Eleições 2010, ocorrido no dia 31 de outubro, teria até esta quinta-feira, dia 30, para a-presentar Requerimento de Justificativa Eleitoral ao juiz da zona eleitoral onde está inscrito. Porém, devido ao recesso da Justiça Eleitoral de Santa Catarina, entre 20 de dezembro a 6 de janeiro, o prazo foi estendido até o dia 7 de janeiro.
Após esse prazo, o eleitor paga uma multa de cerca de R$ 3,50 para ficar quites com a Justiça Eleitoral. Quem não votou nem justificou em 3 de outubro, data do primeiro turno, teve até 2 de dezembro para regularizar a situação.
O eleitor que se encontrava no exterior no dia da eleição (primeiro ou segundo turno) tem até 30 dias após o retorno ao Brasil para se justificar perante ao juiz e-leitoral.
Antes de retornar do recesso, a Justiça Eleitoral fa-rá o atendimento ao público em alguns pólos, nos dias 5 e 6 de janeiro, de 2011 das 13h às 19h.
Os eleitores içarenses que precisam justificar a ausência no segundo turno, ou ob-ter qualquer informação sobre a situação eleitoral, podem fazê-lo no pólo de Cri-ciúma, que a-brange a zona eleitoral de Içara durante o plantão. A instituição fica na Avenida Getúlio Vargas, nº 361, no Palácio do Estado, Centro de Criciúma.
Para medidas judiciais urgentes, a Justiça Eleitoral de Santa Catarina disponibili-za os telefones (48) 9154-6982 e (48) 9154-6993.
Para obter o formulário de Requerimento de Justificativa Eleitoral, que é gratuito, basta que o eleitor se dirija a um dos postos de atendimento ou, ainda, imprima o documento nos sites do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dos tribunais regionais eleitorais (TREs) de ca-da estado.
Depois de preenchido, o formulário deve ser endereçado ao juiz da respectiva zona eleitoral.
Na justificativa o eleitor precisa informar: nome completo, data de nascimento, filiação, número do título e-leitoral, endereço atual e o motivo da ausência à votação. Deve ainda anexar ao formulário uma cópia de do-cumento oficial que comprove a identidade.
Se o requerimento for entregue com dados incorretos ou que não permitam a identificação, não será considerado válido.

COLUNISTA - Maso Nyetto,


“As 16 pessoas que formaram o grupo de oposição é que vão definir quem será candidato. Se, por acaso, encontrarem algum outro nome que agregue mais, poderá me substituir”. Encarregado da Secretaria de Obras, Márcio Realdo Toretti, candidato de oposição à Cooperaliança.

Içara
recebeu nesta quarta-feira (29) uma escavadeira hi-dráulica disponibilizada pelo governo Federal, através da emenda dos deputados federais, José Carlos Vieira (PR) e Claúdio Vignatti (PT). O ato oficial de entrega aconteceu com a presença do prefeito Gentil da Luz, no dia 20 deste mês em Florianópolis.
“Vamos fomentar a piscicultura de Içara realizando o trabalho de limpeza e criação de novos açudes. Nos-sa meta é revitalizar 101 açudes e criar mais 50, em homenagem ao aniversário de nossa cidade em 2011”, declarou o prefeito içarense.
Depois de 22 anos a cidade adquire uma nova esca-vadeira. No próximo ano serão iniciadas as inscrições para a realização dos trabalhos.
É importante ressaltar, que o presidente da Colônia de Pescadores Z-33, João Picollo, também se empenhou junto ao Vignatti pela aquisição da máquina.

Encerra o ano
mas a briga entre o presidente do PP, Arnaldo Lodetti Júnior, e os advogados Gabriel de Souza e Fabiano Castanhetti, responsáveis pelas ações contra Gentil Dory da Luz (PMDB) e José Zanolli (DEM), deve se estender por 2011 e até as eleições de 2012.

O ex-secretário
de Assistência Social e do Trabalho e Renda, A-dair Benjamin de Souza, o China, entrou em pé de guerra contra o ex-prefeito Gentil da Luz, que o de-mitiu do cargo sem mais delongas. Ele está buscando documentos pra detonar o peemedebista.Vem chumbo grosso por aí.

Comendo pó
é assim que está a comunidade que vive às margens da estrada que liga o Barracão à Sanga Fundo. Segundo Claudeni Ferreira, vice-presidente da associação de moradores do Barracão, há cerca de 20 dias a comu-nidade se reuniu junto ao Legislativo solicitando a instalação de lombadas e mais futuramente a pavimentação do restante do trecho. A promessa seria de que no período de 10 dias, as placas seriam colocadas, mas até agora nada. Claudeni diz que os moradores não aguentam as condições atuais e que pretendem tomar providências em breve. Para ele o ano acaba, mas a problemática continua. Não está descartada o fechamento da rodovia nos fins de semanas.


Frase
“Diga-me com quem andas, que eu te direi se vou contigo.” (Anônimo).

GERAL - Reveillon terá concurso de foguetório no Rincão

Virada do ano será abrilhantada com participação da comunidade no primeiro Concurso de Show Pirotécnico do Balneário Rincão; após missa, programação da noite terá atrações musicais

(Arquivo/Jornal Içarense)

Para celebrar o ano que passou e receber o que virá, as praias e balneários são destinos tradicionais.
Na região, o destaque fica com o Balneário Rincão que contará com uma novi-dade na virada de ano. Com promoção da Subpre-feitura, 2011 será iniciado com o primeiro Concurso de Show Pirotécnico do Balneário Rincão.
Conforme o coordenador de eventos do distrito, Clóvis Marcelino, a iniciativa prevê enriquecer a beleza da ocasião com a participação da comunidade. Segundo ele, moradores e em-presários locais já estão se organizando para o evento. Uma comissão julgado-ra ficará em um ponto alto para analisar os fogos e vencedor será aclamado com uma premiação.
As atrações, no entanto, iniciam cedo no Rincão. Às 20h, será realizada a Missa Campal, ministrada pelo Padre Eloir Bor-ges e o Bispo Jacinto Flach.
Para a celebração religiosa, os participantes poderão levar um lenço ou balão na cor branca para o ato simbólico. A missa será realizada na Arena do Rincão.
Em seguida a programação segue no início da madrugada com shows das bandas Lance e Jeito Moleque. Já no sábado, dia 1º, a arena de eventos do Rin-cão terá apresentações do conjunto Garotos de Ouro, de Teto Fernandes e a festa se encerra com a dupla Patrik e Giovane.

POLÍCIA - Para uma festa segura cuidado com o uso de fogos de artifício

Uso de explosivos requer atenção para evitar a ocorrência de acidentes; orientação principal é para comprar apenas artefatos legalizados e rede elétrica também demanda atenção.

(Arquivo/Jornal Içarense)

A alegria da virada de a-no pode se transformar em tragédia caso alguns cuidados não sejam aplicados. Segundo o misticismo, o barulho dos fogos de artifício, rojões e bombas serve para espantar as más e-nergias no ano vindouro. Mas, a presença já tradicional deste adereço requer atenção no manuseio.
O Corpo de Bombeiros de Içara orienta aos usuários dos fogos lerem e seguirem atentamente a forma de utilização expressa na embalagem dos explosivos.
Entre as dicas para evitar acidentes com artefatos, a principal é comprar apenas produtos testados, vendidos legalmente, que possuam embalagem com informações sobre o fabricante e as orientações de u-tilização. Os riscos diminuem também se o explosivo possuir base para encaixe. Dessa forma, ele po-de ser montado no chão, sem a necessidade de segurá-lo.
No momento da explosão dos fogos, as pessoas presentes devem manter distância de 30 a 50 me-tros. O artefato deve estar também longe de carros e residências. Lugares com grandes aglomerações devem ser evitados. A atenção deve ser redobrada se houver crianças no local, para que as mesmas não se aproximem ou manuseiem o artefato.
Caso os fogos não estourem não deve ser realizada uma segunda tentativa. Nestas situações, o artefato deve ser molhado para apagar o pavil. Se os fogos forem guardados em casa, devem ficar em um recinto seco e distante de acesso a fogo, como fogões ou fumantes.
A Cooperaliança informa que o uso inadequado dos fogos de artifícios corresponde à maioria dos casos de queda de energia nos balneários. Por isso, a direção da cooperativa ressalta que os artefatos não devem ser acendidos próximo à rede elétrica, em hipótese alguma. Em caso de acidente com a fiação o local deve ser isolado e os fi-os partidos não devem ser tocados. Os técnicos devem ser acionados através do fone: 0800-48 40 40.

VARIEDADES - Içara comemora 49 anos com festa em frente ao HSD

Com quase meio século de emancipação política, o município de Içara expandiu e fortaleceu a economia; e nesta quinta-feira os içarenses comemoram o aniversário de 49 anos da cidade.

