O blog JIdiario agora é portal JInews.com.br, com muito mais interatividade e conteúdo atualizado a todo momento. Acesse e confira.

sábado, 30 de maio de 2009

ESPORTES - União do Sul e União da Praia brigam por três pontos na segunda rodada do Içarense

A segunda rodada do Campeonato Içarense terá a disputa de seis jogos, e as equipes do Cristo Rei e da Praia se enfrentam neste domingo, em busca da primeira vitória na competição.

Seis partidas da segunda rodada dão seguimento do Campeonato Içarense 2009 neste fim-de-semana.

O Vila Nova, que perdeu para o Praia, joga em casa com o Presidente Vargas, que empatou com o São José. Vai ser uma partida bem equilibrada.

Já as equipes do Praia e do Jaqueline buscam a segunda vitória. O time da casa venceu na abertura o União do Sul.

Dando sequência na rodada, o Barra Velha recebe a visita do Atlético Içarense.

Já o SER Liri tenta se recuperar da goleada sofrida para o Barracão e encara o Barão, que também goleou na estreia a Barra Velha.

Após o empate na primeira rodada o São José dá boas vindas ao Barracão, que vem embalado para a partida de domingo.

Finalizando a rodada o União do Sul vai até o Balneário Rincão enfrentar o União da Praia. As duas equipes perderam na estreia e vão em busca da vitória.

O presidente do União do Sul, Everaldo de Oliveira Goulart, confia no potencial da equipe, mesmo sabendo da qualidade do adversário e que o jogo será difícil, acredita que os jogadores vão trazer os três pontos para Içara. “Sabemos que o adversário vai se aproveitar do fato de jogar em casa e vir para cima de nós, por isso estamos planejando uma estratégia para surpreender o União da Praia”, finaliza.

Por outro lado, o União da Praia não vê o mando de campo como vantagem, afirma o técnico João Arseno. “Sabemos que elesvem com um time bem reforçado. Estamos desfalcados do atacante Jair, mas, vamos resistir aos ataques do inimigo”.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

VARIEDADES - “Amigos dos Autistas” realizarão Jantar Beneficente

Com fins de arrecadar fundos para sustentar a Escola Especial Meu Mundo, a Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Região Carbonífera realizará um Jantar Beneficente em junho.

No dia 10 de junho (véspera de feriado), a partir das 20h, um Jantar Dançante Beneficente será realizado no Centro de Eventos Germano Riggo, com o custo de R$ 15,00, pela Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Região Carbonífera de Santa Catarina (AMA-REC/SC).

O objetivo é de arrecadar fundos para as despesas mensais da Escola Especial Meu Mundo, da associação, que atende a 51 alunos autistas, dos quais cinco são içarenses.

De acordo com Estefânia Borges, presidente da associação e secretária da Escola Especial, “o sucesso do evento pode significar um refresco para o caixa da AMA, que passa os meses no vermelho”.

Apesar dos convênios existentes (com a prefeitura de Morro da Fumaça, o Sistema Único de Saúde, a Fundação Catarinense de Educação Especial e a Justiça Federal), os recursos são insuficientes para manter a instituição.

Os convênios, segundo Estefânia, suprem maior parte das necessidades, uma vez que disponibilizam transporte, parcela de merendas, equipes multidisciplinares, parcela de professores e materiais de trabalho, respectivamente.

Entretanto, as despesas básicas da instituição, como água, luz, energia, telefone, alimentação, materiais de higiêne pessoal, de limpeza, professores, entre outros, somam um valor aproximado de R$ 6 mil por mês.

Os pais dos alunos colaboram, mas a cada mês, as arrecadações somam de R$ 200 a R$ 300.

O jantar dançante contará com música e comida típicamente italianas, homenagem a colaboradores da instituição (empresas e pessoas), além de uma apresentação artística dos alunos autistas.

O autismo é visto com o uma inadequacidade que se manifesta de maneira grave por toda a vida. É encontrado em todo o mundo e em famílias de qualquer configuração racial, cultural ou social.

O trabalho realizado pela E.E. Meu Mundo não tem fins lucrativos, apenas busca ajudar ao próximo com um raro altruísmo e dedicação, através de oficinas e projetos de socialização e desenvolvimento.

Interessados em colaborar podem buscar informações no telefone 3462-9804, ou no endereço da escola: Rua Antônio Gabriel Machado, n° 320, Bairro São Cristóvão, em Criciúma.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - 190, 191, 192, 19... Conheça os principais telefones de emergência!

Poucas pessoas sabem como proceder, em casos de emergências, quando se trata de ligar para alguém, por isso o Jornal Içarense explica quais números de telefone para cada tipo de ocorrência.

Baseado nos depoimentos de autoridades das equipes de segurança do município de Içara, muitas pessoas acabam ligando para órgãos de atendimento de urgência errados ou inadequados à situação corrente, por falta de informações.

Assim, tendo em vista que houve apenas um registro de ocorrência ontem, o Jornal Içarense explica como funcionam os serviços de emergência por telefone, conforme a tabela abaixo.

O telefone mais comum é o 190, que toca diretamente ao Comando da Polícia Militar de Criciúma, devido à alta tecnologia milionária, sendo ela responsável por atender seis municípios da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), inclusive Içara.

Segundo o sargento Edilor Chiminski, da Central de Emergência, o telefone 190, também serve de informação aos outros números, pois os atendentes repassam o número correto para a devida ocorrência.

