O blog JIdiario agora é portal JInews.com.br, com muito mais interatividade e conteúdo atualizado a todo momento. Acesse e confira.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

CAPA: Edição2.055 - Içara, 26 E 27 de fevereiro de 2011

Caminhão com aparelhos do TV cai de viaduto
(Bruno Dal Ponte/Divulgação)


Com o canudo na mão
(Diego Dos Santos/Divulgação)


Agora quem perder está fora do Praião 2011
(Alex Cichella/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Vencendo barreiras na educação

O Projovem Urbano é um programa do Governo Fe-deral em parceria com o município de Içara.
Ofere-ce a jovens de 18 a 29 anos a oportunidade para que concluam o ensi-no fundamental e obte-nham uma qualificação profissional.
Nesta quinta-feira, 37 formandos receberam os certificados da conclusão para alegria deles e tam-bém dos familiares.
Eles dão uma amostra de que nunca é tarde para se estudar e também para quebrar barreiras na edu-cação, que é um direito de todos os cidadãos.

COLUNISTA - Viviane Maragno,


Ambliopia

O que é? É uma dimi-nuição da acuidade visu-al (visão) uni ou bilateral, onde não se encontra lesão ocular ao exame oftalmo-lógico, que aparece em decorrência de obstáculos ao desenvolvimento da visão.
Como se desenvolve? Acontece dentro dos seis primeiros anos de vida e é reversível quando trata-da em tempo hábil. As cau-sas mais freqüentes são: estrabismo (vesgo) e erro de refração (al-tos graus ou diferenças im-portantes de grau entre os olhos).
Os dois pri-meiros anos de vida são os de maior plasticidade senso-rial, isto é, dentro desse pe-ríodo a criança rapida-mente perde visão quando surge algum problema, bem como recupera pron-tamente com tratamento.
Também as chances de recidivas da queda de vi-são são menores quando o tratamento é feito.
Como se previne? Co-mo estrabismos de peque-no ângulo bem como dife-renças de grau podem pas-sar despercebidas aos pais e ao médico não especialista, a prevenção da ambliopia definitiva está no exame oftalmológi-co de todas as crianças an-tes dos dois anos de idade.
Como se trata? O tra-tamento clássico da am-bliopia é a oclusão do o-lho de melhor visão, sen-do que as ambliopias não tratadas até 8 anos de i-dade são consideradas irreversíveis.
O tempo de o-clusão depen-de da intensi-dade e da idade do paciente. Es-tudos recentes empregando le-vodopa e oclu-são mostraram que é possível melhorar significativa-mente a acuidade visual, independente-mente da idade, em determinados pacientes com ambliopias antes consideradas intra-táveis. Tendo em vista a literatura mostrar que as pessoas com pouca visão em um dos olhos têm maior chance de acidentar o olho de melhor visão, devemos tentar melhorar a acuidade visual do olho com ambliopia sempre que possível.

POLÍTICA - AMI empossa secretária e chefe de gabinete

No início do mês a Administração Municipal empossou os secretários de Educação, Administração, e presidente da FAI; agora é a vez da pasta de Assistência Social e a chefia de gabinete.

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

Dois novos integrantes da Administração Municipal de Içara foram empos-sados na noite desta sexta-feira, dia 25, em cerimônia no Paço Municipal.
A Secretaria de Assistência Social, Habitação Trabalho e Renda, fica agora sob o comando de Rita de Cássia Vieira.
Filiada ao PDT, Rita tem como marca registrada o trabalho de muitos anos com qualificação profissional, área a qual pretende continuar lutando dentro da Secretaria.
A Pasta estava sendo conduzida interinamente pelo também secretário da Saúde, Laudo Calegari.
Outro cargo ocupado nesta sexta-feira é o de chefe de gabinete. A função será exercida pelo ex-vereador Adelir Cabreira (PMDB), mais conhecido como Lili.
“Vou assumir a chefia de gabinete, que é quase a mes-ma coisa que a secretaria de governo. Minha função é auxiliar o prefeito no planejamento político e nas áreas administrativas da prefeitura”, conta Lili.
O ex-vereador explica que estava afastado da política desde o final de 2008, cuidando da vida pessoal.
Foi, então, em setembro do ano passado, que o prefeito Gentil Dory da Luz fez o convite para a chefia de gabinete. “No começo não estava muito disposto, pois havia me afastado da política. Porém, o prefeito insistiu”, relata.
Depois de algumas conversas com o Chefe do Executivo, Lili resolveu aceitar o convite. “Na semana passada eu disse sim. Penso que nós, como içarenses, que temos amor à cidade, não podemos deixar de a-judar. É uma obrigação nossa. Pois, tudo depende da união das pessoas. Se não for assim, quem perde é a própria sociedade”, en-fatiza o novo chefe de gabinete do prefeito.
Na a Administração do ex-prefeito Deobaldo Pa-checo, o Bado (1997-2000), Lili foi suplente de vereador pelo PMDB, assumindo por 22 meses na Câ-mara Municipal. Também durante a mesma administração, chegou a ser chefe de gabinete por um pouco mais de um ano.
Nas últimas eleições mu-nicipais, em 2008, o ex-vereador ganhou 791 votos e ficou com a terceira suplência do PMDB.

COLUNISTA - Maso Nyetto,


“Fui contrário ao parecer do TCE pois o Heitor gastou mais do que tinha no orçamento e investiu no município, e isso não é ilegal”. Frase do vereador Joaci Domingos Pereira, o Boca (PP), justificando porque ajudou a aprovar as contas de 2006 do ex-prefeito Heitor Valvassori (PP).

Márcio Toretti
está realizando um ótimo trabalho na Secretaria de Obras de Içara, além de conhecer os problemas da cidade ele não foge do trabalho.
Sobre a forte chuva que caiu ontem em Içara, Toretti, que é coordenador da Defesa Civil em Içara, afirmou que ocorreram alguns alagamentos no Centro e no Ja-queline, devido entupimento das bocas de lobos. “Esse é o preço do pro-gresso, toda esse a-reão solto nas ruas devido o esgota-mento sanitário vai parar nas drena-gens das ruas”, co-mentou.
Toretti é candida-to a vereador em 2012, somente não sabe por qual partido, mas tem todas as chances de se eleger.


Vereador
Diego da Silva Vitorassi (PDT) aceitou o convite do prefeito Gentil da Luz e será o líder de governo na Câmara Legislativa de Içara, em substituição a Antônio de Mello (PM-DB), que assumiu a Secre-taria de Educação.

Márcio Dalmolin
passou um apuro com os membros da Chapa 2 ao ser confundido com Everaldo Réus, da Chapa 1, que saiu na capa do JI na edição de quarta-feira, na festa de confraterni-zação de Pedro Dionízio Gabriel.

Ação pública
julgada procedente contra o ex-prefeito de Içara, Heitor Valvassori (PP), deverá repercutir na devolução de R$ 23,2 mil aos cofres do município. A penalidade é devido a irregularidades constatadas nas contas de 2007. Segundo apurado nos autos, a rejeição do exercício fiscal foi recomendada pelo Tribunal de Contas do Estado. Isto motivou a Câmara de Vereadores de Içara a seguir o parecer, além do ajuizamento de uma ação por parte da Promotoria.
Segundo a divulgaçãoo no blog do Ministério Público (mpscicara.blogspot.com) nesta sexta-feira, dia 25, uma das restrições que levou ao processo foi o au-mento irregular da remuneração do prefeito em desacordo com a Constituição Federal e também Constituição Estadual. A sentença foi deferida pelo juiz da 2ª Vara, Sérgio Renato Domingos no último dia 21. A ação é de primeiro grau e cabe recurso.

Frase
“A política é a condução dos assuntos públicos para o proveito dos particulares”. (Ambroce Bierce - jornalista americano - 1842-1914).

GERAL - Construção da sede da PM continua e finaliza em abril

O prazo inicial para a construção do quartel de Guarnição Especial da Polícia Militar de Içara venceria neste mês; mas, devido a imprevistos, a obra deve ser finalizada em abril.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

Após ter sido interrompida temporariamente devido a um serviço não previsto em contrato, a construção do quartel de Guarnição Especial da Polícia Militar de Içara, próximo ao Km 8 da Rodovia Paulino Búrigo (SC-444), continua.
O imprevisto havia sido provocado pela necessidade da colocação de estacas, pois o terreno se mostrou instável.
Para isso, foi preciso fazer um aditivo de contrato, que, segundo Ademir Melo da Silva, o responsável pe-la obra, da USS Engenha-ria Civil (Braço do Norte), já foi providenciado.
“Já assinamos o contrato. A obra continua normalmente”, informa Silva.
Recentemente a obra sofreu atrasos, devido às chuvas. “Atrasamos um pouco o cronograma por causa das chuvas. Mas, vamos entregar a obra no final de abril”, diz o responsável.
O prazo pa-ra execução da obra, de 240 dias, iniciou em de junho de 2010. Ou seja, devido aos imprevistos, a construção teve o atraso de dois meses.
Após a conclusão dos trabalhos do aterro, foi iniciada a implantação das estacas.
O convênio no valor de R$ 557 mil foi assinado com o Governo do Estado no dia 7 de junho, na Câmara Municipal de Içara, onde estiveram presentes autoridades regionais e locais.
Na época, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa do Cidadão, André Mendes da Silveira, mencionou que a obra possui grande importância pa-ra a comunidade, já que está situada em um ponto estratégico, evitando que possíveis fugitivos se refugiem no Balneário Rincão após o verão, durante a baixa temporada.
A 2ª Companhia do 9º Batalhão de Polícia Militar de Içara foi elevada para Guarnição Especial em março de 2010, sob o comando do tenente coronel Adilton Maciel.

POLÍCIA - Na madrugada desta sexta-feira, dia 25, o condutor de um caminhão de Guarulhos (SP) perdeu o controle e acabou caindo do viaduto na BR-101 S

Na madrugada desta sexta-feira, dia 25, o condutor de um caminhão de Guarulhos (SP) perdeu o controle e acabou caindo do viaduto na BR-101 Sul, entre Vila Nova e Esplanada, em Içara.