(Arquivo/Jornal Içarense)

Mais do que uma festa de aniversário, a comemora-ção dos 49 anos de Içara, nesta quinta-feira, dia 30, terá uma motivação social. Isto por que as atividades serão realizadas junto ao Terceiro Abraço Simbólico ao Hospital São Donato.
A iniciativa, idealizada pelo prefeito Gentil Dory da Luz, tem como objetivo sensibilizar todos os seg-mentos da sociedade. “Só a união de forças poderá fa-zer a diferença. A partici-pação de todos é muito im-portante para atingirmos o objetivo principal: salvar o hospital”, enfatiza Gentil.
O evento acontece das 9h às 12h, em frente à insti-tuição. Os cidadãos içaren-ses estão convidados para a festa que contará com a formação de mesa com au-toridades; execução do Hi-no Nacional; apresenta-ções artísticas (teatro e dan-ça); ato ecumênico (benção à cidade e ao Hospital São Donato); parabéns e bolo comemorativo; lançamento da contagem regressiva do Relógio Içara Rumo aos 50 a-nos; ato simbólico (Abra-ço); e almoço beneficente (paella feita pelo Chef Mo-tta) no salão da Igreja Ma-triz de São Donato.
O município já prepara para 2011 a grande festa do cinquentanário. “É uma benção de Deus ser o prefe-ito no momento em que Içara se aproxima dos 50 anos. Nosso município cresce aceleradamente, por isso traçar metas, planejar este crescimento e melho-rar a qualidade de vida das pessoas é fundamen-tal”, declarou o prefeito Gentil Dory da Luz.

ESPORTE - Última vistoria pode liberar arenas para jogos

Foi realizada na tarde de ontem uma vistoria, juntamente com os responsáveis pela FME de Içara e os órgãoes de segurança do município, nas arenas das competições de verão no Rincão.

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

Com as adequações feitas nas arenas do Coroa Bom de Bola e do Praião, os jogos já podem ter o início neste primeiro domingo de 2011. Na tarde desta quarta-feira a equipe da Fundação Municipal de Esporte (FME) de Içara esteve junto com os órgãos responsáveis realizando uma vistoria no local.
Até o encerramento da edição a FME não foi encontrada para falar sobre o assunto.
Ainda, em relação as atividades de verão, nesta terça-feira, por menos do que a metade do valor de referência da licitação, a Liga Atlética Içarense (LAI) venceu a concorrência pela arbitragem dos campeonatos da FME em 2011. A proposta apresentada pela entidade ficou em R$ 34 mil, quase R$ 10 mil a menos do que a segunda colocada. Para a homologação, resta agora apenas o cumprimento de dois dias de prazo aos possíveis recursos das participantes: Liga A-tlética da Região Mineira (LARM), Liga Urussan-guense de Desportos (LUD) e Liga Esportiva Sul Catarinense (LESC).
Com a abertura dos orça-mentos realizada nesta terça-feira, o contrato deverá ser assinado já na segunda-feira, dia 3 de janeiro. E, os primeiros compromissos da LAI serão ainda, na mesma semana, com a abertura do Praião e a realização do Coroa Bom de Bola. Pela arbitragem as competições vão transcorrer normalmente. É esperado apenas a adaptação das estruturas às normas exigidas pelos órgãos de segurança.
Além dos jogos na beira da praia, o envolvimento da entidade com a FME terá um calendário maior do que o do verão. Pelo valor ofertado à Prefeitura Municipal de Içara para o serviço de arbitragem, a LAI também terá a responsabilidade de atuar em outras competições no mesmo ano. Entre os eventos que deverá participar está os joguinhos escolares, que ocorrem em junho.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

CAPA: Edição2.018 - Içara, 29 de dezembro de 2010

Caminhão bate em poste e deixa três bairros sem energia
(Daniela Soares/Jornal Içarense)


Darlan avisa que não vai aceitar pressão
(André Dal Ponte/Divulgação)


Custódio autoriza patrolar às ruas da Vila dos Pescadores
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

EDITORIAL - PMDB e PP devem se abraçar em 2012

Que a política é dinâmi-ca e todos sabem disso. E que a ideologia partidária não é mais uma das pri-oridades das siglas, os e-leitores estão percebendo nestas últimas eleições.
Uma prova disso foi a eleição da Câmara Munici-pal que contou com a u-nião entre PP e PMDB na vitoria de Darlan Biten-court Carpes.
Tirando os partidários mais antigos do MDB (PM-DB) e Arena (PP), onde a resistência é maior, as de-mais liderança das siglas já cogitam estarem juntas em 2012. E se isso ocorrer em Içara, no Balneário Rin-cão o namoro pode virar casamento também.

CHARGE

COLUNISTA - Elza de Mello


Nuances de Vidas em Crônicas (74)

Estamos em contagem regressiva para a chegada de um novo ano. E a cada novo ano abre-se um questiona-mento sobre os auspícios de um novo tempo, um novo ciclo marcado em nosso calendário, e vivido por cada indivíduo. Os números que marcam o ano são sempre interpretados em todas as culturas, desde os tempos mais remotos. Mesmo não sendo adeptos ao ocultismo, falar sobre as previsões recorrentes aos números é sem-pre fascinante. E como estamos saindo de 2010, que si-gnifica o sentido da totalidade, da conclusão para en-trar em 2011, vale a pena falar um pouquinho do que representa o número 11.
Sabemos que a interpretação do número é uma das mais antigas entre as ciências simbólicas. E, segundo São Martinho: “os números são os invólucros invisí-veis dos seres”. Nesse sentido, ele afirma que os núme-ros regulam não só a harmonia física e as leis vitais, es-paciais e temporais, mas também as relações com o princípio coeternos com a verdade. São então idéias, qualidades e não simplesmente quantidades. Ou seja. A geometria não se aplica às quantidades espaciais, mas à harmonia das formas; a astronomia não estuda somente as distâncias, os pesos ou as temperaturas, mas também os ritmos do universo. As próprias cri-aturas são números enquanto manifestações do Prin-cípio Uno.
Para falar do número onze, número que identifica o próximo ciclo dos 365 dias que viveremos, quero es-clarecer, de antemão, que não estou a falar de outros (11) que simbolizam signos ou siglas das sociedades atuais. Falo apenas do ano 2011.
O número onze é, particularmente, sagrado nas tra-dições esotéricas africanas, e está relacionado com os mistérios da fecundidade. Assim, conta-se o homem com nove aberturas e a mulher mãe com onze abertu-ras. Diz-se também que o esperma é capaz de levar até onze dias para a fecundação do óvulo materno. Nessa tradição, o 11 é tomado num sentido favorável que conduz à renovação dos ciclos vitais.
Em outras áreas culturais há uma contradição à cul-tura africana. Acrescentando-se a plenitude do número 10, que simboliza um ciclo completo, a dezena, o 11 é o signo do excesso, da desmesura, do transbordamento, seja de que espécie for. Este número anuncia um conflito virtual porque o excesso que ele significa pode ser considerado como o começo de uma renovação ou co-mo uma ruptura,uma deterioração do número dez, uma falha no universo. Assim, Agostinho fala de que o número 11 ´”é o brasão do pecado” pois a sua ação perturbadora pode ser concebida como um desdo-bramento hipertrófico e desequilibrado de um dos elementos constitutivos do universo (10): determi-nando a desordem, a doença, o erro.
De modo geral, este número é o da iniciativa indivi-dual mas, quando esta se exerce sem levar em conta a harmonia cósmica, tem um aspecto desfavorável. O onze é o símbolo da luta interior, da dissonância, da rebelião, do extravio, da transgressão da lei, do pecado humano, da revolta dos anjos. Assim, o número 11 que parece certamente ser uma chave da Divina Comédia, tira também seu simbolismo da conjunção dos números 5 e 6 que representam o microcosmos e o macrocosmos, ou seja, o Céu e a Terra.
Na cultura Bambara, o 11 é o símbolo de discussão e de conflito. A décima primeira etapa de sua gênese é a da rebelião do deus do ar Teliko contra a autoridade de Faro, deus da água, organizador do mundo.
Seja como for, vamos receber o ano 2011 cheios de energia e dando as boas vindas para que mais um ciclo se estenda com suas fases lunares, estações do ano e, sobretudo, com muita harmonia e fraternidade entre nossa terra e nossa gente.
Um abraço fraterno e um feliz Ano Novo a todos os içarenses, é o nosso desejo maior.

POLÍTICA - Presidente eleito da Câmara Darlan Carpes planeja ações

Recém-eleito presidente da Mesa Diretora do Legislativo Içarense, o vereador progressista Darlan Bitencourt Carpes está em fase de conversação com aliados e funcionário da Casa.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

O vereador Darlan Biten-court Carpes (PP) assume em 2011 o tão sonhado posto na Câmara Municipal de Içara.
A eleição da Mesa Diretora do Legislativo aconteceu na última quinta-feira, dia 23. Na ocasião, o progressista recebeu nove votos, sendo eleito presidente. Dos dez legisladores, a-penas Antônio de Mello (PMDB) foi contrário, votando em si mesmo.
“Não guardo rancor de ninguém. Mas, os que foram parceiros vou manter parceiros. Já os que não foram, terão tratamento diferenciado”, comenta o presidente eleito, em tom de desagrado à posição do peemedebista.