Em casos de acidentes de trânsito, a polícia a ser chamada dependerá da rua onde ocorreu o acidente. Em rodovias estaduais, no caso de Içara, a SC-444, deve-se ligar para o 198, telefone da Polícia Rodoviária Estadual. Na rodovia federal, a BR-101, deve-se ligar para o número 191, referente à Polícia Rodoviária Federal. Nas demais ruas e avenidas de Içara, o 190 é o responsável pelo atendimento da ocorrência.

Se houver vítimas em quaisquer tipos de acidentes, o Samu (192) ou o Corpo de Bombeiros (193) podem ser acionados, somente este último em casos de incêndio também.

Telefones de Emergência
100 - Secretaria dos Direitos Humanos
180 - Delegacia da Mulher
181 - Disque-Denúncia
190 - Polícia Militar
191 - Polícia Rodoviária Federal
192 - SAMU
193 - Corpo de Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
198 - Polícia Rodoviária Estadual
199 - Defesa Civil

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - CDL: Gentil participa da 41ª Convenção

Após abertura oficial da 15ª Festa da Tainha na quarta-feira o prefeito de Içara, Gentil da Luz, viajou à Joinville, com a esposa, Marielza, para participar da 41ª Convenção Estadual do Comércio Lojista, a convite do presidente da CDL de Içara, Jader de Souza.

É a primeira vez que um prefeito içarense participa do evento. Gentil retorna de viagem no sábado, e se prepara iniciar as atividades do Mesa do Prefeito no Distrito do Balneário Rincão que contará com as atividades da Administração Municipal por duas semanas, de 1º a 13 de junho.

Segundo Gentil, as necessidades emergenciais da comunidade deverão ser atendidas, mas acima de tudo o projeto deve proporcionar a aproximação dos moradores com o prefeito, criando uma ligação com ações que vão perdurar até o final da administração.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Agências do INSS mudam horário de atendimento a partir de 1º de junho

A partir de 1º de junho, as agências da Previdência Social passam a atender em horários diferenciados de acordo com as necessidades de cada localidade. A nova regra foi disciplinada pelo Instituto Nacional do Seguro Social, mas foi garantido funcionamento de dez horas ininterruptas para atendimento ao segurado, dando assim mais conforto aos usuários do serviço público.

O horário de atendimento deve ser fixado pelas gerências regionais do órgão, mas respeitando a carga de 12 horas diárias, contabilizadas, com expediente começando às 7h e encerrando às 19h. Além do atendimento ao público, as agências realizam trabalhos internos.

Atualmente, a maioria das agências do país já cumpre as dez horas de atendimento aos trabalhadores, com horário fixado entre 8h até 18h.

Foto: Alex Cichella (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Cooperaliança deve reduzir taxa de energia

Auditores da Anel levantam estudos e a redução pode variar de 8 a 11% nos grupos A e B. O processo da revisão iniciou em outubro de 2008 e vai ser concluído em julho de 2009.

Durante o período de 18 a 29 de maio a Cooperaliança recebeu a visita de auditores de Agência Nacional de Energia Elétrica, Aneel. O motivo da fiscalização foi a validação das informações da base de remuneração do segundo ciclo de revisão tarifária, o primeiro ciclo foi em 2005.

As informações prestadas à Aneel foram levantadas pelo Centro de Avaliações e Perícias de Engenharia Ltda, empresa autorizada pela própria Agência para realizar o serviço. O processo da revisão iniciou em outubro de 2008 e vai ser concluído em julho de 2009 com a Audiência Pública, em Içara, a ser realizada pela Aneel.

O resultado preliminar já apresentado pela Agência Nacional, já sinaliza uma redução que varia de 8 a 11% para os grupos A e B. “Essa redução é resultante de todo um trabalho feito pela Cooperaliança na melhoria de redes, redução de custos, diminuição de perdas, investimentos em qualidade, treinamento pessoal, implantação da ISO-9001, além de reavaliações feitas pela Agência em custos por eles administrados”, explica o contador da empresa, Daniel Vieira.

Além da revisão que ocorre de quatro em quatro anos, anualmente a própria agência promove revisão das tarifas, chamado processo de IRT (Índice de Reajuste Tarifário), que leva em conta a inflação, custo da compra de energia e desempenho da concessionária.

Fotos: Kelley Alves (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - PMDB avalia vitória de LHS e acredita na absolvição de Gentil

Os peemedebistas do município avaliam a vitória do governador perante a Justiça e afirmam que estão mais confiantes diante dos cinco processo que tramitam contra Gentil Dory da Luz.

Com seis votos contra e apenas um a favor, o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (LHS), foi absolvido pelo TSE. E este episódio trouxe ainda mais confiança ao prefeito de Içara, Gentil da Luz, que agora está ainda mais confiante nos cinco processos que tramitam na Justiça, dois deles contra a expedição do diploma.

“Sabemos que são processos diferentes, porém, em um dos meus processos a acusação é em relação a Revista Metrópole, que segundo a acusação teve o meu envolvimento e o do governador”, lembrou o prefeito. “Desta maneira, essa decisão vai servir como base no meu processo. Apesar de envolvimentos diferentes, penso que a justiça também avaliará improcedente esse e os outros processos”, assegurou.