(Bruno Dal Ponte/Divulgação)

Não dá nem tempo de o fim de semana se aproximar e as ocorrência de acidente de trânsito começam a aparecer.
Na madrugada desta sexta-feira a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou um acidente na BR-101 Sul, entre Vila Nova e Esplanada, em Içara.
R.C.B, 40 anos, conduzia o caminhão Ford Cargo placas DPZ 1542, de Gua-rulhos (SP), carregado de aparelhos de TV, quando perdeu o controle e saiu da pista no Km 374 da BR-101 Sul, nas proximidades da fazenda da Família Gugli-elmi, entre Morro da Fumaça e Içara. A ocorrência foi registrada por volta das 3h45min da madrugada.
O motorista viajava sozinho e foi conduzido pelo Corpo de Bombeiros de Içara ao Hospital São Donato, apresentando ferimentos na cabeça e no queixo.
De acordo com informações do plantonista do São Donato na manhã de ontem, Liliane de Medeiros, o paciente ainda estava em observação. “Ele recebeu tratamento imediato, e passou por vários exames já que tinha ferimentos na cabeça, foi medicado e pode ser liberado até o final do dia”, complemen-tou Liliane.
Um outro acidente foi registrado no início da manhã de ontem na Rodovia SC-483, entre Meleiro e Morro Grande, provocando a morte de Luiz Dalmo-lin Biff, 43 anos. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária de Içara, ele era condutor da motocicleta placa MFT-2118, de Morro Grande, que foi atingida pelo Gol de placa LZM-6861.

VARIEDADES - Projovem Urbano forma 37 estudantes em Içara

O Programa Projovem Urbano dá oportunidade para que jovens de 18 a 29 anos concluam o Ensino Fundamental; e o programa tem como diferencial preparar para o mercado de trabalho.

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

(Divulgação)

Mais uma turma de estu-dantes do Projovem Urba-no formou-se em Içara.
A cerimônia de entrega dos certificados de conclu-são de curso aos 37 for-mandos aconteceu na noi-te desta quinta-feira, dia 24.
A formatura foi realiza-da no centro de eventos da Fundação Assistencial de Içara (FAI), contando com a presença de autoridades e familiares dos alunos.
“Percebemos que um município está bem quan-do a educação também es-tá. Não medimos esforços para garantir educação e melhorar cada vez mais a qualidade de vida dos iça-renses”, destacou o prefeito Gentil da Luz, logo após auxiliar na entrega dos cer-tificados ao lado da coor-denadora do Projovem, Maria Terezinha Nasci-mento, e do secretário Mu-nicipal de Educação, Antô-nio de Mello.
O Projovem Urbano é um programa do Governo Fe-deral em parceria com o município de Içara. Ofere-ce a jovens de 18 a 29 anos a oportunidade para que concluam o ensino funda-mental e obtenham uma qualificação profissional.
O Programa possui uma proposta diferenciada do ensino regular. Em suas di-versas disciplinas pelo pe-ríodo de 18 meses, busca preparar os alunos para o mercado de trabalho e de-senvolver junto com os jo-vens brasileiros uma visão mais ampla sobre o mundo atual.

ESPORTE - Quatro equipes içarenses no mata-mata do Praião 2011

Neste sábado, pelas quartas-de-final, se enfrentam Vila Nova x AJAX e Carbonífera Criciúma x São José, e no domingo, os cruzamentos ficam por conta de Praia x Siderópolis e CPAI x Palmeiras.

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

Começa neste sábado as quartas-de-final do Praião 2011, Taça Jorge Zanatta, com dois jogos no esquema de mata-mata, realizados na Arena do Balneário Rin-cão. Quem perder está fora da competição.
Nesta fase quatro equipes de Içara estão classificadas, sendo que uma delas estará na final, caso consiga passar para a semifinal do Praião.
Na primeira disputa da tardeàs 15h, se enfrentam São José x Carbonífera Cri-ciúma, e na sequência se cruzam Vila Nova x Ajax.
Na manhã de domingo, a partir das 9h, é a vez do Praia encarar o time de Siderópolis. E finalizando a rodada, às 19h30min, o CPAI vai com tudo para cima do Palmeiras.
As duas equipes invictas neste Praião 2011 são o Vi-la Nova, com 16 pontos, em seis rodadas, com cinco vitórias e apenas um empate. Na segunda colocação vem a Carbonífera Criciú-ma, que terminou a primeira fase com 14 pontos, tota-lizando quatro vitórias e dois empates.
A previsão do tempo é de sol durante dia com chuva a qualquer hora, mas isso não vai ser problema para os apaixonados por futebol que vão lotar a Arena.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

CAPA: Edição2.054 - Içara, 25 de fevereiro de 2011

Gentil fica vice na Amarec
(Divulgação)


Içarense vende sapatos de bebê para todo o país
(Bruna Borges/Jornal Içarense)


Presos assaltantes que agiam em Içara e região
(Alex Cichella/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Gentil assume Amrec em agosto

Depois de se declarar e-leito presidente da Asso-ciação dos Municípios da Região Carbonífera (Am-rec), oPrefeito de Içara, Gentil Dory da Luz, não obteve os votos da maioria e teve que ficar como vice do Prefeito de Lauro Mül-ler, Hélio Bunn, que tam-bém é do PMDB.
Talvez, faltou uma me-lhor articulação de Gentil, o que não faltou ao adver-sário, que obteve a maioria dos 11 votos. Ficou acorda-do que o içarense assume a entidade em agosto, o que ameniza a derrota.

CHARGE

COLUNISTA - Susiane MENDES



Consumidor deve ser ressarcido em dobro por cobranças indevidas

Várias são as cobranças que ocorrem diariamente nas relações de consumo, mas que são na verdade in-devidas. Apesar de o Código de Defesa do Consumidor já estar próximo de completar 20 anos, muitos são os casos de infração aos direitos do consumidor que ainda vem ocorrendo.
Um exemplo deste fato, entre muitas outras cobranças indevidas, são as taxas na hora de realizar um empréstimo ou financiamento, que são, entre outras, as tarifas para emissão de título de crédito; tarifa de emissão de boleto bancário e a mais comum, taxa de abertura de crédito, que é uma taxa de análise do crédito do consumidor, que são serviços realizados em prol do próprio banco ou financeira.
Ocorre que, segundo o ar-tigo 51, inciso IV, do CDC, são nulas as cláusulas contra-tuais relativas ao forneci-mento de serviços que esta-beleçam obrigações conside-radas iníquas, abusivas, que coloquem o consumidor em desvantagem exagerada, ou sejam incompatíveis com a boa-fé ou a eqüidade.
Desta forma, consideran-do-se que as cláusulas que es-tabelecem a cobrança da ta-rifa emissão de título de cré-dito; tarifa de emissão de bo-leto bancário e taxa de aber-tura de crédito são conse-qüência da atividade econô-mica, devem ser suportada pela instituição financeira, u-ma vez que não são espécie de serviço prestado ao mutu-ário-consumidor.
Outrossim, se ainda forem tais tarifas cobradas do consumidor, por se tratarem de cobrança indevi-da, devem ser de-volvidas em do-bro ao consumi-dor, segundo o ar-tigo 42, parágrafo único, do Código de Defesa do Con-sumidor, que pre-vê a devolução em dobro quando o consumidor for co-brado em excesso, salvo en-gano justificável.
Portanto, quando o consu-midor verificar a cobrança indevida de tarifas, deve pro-curar os meios judiciais cabí-veis, tendo em mãos os com-provantes de tais cobranças, para fazer valer seus direitos, garantidos pelo Código de Defesa do Consumidor.

POLÍTICA - Gentil perde eleição para presidente da Amrec

Dos três representantes do PMDB na Região Carbonífera, Gentil da Luz, de Içara; Hélio Bunn, de Lauro Müller; e João Réus Rossi, de Treviso; o prefeito da serra foi eleito presidente da entidade.

(Arquivo/Jornal Içarense)

Prefeito de Lauro Müller, Hélio Luiz Bunn, foi eleito e empossado como presidente da Associação dos Municípios da Região Car-bonífera (Amrec) durante assembléia geral da entidade realizada nesta quinta-feira(24). A escolha foi feita através de acordo entre os três prefeitos do PMDB, Hélio Bunn, Gentil Dory da Luz, de Içara, e João Ré-us Rossi, de Treviso.
O acordo prevê, ainda, que Bunn exerça o cargo durante metade do mandato, sendo que a partir de agosto deste ano Gentil Dory da Luz assuma a presidência da associação.
Além da eleição e posse, a assembleia serviu para assinatura do convênio entre a Amrec e a Faculdade SATC, viabilizando o projeto da Web rádio e Web TV Amrec, que servirão para transmitir todas as reuniões e encontros que acontecem na sede da entidade.
O prefeito de Nova Ve-neza, Rogério Frigo (PS-DB), que deixou o cargo, ressaltou que esta é uma iniciativa que visa democratizar ainda mais a informação. “Imaginem daqui a vinte anos uma criança pesquisando a história e poder acessar num site to-da a gravação de um evento”, enfatizou. A afirmação se deve ao fato de que todo conteúdo transmitido ao vivo, também será disponi-bilizado em forma de Pod Cast e poderá ser consultado a qualquer momento no site www.amrec.com.br.
Já, o novo presidente ressaltou que o primeiro desafio a ser enfrentado pelos prefeitos neste exercício será o problemas com os médicos do Plano de Saúde da Família (PSF). Segunda Bunn, todas as prefeituras hoje enfrentam problemas com este setor e que isso precisa ser resolvido com urgência.
Gentil não foi encontrado pela redação do JI.