Primeiras ações
Entre as primeiras ações que pretende encaminhar no Legislativo em janeiro, está a união dos funcionários da Câmara. “Quero u-nir os funcionários que es-tão distantes dos vereadores e da Câmara. Mostrar a verdadeira importância dos efetivos”, observa.
A emancipação do Balneário Rincão e as conse-quências também preocupam o progressista. “Pretendo trabalhar muito em um planejamento pensando no futuro de Içara, através da formação de um conselho apolítico. Com as eleições no Balneário Rin-cão, o município vai perder receita e haverá a transferência de maquinário, entre outros recursos. É preciso que se faça um estudo para avaliar o impacto destas mudanças”, ressalta.

Apoio do prefeito
De acordo com Carpes, os apoios do prefeito Gentil da Luz (PMDB) e, posteriormente, do vereador Jurê Carlos Bortolon (PMDB), foram fundamentais. “Desde a eleição do Acirton, o prefeito era propenso à minha candidatura. Isto se deve à história de apoio mútuo. Trabalhei na campanha dele quando foi candidato à deputado estadual e o bairro que represento (Aurora) foi o local em que ele recebeu o maior número de votos. Além disso, já fui do PMDB. Fui expulso do partido. Mas, a expulsão, tanto minha quanto do Valmor Rosso, não foi do agrado do Gentil”, relata.
Carpes explica que, quando surgiu o interesse de Bortolon em presidir a Mesa do Legislativo, o prefeito precisou negociar dentro do PMDB para que não houvesse um “racha”, capaz de estremecer a relação do Executivo com a Câ-mara. Ele relata, ainda, que Bortolon tentou articular a eleição de Antônio de Mel-lo (PMDB) para presidente e de André Mazzuchello Jucoski, o Polakinho (PS-DB), para vice. Porém, o prefeito o convenceu de que Carpes era o mais indicado para o cargo. “Foi importante a participação de Gentil , Acirton Costa e Jurê Carlos Bortollon”, resume o presidente eleito

União PP e PMDB
O apoio do prefeito revela uma aproximação entre os dois partidos histórica-mente adversários em Içara. Para Carpes, não se duvida que haja uma união das siglas nas eleições municipais de 2012.
“A política é muito dinâmica. O PP e o PMDB são os dois partidos mais fortes de Içara e nunca foram aliados. Porém, conforme a atual conjuntura estadual e nacional, com uniões que nunca imaginávamos, é possível que aconteça o mesmo aqui no município. Assim como em cidades vizinhas, como Forquilhi-nha”, opina.

Pedidos dos aliados
O progressista mostra-se incomodado com as pressões dos aliados após eleito. “O começo de mandato é difícil, pois surgem pedidos e vaidades pessoais. Preciso conversar com todo o grupo que me apoiou e funcionários da Câmara Municipal de Içara para ver o que dá para fazer e o que não dá. Não posso ter atitudes que, futuramente, prejudiquem a Casa e a prestação de contas que deve ser feita no final do mandato. Se alguém ficar triste com alguma decisão, lamento. Mas, tenho que tentar não errar com a população. Tenho que pen-sar no coletivo. Não adianta me pressionar, não posso fazer milagre”, enfatiza o vereador progressista.

Sobre o presidente
Para Carpes, o atual presidente da Mesa, Acirton Costa (PMDB) fez um bom trabalho. “Ele deu abertura para que os vereadores trabalhassem junto. Creio que alcançou os propósitos. Ele sempre conversava com os vereadores para ga-rantir a aprovação dos projetos do Executivo. Tanto que a maioria deles foi a-provada, sendo apenas uns dois deles rejeitados”, destaca o novo presidente.

COLUNISTA - Maso Nyetto,


“Vou levar só o meu voto mesmo, mas está bom. Será uma eleição tranquila, pois já está tudo acertado. O Darlan, deve receber no mínimo sete votos”. Vereador Antônio de Mello (PMDB), antes da eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Içara, no dia 23.

Vereador Darlan Carpes (1)
sobre a nomeação do diretor da Câmara: “Não posso tomar nenhuma decisão sem antes conversar com os vereadores aliados. Isto é assunto para conversa de uma semana. Ainda é cedo para dizer. Quando eu assumir efetivamente a presidência, vou analisar quem será melhor para manter a unidade de Casa. Já convidei a assessora parlamentar do PP, Maricelda Casagrande, que é uma pessoa que conhece muito bem o trabalho da Câmara e devo muito a ela. Porém, ela preferiu continuar como assessora”, enfatizou.
Havia comentado neste espaço que possivelmente o diretor da Câmara poderia ser o ex-vereador Fran-cisco Hortêncio Motta (PP), o Teco, mas Carpes que isso nunca foi cogitado por ele. ”Não posso ser presi-dente que fique só com a caneta na mão e dizendo amém”, sobre as pressões dos aliados na Câmara.

O progressista (2)
disse que o Tribunal de Contas do Estado de San-ta Catarina fez uma audi-toria na Câmara Munici-pal de Içara, há a cerca de um mês, e deixou claro que a Casa deve fazer u-ma controladoria interna.
Carpes vai analisar junto ao comprador e financeiro da Câmara a melhor forma de fazer isso no próximo ano.

Gentil da Luz
já afirmou em mais de uma vez que não teria problema nenhum em coligar com o PP e que vai fazer tudo para formar u-ma coligação de consenso com todos os partidos de Içara. O PP, por sua vez, também é favorável, pois não tem, hoje, um candidato para encarar o Gentil nas urnas em 2012. Se tem, me digam o nome.

Nestor Backer
que é engenheiro ci-vil, está há dois meses, a pedido do Prefeito Gentil Da Luz, asses-sorando as Secretarias de Obras e de Planeja-mento, e também a Sub-prefeitura do Balneá-rio Rincão.
Backer já foi candi-dato a vice-prefeito de Içara pelo PPS, em coligação com o PT, que tinha como candidato à prefeito Ibanez Zanette, que já faleceu.
Ele já trabalhou na Prefeitura de Içara em outras gestões.

Já é hora
dos comerciantes do Balneário Rincão se orga-nizarem e criarem uma associação comercial. Tem que pensar grande.

Encerra
amanhã o prazo para o eleitor que não votou e nem justificou a ausência das urnas nas eleições de 31 de outubro de 2010.

GERAL - Após o Natal agora a troca de presentes movimenta comércio

Comércio tem atendimento intensificado com troca de presentes de Natal; lojistas são obrigados a trocar produto apenas se apresentar defeitos, segundo preconiza Código do Consumidor

(Daniela Soares/Jornal Içarense)

A roupa não serviu, o calçado é de outro número, a estampa não agradou, em situações como estas nem sempre vale a intenção. Por isso, após a festa natalina inicia as trocas de presentes.
Conforme o Código do Consumidor, a troca é obrigatória somente se o produto apresentar defeitos.
No entanto, vários estabelecimentos realizam o procedimento mediante a-presentação da nota fiscal e não violação da etiqueta em caso de vestuário. Para garantir a possibilidade de troca o Coordenador Executivo do Serviço do Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor, (PROCON), Giovani Martins da Silva, orienta a solicitação de um documento impresso. Segundo ele, somente uma garantia escrita obrigaria o lojista a realizar a troca, salvo em situações de vício do produto.
Para Martins é importante que o consumidor se informe sobre a pessoa a ser presenteada e pes-quise em vários estabelecimentos.
Nas compras efetivadas pela internet, telefone ou em domicílio, o consumidor tem sete dias após o re-cebimento do produto, pa-ra desistir do negócio. Para tal é necessário oficializar a decisão em carta registrada em cartório.

POLÍCIA - Motorista bate carreta em poste ao dar ré na Rodovia SC-444

Moradores do bairro Vila Nova e região litorânea ficaram sem energia elétrica por cerca de 40 minutos; trânsito registrou lentidão e outro veículo foi atingido pela fiação elétrica.

(Daniela Soares/Jornal Içarense)

Lentidão no tráfego, casas sem energia e um poste danificado, estes foram o resultado de um acidente na manhã de ontem. Por volta das 9h, a carreta Volvo 2380, placas AJO-4687, de Criciú-ma, colidiu contra um poste de energia elétrica no Km 9.800, da Rodovia SC-444, na localidade de Barreira, bairro de Içara.
O condutor do veículo, S.M.J., de 27 anos, teria dado ré, sem perceber a presença do poste. Outro veículo que estava transitando pelo local foi atingido pela fiação.
O bairro Vila Nova e a região litorânea tiveram o fornecimento de energia elétrica interrompido por cerca de 40 minutos, em razão do desligamento de dois ali-mentadores da Central da Cooperaliança.
Após o acidente, os técnicos da cooperativa estiveram no local providenciando as medidas provisórias. O engenheiro e-letricista, Ed-milson Mara-gno, estimou que até o fim da tarde o poste seria substituído.
Já na rodovia que liga os municípios de Forquilhinha e Nova Vene-za, um motorista veio a óbito ao perder o controle do veículo na madrugada desta terça-feira. L.L.S., 52, conduzia um caminhão de Nova Veneza que teria saído da pista e tombado. A vítima estava presa nas ferragens quando os socorristas chegaram ao local. Para retirar o corpo foi preciso realizar o desencar-ceramento.