Para finalizar, Gentil garantiu que não teme a cassação. “Vou superar todos esses obstáculos, assim como LHS superou. O nosso governador está ultrapassando os limites do PMDB e tenho certeza que será eleito a senador com cerca de R$ 2 milhões de votos”, prevê.

Para Adilton Tramontim, presidente do PMDB de Içara, a vitória de LHS já era esperada pela sigla. “Estamos confiante na vitória, afinal o nosso governador foi o único de Santa Catarina a se exonerar do cargo exatamente para evitar a acusação dos opositores”, salientou Tramontin.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Viviane MARAGNO: Dentes sensíveis

O descuido com os dentes podem provocar desgaste na superfície dentária com retratação gengival.

O que quer dizer ter dentes sensíveis?
A sensibilidade dentária é a dor causada por desgaste da superfície do dente. A causa mais comum desta sensibilidade na pessoa adulta é a exposição da raiz dos dentes na área cervical, ou colo, devido à retração gengival. Como a raiz não está coberta pelo esmalte, milhares de canalículos que vão do centro do dente e levam o feixe nervoso da polpa até a superfície ficam expostos e acusam a dor. Quando o calor, frio ou pressão afeta esses canalículos, você sente dor.

Ignorar os dentes sen-síveis pode levar a outros problemas de saúde bucal. Especialmente se a dor fizer com que você não escove bem os dentes, tornando-os vulneráveis às cáries e doenças gengivais, que podem vir a cair os dentes.

Como saber se os dentes são sensíveis?
Se você sentir uma sensação dolorosa nos dentes após tomar bebidas ou comer comidas quentes ou frias, os dentes são sensíveis. Mas não é só você que sente isto. É um problema que afeta um em cada quatro adultos, às vezes de forma não permanente.

Como tratar dentes sensíveis?
Em primeiro lugar, fale com dentista. A sensibilidade dos dentes geralmente pode ser tratada e curada. O dentista pode prescrever flúor em gel ou um enxaguante bucal com flúor. Você também pode tentar cremes dentais de baixa abrasividade com formulações feitas especialmente para dentes sensíveis. Pergunte ao dentista quais são os produtos mais adequados para o problema de sensibilidade. Tenha cuidado com a escovação e evite que os dentes se desgastem ainda mais. Uma escovação muito forte, uma prótese parcial com grampos e aparelhos apertados e justos podem também levar à abrasão.

Uma boa higiene oral, hálito puro e sorriso saudável são o resultado de uma boa higiene bucal. Isso significa que, com uma higiene bucal adequada:

· Dentes limpos e livres de resíduos alimentares;
· A gengiva não sangra nem dói durante a escovação e o uso do fio dental;
· O mau hálito deixa de ser um problema permanente.

Consulte o dentista caso as gengivas sangrem durante a escovação ou do uso do fio dental, e principalmente se estiver experimentando um problema de mau hálito. Essas manifestações podem ser a indicação da existência de um problema mais grave. O dentista pode ensinar o uso de técnicas corretas de higiene bucal e indicar as áreas que exigem atenção extra durante a escovação e o uso do fio dental.

Como garantir uma boa higiene oral?
A higiene bucal é uma das medidas mais importantes que você pode adotar para manter os dentes e gengivas em ordem. Dentes saudáveis não só contribuem para que tenha uma boa aparência, mas são importantes para que possa falar bem e mastigar corretamente os alimentos.

Manter uma boca saudável é importante para o bem-estar das pessoas. Os cuidados diários preventivos, como uma boa escovação e o uso correto do fio dental, ajudam a evitar que os problemas dentários se tornem mais graves.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

FLASH JI - Ampliação da Apae

A ampliação do prédio da Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae), Escola Especial Sonho Dourado, teve construção reiniciada em março, após um ano parada por falta de recursos.

Segundo a diretora da Apae, Clair Martinello Faraco, o ritmo das obras será reduzido, mas não interrompido, pois a verba para a construção ainda é pouca e deve ser controlada mês a mês de forma econômica.

Foto: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)

Edição 1633: EDITORIAL - PP deve aceitar a derrota para LHS e se preparar para as eleições de 2010

A expectativa do julgamento do governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) era grande por parte da oposição e também da situação, que, mesmo tendo o Tribunal Superior Eleitoral absolvido o governante catarinense por 6 votos favoráveis e um contrário, o PP teima em não aceitar a derrota, mais uma vez (a primeira foi nas urnas) e promete recorrer da decisão do TSE.

O Partido Progressista é, junto ao PMDB, a sigla com mais filiados em Santa Catarina, tem um domínio partidário muito grande no Estado e não precisa buscar outro caminho que não seja pelas urnas, para retornar ao Poder.

Nesse caso, o que tinha que dar já deu e o que resta ao cacique Esperidião Amin e filiados é aceitarem a derrota, pegar o chapéu e irem para casa preparar estratégias para 2010.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

ESPORTES - São José quer superar campanha de 2008

Vice-campeão no ano passado o time do São José, que empatou em 3 a 3 com o Presidente Vargas, atual campeão, na estreia do Içarense, prepara uma equipe para surpreender os adversários.

O Esporte Clube São José, vice-campeão de 2008, empatou em 3 a 3 na abertura do Campeonato Içarense de Futebol, com o Presidente Vargas, que detêm o atual título municipal.