COLUNISTA - Maso Nyetto,



“Sou candidato e estou entendendo que já sou o presidente. Quando foi a-cordado que cada partido teria um no comando er perguntei ao prefeito de Treviso, João Reus, se ele tinha interesse na presidência, ele disse que não. O Hélio Bunn, estava a-fastado da Amrec, então sobrou a mim como representante do PMDB. (...) Há mais de 10 anos que nós não temos a presidência da Amrec, o último que assumiu foi Bado Pacheco ”. Prefeito de Içara, Gentil da Luz, em entrevista ao JM desta quinta-feira, mas na parte da tarde, houve uma reviravolta e Bunn foi escolhido presidente da Amrec. Gentil assume no segundo semestre

O ex-vereador José João Rabelo
lança nesta sexta-feira, às 19h30min, na Casa da Cultu-ra Padre Ber-nardo Junkes, o livro Sob a Luz do Amor, Vida e Memória de José João Rabello.
Os vereado-res atuais deve-riam se espelhar em Zé Rabelo, que trabalhou por Içara na época em que os representantes do Legislativo não ti-nham salário, ao contrário de agora que recebem mais de R$ 4 mil por mês. Deviam pedir conselhos para o Zé.
Hoje, serão empossados, às 18h, no Paço Municipal, a pedetista Rita de Cássia Vieira, na Secretaria de As-sistência Social, que era vinculado ao secretário de Saúde Laudo Calegari, e o ex-vereador Adelir Cabreira, como chefe de gabinete do prefeito.

Gentil da Luz
não conseguiu vencer o Hélio Bunn na eleição da Amrec porque não articulou junto com os demais dez prefeitos o suficiente para obter seis votos.
Para amenizar a derrota assume a entidade a partir de agosto.

Neste sábado
será inaugurada a unidade de saúde da Terceira Linha, às 9h30min, e depois será servido um almoço beneficente ao custo de R$ 12.
O valor será revertido ao Hospital São Donato, que está no vermelho.

Gilmar Fraga
presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Içara, que está completando idade nova nesta sexta-feira (25), visitou o prefeito Gentil Dory da Luz esta semana. Ele confidenciou ao chefe do Executivo e ao secretário de Administração, Anildo Zanardi, que aindaserá prefeito de Içara.
Tomara, Fraga, tomara, e torço que seja um prefeito presente e eficiente.

Centro Cultural
está tomado pelo mato e a Policilinica prometida pela Administração Municipal até o momento não saiu. Então, pelo menos, que o local seja mantido limpo. Os vizinhos estão reclamando e o visual está deixando a cidade feia, e isso não é nada “humano”.

O empresário
Aldo Wagner Fernan-des quer que a ACII reivindique aós órgãos competentes que sejam troca-das as placas de sinalizações na entrada da cidade pela BR-101 indicando Içarae não Criciúma, pois os motoristas passam por solo içarense antes de chegar à Criciúma.

Frase
“O amor é cego, mas o matrimônio devolve a visão“ (Anônimo).

GERAL - Prazo para confecção de carteira de transporte termina hoje

O acadêmico que não estiver com a carteirinha na próxima semana não vai poder utilizar o transporte gratuito e a Secretaria de Educação recomenda o cadastro nesta sexta-feira, dia 25.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

Os estudantes que não se cadastraram para uso do transporte escolar gratuito, disponibilizado pela Prefeitura Municipal de Içara, du-rante o período inicial, de 7 a 10 de fevereiro, tiveram ma-is uma semana para fazê-lo.
As carteirinhas de transporte começaram a ser confeccionadas novamente segunda-feira, dia 21, e o prazo termina nesta sexta-feira, dia 25.
De acordo com o coordenador de transportes da prefeitura, Sandro Francisco Motta, durante o prazo inicial, no começo do mês, 220 estudantes fizeram o cadastro. “Estamos disponibili-zando o transporte conforme o número de pessoas cadastradas. Como percebemos que foram poucas, reabrimos o processo”, explica.
A partir da próxima semana, quem não apresentar a carteirinha não poderá utilizar o transporte. “No início das aulas, deixamos liberado, por que a maioria dos alunos ainda não tinha o comprovante de matrícula. Mas, a semana que vem será obrigatório”, ressalta.
Até quarta-feira, dia 23, 515 pessoas se cadastraram. Mas, a expectativa é de que o número aumente e, ainda, na próxima semana, devido às universidades que ainda não iniciaram as aulas.
“Este prazo que estamos dando é o período em que ficará uma pessoa à disposição dos estudantes para fazer o cadastro. Porém, a partir da semana que vem ainda será possível fazer. A diferença é que o aluno poderá enfrentar filas”, diz o coordenador.
Para o transporte escolar estão sendo disponibiliza-dos cinco ônibus. “Dois dos veículos da prefeitura estavam muito velhos. Então, contratamos mais dois para atender à demanda”, enfati-za Sandro Motta.
A Administração Municipal comprou mais três ônibus, que deverão chegar em até 90 dias. “Por isso precisamos saber a quantidade certa de alunos que estão utilizando o transporte escolar, para poder fornecer os veículos”, observa.
Motta conta que os ônibus estão viajando lotados. Mas, que a situação é normal nos primeiros dias e deve melhorar.
Para fazer o cadastro é ne-cessário apresentar na Secretaria de Educação: com-provantes de residência e matrícula, duas fotos 3x4, números do RG e CPF.
Em 2010, no mesmo período, foram confeccionadas 664 carteirinhas.

POLÍCIA - PC e PM prendem assaltantes em Içara

A Polícias Civil de Içara e de Criciúma, juntamente com os soldados da PM de Içara prenderam dois assaltantes no bairro Raichaski, ambos eram procurados por diversos crimes na região.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

A Delegacia de Polícia Civil de Içara, teve uma manhã movimentada com a ca-ptura de dois assaltantes que atuavam na região.
Em uma operação conjunta da Polícia Militar e das Polícias Civil de Içara e de Criciúma foram presos, na manhã de ontem, L.H.S., 21 anos, e M.D.G., 22.
Os dois são apontados co-mo responsáveis, por, pelo menos, sete assaltos em estabelecimentos da região. O mandado de busca e apreensão foi cumprido no Bairro Raichaski, em Içara.
“Só em Içara, eles foram reconhecidos por quatro assaltos a postos de combustíveis, fora o que ainda não confirmamos no Rincão. Em um dia, eles assaltaram dois postos em um espaço de tempo de 30 minutos”, conta o delegado de Içara, Fer-nando de Fáveri. Além disso, a polícia já confirmou que eles assaltaram um posto de combustíveis e duas lotéricas, em Criciúma e outra em Forquilhinha.
Na casa dos suspeitos foram apreendidas diversas peças de roupas, capacetes, porções de maconha, um re-vólver calibre 22, usado nos crimes, e munições. “Eram ações parecidas. Eles chegavam de motocicleta, um esperava no veículo e o outro realizava o crime com a ar-ma de fogo em punho”, relata De Fáveri.
“Acreditamos que essas prisões vão acabar com os assaltos na região”, aponta o delegado da Central de Cri-ciúma, Vítor Bianco Júnior. L., natural de Florianópolis, morava há um mês em Içara. Já M., era de Criciúma, por isso a facilidade nos crimes.

VARIEDADES - Artesã içarense vende sapatinhos para todo Brasil

A pequena empresa Maria Flor Sapatinhos, da içarense Marlene de Souza Correia, expandiu o negócio recentemente através da venda pela internet, e ela exporta o produto para todo o país.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

O gosto pelo artesanato e artigos para crianças fez com que a içarense Marlene de Souza Correia experimentasse a confecção de sapatinhos de bebê.
Há 18 anos, enquanto as-sistia ao programa da apresentadora Ana Maria Bra-ga, na época ainda na TV Record, Marlene observou uma aula de artesanato. “A moça estava ensinando como fazer sapatinhos. En-quanto ela explicava, a-prendi o passo-a-passo e fui tentar fazer. Saiu torto, mas fiz”, conta.
Marlene tomou gosto pe-lo trabalho e por diversas vezes costurou e desmanchou os sapatinhos, até que ficassem bons.
Inicialmente, a dona de casa fazia os calçados de bebê para presentear as amigas e, com o tempo, começaram a surgir as encomendas. “As mães gostaram tanto que começaram a pedir para que eu fizesse mais. Tenho vendido muito bem, tanto para amigas, quanto para lojistas”, ressalta Marlene.
O trabalho, que era exclusivo da dona de casa, começou, então, a envolver toda a família, que ajuda sempre quando o número de encomendas cresce.
Há cinco meses, com a ajuda da filha, Marlene começou a vender o produto pela internet.
“Com a necessidade de conhecer mais modelos, passei a usar a internet. En-tão, comprava sapatinhos e recebia pelo correio. Foi ai que tive a ideia de fazer o mesmo”, relata a empreendedora.
A filha de Marlene, Dai-ane de Souza Correia, cri-ou um perfil no site de relacionamentos Orkut e divulgou fotos dos modelos. A partir daí, os pedidos começaram a vir do país to-do. “No perfil do Orkut coloquei os modelos, os preços e o procedimento que deve ser adotado durante a compra”, explica Daiane.
A pequena fábrica de Marlene, batizada de Maria Flor Sapatinhos, conquistou até mesmo reven-dedoras em outros estados, como São Paulo e Rio de Ja-neiro. “A maioria dos compradores agora são de outros estados brasileiros. Há alguns dias, enviamos encomenda para Roraima. Antes do uso da internet, vendíamos apenas na região”, comenta Daiane.
Quem admira a qualidade da confecção dos sapati-nhos imagina que são feitos em uma fábrica. Porém, é dentro do próprio quarto, com uma máquina de costura simples, que Marlene cria os artigos.
“Com certeza penso em expandir o negócio, abrindo uma empresa e contratando alguém para trabalhar comigo”, planeja a empreendedora.
Os modelos são vendidos de R$ 10 a R$ 20.
“Os sapatinhos femininos são os mais vendidos. Para 100 femininos, vendemos um masculino”, compara Marlene.
A içarense se diz satisfeita com o reconhecimento do trabalho. “As clientes deixam depoimento no Orkut agradecendo e elogiando muito. Isto me deixa bastante feliz”, declara.
Para conferir os modelos no Orkut, basta procurar pelo perfil: Maria Flor Sapatinhos e fazer a compra pela internet.