VARIEDADES - Balconistas surpreendem clientes em clima de Natal

Simples iniciativas podem mudar o clima no ambiente de trabalho; as balconistas da padaria do Supermercado Giassi de Içara tiveram uma ideia para alegrar os clientes na época de Natal.

(Divulgaçao)


(Divulgaçao)

As balconistas da pada-ria do Supermercado Gias-si de Içara chamaram a atenção dos clientes que passaram pelo local du-rante a semana que antece-deu o Natal.
A ideia de usar o famoso gorro do Papai Noel foi das próprias funcionárias. “E-las vieram conversar co-nosco sobre o desejo de u-sar o adereço. Gostamos da ideia e incentivamos”, conta o gerente do super-mercado, Edson Pizzetti.
O objetivo das balconis-tas era passar à clientela a alegria do clima natalino. “Com os gorros, caracterís-ticos do Natal, elas traba-lharam muito mais motiva-das. Com isso, os clientes perceberam um ‘algo mais’ e comentaram o quanto e-las estavam bonitas e ani-madas”, ressalta Pizzetti.
Acessórios natalinos já foram usados por funcio-nários do supermercado em outros anos. Para o ge-rente, a iniciativa pro-porciona bem-estar no am-biente, tanto para os cola-boradores, quanto para os clientes.

ESPORTE - Três jogos movimentaram as areias do Suíço da Zona Sul

Teve continuidade na noite de ontem a segunda rodada do Suíço Noturno da Zona Sul, com a realização de três partidas nas areias do Balneário Rincão, que resultaram em oito gols.

(Divulgação)

Na noite desta terça-feira foram realizados três partidas válidas pela segunda rodada do Campeonato de Futebol Suíço Noturno da Zona Sul 2010/2011, realizada nas arenas da Zona Sul do Balneário Rincão, em Içara.
Na segunda-feira, dia 27, na abertura da segunda rodada o Restaurantes Haras venceu o Tela Gatos por 3 a 1 enquanto o RR Auto-center não passou de um empate em 1 a 1 com a Cre-disa.
Ontem, dando continuidade da rodada a Equilíbrio Balanças venceu por 2 a 0 a equipes da Emprei-teira Massiroli. Na sequên-cia, Real Amigos e Posto Barp empataram em 2 a 2. E finalizando os jogos da noite o Abimar Supermercados não teve dificuldades para ganhar do Pierini Forros, por 2 a 0.
De acordo com a comissão organizadora já foram marcados 48 gols em 15 jogos, com uma média de três gols por partida.
Por ser a única competição a ser realizada na orla do Balneário Rincão, o número de espectadores está acima do esperado, segundo avaliação de Altair Salvador (Kuquy), organiza-dor do evento.
“A competição está saindo de acordo com planejado, as equipes estão mostrando um bom desempenho como pode ser visto no número de gols em duas rodadas disputadas até aqui”, comentou.
A primeira fase da competição está marcada para encerrar no dia 18 de janeiro, quando se classificam 16 equipes, que, seguindo a tabela, jogam no esquema de mata-mata.

DISTRITO - Malha viária segue em obras de manutenção no Rincão

Máquinas e equipes de trabalhadores da subprefeitura dão seguimento aos serviços de manutenção das vias no Balneário Rincão; obras estão concentradas em dois pontos do Distrito.

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

Para receber os veranistas e melhorar a qualidade de vida da comunidade, se-guem as obras de manutenção na malha viária do Distrito Balneário Rincão.
Esta semana os trabalhos são intensificados na Rua Orleans, região central, onde as lajotas estão sendo retiradas e recolo-cadas para acabar com as ondulações.
“O trabalho já está em fase final”, enfatizou o sub-prefeito do Balneário Rin-cão, Jairo Custódio, acrescentando que para a realização da obra, a rua está parcialmente interditada.
Além da localidade, as Ruas Minas Gerais, Laguna e Lauro Muller e as Avenidas Leoberto Leal e Val-demar Carlos Petrini também receberam o mesmo serviço de manutenção.
Na manhã desta terça-feira, dia 28, foi realizada a abertura, patrolamento e colocação de saibro nas ruas da Vila dos Pescadores, Zona Sul.
Máquinas e caminhões estão trabalhando em regime de mutirão para fazer a manutenção das vias.
“Estamos obedecendo um crono-grama de manutenção de todas as ruas sem pavimentação no Balneário Rincão. Os trabalhos seguem na região e devem ser concluídos na quinta-feira, dia 30”, destacou o encarregado de obras da subpre-feitura, Airton Ferreira.
Foram revitalizados ma-is de dois mil metrôs de vias e os trabalhos na comunidade continuarão até o fim da semana. Pedreiras será o próximo bairro beneficiado, conforme cronograma.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

CAPA: Edição2.017 - Içara, 28 de dezembro de 2010

Moradores do Rincão pedem prisão de ladrão
(Daniela Soares/Jornal Içarense)


Tucanos devem eleger diretório em janeiro/2011
(Arquivo/Jornal Içarense)


Ciclista gaúchojá percoreu mais de 3 mil cidades
(Alex Cichella/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Palavra dada não se volta atrás

A eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Içara ocorreu dentro da tranquilidade no dia 23 de dezembro. Mas até então, ocorreram muitas reuniões, acertos e promessas para que o vereador Darlan Bitencourt Carpes (PP) fosse eleito. Agora, se foi do-cumento assinado ou a-cordo verbal só os vereadores é quem pode dizer.
O certo é que Carpes foi eleito por nove votos, menos com o do Antônio de Mello (PMDB), até o Diego Vitorassi (PDT) votou no progressista. Carpes, que se elegeu por três partidos diferentes (PFL-PMDB-PP), assume no dia 1º de janeiro e até lá deverá definir o cargo de diretor da Câmara, que está sendo disputado a peso de ouro.

CHARGE

De olhovivo na Saúde

Sete passos para fugir de
problemas nas mamas


O câncer de mama mata 11 mil mulhe-res por ano no Bra-sil, segundo o Insti-tuto Nacional do Câncer. A fim de di-minuir a incidência de câncer de mama no Brasil, o Inca ela-borou sete recomen-dações de preven-ção e detecção pre-coce da doença. En-tre elas, a realização de mamografia a ca-da dois anos, para mulheres entre cinquenta e sessenta anos.
Também é recomendado pelo Inca a atenção aos primeiros sintomas da doença. Segundo o instituto , as mulheres devem ficar atentas principalmente com nódulo da mama, alteração da pele e do tamanho da mama. Alterações no mamilo, ou uma saída de secre-ção também são sinais de alerta, além do carocinho debaixo do braço. Execesso de peso e consumo exa-gerado de bebida alcóolica também são fatores que contribuem para o surgimento da doença.
Como são as mamas:
As mamas (ou seios) são glândulas e a função prin-cipal é a produção de leite. Elas são compostas de lo-bos que se dividem em porções menores, os lóbulos, e ductos, que conduzem o leite produzido para fora pelo mamilo. Como todos os outros órgãos do corpo huma-no, também se encontram nas mamas vasos sanguí-neos, que irrigam a mama de sangue, e os vasos linfá-ticos, por onde circula a linfa, que é um líquido claro que tem uma função semelhante ao sangue de carregar nutrientes para as diversas partes do corpo e recolher as substâncias indesejáveis. Os vasos linfáticos se a-grupam no que chamamos de gânglios linfáticos, ou ínguas. Os vasos linfáticos das mamas drenam para gânglios nas axilas (em baixo dos braços) na região do pescoço e no tórax.
Os tipos de câncer de mama:
O câncer de mama ocorre quando as células deste órgão passam a se dividir e se reproduzir muito rápido e de forma desordenada. A maioria dos cânceres de mama acomete as células dos ductos das mamas. Por isso, o câncer de mama mais comum se chama Carci-noma Ductal. Ele pode ser in situ, quando não passa das primeiras camadas de célula destes ductos, ou invasor, quando invade os tecidos em volta.
Os cânceres que começam nos lóbulos da mama são chamados de Carcinoma Lobular e são menos co-muns que o primeiro. Este tipo de câncer muito freqüen-temente acomete as duas mamas. O Carcinoma Infla-matório de mama é um câncer mais raro e normalmente se apresenta de forma agressiva, comprometendo toda a mama, deixando-a vermelha, inchada e quente.
Fatores de risco para o câncer de mama:
O câncer de mama, como muitos dos cânceres, tem fatores de risco conhecidos. Alguns destes fatores são modificáveis, ou seja, pode-se alterar a exposição que uma pessoa tem a este determinado fator, diminuindo a sua chance de desenvolver este câncer.
Existem também os fatores de proteção. Estes são fatores que, se a pessoa está exposta, a sua chance de desenvolver este câncer é menor.
É importante que regularmente as mulheres procu-rem um médico especialista ou a Rede Feminina de Combate ao Câncer.

POLÍTICA - Tucanos de Içara têm eleições em janeiro

Há dois anos como presidente provisório do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) de Içara, Paulo Roberto Brígido programa a realização de uma eleição em meados de janeiro.