Pensando alto a direção investiu numa equipe de nível com o objetivo de conquistar a taça de campeão da competição organizada pela Liga Atlética Içarense (LAI).

O presidente Simão Custódio afirmou que a cada ano que passa o campeonato se torna mais difícil devido ao ato nível das equipes, que visando o título, contratam atletas de peso, como é o caso da Praia, do Vila Nova e Presidente Vargas, sem desmerecer os outros times.

“Essas equipes já são referência na competição e darão muito trabalho aos adversários”, comenta.

O Campeonato Içarense já pode ser considerada uma competição de alto nível, pois muitos atletas são referências em outros clubes da Região Carbonífera e também do sul de Santa Catarina.

Sem modéstia, Custódio faz questão de frisar que o São José preparou uma equipe forte e superior a de 2008 com meta de ser campeão içarense.

Sobre o jogo do fim-de-semana contra o Barracão ele afirmou que a equipe terá cautela dentro de campo, pois qualquer vacilo nesta fase pode ser prejudicial no transcorrer da competição.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

VARIEDADES - Sonho Infantil realiza papel social com responsabilidade

Crianças aprendem e se desenvolvem de forma responsável e diferenciada com apoio pedagógica do Centro de Educação Sonho Infantil, localizado na Rua São Donato, n° 335, no Centro de Içara.

Há 17 anos, o Centro de Educação Sonho Infantil vem atuando no município de Içara com uma filosofia diferenciada, na qual evidencia a qualidade em educação, prevalecendo o bem-estar de estudante, família, escola e sociedade.

Atendendo a crianças desde a Educação Infantil aos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, com atividades diferenciadas a cada seguimento, contando com 20 funcionários, entre pedagogos, assistente social, psicólogo, Direção, secretária e outros.

Segundo a diretora e orientadora pedagógica, Jucélia Melo Cardoso, o Centro de Educação inovou em 2009 o atendimento em horário integral para a Educação Infantil, atendendo a crianças a partir de sete meses de idade.

No horário vespertino, atende à Educação Infantil e aos Anos Iniciais do Fundamental no horário das 13h15min às 17h30min.

Jucélia ressalta que acontece há quatro anos a Escola de Pais, em encontros mensais com diferentes temas e palestrantes.

No período matutino, o Centro de Educação atende ao Maternal I e II, porém, em período integral. As atividades desenvolvidas são voltadas ao lúdico, a fim de desenvolver habilidades cognitivas e motoras da criança, proporcionando maior conhecimento sobre o próprio corpo e aguçando a criatividade, segurança, espontaneidade, entre outras competências.

No período vespertino, o Centro desenvolve atividades através de planejamento curricular, projetos de acordo com a necessidade de cada turma, a fim de proporcionar o ensino-aprendizagem de cada estudante.

Dentre os projetos, há saídas de estudos. No último dia 22, as turmas de 1° e 2° anos foram visitar o Museu da Infância, na Unesc, em Criciúma, onde foi abordado conteúdo já trabalhado em sala de aula, sob o tema “Resgatando Brincadeiras Antigas”, esquecidas nos dias atuais.

A diretora administrativa e assistente social, Isis Regina Meller Casagrande, informa que a escola oferece oficinas extracurriculares, como apoio pedagógico e coral, terceirizando capoeira e teatro, que acontecem das 17h30min às 18h30min.

“Temos a certeza de que só tem bons frutos quem é capaz de sonhar com responsabilidade, determinação e segurança”, finaliza a diretora.

Fotos: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Visão geral das ocorrências do Corpo de Bombeiros em 2009

Neste ano, o Corpo de Bombeiros de Içara registrou 759 ocorrências, classificadas em sete categorias. Saiba como proceder em cada uma destas situações antes de discar o 193 de Emergência.

De janeiro a abril de 2009, o Corpo de Bombeiros de Içara registrou 759 ocorrências, das quais 60% não precisariam ser atendidas necessariamente pela corporação, conforme explica o soldado Luiz Henrique da Silva.

Os números são classificados em sete tipos de ocorrências:

- Traumas e emergências: 635;
- Auxílios à população: 59;
- Incêndios: 37;
- Atividades fiscais e de orientação: 12;
- Casos relacionados ao meio-ambiente: 8;
- Apoios a outros órgãos: 5;
- Afogamentos e arrastamentos: 3.

Os casos de meio-ambiente são relacionados ataques de abelhas, cobras e animais peçonhentos que ameacem a população.

Os casos de afogamentos e arrastamentos são relativamente poucos porque, na maioria deles, apenas o salva-vidas já é suficiente para atender a ocorrência, não necessitando acionar o Corpo de Bombeiros.

“Na verdade, há muitos casos em que somos acionados desnecessariamente”, conta Silva.

O soldado diz que os casos, em que o Corpo de Bombeiros se faz realmente preciso, são separados em “urgências” e “emergências”. A primeira são os casos de mais prioridade, nos quais as vítimas precisam ser cuidadas e levadas para um hospital o mais rápido possível.

A segunda é caracterizada pelos casos que necessitam de rapidez no atendimento, mas que não são necessários o atendimento do Corpo de Bombeiros, como na maioria dos casos de mal-súbitos, que compõem a maior parte da categoria “Traumas e Emergências”, com 635 casos.