ESPORTE - Criciúma não terá mudanças para partida contra o Figueira

O Tigre realizou ontem um treino para definir os últimos preparativos antes do jogo contra o Figueirens, domingo, em Florianópolis, e a equipe será a mesma que atuou contra a Chapecoense.

(Divulgação)

O técnico do Criciúma, Guilherme Macuglia, orientou um treinamento no CT do bairro Cristo Redentor, na tarde de ontem. Foram dois tempos de 35 minutos com novidades no time reserva. Os quatro reforços que vieram do Internacional foram escalados na equipe suplente e tiveram um bom desempenho no coletivo que terminou empatado em 2 a 2.
O time principal atuou com Andrey; Fábio Santa-na, Rogélio, Toninho e Pi-rão; Carlinhos Santos, Mi-ka, Roni e Carmona/ Val-do e Scwenck. A equipe reserva treinou com Bruno; Kléber, Nirley, Rodrigo e Mineiro; Henik, Diego Fe-lipe, Georginho e Wágner Libano; Talles Cunha e Lincom.
De acordo com o super-visor Giuliano Bitencourt os reforços que vieram do colorado estarão em condições de jogo, domingo, no Orlando Scarpelli diante do Figueirense.
Ontem, os trabalhos a-conteceram no período da tarde. No sábado pela manhã tem ainda um treino leve e no início da tarde, a delegação do Criciúma inicia viagem para a capital.
As torcidas do Criciúma se mobilizam para acompanhar, no próximo domingo, a decisão do turno do Campeonato Catarinen-se, contra o Figueirense, em Florianópolis. Tanto a Guerrilha Jovem quanto a Os Tigres estão promovendo excursões para o jogo.
Os ingressos para a final do primeiro turno do Cata-rinense passaram a ser co-mercializados nesta quinta-feira, dia 24, nas bilheterias do Estádio Orlando Scar-pelli, nos postos de venda e no site do Futebol Card.
O meia Roni deve ser observado por empresários que se interessam em contratar o jogador do Tigre.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

EDITORIAL - Gentil pretende presidir Amrec

O Prefeito de Içara, Gentil da Luz, depois de campa-nhas vitoriosas nas elei-ções de Raimundo Colom-bo (DEM), governo de San-ta Catarina, de Dilma Ro-usseff (PT), Presidência da República, nos processos de cassações, e na vitória de Pedro Gabriel, na Coo-peraliança, pretende, ago-ra, presidir a Associação do Municípios da Região Carbonífera (Amrec).
Mas para isso, terá que vencer no voto os prefeitos de de Treviso, João Réus Rossi, e de Lauro Müller, Hé-lio Bunn, todos do PMDB.
Gentil deve chegar em ci-ma da votação, pois viajou à Brasília, nesta quarta-feira, a pedido do senador Luiz Henrique da Silveira.

CHARGE

POLÍTICA - Gentil retorna à Brasília para protolocar projetos

O Prefeito de Içara protocolou nesta quarta-feira, na Capital Federal, novos projetos nos Ministérios da Integração Nacional e da Educação, e também reviu projetos anteriores.

(Simone Costa/Divulgação)

O prefeito de Içara, Gentil Dory da Luz (PMDB), esteve durante toda a quarta-feira (23) em Brasília.
Novos projetos foram protocolados junto aos Ministérios da Integração Nacional e Educação e outros projetos aprovados pelo Governo Federal, também receberam atenção especial do prefeito.
Entre os projetos protoco-lados, destaque para solici-tação de creches e ônibus escolares, com liberação de recursos programada para os próximos dias. Já os projetos em andamento, como a construção de pontes de concreto e macrodrenagem para o bairro Nossa Senhora de Fátima, foram acompanhados pessoalmente pelo prefeito, que recebeu respostas positivas sobre a liberação financeira.
“A apresentação e acompanhamento pessoal dos projetos de Içara são uma garantia a mais para a liberação dos recursos financeiros. Temos muitas obras em parceria com o Governo Federal e queremos aumentar ainda mais esses investimentos”, destacou o prefeito Gentil, que entre uma passagem e outra pelo Congresso Nacional, encontrou vários prefeitos e deputados catarinenses, entre eles Clésio Salvaro, de Criciú-ma, que discutiam as reformas política e tributária.
Antes das visitas aos ministérios, o prefeito Gentil a-companhou o coordenador de Economia da Unesc, Mu-rialdo Gastaldon, ao Ministério do Trabalho. A decisão sobre a liberação de R$ 270 mil para a criação de um Instituto de Pesquisas Econômicas na Unesc foi adiada para 22 de março.
A reunião, mediada pelo secretário executivo do ministério, Paulo Roberto dos Santos Pinto, teve a participação do secretário de Articulação Nacional, Acélio Casagrande e dos deputados Federais, Ronaldo Be-nedet (PNDB), Jorge Boeira (PT) e Edson Bez de Oliveira (PMDB).
Da Luz, aproveitou a via-gem à Capital Federal, pa-ra prestigiar a posse de E-vandro Jesus, amigo de ma-is de 20 anos, como assessor do senador Luiz Henri-que da Silveira (PMDB).

COLUNISTA - Maso Nyetto,



“A nossa briga é por sonhos e não por discurso políticos”. Mário César Serafim, o Teda, sobre o motivo que levou a formar uma chapa de oposição à diretoria atual da Cooperaliança, que teve Pedro Deonízio Gabriel reeleito no último sábado, dia 19.

Só pra relembrar
no fim do ano de 2009 o secretário do Executiva do PMDB teve a petulância e arrogânciade usar a urna do Destaque Içarense para a eleição do diretório. O fa-to virou chacota na cidade e também no Estado, dando uma amostra de que o PMDB faz política com ama-dorismo e que precisa renovar seus conceitos. E de lá pra cá mudou muito pouco. Apenas Gentil Da Luz deu um rumo novo ao partido, que pode ainda melhorar.
O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) é a maior sigla política brasileira, apesar de não ter até hoje elegido nenhum Presidente da Repúbli-ca através do voto direto, apenas o vice Michel Temer em 2010. Fundado em 1980, possui uma orientação política centrista. É sucessor do Movimento Democrá-tico Brasileiro, legenda de oposição ao Regime Militar de 1964. O PMDB possui o maior número de filiados, bem como de prefeitos, vereadores e governadores de estados, além de ter a maior representação no Congres-so Nacional. Seu código eleitoral é o 15.

Em Içara
PMDB e PP sempre foram inimigos históricos, e de repente, da água para o vinho, viraram aliados.
Isso ocorreu na eleição da Câmara de Vereadores e da Cooperaliança, no último sábado.
Os tradicionais, não vê-em com bons olhos essa a-proximação iniciada por Gentil da Luz (PMDB) e Ar-naldo Lodetti Júnior (PP).


Gentil da Luz
foi convocado as pressas à Brasília, junto com mais sete prefeitos de SC, pelo senador Luiz Henri-que da Silveira, nesta terça-feira.
Hoje, ocorre a eleição da presidência da Amrec, e o Monge da Luz, ostenta o cargo, para isso deve fazer das “tripas o coração“ para chegar a tempo da votação.

Teve lideranças políticas
que fez média com as duas chapas na eleição da Cooperaliança, que teve Pedro Gabriel vencedor com 3.404 votos, contra 831 de Cléber da Silva.


Demorou
mas o PMDB percebeu que não podia deixar o ex-vereador Adelir Cabreira, um dos históricos do antigo MDB, fora do Governo Municipal.
Ele esperou, quieto no seu canto, e hoje assume a chefia de gabinete do Prefeito Gentil da Luz. Antes tarde do que nunca.

Um ex-petista
comentou que a política é dinâmica ao ver a capa do JI de ontem, quando aparece o presidente da Cooperaliança, Pedro Deonízio Gabriel, junto com as lideranças que o apoiaram. Ele está se referindo ao PT e o PMDB, que estão mais próximos do que nunca do PP.

Frase
“Em política, sempre é preciso deixar um osso para a oposição roer.” (Joseph Joubert- escritor ensaista francês - 1754-1824).

GERAL - Empresas fumageiras garantem compra de produção contratada

A Comissão Interestadual dos Produtores de Tabaco teve êxito nas negociações e as empresas fumageiras voltarão a comprar o produto; reunião no sindicado de Içara confirmou acordo.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