(Arquivo/Jornal Içarense)

O atual presidente da comissão provisória do PSDB de Içara, Paulo Ro-berto Brígido, foi escolhido pelo diretório tucano, em 2008, para substituir provisoriamente o ex-presidente Silvio Viana, afastado por desentendimentos com o PP, coligado à sigla nas últimas eleições municipais.
“Fui convocado para u-nir o partido. Eles queriam que o presidente conciliasse as duas partes envolvidas no processo”, explica Brígido.
Passados dois anos comandados por Brígido, os tucanos içarenses devem eleger a nova cúpula em meados de janeiro. “Depois das festividades de final de ano, provavelmente após o dia 15 de janeiro, vamos nos reunir para eleger o grupo permanente. Cada um vai apontar cinco nomes que formarão o Dire-tório que, por sua vez, formará a Executiva”, esclarece o presidente interino.
Sobre a intenção de can-didatar-se à presidência do partido, Brígido destaca que só pensa na possibilidade de evitar disputa. “Vou me candidatar apenas se houver disputa, com ameaça de racha. Caso ha-ja um outro nome de consenso, não serei candidato, deixo o espaço livre”, comenta.
O atual presidente destaca que há pessoas dispostas a disputar o cargo de prefeito municipal pela sigla, nas eleições de 2012. Mas, não quis revelar os nomes. “Temos três nomes bem bons. Porém, deixo para revelar mais a diante. O pior deles é o meu”, brinca o tucano.
Brígido diz estar satisfeito com as vitórias conquistadas pela sigla nestes dois anos. “O partido está bastante sólido. Estou satisfeito, pois acredito que a minha parte foi feita. Desde que assumi, já tivemos a vitória do vereador André Mazzu-chello Jucoski, o Polakinho; e do deputado estadual A-dilor Guglielmi, o Dóia. Então, estamos tendo bastante êxito”, observa. Outro fato que deixou a cúpula tucana contente foi a recente eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Içara, tendo sido eleito o vereador Po-lakinho como vice-presidente. “Tivemos êxito agora, na eleição da Câmara pela vitória do Polakinho. Através de um acordo feito entre os legisladores, ele vai assumir a presidência da Casa no segundo ano, em 2012”, comemora o tucano.

COLUNISTA - Maso Nyetto,


“O que o prefeito mandar, eu vou fazer. Ele é a pessoa mais indicada para dizer quem deve assumir a presidência, pois, tem um plano para o município ”. Vereador Jurê Bortolon (PMDB), tentanto justificar o voto para presidência da Câmara, antes de se reunir com Gentil da Luz, e definir voto favorável ao progressista Darlan Bitencourt Carpes

Já estamos chegando no fim do ano
e a auditoria das contas do ex-prefeito Heitor Val-vassori (PP) não foram encerradas, depois de dois anos de disse-que disse. O PMDB alega que herdou uma dívida de R$ 21 milhões enquanto os progres-sistas juram de pés juntos e dizem provar que o valor é de R$ 5 milhões.
O circo foi armado e houve muitos ataques entre as partes, mas uma coisa é certa. Não se sabe quem está faltando com a verdade, pois a documentação está passando pela avaliação do Ministério Público, que volta de férias somente em 6 de janeiro de 2011.

Agora
a expectativa é quem vai ser o diretor da Câmara de Vereadores de Içara. Darlan Bitencourt Car-pes afirmou que ainda não tem um nome definido e que isso vai ser discutido numa reunião que vai ter com os vereadores que votaram nele, entre eles Acirton Costa (PM-DB) e Joaci Domingos Pereira, o Boca (PP).
Pra que tanto mistério?

Diego Vitorassi
que não tem assistente por ter sido contrário ao projeto na contratação em 2009, votou em Carpes.
Será que ele vai continuar sem assistente?.
Acirton Costa já havia falado anteriormente que Vitorassi pode ter um assessor sim, desde que vá a imprensa e diga que errou em votar contra e que quer um assistente. Agora, depende do aval do Carpes.

Vereador Antônio de Mello (PMDB)
manteve a palavra e votou nele, enquanto os vereadores da bancada dele (Acirton Costa e Jurê Bortolon) votaram em Darlan Carpes, acompanhados de Neusi Berto Silveira (DEM), que faz parte da coligação “Por Uma Içara Mais Humana”.
Mello, por outro lado, poderá assumir a Secretaria de Educação. O convite já foi feito pelo Prefeito Gentil Dory da Luz, que também estendeu o convite ao presidente da Câmara Municipal Acirton Costa, para ocupar a vaga de Laudo Calegari na Secretaria de Saúde, que vai tratar de assuntos particulares. Costa deixa a presidência da Mesa Diretora da Câmara no dia 31, e para assumir o cargo vai ter que se licenciar da Sical, pois a Secretaria de Saúde requer mais tempo.

A violência
está correndo solta em Içara e vai encerrar o ano com os ladrões a solta.
Somente na semana passada foram cinco assaltos a mão armada no município.

Há muito tempo
tenho informação de que alguns assessores de bancadas e assistentes rateiam dinheiro com os vereadores. Não tenho provas, portanto não vou citar nomes, mas vou ficar de olhovivo.

Frase
“A calúnia e a injúria são as armas prediletas dos ignorantes”. (Aurore Dupin - escritora francesa).

GERAL - Comunidade mobilizada em prol da segurança no Rincão

Furtos e ameaças levaram moradores da Rua Jaguaruna, no Distrito Balneário Rincão, a buscar providência de segurança e a Polícia Civil deve iniciar hoje Operação Veraneio apesar de dificuldades.

(Daniela Soares/Jornal Içarense)

A Delegacia de Polícia Civil do Distrito Balneário Rincão, muitas vezes vazia, foi tomada na tarde de ontem por residentes da Rua Jaguaruna, área central.
Mais do que cobrar agilidade no trabalho policial, os descontentes se uniram para prestar apoio à guarnição. O encontro teve como pauta principal, a denúncia dos moradores de que um ex-presidiário estaria realizando diversos furtos.
Além do prejuízo material, os presentes relataram insegurança até mesmo na hora de dormir. Eles disseram ainda que o rapaz estaria proferindo ameaças de morte. “Nós estamos a-qui para dizer que entendemos e condição da polícia e estamos dispostos a ajudar no que for preciso” considera Luis Monteiro, que veraneia no Rincão.
O delegado Fernando de Fáveri explicou que precisa de provas concretas para solicitar um mandado judicial. “As pessoas comentam. Mas, o policial não pode simplesmente invadir a casa do suposto autor dos furtos”, salienta.Ele relatou que existem dois inquéritos envolvendo o jovem, um já está sob análise do Judiciário e o segundo se encontra em fase de conclusão. “Todos os moradores serão chamados para prestar depoimento e tentaremos resolver a situação o mais breve”, disse.
O único agente policial atuante no Rincão, aponta que a maior dificuldade é a falta de colaboração da comunidade. Segundo ele, as pessoas têm hábito de comprar os objetos furtados, o que se enquadra no crime de receptação. O agente revelou ainda que o Judiciário estaria desconsideran-do os furtos com valor financeiro inferior a R$ 300. Como medida efetiva deverá iniciar hoje a atuação da Polícia Civil na Operação Veraneio. Está previsto o deslocamento do delegado Márcio Campos Neves, que atua na Delegacia Especializada de Criciúma, para o Rincão juntamente com dois agentes e um escrivão. No entanto, a ação pode sofrer atraso, já que o repasse das diárias policiais ainda não foi enviado.
A respeito da operação e da segurança, o major Clé-ber Padilha, disse que a Po-lícia Militar tem estado presente com cerca de 30 militares no local. Sobre a denúncia dos moradores, ele alega ser um caso isolado e considera que recai sob o comando civil investigar e buscar um desfecho.

POLÍCIA - Acidentes de trânsito marcam feriado natalino

Fim de semana tem forte incidência de acidentes de trânsito no município; dentre as ocorrência um motociclista sofreu fratura exposta na clavícula após perder controle do veículo e cair.

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

Feriado natalino, festas e bebidas alcoólicas são os componentes que resultaram em mais de dez acidentes em Içara no último fim de semana. Somente na Rodovia SC-444, foram sete ocorrência registra-das. A maioria dos acidentes foi ocasionada pela proximidade de veículos no fluxo de ida e retorno do Distrito Balneário Rincão.
Conforme as informaçõ-es repassadas pelo Corpo de Bombeiros, grande parte dos acidentes com vítimas envolvia motocicletas. Somente no domingo, dia 26, foram três acidentes com vítimas sob duas rodas. Por volta das 14h-50min, um motociclista de 32 anos colidiu com uma Pagero, na SC-444, no bairro Vila Nova. Segundo o soldado João Luíz, o homem sofreu escoriações pelo corpo.
Já às 18h, um casal foi encaminhado ao a-tendimento médico após se envolver em acidente em frente ao Bali Hai, no Rincão. O condutor, F.T.P., 49, e a caroneira S.S., 19, tiveram ferimentos nos braços e pernas e foram levados ao Hospital São Donato.
Na mesma localidade, por volta das 22h48min, um motociclista teve fratura exposta na clavícula esquerda e fratura também na perna direita. De acordo com o soldado, B.S.R., 22 anos, teria perdido o controle do veículo, vindo a cair na via. Também em um acidente, uma mulher de 32 anos teve que ser conduzida ao Hospital São José, em Criciúma, na manhã de ontem, após ter caído da motocicleta na localidade de São João, na divisa entre Içara e Criciúma. Ela foi socorrida primeiramente pelos bombeiros, com suspeita de fratura na perna esquerda.