“Significa que os próprios familiares, vizinhos ou pessoas próximas poderiam realizar o atendimento ou levar as vítimas para um hospital, nos casos em que ela não possa se locomover sem riscos e consciente”, explana o soldado, que continua: “assim, deixamos de atender as urgências, que são realmente graves e precisa do nosso serviço, para atender as emergências, uma vez que não podemos, por lei, negar atendimento a ninguém”.

Ele ainda conta que neste ano já receberam de cinco a dez trotes no telefone da guarnição e que mesmo os içarenses devem acionar o Corpo de Bombeiros pelo 193 e não diretamente no Batalhão de Içara.

Foto: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Quintino Rizzieri encerra Projeto Família Unida

Com o tema Escola e Família Unida Aprendizagem garantida, a E.M.E.F. Quintino Rizzieri iniciou as atividades do ano letivo de 2009. O objetivo é levar os pais a participar mais ativamente na vida dos filhos, melhorando o processo de ensino e aprendizagem na escola e em casa.

Várias atividades foram realizados no trimestre dentro do projeto, entre eles: resgate da origem das famílias, brinquedos antigos, receitas do tempo da vovó, feita pelas próprias avós dos alunos, no dia das mães elas foram homenageadas, com palestra sobre valorização da mulher na sociedade.

Na área da saúde os alunos participaram de palestras com nutricionistas sobre a boa alimentação, e também receberam a visita de um cirurgião-dentista.

A escola ainda tem uma grande preocupação com a leitura e a escrita desenvolvendo atividades especifica, como: “o dia da leitura” e o “correio”, onde os alunos se comunicam por cartas.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Saúde: Alunos da APAE são vacinados

Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, todos os anos, os alunos matriculados na Escola Especial “Sonho Dourado”, a APAE de Içara, recebem a vacina contra a gripe. O envolvimento dos diversos segmentos sociais tem contribuído para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual e de seus familiares.

Com a chegada do inverno o índice de gripe entre os jovens e os mais idosos torna-se muito mais comum e fácil de ser adquirido, aproveitando a campanha de vacinação dos idosos realizado pelo governo federal todos os anos, os alunos especiais recebem a dose, pois muitos deles tem o imunológico mais sensível.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Içara: NAES inaugura novas instalações

A idealização de uma antiga reivindicação foi concretizada na noite de terça-feira. Administração Municipal e Secretaria de Educação inauguraram as novas instalações do NAES (Núcleo Avançado de Ensino Supletivo de Içara), localizado na Rua Vitória, 729.

De acordo com a gestora Municipal de Educação Giovana dos Santos, este novo espaço atende uma antiga e justa reivindicação de alunos e funcionários, “pois é mais amplo e arejado suprindo as necessidades de todos que utilizam os serviços e as salas de aula”.

O prefeito Gentil da Luz afirmou que todas as ações que beneficiarem o processo de aprendizagem dos cidadãos içarenses receberão dedicação e apoio da Administração Municipal. “Quando se tem um ambiente aconchegante e acolhedor o aluno se sente mais a vontade e valorizado. Também ressaltamos que além de beneficiar alunos e colaboradores a qualidade no ensino vem de encontro com o objetivo de elevar o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de Içara”.

Para a diretora Pedagógica Regional do CEJA, Célia Casagrande Cechela, um ambiente acolhedor é tão importante no processo de construção do ensino aprendizagem quanto o próprio processo. “As novas instalações mostram a preocupação da Administração Municipal também com a educação de jovens e adultos que hoje ganham tempo devido à localização. A Administração está proporcionando um ambiente mais adequado a estes munícipes que já tem uma carga horária extensa por trabalharem o dia todo”, declarou salientando que estas atitudes além de beneficiar os que estudam no NAES ampliaram o número de matriculas.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Ponte intransitável gera tumulto em Içara e Morro da Fumaça

A ponte que liga Rio Pasqualini, em Içara, e Ronco D´água, em Morro da Fumaça, causa tumulto para motoristas e pedestres e Secretaria de obras não tem previsão para solucionar o problema.

“Isso é uma falta de vergonha! Nós elegemos os políticos para depois nos depararmos com um tipo de situação como essa”. Com estas palavras, o morador de Morro da Fumaça, Osmar Andrade, protestou o estado em que se encontra, atualmente, a ponte que liga Morro do Fumaça a Içara.

De acordo com ele e outros moradores da localidade a situação se estende a mais ou menos um ano.

“Há um mês nós tivemos que interditar a passagem com areia para negue passagem de carro”, explicou a oleira Iria Lopes.

Esta insatisfação atinge a população das duas cidades. E a revolta da comunidade é o fato de “um lugar que pertence a duas prefeituras e nenhuma deu solução ainda”, como protestou Osmar.

No momento em que a equipe de reportagem do Jornal Içarense visitou o local, vários motociclistas tentaram atravessar a ponte, arriscando as próprias vidas, já que as madeiras estão totalmente soltas e a probabilidade de não suportar o peso do veículo é ainda maior. Na parte de Içara, diversos carros ficam estacionados e as pessoas precisam fazer o trajeto a pé, percorrendo, as vezes, até 10 quilômetros para chegar ao local desejado.

O secretário de obras, José Eloir do Nascimento, informou que não há previsão para o reparo da ponte. “Nós levantamos um projeto de todas as pontes necessárias em Içara e enviamos ao Governo Federal a fim de solicitar recurso, porém este documento ainda está em Florianópolis”, disse Eloir.