Depois de mais uma rodada de negociações com empresas fumageiras, ocorrida terça-feira, dia 22, a Co-missão Interestadual dos Produtores de Tabaco conseguiu com que quatro delas concordassem com as reivindicações feitas pelos agricultores do Sul do País.
Em reunião, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Içara, na manhã desta quarta-feira, dia 23, representantes de sindicatos das regiões de Tubarão, Criciúma e Araran-guá decidiram por unanimidade confirmar às empresas o retorno da venda do produto.
“As empresas vão retor-nar a comprar o produto e nós vamos avaliar se elas estão cumprindo o prometido, através de assemble-ias regulares com os agricultores”, explica o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Ca-tarina (FETAESC), Hilário Gottselig.
As fumageiras Philip Morris, JTI Kannenberg, Universal Leaf e Alliance One atenderam prontamente a convocação da comissão, representante le-gítima dos produtores da Região Sul do País.
As duas primeiras empresas assumiram o compromisso de melhorar a classificação do produto.
Já a Universal Leaf a e Al-liance One, além da classificação, prometeram, junto com as outras empresas que já participaram da negociação, cumprir os demais itens do protocolo firmado com a comissão: com-pra de toda a safra contratada; pagamento em quatro dias úteis; pagamento do frete e do seguro da carga; aval dos financiamentos; fornecimento de insu-mos e assistência técnica e fiscalização da classificação por órgãos oficiais e o acompanhamento da classificação das entidades que assinaram o acordo.
A maioria das empresas até agora assinou o protocolo que estabelece um reajuste de 10% a ser aplicado sobre a tabela safra 2008/2009, última resultante de acordo.
A Universal Leaf e Alli-ance One justificaram a não assinatura do protocolo por questão de sustenta-bilidade financeira. Elas a-legaram não poder seguir esse percentual de reajus-te. Mas, garantiram a manutenção da tabela de pre-ços praticada na safra 2009/2010.
Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Içara, Jair D’Es-tefani, a expectativa da FETAESC foi alcançada. O único problema é o impas-se gerado por um grupo de agricultores de alguns sindicatos.
“A posição deles é contrária a da comissão. Eles estão provocando estas mobilizações, não deixando que o fumo chegue às empresas. Nós somos a favor do diálogo e negociação, para que o produto, que está estragando, volte a ser comprado o mais rápido possível. Este é um an-seio dos agricultores. Não podemos impedir que eles trabalhem”, enfatiza Jair D’Es-tefani.
De acordo com o presidente, quatro dos sindicatos que estão provocando os protestos foram convidados para a reunião em Içara. Porém, nenhum re-presentante compareceu.
“Chamamos para estarem junto conosco, a fim de facilitar as negociações com as empresas. Porém, estes sindicatos, das cidades de Meleiro, Jacinto Ma-chado, Sombrio e Turvo; não quiseram participar da reunião. As empresas não os consideram representantes dos agricultores, e sim a FETAESC”, diz.
O presidente da FETA-ESC informou que, independente da continuação das mobilizações por parte dos sindicatos contrários à comissão, a decisão de voltar a vender o produto já está tomada.

POLÍCIA - Assaltantes abordam ônibus e são presos

Dois assaltantes tentaram cometer um crime inusitada no Balneário Rincão, eles abordaram um ônibus com estudantes universitários e anunciaram o assalto, mas foram embora sem levar nada.

(Maso Nyetto/Jprnal Içarense)

Na noite de terça-feira, por volta das 23h30min, dois homens abordaram um ônibus escolar para realizar um assalto, porém, como não se tratava de coletivo comercial, não lograram êxito e se evadiram do local. O motorista do ônibus conseguiu observar que um deles estava armado com revólver e que se evadiram em uma motocicleta com iniciais da placa “MEG” em direção a Lagoa dos Freitas.
Na manhã de ontem, por volta das 10h, uma guarnição da Polícia Militar de Içara se deparou com dois cidadãos em uma moto, sendo, que, um deles estava sem capacete, o que chamou atenção dos militares.
Ao se aproximarem, eles empreenderam em fuga, contudo, foi observada que a placa da moto seria a mesma do assalto da noite passada, o que fez com que a guarnição pedisse apoio e começasse uma varredura pela localidade.
Na Rua Geral da Lagoa dos Freitas, uma das guarnições avistou a moto em frente a um bar e realizou a abordagem. O condutor JLM, 23 anos, foi abordado, enquanto o caroneiro fugiu e adentrou em um mercado no bairro. Foi perseguido e abordado. Foi identificado como L.J.M.G., 18, e, na busca pessoal, foi encontrado no bolso da bermuda, onze pedras de substância semelhante a crack.
Após a detenção, L. confessou o assalto e informou que arma usada estava no pátio de um bar onde ele reside. Com apoio de mais viaturas, foi realizado busca no bar, na presença da mãe dele, onde o revólver foi achado com duas muniçõ-es intactas.
Os dois foram conduzidos à Delegacia Civil para lavratura do Auto Prisão em Flagrante e a motocicleta, por estar com documentos atrasados, foi recolhida.

VARIEDADES - Eliana Jucoski Monteiro é elo entre prefeitura e entidades

Eliana Jucoski Monteiro foi nomeada Gerente de Relações Institucionais pelo prefeito; ela tem o dever de acompanhar o trabalho das entidades que têm convênio com a Administração Municipal.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

Devido à necessidade de acompanhar mais de perto a aplicação dos recursos das entidades que recebem convênio da Prefeitura Mu-nicipal de Içara, foi criado, pela primeira vez na cida-de, o cargo de Gerente de Relações Institucionais.
Para ocupar o posto, o prefeito Gentil Dory da Luz convidou a empresária Eliana Jucoski Monteiro.
“A ideia da criação do cargo partiu do prefeito a-pós ele perceber que esta-va com pouco tempo dispo-nível para cuidar destas instituições”, conta Eliana.
O convite foi feito de sur-presa, no dia 30 de dezem-bro, durante o 3º Abraço ao Hospital São Donato.
“Trabalhei 24 anos como empresária. Neste tempo, sempre estive envolvida com associações e causas filantrópicas. Durante o evento do hospital, o prefe-ito fez o convite de surpre-sa. Mas, foi uma surpresa boa”, ressalta a gerente.
É a primeira vez que Eli-ana ocupa cargo público. Em 2008, foi candidata à vereadora. Atualmente é vice-presidente do PMDB Mulher e membro da Câ-mara da Mulher Empresá-ria, ambos de Içara.
Eliana diz que chamou a atenção do prefeito após liderar a equipe vencedora da gincana realizada no 1º Abraço ao Hospital São Donato, em 2003, quando foram arrecadados os re-cursos para a construção do Pronto Socorro.
“A partir daí, como ele percebeu que eu sempre es-tava envolvida na ajuda às entidades, pensou no meu nome para intermediar o contato entre elas e a pre-feitura”, relata.
Eliana conta, que, no mo-mento, o Hospital São Do-nato é a instituição foco do trabalho. “Não podemos deixar o HSD perder a identidade. Ele tem um grande valor, pois nos dá muitas alegrias. Aproxi-madamente 90 crianças nascem na instituição por mês. O HSD faz parte da vida dos içarenses. Por is-so, as entidades precisam se unir em prol”, enfatiza a gerente que, após a posse no cargo, passou a estudar a situação do hospital.
Eliana informa que todos os eventos em comemora-ção aos 50 anos de Içara te-rão, de alguma forma, a-ções voltadas a arrecadar recursos para o HSD. “Já foram feitos pedágios e pa-ella. Temos ainda outros projetos durante o ano pa-ra ajudar o hospital. Estou em contato direto com a instituição e vejo o quanto está necessitada”, diz.
Todas as inaugurações de postos de saúde previs-tas para este ano terão e-ventos para ajuda ao HSD.
“Contamos com 19 Es-tratégias da Saúde da Fa-mília. São 120 agentes de saúde e enfermeiras que nos tem dado total apoio para a realização dos e-ventos”, elogia a gerente.
Eliana declara que quer cobrar das entidades uma aplicação eficiente dos re-cursos para promover o au-mento do Índice de Desen-volvimento Humano (IDH) da cidade, que é o mais bai-xo da região carbonífera.
“Mesmo não sabendo de nenhuma irregularidade, a Administração Municipal deve observar. Pois precisa apresentar à sociedade on-de e como está sendo apli-cado o dinheiro”, afirma.

ESPORTE - Unicinco e Brasília decidem o VerãoBol Multicópias Sênior

Foram conhecidos na noite de ontem os dois finalistas do VerãoBol2011, e a decisão do título da Taça Fátima Esportes será entre Unicinco e Brasília, na próxima sexta-feira, na Arena do Coroa

(Nei Costa/Divulgação)

As equipes do Unicinco e Brasília vão decidir o títu-lo do Verãobol Multicópias Sênior – Taça Fátima Es-portes.
A final será realizada na sexta-feira, a partir das 20h, na arena do Coroa Bom de Bola, no Balneário Rincão, em Içara.
As vagas foram conquis-tadas na rodada desta quarta-feira. Marcelo Em-balagens e Mathesch, que tinham a melhor campa-nha na competição e joga-vam pela vantagem do em-pate, mas, dentro da arena de areia, foram surpreen-didos pelos adversários e ficaram de fora.
Em uma partida bem disputada a Unicinco des-bancou o Marcelo Emba-lagens ao vencer por 4 a 2, com gols de Adailton (3) e Juciomar, descontando Vânio e Murilo.
No jogo de fundo, o Brasí-lia também reverteu a van-tagem do Mathesch ao ga-nhar por 2 a 0. Betinho e Vamilson garantiram a classificação.
O Unicinco contabiliza quatro vitórias, dois empa-tes e duas derrotas. En-quanto o Brasília conquis-tou seis vitórias, um empa-te e uma derrota.
Para valorizar a competi-ção, na sexta-feira, na preli-minar será disputada uma partida entre atletas com mais de 50 anos.
Logo após a decisão en-tre Unicinco e Brasília, os organizadores farão um jantar com as equipes e convidados no salão de fes-ta da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes, Centro do Balneário Rincão.
A competição teve início no dia 3 de janeiro e até o momento foram realizados 54 jogos, com um total de 160 gols marcados, média de três gols por partida.
O artilheiro da competi-ção é Murilo (Marcelo Em-balagens), com 8 gols.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

CAPA: Edição2.052 - Içara, 23 de fevereiro de 2011

Romualdo conhece celebridades em Brasília
(Divulgação)


Jair D'Estefani participa de reunião na FETAESC

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)


Lagoa do Jacaré e arroio próprios para banho
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Içara continua cidade violenta

Cada dia que passa uma nova ocorrência em Içara alerta a população que a cidade não é mais pequena e que os fatos, antes vistos através da televisão, pas-sam a serem realidades no município.
São furtos, assassinatos, roubos a mão armada, es-tupros, entre outras barba-ridades.
Ontem à noite, a Polícia Militar deteve um homem com uma menor de 8 anos, que estava desaparecida. Ele é suspeito de ter come-tido estupro contra a crian-ça, que deve ser submetida a exame de corpo de delito.
O crescimentos econômi-co fez a cidade crescer po-pulacionalmente nos últi-mos 20 anos e com isso veio a violência sem o acompa-nhamento necessário da segurança.