VARIEDADES - Ciclista aventureiro cumpre trajeto em Içara

Içara integrou, na última semana, as mais de três mil cidades visitadas por Luis Carlos Ro-drigues, de 53 anos; que há nove anos o homem atravessa as estradas do país em sua bicicleta.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

Uma coletânea de registros, transformados em ma-térias jornalísticas, é tudo que o ciclista Luis Carlos Rodrigues, de 53 anos, carrega em sua bicicleta.
Há nove anos o aventureiro escolheu a estrada co-mo moradia, junto à com-panheira de duas rodas, carinhosamente batizada de Daniela.
Viúvo por duas vezes, Rodrigues desafiou a solidão partindo da cidade na-tal, Canoas, no Rio Grande do Sul, com destino a O-iapoque, no Amapá, em 2001. Desde então, ele cruzou todos os estados brasileiros, totalizando mais de três mil cidades e oito países da América Latina.
Na última semana, os caminhos do ciclista chegaram a Içara. E ele ressalta que “não está passando, mas, sim, conhecendo” o município. Mais do que o doce do mel ou a beleza do Balneário Rincão, para Ro-drigues, o marcante foram as amizades conquistadas. “São todos atenciosos e muito receptivos”, observa o viajante gaúcho.
Rodrigues permaneceu um tempo no centro da cidade e, em seguida, dirigiu-se para o balneário.
Ele explica que permanece de dois a três dias em cada município, o que seria o suficiente para absorver os costumes locais. “Is-so tudo não tem preço. Em cada lugar que passo faço amigos e aprendo. Saio enriquecido culturalmente”, comenta.
Em alguns locais, Rodri-gues recebe apoio de prefeituras, mas conta essencialmente com a solidariedade de comerciantes e comunidade, que se solidarizam com sua trajetória.
Em meio a uma rotina incerta, o próximo ano inicia com dois compromissos considerados vitoriosos.
No dia 6 de janeiro, ele estará em Jaraguá do Sul, lançando o primeiro livro, inti-tulado Recordações de um sonho realizado, com autoria de Inácio Carneiro.
Já no dia 10, ele será atração confirmada no programa Domingão do Faustão, da Rede Globo.
Após a aparição em cenário nacional, o ciclista inicia uma nova empreitada pela Cordilheira dos Andes, com passagem por Peru, Colômbia, E-quador e outros países.
Como sonho realizado, Luis considera ter atravessado o Brasil de ponta a ponta. Mas, para ele não é suficiente.
“De todos os países que passei, o nosso é o mais lindo. Tem muitas cidades escondidas esperando para serem reveladas”, diz que o ciclista, a-crescentando que tem co-mo ideal de vida nunca parar de pedalar.

ESPORTE - Coroa e Praião B podem começar no domingo

Depois de serem cancelados as competições por apresentar problemas nas arenas da orla do Balneário Rincão, a coordenação da FME de Içara confirma que os jogos devem iniciar no domingo.

(Divulgação)

Os Campeonatos do Coroa Bom de Bola e do Praião B, que ainda estão paralisados devido a uma limi-nar da justiça podem estar próximo do andamento.
As competições têm grandes chances de começar já no próximo final de semana, depois das comemorações de virada de ano.
Os problemas levantados pela Polícia Militar nas arenas à beira do mar seriam a colocação de uma corda de isolamento com o afastamento em quase 1,5 metros da rede que já cercava os campos. Além disso, será preciso apresentar um laudo de engenheiro e-létrico para a liberação das cabines de imprensa.E seguranças deveriam ser con-tratados para cada partida.
No caso do Praião, a Fun-dação Municipal de Esportes (FME) terá que ampliar a proteção traseira das arquibancadas, além de facilitar a entrada e a saída dos torcedores do local. Se esta estrutura não passar por u-ma nova vistoria já para a próxima semana, a solução imediata será o isolamento parcial até que fique de acordo com as recomendações dos órgãos de segurança pública.
Segundo o presidente da Fundação Municipal de Esportes de Içara, Flávio Felisberto, os campos em que serão realizados os campeonatos já estão se a-dequando conforme as medidas de segurança impostas pelo Corpo de Bombeiros e pela Polícia Militar, com acompanhamento do Ministério Público.
“A parte estrutural já es-tá praticamente pronta, es-tamos aguardando apenas o laudo do engenheiro elétrico para encaminharmos à juíza do Fórum de Içara”, ressaltou Felisberto.
O presidente conta que as, as medidas devem estar solucionadas até essa quarta-feira dia 28, e se tu-do der certo, o Coroa Bom de Bola começará já no domingo, dia 2.
As equipes participantes dos campeonatos que utilizam as duas arenas na orla do Balneário Rincão, estão aguardando o desenrolar do problema para dar o pontapé inicial nas partidas de abertura das duas competições, que já são tra-diçoes e fazem parte do calendário esportivo do Distrito Balneário Rindão há muitos anos.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

CAPA: Edição2.0116 - Içara, 24/25 de dezembro de 2010

Darlan Bitencourt Carpes é eleito presidente da Câmara
(Bruna Borges/Jornal Içarense)


Moradores de Pedreiras se mobilizam contra valor de passagem
(Daniela Soares/Jornal Içarense)


PMRv deflagra Operação Ntal nas rodovias de SC
(Alex Cichella/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Qual é o real sentido do Natal

O Natal pode ser visto de várias maneiras... momen-to de presentes, de ceia com vinho e peru, de oração, de piscas e enfeites nas facha-das das casas e dos prédi-os e mais outras coisas.
Mas, infelizmente o que é mais importante para se lembrar é esquecido: o real sentido do Natal. O pior é que muitos não sabem nem ao menos o que é o Natal.
Será que você, leitor, poderia explicar o motivo de tanta festa.
O Natal é o nascimento de Jesus Cristo e não de compras e mais compras.
Ele é o amigo-secreto de todos os momentos que es-pera um único presente das pessoas: Paz e Amor, nada mais do que isso. Feliz Natal à todos!!!!!

CHARGE

De bem com a VIDA com Jairo MARTINS

Os “porquês”
da vida


Precisamos de respos-tas. O porquê dos fatos, dos acontecimentos das decisões, dos comportamentos. De onde vem as respostas? Por vezes mer-gulhamos nas dúvidas e nelas agimos como se não houvessem dificuldades.
Questionamos pessoas e quando somos questionados não sabemos, por-quê. Vamos andar nos ca-minhos concretos.
Conhecer a nós mesmos e ter uma direção para on-de ir. Não ficar a mercê de ventos que levam para qualquer lado onde não achamos nenhuma solução.
Corremos sem objetivos e quan-do chega-mos, nos questionamos se era isto mesmo que queríamos, vamos dar um basta na impotência.
Censurar as meias ver-dades que escravizam nossos atos e nos levam ao universo das indecisõ-es. Buscar a razão da vida para viver demasiadamente tranqüilo. Os por-quês estão escondidos em nossa capacidade de mer-gulhar nos objetivos. Encontraremos as respostas de todas as incompreen-ções quando estivermos dispostos a ir a fundo no interior dos nossos pro-pósitos. Quem sabe não as encontraremos, porém lutaremos. Quem sabe o tempo virá e as alternativas se tornem obscuras, porém o ímpeto das descobertas nos levará ao consenso do que é valoroso e nobre: descobrir um gigante dentro de nós, disposto a quebrar barreiras para buscar um real sentido de ser feliz. Somos muito mais do que pensamos.
Guardamos dentro de nós, disposto a quebrar barreiras para buscar um real sentido de ser feliz. Somos muito mais do que pensamos. Guardamos em nós a energia do mundo real, basta que queiramos conquistar.
Apesar de viver em um mundo de dúvidas, de porquês e das pergun-tas, somo diferentes, a medida em que pensamos diferentes, uns adormecem com suas incógnitas, outros vivem mais por estarem estimulados a crescer com as experiências. As respostas para nossas perguntas es-tão diretamente relacionadas a nossa vontade de querer e realizar. Vamos entender a lógica do existir e estimular nossa mente a pensar que não somos he-rois, mas seres humanos cientes do que são, conscientes da trajetória, felizes por suas respostas vivos por seus questionamentos.
Viva!!! Em tempo.