Enquanto o Governo Federal não envia recurso a população da Linha Pasqualine e de outros bairros continuarão sofrendo com o problema.

Fotos: Kelley Alves (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - LHS e Pavan absolvidos

Para decepção da oposição, diga-se Partido Progressista, e para alegria dos militantes e lideranças do PMDB e do PSDB, o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, e o vice, Leonel Pavan, foram absolvidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por 6 a 1 do processo que poderia culminar com a cassação dos dois.

Seis dos sete ministros negaram o recurso 703, proposto pela coligação Salve Santa Catarina (PP/PMN/PV/Prona), que tinha o interesse de beneficiar o candidato derrotado Esperidião Amin (PP).

Os ministros acompanharam o voto do relator Félix Fisher, que considerou que não houve abuso de poder político e econômico por parte do gover-nador de Santa Catarina.

O julgamento
Interrompido em 21 de fevereiro do ano passado, quando três ministros haviam sugerido a perda do cargo de Luiz Henrique, o julgamento começou ontem às 19h20min e foi suspenso por meia hora, às 21h25min. Logo em seguida, os ministros votaram pela absolvição de Luiz Henrique, que soube do resultado em Joinville.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Demitidos fazem manifesto

Os ex-servidores da Associação Feminina de Assistência Social (Afasi) realizam, sábado, um manifesto contra a Administração Municipal de Içara.

Vestidos de preto, simbolizando luto, munidos de cartazes e carro de som, eles se concentrarão às 9h, no Posto Tigrão, no trevo da Rodovia SC-444 com a Rua Marcos Rovaris, de onde sairão em passeata até a Praça Matriz São Donato.

Além das 178 ações trabalhistas, um mandado de segurança está sendo elaborado para garantir a aplicação da Legislação Municipal (LC 36/2009). A intenção é fazer com que os valores em atraso sejam quitados em 10 parcelas, sem o redutor de 30%.

Segundo a comissão dos demitidos da Afasi, a dívida trabalhista soma o valor de R$ 2,02 milhões. Isto sem contar com as possíveis multas e correção monetária pelo atraso do pagamento. Pela proposta da Administração Municipal, o montante poderia ser liberado mediante ao desconto de 30%. Assim, o débito total seria reduzido para R$ 1,41 milhões.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Carteiras de CNH passarão a serem emitidas no município

Secretário de Segurança Pública do Cidadão de SC, deputado Ronaldo Benedet, garantiu a implantação imediata do Ciretran em Içara, garantindo a emissão de carteiras de motoristas.

O município de Içara contará em breve com os serviços do Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), assim será possível que a Carteria Nacional de Habilitação (CNH) seja emitida na cidade sem que os motoristas precisem se deslocar até Criciúma.

Outro ponto positivo. A impressão das carteiras de identidades será feita em Içara.

A medida ficou definida em uma reunião, nesta quinta-feira, em Florianópolis, entre os vereadores peedebistas Acirton Costa, Jurê Carlos Bortolon e Antônio de Mello, juntamente com o presidente do PMDB de Içara, Adilton Tramontim, o diretor da Câmara Legislativa de Içara, Paulo César Crescêncio, e o assessor parlamentar, Jorge Custódio, com o secretário de Segurança Pública e do Cidadão de Santa Catarina, deputado estadual Ronaldo Benedet, que deu sinal verde para a implantação imediata dos serviços do Ciretran na cidade de Içara.

O próximo passo é o secretário de Segurança Pública e os vereadores se reunirem com o prefeito Gentil Dory da Luz e secretariado para discutir em que estrutura irá funcionar a Circunscrição Regional de Trânsito.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Marion SILVEIRA: Aposentadoria por tempo de contribuição: Quem tem direito?

Para ter direito à aposentadoria integral, o trabalhador homem deve comprovar pelo menos 35 anos de contribuição e a trabalhadora mulher, 30 anos. Para requerer a aposentadoria proporcional, o trabalhador tem que combinar três requisitos: tempo de contribuição, pedágio e idade mínima.

Os homens podem requerer aposentadoria proporcional aos 53 anos de idade, 30 anos de contribuição (mais um adicional de 40% sobre o tempo que faltava em 16 de de-zembro de 1998 para completar 30 anos de contribuição).

As mulheres têm direito à proporcional aos 48 anos, 25 de contribuição (mais um adicional de 40% sobre o tempo que faltava em 16 de dezembro de 1998 para completar 25 anos de contribuição).

O professor que comprove tempo efetivo de exercício das funções de magistério na educação infantil, no ensino fundamental e médio, tem o tempo de contribuição reduzido em cinco anos, podendo, aposentar-se aos trinta anos de contribuição (homem) e vinte e cinco anos de contribuição (mulher).

A carência exigida para os segurados inscritos até 24/07/91 que implementaram todas as condições para se aposentar no ano de 2008 é de 162 contribuições. Esta carência aumenta em 6 contribuições a cada ano até chegar a 180. Para os segurados inscritos após 24/07/91, a carência é sempre de 180 contribuições mensais. Os períodos de recebimento de auxílio-doença ou de aposentadoria por invalidez não contam para carência, porém é contado como tempo de contribuição e manutenção da qualidade de segurado.

A renda mensal da aposentadoria por tempo de contribuição é de 100% do salário-de-benefício aos trinta anos de contribuição, para a mulher, e aos trinta e cinco anos de contribuição, para o homem.