CHARGE

De olhovivo na Saúde

Seu filho pode sofrer de tecnoestresse, saiba o que é

Atender celular, redigir e-mail, bater papo no MSN, atualizar o Twitter, colocar fotos no Orkut, jogar vi-deogame, e haja vírgula para listar tudo o que crianças e adolescentes são capazes de fazer ‘ao-mesmo-tempo-agora’. Até aí, tudo bem: eles são a “geração digital” - nasceram quando já existia a Internet, nem imaginam como era “aquela época em que não havia celular”.
O problema é quando o excesso de conectividade co-meça a atrapalhar rendimento escolar, atividades de ro-tina e interações sociais: é o chamado tecnoestresse. “Por fazer muitas coisas ao mesmo tempo, o jovem acaba ten-do dificuldade de se concentrar. Ele não sabe mais onde leu ou viu tal assunto, a informa-ção começa a ficar dis-persa e ele tem dificuldades de reter conhecimento”, explica Evelyn Eisenstein, diretora do Centro de Estudos Integrados Infância, Ado-lescência e Saúde.
Uma das coisas que a pediatra mais vê no consultó-rio são pais reclamando que os filhos não estudam: “Eles usam o tempo de que dispõem para navegar na Internet, inclusive a hora de dormir”. O resultado é desastroso: como dormem mal à noite, ficam com sono durante as aulas e não conse-guem se concentrar nos estudos. “O vocabulá-rio usado na Internet também é ruim para esses jovens. O adoles-cente já não sabe mais como se comunicar, tem dificuldade até na es-crita, pois usa pouco o papel e a caneta.
Alguns mal sabem escrever e cometem a-trocidades na hora que precisam redigir uma redação”, preocupa-se Evelyn.

Proibir não é solução
Mas engana-se quem pensa que a solução é proibir. O ideal é conversar com os filhos e impor limites. As crianças precisam de interação humana. Muitas vezes, se viciam na tecnologia pois sentem falta de ter com quem conversar. Para saber se o jovem está sofrendo de tecnoestresse, é preciso ficar atento aos sintomas do problema: baixo rendimento escolar, insônia, dores no corpo e certa agressividade ao ficar longe do computador são alguns deles.

Estresse provocado pela tecnologia
A tecnologia, segundo o dicionário Aurélio, signifi-ca o conjunto de conhecimentos que se aplicam em diferentes atividades. Esse conjunto de conhecimento técnico e científico esta presente desde a descoberta da primeira ferramenta qual foi melhorada após um tempo e a partir dela, posteriormente, foram feitas outras específicas. O tecnoestresse é um problema provocado por qualquer tipo de estimulo tecnológico.

POLÍTICA - Vereadores elegem integrantes de comissões na Câmara

As comissões internas da Câmara Municipal de Içara foram eleitas na sessão legislativa desta segunda-feira; elas servem para emitir pareceres sobre determinados temas e investigar.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

A sessão da Câmara Mu-nicipal de Içara desta segunda-feira, dia 21, foi reservada para escolha das novas comissões internas para o biênio 2011/2012.
Foram eleitos os integrantes de três comissões. Em comum acordo, os legisladores definiram os membros da Comissão de Finanças, Orçamento e Contas; além de Serviços Públicos. Já a Comissão de Constituição, Justiça e Redação gerou bastante polêmica. Era notória a intenção do vereador Jurê Car-los Bortolon (PMDB) em presidir a mesma. Tanto que no final das discussões, com votação secreta para definir os cinco nomes dos integrantes, Bortolon acabou sendo nomeado presidente.
De acordo com o peeme-debista, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação é a mais importante do Legislativo. “Como vereador da base de governo do prefeito, é importante que eu esteja à frente do grupo”, explicou Bortolon.
Ao ser perguntado sobre o possível interesse de assumir a comissão para interferir na questão da con-tratação de assistentes, Bortolon destaca que este é apenas um projeto.
“O projeto para que os vereadores decidam sobre a contratação de assistentes é apenas um. A comissão deve analisar vários. Por isso, deve estar nas mã-os daqueles que têm interesse no melhor para Içara”, observou o vereador.
A Comissão de Constituição, Justiça e Redação fi-cou composta, então, pelos seguintes vereadores: presidente Jurê Carlos Borto-lon, vice-presidente Diego da Silva Vittorassi, secretário Neuzi Berto Silveira, membros Osmar Manoel dos Santos e André Maz-zuchello Jucoski.
Na Comissão de Finanças, Orçamento e Contas foram eleitos: presidente André Mazzuchello Jucos-ki, vice-presidente Joaci Domingos Pereira, secretário Osmar Manoel dos Santos, membros Itamar da Silva e Acirton Costa.
Para a Comissão de Serviços Públicos foram escolhidos: presidente Neuzi Berto Silveira, vice-presidente Diego da Silva Vitto-rassi, secretário Itamar da Silva, membros Jurê Carlos Bortolon e Antônio de Me-llo, que será representado pelo suplente Dilnei Lima.
As comissões são órgãos técnicos constituídos pelos próprios membros da Câmara, destinada a proceder a estudos, emitir pareceres, realizar investigações e representar o Legislativo.

COLUNISTA - Maso Nyetto,



“Os amigos nos colocam na política e os inimigos nos mantem ne-la”. Comentário do Presidente do PP de Içara, Arnaldo Lodetti Júnior, que até dia 31 de março, data da convenção municipal do partido, não vai dar declarações sobre a possível coligação entre PP e PMDB.

Pedro Deonízio Gabriel
reuniu nesta quinta-feira, para uma confraterniza-ção o novo Conselho Administrativo, Conselho Fiscal e os delegados eleitos da Cooperaliança, funcionários e lideranças da chapa “Vem com a Gente” para agradecer o apoio de todos na eleição de sábado.
Pedro Gabrial recebeu 3.404 votos contra 831 de Cléber da Silva, da Chapa 2.

Na tarde
de domingo o motorista do Corsa MBI-4171, de Içara, ultrapassou por ma-is de 300 metros no acostamento a fila de carros na Rodovia SC-444, na saida do Balneário Rincão.

A reunião
que deveria ocorrer nesta quinta-feira entre vereadores e a direção do Hospital São Donato para tratar sobre o pronto-socorro, foi adiada para dia 2 de março.

Marcel Lodetti Fabris
o Tuca, poderá assumir a assessoria da bancada do deputado estadual José Milton Scheffer (PP), em Florianópo-lis. Ele foi coordenador na região da campanha do ex-prefeito de Sombrio. Tuca é experiente pois já foi presidente da JPP de Içara e da microregião.

Dalvânia Cardoso
atual secretária de Administração da Prefeitura de Siderópolis não acredita na união entre PP e PMDB e que o partido puxou o freio de Arnaldo Lo-detti Júnior sobre o assunto. “Todos, é muita gente”, comentou, ao se referir que a opinião não é unânime dentro do PP.

Um homem
de 33 anos, furtou três desodorantes em um mercado em Criciúma, foi preso e levado ao Presídio Santa Augusta.
Outro dia, uma mulher furtou uma garrafa de cachaça e também foi presa.
Enquanto isso tem pessoas roubando milhões e ficam impunes da justiça.


Terminada a eleição da Cooperaliança
as próximas eleições são as municipais em Içara e no Distrito Balneário Rincão.
Agora é o momento de saber quem é quem na disputa pelo poder e de que lado vão ficar. O PMDB, aposta na reeleição de Gentil Dory da Luz, que já superou o processo d cassação, o DEM, se mobiliza com José Za-nolli, hoje vice de Gentil, mas poderá ser adversário em 2012. O PP, sem candidato de peso, estende um namoro com PMDB. O PSDB, já afirmou que terá candidato no ano que vem. Já o PC do B, PDT e PT, possivelmente podem formar uma frente de esquerda. E a maioria dos demais partidos nanicos vão se unir em favor do candidato do PMDB, como ocorreu em 2008.

GERAL - Comissão discute protestos de fumicultores na Região Sul

Uma série de protestos está sendo feita há uma semana por fumicultores da Região Sul do país, insatisfeitos com a classificação do produto; encontro entre produtores deve achar soluções.

(Arquivo/Jornal Içarense)


(Divulgação/Jornal Içarense)

A Comissão Interestadual dos Produtores de Tabaco reuniu-se nesta terça-feira, dia 22, na sede da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catarina (FETAE-SC), em São José, para fazer uma avaliação de como está se procedendo a co-mercialização do fumo nos três estados do Sul.
Além disso, foi feita a a-nálise da qualidade da safra e também dos reais motivos de descontentamento por parte de alguns produtores catarinenses.
A reunião teve início às 8h30min, transcorreu durante todo o dia, e deve continuar nesta quarta-feira, dia 23. “Pela manhã, os integrantes da comissão reuniram-se e foram discutidos os encaminhamentos. Além disso, avaliamos a si-tuação da comercialização do fumo nas diferentes regiões. Até o momento nenhuma solução definitiva foi acertada”, explicou, du-rante a tarde de ontem, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Içara e integrante da comissão, Jair D´Estéfani.
Os dirigentes das empresas fumageiras também foram convocados para o en-contro. Eles começaram a chegar ao local no início da tarde. “Estamos pedindo que eles melhorem a classi-ficação do produto. Temos que achar uma solução. Pois, não adianta ficarmos parados. Talvez nesta quarta-feira consigamos entrar em um entendimento com os sindicatos que es-tão promovendo a greve”, disse D´Estéfani.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Tra-balhadores Rurais de Içara o bloqueio da entrada de caminhões com fumo nas empresas, promovido pelos fumicultores descontentes, está fazendo com que o produto estocado estrague. “O produto está estragando porque eles não permitem o transporte. Es-tamos tendo muito prejuízo. Mas, isso já não é uma questão política. Temos que resolver na base do diálogo”, argumentou D´Estéfani.
A expectativa é de que uma solução seja divulga-da ainda hoje. “Caso não encontremos solução, uma grande assembleia será convocada, chamando os produtores e sindicatos que aderiram à mobiliza-ção. Pois, não são todos que concordam com o bloqueio”, observou o integrante da comissão.
A comissão é composta pelas Federações dos Trabalhadores na Agricultura nos Estados de Santa Catarina (Fetaesc), do Rio Grande do Sul (Fetag/RS) e do Paraná (Fetaep), pelas Federações da Agricultura nos Estados de Santa Catarina (Faesc), do Rio Grande do Sul (Farsul), e do Paraná (Faep) e pela Associação dos Fumicul-tores do Brasil (Afubra).
Em Santa Catarina, são 55 mil agricultores produtores de tabaco e, por recomendação da FETAESC, os dirigentes sindicais dos trabalhadores rurais conta-taram os fumicultores em seus municípios para obterem um diagnóstico preciso da produção e comercia-lização na atual safra.
Recentemente, a Comissão Interestadual dos Produtores da Região Sul, assinou o protocolo de comer-cialização da safra 2010/11 com a maioria das empresas, onde foi estabelecido reajuste de 10% na tabela.
O acordo também garante a compra de toda a safra contratada, o pagamento em quatro dias úteis, pagamento do frete, seguro da carga, aval dos financiamentos, fornecimento de in-sumos e assistência técnica e fiscalização da classificação por órgãos oficiais. Com informações da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catarina (FETAESC).