POLÍTICA - Darlan Carpes (PP) é eleito presidente da Câmara

A eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Içara aconteceu na noite desta quinta-feira, dia 23; e o vereador progressista Darlan Carpes (PP) foi eleito presidente com nove votos.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

Em uma eleição tranqui-la e sem surpresas, os vereadores de Içara elegeram a nova Mesa Diretora do Le-gislativo, na noite desta quinta-feira, dia 23.
O vereador progressista Darlan Bitencourt Carpes, que está no terceiro mandato, foi eleito presidente com nove votos. A Mesa Diretora ainda ficou composta pelo primeiro vice-presidente André Mazzu-chello Jucoski, o Polakinho (PSDB), que recebeu oito votos; segundo vice-presidente Osmar Manoel dos Santos, o Marzinho (PP), com também oito votos; primeiro secretário Acirton Costa (PMDB), com seis votos; e segundo secretário Joacir Domingos Pereira, o Boca (PP), com oito votos.
“Fui por três vezes vice-presidente. Estou muito feliz pela conquista. Meu ob-jetivo é fazer diferente. Quero trazer os vereadores para perto. Promover uma melhor união dentro da Câmara”, declarou o presidente eleito.
Carpes agradeceu ao vereador Jurê Carlos Bortolon (PMDB), por ter ajudado nas articulações. “Tenho uma amizade muito grande com o Jurê. Devo muito a ele pela conquista, pois fez as articulações necessárias para que eu recebesse um maior número de vo-tos”, ressaltou.
Após nomear a nova Me-sa, o atual presidente do Legislativo, Acirton Costa (PMDB), também prestou agradecimentos. “Encerro o mandato no dia 31 de dezembro. Foi uma satisfação presidir a Câmara, aprendi muito. Agradeço aos vereadores e funcionários da Casa. Desejo que a nova Mesa Diretora continue o trabalho com transparência e honestidade e que possa se empenhar cada vez mais”, enfatizou.
Darlan Bitencourt Car-pes nasceu no Bairro Aurora, em Içara. Na vida pública, está no terceiro mandato de vereador, tendo si-do reeleito com 1.225 votos em 2008. É autor da emenda que criou a Medalha do Mérito Desportivo.

COLUNISTA - Maso Nyetto,


“Estamos conversando, é prematuro falar alguma coisa. Já me prometeram votos, mas é uma loteria. Se eu mexer em alguma pe-ça, posso estragar tudo”. Frase do vereador Darlan Bitencourt Carpes, na edição de quinta-feira, antes de ser escolhido presidente da Mesa Diretora da Câmara de Içara, com nove votos.

Carolina Cizeski
proprietária da Lacarô Lingerie, localizada na Rodovia SC-444, no bairro Jardim Elizabete, em Içara, teve as vendas prejudicadas nesta quinta-feira, dia 23. Segundo ela, uma equipe de obras tomou a frente do estabelecimento desde o início da manhã até o fim da tarde. O estacionamento ficou ocupado com as máquinas e a loja teve que ser fechada em determinado momento em razão da invasão da poeira. Ela teria sido informada de que o trabalho seria breve, mas acabou acontecendo o contrário. A empresária ressalta que a data representaria lucro com a proximidade do Natal, mas acabou em dor de cabeça.

O Prefeito Gentil da Luz
afirmou que Darlan Carpes,que é vereador de terceiro mandato e tem como vice o Polakinho do PSDB, tem tudo para fazer um bom trabalho na Câmara de Içara. “Esperamos continuar recebendo apoio do Legislativo em favor de projetos para Içara nos próximos dois anos como ocorreu no mandato de Acirton Costa”, comentou. Ele afirmou também que o vereador Jurê Bortolon abriu mão da candidatura e foi a favor do consenso a favor de Carpes e Jucoski”, ressaltou o chefe do Executivo, que na quarta-feira esteve ereunido um bom tempo com Costa e Bortolon, fora do Paço Municipal.
Sobre Sandro Serafim: “Temos até o Natal para de-finir um candidato de consenso para as eleições da Cooperaliança . Vou seguir a orientação do partido e gostaria que o Sandro estivesse comigo”.
PAC 2: O prefeito disse que recebeu uma ligação nesta quinta-feira do Secretário Nacional de Saneamento, Leodegar Tiscoski, e do Ministério da Cidade, de que Içara foi contemplada com mais R$ 50 milhões de recursos. Ele viaja na terça-feira para Brasília para assinar os convênios.
Secretários: “Convidei os vereadores Antônio de Mello e Acirton Costa para assumirem, respectivamente, as Secretarias de Educação e de Saúde. Vanusa Sa-vi Mondo responde interinamente na Educação enquanto Laudelino Calegari me pediu para sair para tratar de assuntos particulares.

O advogado Paulo Borges
esposa da professora Geovana dos Santos, entrou em contato com a coluna para dizer que ela pediu para sair do cargo e que não foi exonerada pelo Prefeito Gentil Dory da Luz. “Ela não foi pedir emprego, foi o Gentil que ofereceu o cargo na Educação . Já deveria ter saido há mais tempo”, disse.

Frase
“Homem é como vassoura: sem o pau não serve pra nada.” (Anônimo)

GERAL - Comunidade de Pedreiras reivindica transporte acessível

Motoristas foram surpreendidos na tarde de ontem por protesto na Rodovia SC-444, comunidade de Pedreiras pede retorno de tarifa de transporte diferenciado para alocalidade.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

Por um transporte mais acessível às condições econômicas, membros da comunidade de Pedreiras no Distrito Balneário Rincão se reuniram em manifestação tarde de ontem na SC-444. Por cerca de 20 minutos o tráfego foi interrompido na rodovia, próximo à igreja católica local. A reivindicação, segundo o presidente da Associação de Moradores do Bairro Pedreiras, Airton Valvito Fer-reira, é em razão do valor de passagem pago pelos moradores. “As pessoas têm reclamado que não conseguem emprego por causa do preço do transporte”, comenta.
A moradora local, Alber-tina Freitas, explica que a passagem tem custo diferenciado até a região das lagoas. De acordo com a manifestante, o preço de Criciúma até a Zona Sul é de R$ 4,50 e Içara até Pedreiras é R$ 3,45. Ela conta que a reivindicação vem se estendendo há anos sem a-presentar resultado. Em 2004 a problemática teria sido levada à Câmara de Vereadores e em 2009 um abaixo-assinado foi entregue ao Departamento de Transportes e Terminais (DETER). A empresa responsável pelo transporte também foi procurada pela comunidade.
“Esperamos que alguma providência seja tomada. Caso contrário, vamos montar uma comissão e fazer novas manifestações”, disse Albertina. Os manifestantes relembram que há alguns anos existia um patamar que estipulava um preço para a localidade, sendo o retorno deste o objetivo da comunidade.
Entre o grupo, está Ga-briel Freitas, que trabalha com serviços gerais no Centro de Içara. Ele conta que a empresa em que atua não dispõe de condições para prover o transporte, o que se torna uma despesa a mais. “Tenho que pagar do meu bolso e não sou só eu. Muita gente perde o-portunidades de emprego por causa do transporte”, pontua.
A empresa responsável pelo transporte no município foi procurada e o responsável não foi localizado.

POLÍCIA - Fim de semana natalino com reforço policial na rodovia

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) atuará no Natal com efetivo reforçado da Operação Veraneio, durante a temporada a guarnição atenderá exclusivamente à Rodovia SC-444.

(Daniela Soares/Jornal Içarense)

A comemoração do Natal coincidindo com o fim de semana é motivo para redobrar a atenção nas estradas. A data terá como re-forço o mesmo efetivo empregado na Operação Veraneio. Diarimanente os usuários da rodovia contam com a assitência de sete po-liciais rodoviários, com o aumento de fluxo nos fins de semana o contingente sobre para nove militares.
O sargento da Polícia Mi-litar Rodoviária (PMRv) A-dilson de Oliveira, acrescenta que durante a operação a guarnição de Içara a-tuará exclusivamente na SC-444, ao invés de prestar atendimento a outras localidades da região.
Conforme o sargento, os trabalhos serão intensificados na tarde de domingo, dia 26. “O maior problema será no retorno do litoral, como tem sido na temporada”, salienta. Os policiais estarão distribuídos ao longo da rodovia, em quatro viaturas e quatro motocicletas, munidos de radares e bafômetros.
Oliveira ressalta que é preciso que os motoristas evitem cometer infrações para coibir a ocorrência de acidentes. “Está estatisticamente provado que 90% dos acidentes são causados por infrações”, reforça.
Com essa finalidade, o sargento orienta aos motoristas a não realizarem ultrapassagens perigosas, a respeitar o limite de velocidade e não dirigir pelo en-costamento. Ele destaca ainda que é preciso revisar o veículo antes de sair em viagem e a documentação necessária. Para a ocasião, também vale a máxima de não misturar bebida alcoólica com direção.
“Não somos inimigos do condutor. Ao contrário, nossa intenção é trabalhar pela segurança e permanência da vida”, finaliza.
No final da tarde de ontem uma colisão envolveu dois carros e uma motocicleta na Rodovia SC-444, próximo a entrada ao bairro Nossa Senhora de Fátima.

VARIEDADES - Escola Melchíades comemora as conquistas do ano letivo

A única escola do Balneário Rincão, E.E.B. Melchíades Bonifácio Espíndola, recebeu em 2010 reformas na estrutura e novos equipamentos; a direção comemora as conquistas do ano letivo.