O salário de benefício dos trabalhadores inscritos até 28 de novembro de 1999 corresponderá à média dos 80% maiores salários de contribuição, que vem sendo corrigidos monetariamente, desde julho de 1994.

Para os inscritos a partir de 29 de novembro de 1999, o salário de benefício será a média dos 80% maiores salários de contribuição de todo o período contributivo. Nos dois casos será aplicado o fator previdenciário, que nada mais é do que um redutor do valor da aposentadoria que está relacionada com a idade do segurado e a expectativa de vida.

O valor não poderá ser superior ao teto de contribuição e nem inferior a um salário mínimo. É prudente que o segurado planeje a aposentadoria e seja assessorado por especialista na área para não ter surpresas quando receber a carta de aposentadoria.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

FLASH JI - Construção abandonada do Centro Cultural de Içara

A construção do Centro Cultural de Içara está totalmente abandonada há meses, no Centro de Içara. Os materiais, tijolos, areias, brita, estão expostos ao tempo, enquanto as ferragens da estrutura começam a enferrujar e o mato vai tomando conta da obra.

O prefeito Gentil Dory da Luz explicou que o Centro Cultura ou de Eventos deve ser construido na antiga Vectra, projeto que está buscando viabilizar. No local onde seria construido o Centro Cultural pretendem centralizar as ações da Saúde, que é a maior necessidade em Içara.

“Cerca de 98% dos predios da Saúde são alugados e uma Unidade de Saúde 24 horas e a Policlinica são prioridade da Administração Municipal e o Centro Cultural não é uma prioridade pois se fosse o prefeito anterior não teria desviado os recursos da conta salário, no valor de R$ 900 mil. Muito se falou mas apenas as sapatas, que também não foram pagas, estão de pé”, finalizou o prefeito.

Fotos: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

Edição 1632: EDITORIAL - Já é hora de aparecerem resultados

Domingo completa cinco meses que o prefeito Gentil Dory da Luz (PMDB) e coligados assumiram o comando da Administração Municipal de Içara e os estados das ruas e pontes continuam péssimos, se houve alguma melhora foi muita pouca, que nem deu para perceber.

Mesmo tendo dificuldades para adquirir areião e trabalhando com máquinas sucateadas os resultados nesta área já deveriam ter aparecido. A reforma de pontes deveria ser uma prioridade antes que ocorra um acidente mais grave, como ocorreu com um casal que caiu em um buraco, no Cristo Rei.

Por um lado a Secretaria de Finanças está com as contas da atual administração em dia, e que continue assim até o fim do mandato, os fornecedores agradecem.

A maioria dos içarenses optaram pela mudança no Poder Executivo porque queria melhorias, se isso não começar a parecer em breve a insatisfação será vísivel e as manifestações de cobranças passarão a ser contantes.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

ESPORTE - Pugilista içarense procura patrocínio para competição

O nome de Içara já é levado em várias modalidades esportivaspara outras cidades, e mais uma vez isso acontecerá. Neste fim-de-semana será realizado o Campeonato Catarinense de Boxe, em Blumenau, representado pelo pugilista Marcelo Lalau, de 31 anos, que irá participar da competição meio pesado até 81Kg.

Será a primeira participação dele em um campeonato oficial. Ele pratica a modalidade há cinco anos competindo há dois anos em competições não oficiais no Rio Grande do Sul.

Lalau afirmou que nos teste realizados para a competição foi registrado que a força de seu soco é numerada de 100 à 120kg. “O boxe é um esporte clássico, e muito respeitado no mundo inteiro, por ser muito técnico sendo que é uma das competições mais perigosas, você pode entrar bem e sair em coma do ringue”, finalizou.

O atleta está atrás de patrocínios, mesmo assim continua motivado em participar da competição. Ele terá que desembolsar R$ 600, e até o momento Lalau tem o apoio da Fundação Municipal de Esporte de Içara, que contribuirá com a parte nutricional.

Quem quiser apoiar o pugilista entre em contato pelo telefone 3442-6739.

Foto: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

ESPORTES - União do Sul prepara estratégias para fazer bonito no Içarense 2009

A equipe foi derrotada na estreia do Campeonato Municipal, por 2 a 0 pelo Jaqueline, e se reforça para a segunda rodada do Içarense, que acontece domingo, para não fazer feio diante da torcida.

O Campeonato Içarense de Futebol 2009 entra neste fim de semana na segunda rodada, com a disputa de mais seis partidas.

O União do Sul, que foi derrotado na primeira rodada por 2 a 0 pelo Jaqueline, devido alguns desfalques expressivos da equipe titular, espera alcançar uma recuperação no domingo contra o União da Praia, pois contará com alguns reforços. Já o aspirante fez bonito e venceu por 3 a 2.

O presidente Everaldo de Oliveira Goulart afirmou que a equipe esta preparada para a recuperação no fim-de-semana, sendo que todos os atletas estão confirmados. “O campeonato deste ano está mais organizado, parabenizo a LAI pela iniciativa”, ompletou o dirigente esportivo.

Ao ser questionado de quais equipes podem fazer frente na competição deste ano, Goulart foi direto na resposta. “Vila Nova, Praia e Presidente Vargas darão muita dor de cabeça as demais equipes já que contam com atletas, considerados de elite”.