POLÍCIA - Menina pode ter sido vítima de violência sexual

Polícia Militar do Balneário Rincão foi atender a ocorrência de um desaparecimento no Distrito e acabaram suspeitando de um caso de violência sexual já a criança foi achada com um homem.

(Arquivo/Jornal Içarense)

A Polícia Militar do Distrito Balneário Rincão foi acionada já nas primeiras horas da madrugada desta terçaa-feira, dia 21, para procurar uma menina de oito anos que havia desaparecido de casa.
Por volta das 1h30min, a guarnição militar encontrou a criança, que estava de bicicleta, com C.N.B., 33 anos, próximo a plataforma da Zona Norte do balneário, e logo foram encaminhados à Delegacia Civil. Eles somente foram localizados porque pessoas que pescavam nas proximidades avistaram os dois entrando nos combros e acionaram a PM
A polícia investiga a possibilidade do homem ter praticado violência sexual contra a garotinha. Um exame de corpo de delito será feito na criança, e por enquanto o homem res-ponderá ao processo em liberdade, pois não houve flagrante. Caso seja provado o ato violento sobre a jovem, o caso será encaminhado à Polícia Civil, que levará o caso aos trâmites legais.
Deste modo o C., pode ser condenado por aliciamen-to de menor e enviado, imediatamente, ao Presídio Santa Augusta em Criciú-ma, onde ficará a disposição da justiça.
De acordo com os responsáveis do Conselho Tutelar de Içara, o caso não chegou a passar por eles. “Por ter sido resolvido pela Polícia Militar, muitas vezes a ocorrência não chega a nem passa pelas nossas mãos, os pais e os soldados já resolvem todos os problemas judiciários”, explicou a coordenadora do Conselho Tutelar, Rainildes Lu-ciano Fernandes.

VARIEDADES - Içarense famoso por encontrar celebridades vai à Brasília

Ronaldo Romualdo ficou conhecido na região por posar para fotos com celebridades de todo o Brasil e no início do mês o içarense foi até a Capital Federal e conheceu políticos e jornalistas.

(Fotos/Divulgação)



O içarense Ronaldo Ro-mualdo, morador do bairro Primeiro de Maio, ficou co-nhecido na cidade e região por ir ao encontro de cele-bridades e posar para fotos com elas.
De acordo com o viajan-te, já foram mais de 20 fotos com personalidade dife-rentes. Entre elas estão os jornalistas Mário Mota e Cacau Menezes, da RBSTV, além do Bola, integrante do programa Pânico na TV.
Recentemente Romual-do esteve em Brasília de fé-rias, de 9 a 16 de fevereiro. Porém, este não era inicial-mente o seu destino.
“Eu queria ir para Per-nambuco na casa de ami-gos. Mas, como o preço da passagem aumentou, re-solvi ir para Brasília”, con-ta o viajante.
Na oportunidade Romu-aldo conheceu o deputado federal Francisco Everardo Oliveira da Silva (PR-SP), o humorista Tiririca.
“Conversei com o Tiri-rica na Câmara dos Depu-tados por dez minutos. Pu-de convidá-lo para vir a Santa Catarina. Ele disse que virá na primeira opor-tunidade. O deputado foi bastante simpático e disse que tem muita amizade com o povo catarinense”, ressalta Romualdo, infor-mando, ainda, que o gabi-nete de Tiririca é o mais vi-sitado por turistas.
O içarense também en-controu o deputado fede-ral Anthony Garotinho (PR-RJ). “Com o Anthony não pude conversar mu-ito, pois ele já estava indo embora”, comenta.
Outro ilustre que posou para foto com o içarense foi o jornalista da TV Globo, A-lexandre Garcia, o qual Romualdo não chegou a convidar para vir a Santa Catarina por falta de tempo. “Ele estava com pressa, pois tinha que tra-balhar. Mas, foi bastante simpático”, diz.
Romualdo relata que começou a se interessar por conhecer famosos em 1998. O primeiro encontro registrado foi com o atual deputado federal Esperi-dião Amin (PP-SC).
Para este ano, Romual-do, que é almoxarife de uma empresa da região, diz que não pretende mais viajar. “Minhas férias es-tão acabando”, explica o a-ventureiro.

ESPORTE - Krishnamurti Balbinot vence Enduro da Lua Cheia na categoria Sênior

Piloto de 20 anos. Krishnamurti Balbinot, vence a etapa do Enduro na Lua Cheia na categoria Sênior, superando todos os limites e mostrou-se capaz de vencer pilotos experientes.

(Divulgação)

A meia noite do dia 20, no Distrito Balneário Rin-cão em Içara, teve início a 23ª etapa do Enduro da Lua Cheia, o maior enduro noturno do país.
O 1º lugar na categoria Senior (similar à Master em velocidade), foi conquistado pelo piloto Krishna-murti Balbinot, que com apenas 20 anos de idade tem mostrado excepcional talento neste tipo de esporte. Em 2010, foi campeão da Copa Minienduro na categoria Júnior. “Para mim a competição foi uma experiência única, primeiro pelo fato de nunca ter pilotado à noite, e depois por ter participado de uma prova com toda essa quilometragem. Os terrenos dos bananais foram os mais preocupantes, caí pesado num deles, mas consegui recuperar em locais mais tranquilos. O meio da mata à noite é algo incrível, você enxerga pouco, é olhar as referências nos equipamentos e acelerar. Quero a-gradecer aos meus patrocinadores, Escritolândia e Ondrepsb, que me proporcionaram a oportunidade de participar dessa competição. Obrigado também ao Lilo, da Lilo Motos, que a-lém de deixar minha moto impecável foi fundamental no apoio para que eu atingisse esse resultado”.
Atravessando dunas, praias, bananais, mata e terrenos íngremes, num percurso 220 km, os pilotos passaram por Balneário Rincão, Balneário Es-planada e Estação Cocal antes de terminar a prova, às oito horas da manhã, na cidade de partida.
A competição, organizada pelo Mototrail Criciúma com apoio da Prefeitura de Içara, é válida para a Copa ASCPE – Associação Sul Catarinense de Pilotos de Enduro - e pela Copa MTC 2011 – Mototrail Criciúma.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

CAPA: Edição2.051 - Içara, 22 de fevereiro de 2011

Colisão traseira envolve quatro carros na SC-444
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)


Rede Municipal voltou às aulas nesta segunda
(Alex Cichella/Jornal Içarense)


Gabriel e Rodrigues vencem com diferença de 2,7 min votos
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Oposição não supera pesquisa

A vitória de Pedro Deo-nízio Gabriel já era esperada e os números apontados pela pesquisa da Rádio Di-fusora se confirmaram. O candidato da chapa 1 venceu Cléber da Silva com 77,80% da preferência dos associados que compareceram no Colégio Salete Scotti dos Santos, totalizando 3.404 votos, enquanto a o-posição recebeu 831 votos.
Silva foi guerreiro e até que teve uma votação expressiva, mas é importante ressaltar que o PDT somou muito pouco à chapa 2, conferindo os resultados da última eleição em que a-poiou, junto com o PMDB, o ex-prefeito Arthur Zanol-li, que recebeu 3.368 votos, contra 4.633 de Gabriel.

CHARGE

POLÍTICA - Gabriel é reeleito presidente com 77,8% de aprovação

Pedro Deonízio Gabriel (PP) foi reeleito presidente da Cooperaliança neste sábado; Gabriel vai para o terceiro mandato, agora tendo como vice-presidente Jorge Rodrigues (PMDB).