(Arquivo/Jornal Içarense)

(Arquivo/Jornal Içarense)

A E.E.B. Melchíades Bo-nifácio Espíndola, localizada no Balneário Rincão, contabilizou no ano de 2010 muitas conquistas.
A escola recebeu recursos do Governo do Estado e de empresários, que possibilitaram reformas na estrutura e aquisição de novos equipamentos.
A biblioteca da instituição recebeu do Governo do Estado televisão, mesas e cadeiras. A sala de infor-mática também foi equipada com nova mobília.
As salas de aula ganharam mesas e armários e o refeitório, duas mesas. A-lém disso, os estudantes re-ceberam do Estado artigos esportivos, uniformes e materiais escolares.
Empresários doaram portas e espelhos para os banheiros, bem como armários para sala da direção. Eles ainda cederam tijolos e ferragens para as reformas.
Empenhados em oferecer um melhor ambiente de estudos aos alunos da escola do Balneário Rincão também estavam os integrantes da Associação de Pais e Professores (APP). Além de contribuírem com um DVD à biblioteca, eles cederam apoio incondicional às mudanças.
“Foi graças ao apoio total da APP, representada por Olívio Natalício Pereira, que se fez presente em todos os eventos realizados na escola, que as me-lhorias aconteceram. A APP administrou a construção do estacionamento para os educadores; as reformas dos sanitários e da sala dos professores; a ampliação e reforma da secretaria; a pintura da quadra do ginásio de esportes; a pintura de 20 quadros negros; a recolocação de vidros nas salas de aula; e a implantação de cortinas na biblioteca, nas salas de aula e na secretaria”, ressalta a diretora da instituição Inêz Salvador Cesca.
Para o estudante do ensino médio, Fernando Zap-peline, a escola progrediu em vários aspectos. “Agora temos TV e DVD na biblioteca. Outro fator positivo foi a melhora na sala de informática e na segurança aos alunos, com a instalação de 16 câmeras de vigilância, vindas do Estado”, destaca.
Não só a parte física do estabelecimento de ensino foi privilegiada, eventos pedagógicos ocorridos durante o ano movimentaram a comunidade escolar. A-lunos e professores celebraram a Páscoa com festa, da mesma forma o aniversário da escola.
As competições de inte-gração continuaram, com a promoção da Gincana Cultural Gianchíades.
Os estudantes também participaram do Moleque Bom de Bola e dos Jogos Estudantis de Içara (Joesi), ficando, neste último com o vice-campeonato de futsal.
A alegria dos alunos continuou na promoção da Festa Junina e da Festa do Dia do Estudante.
O dia 7 de setembro foi marcado pelo civismo e o Dia das Crianças, pela solidariedade.
O empenho dos professores levou estudantes a participarem das Olimpíadas de Geografia e Matemática, em Florianópolis. Na oportunidade, eles conheceram a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pontos turísticos da cidade. As viagens de estudos saíram do Estado catarinense e chegaram à capital gaúcha, numa visita ao museu da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Os alunos ainda conheceram a Universidade do Extremo Sul Catari-nense (UNESC), de Criciú-ma. Visitas que só foram possíveis com a dedicação dos educadores, que receberam festa e homenagens no Dia do Professor.
Alunos do Ensino Fundamental ainda participaram da iniciativa “Uma tarde no cinema”, onde muitos deles viram a grande tela cinematográfica pe-la primeira vez.
Para encerrar as atrações coletivas de 2010, no início de dezembro os alunos participaram dos Jogos Estudantis Interssalas do Melchíades (JEIM), onde os campeões foram premiados com 177 medalhas. Festas de confraternização de fim de ano também proporcionaram integração entre alunos e professores.

ESPORTE - Suíço da Zona Sul segue com rodada domingo

Está marcado para este domingo a segunda rodada do Campeonato de Futebol Suíço da Zona Sul, que até o momento já foram contabilizados 22 gols e já passa a ser uma atração aos veranistas.

(Arquivo/Jornal Içarense)

Acontecerá neste domingo dia 26, a segunda rodada do Campeonato de Futebol Suíço Diurno da Zo-na Sul, os jogos acontecem no período da manhã e da tarde, no campo de areia da orla do Balneário Rincão.
Como em todos os anos o campeonato é dividido em versão diurna e noturna, jogando chave contra chave classificando as oito melhores equipes.
No primeiro fim de semana de jogos o destaque ficou para a equipe do Bruxas da Praia que goleou a Usicril no sábado pelo placar de 5 a 1. A competição está programada para encerrar a primeira rodada no dia 30 de janeiro de 2011, por enquanto as equipes tentam apenas conhecer os times para se preparar para a classificação.
Um dos organizadores do evento Altair Salvador (Kuquy) afirmou que nestes primeiros jogos já deu para tirar uma prévia avaliação de como vai ser o campeonato deste ano daqui para frente. ”Tanto pe-lo jogos noturnos quanto os diurnos, o índice técnico está muito grande, e é isso que queremos valorizar o potencial dos atletas da região”, completou Kuquy.
Ao ser questionado sobre a organização dos jogos Salvador confirmou que os únicos empecilhos que podem atrapalhar os jogos do Suíço da Zona Sul, são as chuvas. “No último ano so-fremos com algumas ressacas e excesso de chuva em alguns períodos, que prejudicou os jogos”, finalizou.
Ainda durante esta semana estão sendo realizados os jogos da competição noturna, que acontecem de segunda a quinta-feira, no horário das 19h45min, com atraso de 15 minutos.
O público, como acontece em todos os anos, marca presença na arena apoiando o seu time de coração

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

CAPA: Edição2.015 - Içara, 23 de dezembro de 2010

Quem presidirá a Câmara de Içara?
(Arquivo/Jornal Içarense)


Ladrões roubam dono e clientes de lanchonete
(Daniela Soares/Jornal Içarense)


Mô é eleito presidente do Clube dos 50
(Alex Cichella/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Maioria assume que vota em Carpes

É claro que não se pode contar com o ovo antes da galinha mas o vereador Darlan Bitencourt Carpes está com um pé na presi-dência da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Içara. E isso se nenhum dos colegas de Legislativo roerem a corda no acordo e voltarem a trás da palavra dada. Os acordos já foram feitos e pelo andar da car-ruagem a lógica é essa.
Carpes foi decisivo em outras eleições e teve presi-dente que não honrou o compromisso e hoje, ele precisa dos votos dos cole-gas, mas para mostrar que tem caráter, amanhã, tem que cumprir o assumido.

CHARGE

COLUNISTA - Susiane MENDES


Dano Social

Quando pensamos nos conflitos ligados ao Direito do Trabalho, devemos anali-sá-los considerando tratar-se de um Direito Social, Direito Fundamental que ele efeti-vamente o é, pois assim o de-fine a nossa Lei Maior, logo no art. 1º, quando consagra a dignidade da pessoa hu-mana bem como os valores sociais do trabalho, à catego-ria de fundamentos do Esta-do Democrático de Direito.
Assim, não perdendo de vista a importância social do Direito do Trabalho, deve-mos considerar que muitas vezes o desrespeito a uma norma traba-lhista afeta muito mais que a relação em-pregado/em-pregador, pois muito além do direito indivi-dual envolvido, tal desrespeito pode gerar um mal social.
Segundo a A-NAMATRA (Associação Na-cional dos Magistrados Tra-balhistas), dumping social são as agressões reinciden-tes e inescusáveis aos direi-tos trabalhistas que geram um dano à sociedade, como o não pagamento de horas extras ou deixar de registrar os empregados.
Essa prática de desrespeito às normas trabalhistas acaba favorecendo empresas que não observam a legislação trabalhista e prejudicando a-quelas que cumprem as nor-mas, pois a empresa inadim-plente tem um custo menor com o pagamento das obri-gações, tornando os produ-tos mais baratos, o que leva uma con-corrência desleal, fazendo com que outras empresas também acabem desrespei-tando os direitos sociais, constitucionalmente ga-rantidos, para poder se tor-nar competitiva no merca-do, gerando um círculo vicioso.
Nestes casos, a reparação do dano não pode se restrin-gir às ações propostas indi-vidualmente, merecendo também uma reparação pe-lo dano social gerado, ou, nas palavras do jurista Jorge Luiz Souto Maior: “a repa-ração do dano, em alguns ca-sos, pode ter na-tureza social e não meramente individual. Não é, portanto, do interesse de res-sarcir o dano in-dividual que se cuida”. Nesses casos, em que as práticas do empregador se configuram práticas ilícitas e o dano ul-trapassa as relações indivi-duais do Trabalho, afetando a sociedade como um todo, existe um dano social, advin-do de uma prática ilícita e passível de indenização, cujo instrumento nor-mativo que prevê tal indenização é o Código Civil Portanto, con-siderando o princípio da fun-ção social do contrato e dos direitos humanos funda-mentais, os magistrados de-vem aplicar a indenização suplementar prevista no Có-digo Civil, ao constatar práti-ca ilícita pelo empregador capaz de causar dano social.