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

Com o apoio das maiores siglas partidárias de Içara, Pedro Deonízio Ga-briel (PP), candidato da Chapa 1, foi reeleito presidente da Cooperaliança sábado, dia 19.
Votaram, nas dependências da Escola Salete Scotti dos Santos, das 8h às 17h, 4.371 associados. Destes, 3.404 (77,8%) escolheram o Conselho Administrativo encabeçado por Gabriel, junto ao vice-presidente Jorge Rodrigues (PMDB). Ambos assumem a diretoria da cooperativa durante os próximos 4 anos.
A Chapa 2, a única opo-sitora, que teve como candidato à presidência o comerciante Cléber Luiz de Oliveira da Silva e à vice Claudionor Estácio Rafael, o Biroska; recebeu para o Conselho Administrativo 831 votos, o que correspon-de a 19%.
O pleito teve ainda 92 vo-tos brancos e 44 nulos.
Os integrantes do Conselho Fiscal e Delegados junto à Fecoerusc da Chapa 1 também foram os mais votados, com 3.287 e 3.257 vo-tos, respectivamente.
Gabriel está à frente da cooperativa de energia de Içara desde o ano de 2004. Ele assumiu a vaga após o afastamento do ex-presidente Adêmio João Pavei.
Em 2007, Gabriel concorreu e foi eleito com 4.633 votos, contra 3.368 do principal adversário, Arthur Zanolli. Este ano, foi o favorito desde o inicio da campanha.
“É o reconhecimento de nosso trabalho, demonstrado nas urnas. A nossa reeleição é a prova de uma administração responsável e transparente”, declarou o presidente eleito.
Durante os dois mandatos de Gabriel, a cooperativa adquiriu equipamentos modernos e implantou o sistema de linha viva. Assim, a Cooperaliança se tornou uma das primeiras concessionárias de eletrificação do Estado a realizar serviços em redes sem interromper o fornecimento de energia elétrica.
Também durante a gestão de Gabriel, a Cooperali-ança recebeu o certificado como primeira concessionária de energia elétrica do país a ter o Sistema de Gestão da Qualidade certificada pela ISO 9001 e também nos serviços prestados pe-lo setor comercial.
No último mandato de Gabriel, também foi implantado o tele-atendimento (0800) 24 horas, atualizado o site da empresa e criado o auto-atendimento a-través da página virtual, sendo que nela o consumidor pode retirar e verificar a fatura. Além disso, houve modernização de toda a estrutura do setor administrativo, comercial e diretoria. Um elevador para deficientes físicos também foi instalado na empresa e a frota aumentou.
Além de todo o trabalho, Gabriel reduziu em mais de 13% a revisão tarifária, sendo que o consumidor paga hoje a mesma margem de porcentagem que pagava em 2007.
“Eu tinha um sonho, que era a subestação. Hoje posso dizer que esse sonho se realizou. Meu outro sonho era poder construir a sede da cooperativa e poder proporcionar ao nosso associado um local de la-zer com conforto, que o mu-nicípio de Içara merece”, declarou Gabriel.
Além de Pedro Gabriel e Jorge Rodrigues o conselho administrativo é formado por Severiano Antônio Va-lentim como secretário, Juscelino Dagostim, Pedro Luiz Da Luz, Hilário Dal Molin, Silvio João Viana e Cláudio Blissari como conselheiros.
Já no Conselho Fiscal, a composição é formada por Edu Eduviges de Souza, Olívio Natalício Pereira e Gelson Possamai. Na suplência, ficaram Tarcísio Marangoni, João Picolo e Sebastião Geraldo da Silva.
Os delegados efetivos são Everaldo Borges Réus e Quintino Pavei, e os suplentes Wagner Pereira Pizzetti e Evanir Calegari.
O candidato da Chapa 2, Cléber Luiz de Oliveira da Silva, não foi encontrado para opinar sobre o resultado da eleição.

COLUNISTA - Maso Nyetto,



“Pretendemos com esta proposta não apenas trabalhar a história do município, mas resgatar a parte cultural da cidade.” Secretário de Educação, Antônio de Mello, sobre o tema do jubileu de Içara como tema da literatura da rede municipal de ensino.

Os serviços
para a colocação dos tubos da rede de esgoto na Rua Marcos Rovaris, Centro de Içara, serão realizados apenas aos sábados à tarde e aos domingos. Esta foi à solução encontra pelos comerciantes da área central da cidade, engenheiros da Setep e vereadores, em reunião nesta segunda-feira, na Câmara Municipal.
A preocupação dos lojistas seria em relação ao fluxo de vendas, haja vista que as ruas serão fechadas para as obras. As obras terão início neste sábado, dia 26.
Segundo o engenheiro da Setep, Marcelo Del Moro, os trabalhos podem ser estendidos aos próximos finais de semana. “Vamos comunicar o Samae sobre o cronograma para a rua central, é um trecho de 400 m, mas por ser estreita a maioria do trabalho é manual, assim, tornando lento os serviços”; explicou Del Moro.
O vereador André Mazzuchello Jucoski, o Polaki-nho, ficou satisfeito com a reunião, pois houve um acordo entre ambas as partes. “Foi importante este encontro já que os comerciantes e a empresa responsável encontraram uma forma de realizar a obra sem causar grandes prejuízos para ambos”; falou.
Apenas cinco vereadores participaram da reunião, cadê os demais que não deram as caras?

Nesta quinta-feira
às 17h, será realizada uma reunião entre os vereadores, presidente e administradora do Hospital São Donato de Içara, para tratar a constante falta de médicos no plantão do pronto-socorro.
Espero que eles também cobrem como está a situação do hospital junto a Po-lícia Federal no caso das denúncias de superfatu-ramento do SUS e do Grêmio, que teve um desfalque de mais de R$ 100 mil.

João Picollo
presidente da Colônia de Pesca Z-33, do Balneário Rincão, em Içara, lembra que de desculpas em desculpas a Ponte do Tor-neiro nunca acaba..., uma hora é problema, agora é porque o dono do terreno não deixa fazer o acesso para a ponte, por cima da casa dele... Ele cita que a casa já estava lá há muito tempo quando a ponte começou... Será que não a tinham visto???
Ele tem razão.

Silva
foi guerreiro e até que teve uma votação expressiva, mas é importante ressaltar que o PDT somou muito pouco à chapa 2, conferindo os resultados da última eleição em que apoiou, junto com o PMDB, o ex-prefeito Arthur Zanolli, que recebeu 3.368 votos, contra 4.633 de Gabriel E Silva levou apenas 831 votos. Para um partido que pensa grande a votação foi pequena.

Frase
“A política é a arte de tirar o melhor proveito possível de determinada situação”. (Maurice Barrés - Escritor e político francês - 1862-1923).

GERAL - Alunos da rede municipal de ensino voltam às aulas

As oito escolas da rede municipal de ensino de Içara abriram as portas nesta segunda-feira para receber os mais de cinco mil alunos; e o JI conferiu como foi a recepção na Escola Angelo Zanellato.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

Os alunos da rede municipal de ensino de Içara voltaram às aulas nesta segunda-feira, dia 21.
De acordo com a diretora da E.M.E.F. Angelo Za-nellato, Dalva de Mello Martignago, todas as escolas da rede vão trabalhar durante o ano o tema literatura. “Cada instituição vai abordar o tema de uma forma diferente. O projeto vai focar na literatura do município, pois Içara faz 50 anos, e as escolas querem resgatar a história da cidade”, explica Dalva.
No primeiro dia de aula na instituição do bairro Primeiro de Maio, os alunos foram recebidos com uma peça literária, apresentada pela professora de Criciúma, Ana Maria Ma-naus Teixeira.
“A peça é uma contação de histórias criada para o projeto Museu vai à Escola. Ela visa à valorização do patrimônio histórico e cultural. Mostro que, através das brincadeiras e brinquedos, as crianças passam o patrimônio à diante”, diz Ana, que é mãe de Davi, de quatro anos, e Sofia, de um ano, e formada em História.
A coordenadora pedagógica da escola, Lúcia Mendes Topanotti, conta que os alunos interagiram bastante na peça. “Eles brincaram de trava-língua, acompanharam as cantigas. Enfim, participaram diretamente do evento”, observa.
Segundo a diretora, os estudantes já estavam ansiosos pelo retorno das aulas e o primeiro dia foi tran-quilo. O único impasse que a direção terá de enfrentar é o deslocamento de duas turmas para salas fora do espaço da escola.
“Neste ano a escola teve que alugar salas em um prédio próximo para colocar duas turmas, pois faltou espaço. Esta é uma questão que vamos ter que discutir com os pais. Mas, estamos agindo para garantir a mesma segurança que elas receberiam dentro da escola”, ressalta Dalva.
De acordo com a diretora, a escola tem a promessa de receber reforma e ampliação ainda neste ano.
Outra novidade contada pela coordenadora, é a presença do músico e escritor Gabriel O Pensador em Içara, em maio, quando todas as escolas da rede municipal participarão da 1ª Feira do Livro. “Ainda não contei para os alunos. Tenho certeza de que ficarão muito a-nimados”, enfatiza Lúcia.
Os alunos do CEI Aventura do Saber, do bairro Te-reza Cristina, foram recep-cionados com muitas brincadeiras nesta segunda.

POLÍCIA - PMRv de Içara registra acidente na SC-444

Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Içara atendeu neste domingo um acidente envolvendo dois veículos na Rodovia SC-444, o impacto foi tão forte que um dos carros teve a frente destruída.

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

A imprudência no trânsito ainda tem sido o maior causador de acidentes nas rodovias de Içara.
No fim da tarde de domingo, a Polícia Rodoviária Militar (PMRv) de Içara atendeu a um acidente na Rodovia Paulino Burigo (SC-444), no Km 12,530, próximo de Vila Nova.
De acordo com os soldados da PMRv de Içara, qua-tro carros acabaram se envolvendo em um engaveta-mento. M.P, motorista da Pagero placas MHF-5380, parou na rodovia e os demais veículos que vinham atrás não conseguiram segurar o freio. O Palio placas MVO-9748, dirigido por A.C.D., o Vectra placas BVA-6543, conduzido por R.D.Z., e o Voyage placas MGG-9355, dirigido por V.S.M., acabou sofrendo o maior dano no impacto. A frente do automóvel ficou completamente destruída, e o trânsito ficou lento por cerca de uma hora.
De acordo com o Corpo de Bombeiros de Içara, o condutor do Voyage foi encaminhado ao hospital São Donato em Içara com dores pelo corpo. Depois de ser atendido e constatado que não havia nenhum fe-rimento ele foi liberado.
A guarnição dos bombeiros também registrou neste domingo uma colisão entre duas motocicletas que, deixou duas pessoas feridas em Içara. O acidente aconteceu, na Avenida Pro-cópio Lima, no Raichaski.
M.J.M., 34 anos, condutor da moto placa MHS-1033, de Criciúma, apresentava fraturas expostas na perna esquerda. Enquanto J.V.L., 35, da da motocicleta placa MEN-2617, de Içara, teve feri-mentos levados. Os dois foram levados ao Hospital São José, em Criciúma.
Em Jaguaruna, Salete Ja-nuário Torres, 46, morreu ao ser atropelada na BR-101. O motorista fugiu.