Goulart afirmou que a diretoria buscou preparar uma equipe de peso para este ano, com um único objetivo de passar para a segunda fase do Içarense e com isso levantar a taça de campeão de 2009.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

VARIEDADES - Içarense bem-humorada festeja há 5 anos aniversário dentro de ônibus

Ladir Dutra realiza as festas de aniversário há cinco anos de modo diferente, ou um tanto incomum, dentro do ônibus da Içarense, no horário em que os amigos retornam do trabalho.

A içarense Ladir Dutra tem atualmente 54 anos e há cinco comemora o aniversário de uma maneira diferenciada e criativa: dentro do ônibus da Expresso Coletivo Içarense que vai de Criciúma até o Balneário Rincão, em Içara.

Geralmente à noite, o ônibus parte da rodoviária de Criciúma, às 18h40min, e leva cerca de uma hora e meia até o destino, tempo mais que suficiente para Ladir festejar com os amigos e com os outros passageiros que porventura estiverem no coletivo.

“É muito divertido, já conheci muitas pessoas, além de já ter virado uma tradição as minhas festas durante a trajetória do ônibus até o Rincão”, conta Ladir, com muito bom-humor.

A história começou quando ela ainda era casada e queria fazer festinhas de aniversário em casa, mas, o marido não achava uma boa ideia. Então, ela comprou um meio-bolo e levou para o ônibus que usava diariamente, onde já tinha alguns amigos.

Assim, além dos amigos, os outros passageiros também participavam da festinha, comiam bolo e hoje, mesmo ela já tendo se separado do marido, continua com as festas no ônibus e muitos o embarcam no coletivo só para participar da comemoração.

No segundo ano, levou um bolo inteiro, pois com a simpatia e o alto-astral passou a ter mais e mais amigos, inclusive motoristas e cobradores que têm por ela o maior respeito e carinho.

Hoje as festas contam com balões, bolos e presentes. “Ela é uma passageira que, quando entra no ônibus, transmite alegria, apesar do cansaço do dia o grupo de amigos encontram disposição para um bom bate-papo, risadas e compartilham juntos também as horas difíceis”, conta a amiga, Rosângela Bittencourt.

Ladir viaja há 15 anos, todos os dias, pois trabalha como secretária do lar no vizinho município. Apesar de sua vida sempre ser de muita luta, nunca perdeu o sorriso e a alegria de viver: um exemplo de mulher içarense.

Alguns a chamam de Leidy, pois anda sempre muito elegante até já foi manequim de um dos concursos do Criciúma Shopping, em Criciúma.

O aniversário de Ladir ocorreu no dia 27 de maio, ontem, quando aconteceu mais uma das tradicionais festas, patrocinada neste ano pelo gerente de tráfego do Expresso Coletivo Içarense, Élvio Peruchi, que achou uma iniciativa interessante e cedeu o bolo.

Fotos: Maso Nyetto (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Içara: Morte por atropelamento investigada

Um acidente que ocorreu na noite de domingo está sendo investigado. Muitos detalhes da cena do atropelamento que tirou a vida de Crislaine Alexandre Moisés, 29 anos, em Terra Firme, localidade próxima a Pedreiras, em Içara, deixaram a polícia com algumas dúvidas.

Possivelmente ela estava deitada atravessada no meio da estrada quando o motorista passou por cima. Testemunhas disseram que o motorista não parou por ter achado que era um cachorro. Já os vizinhos informaram à policia que ela teve uma briga com o marido momentos antes do acidente.

A possibilidade de ela ter sido morta antes e depois jogada na estrada não está descartada. O motorista do ônibus também vai responder pelo caso. Ele dirigia sem habilitação e estava com o documento do ônibus vencido.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Moto é furtada em frente à Secretaria de Saúde de Içara

Segundo informações da Polícia Civil de Içara, a motocicleta Honda CG-125, placa MAN-9756, de Içara, de propriedade de P.M.S., 25 anos, foi furtada segunda-feira, por volta das 14h, quando estava estacionada em frente à Secretaria Municipal de Saúde, no Centro de Içara.

Outro acidente envolveu duas motocicletas. P.M.S., 25 anos, conduzia a moto Honda CG-150, placa MAF-9113, de Criciúma, quando colidiu com A.B.V., de 51 anos, que pilotava a moto CG-125, placas MEK-1612, de Içara, na Rodovia na SC-444, Km 11, em Vila Nova.

Segundo a Guarnição do Corpo de Bombeiros, eles tiveram escoriações generalizadas e foram encaminhados ao Hospital São Donato, em Içara.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Acidente em Içara fere motociclista gravemente

Um abalroamento transversal envolvendo um carro e uma motocicleta deixou um homem de 42 anos, com um sério ferimento na região escrotal, precisando ser levado ao Hospital São Donato, em Içara, para uma cirurgia de emergência.

Segundo dados da Polícia Militar Rodoviária de Içara e do Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu por volta do meio-dia de terça-feira, dia 26, na Rodovia SC-444, Km 10,900, no Bairro Vila Nova, em Içara.

O Gol placas LXR-9943, de Içara, dirigido pelo masculino D.G.S., 20 anos, cortou a frente da moto Honda CG-125, placa ABX-1392 de Içara, conduzida por F.D., 42 anos, o qual ficou com ferimentos no órgão genital, com suspeitas de rompimento da bolsa escrotal, informou o Corpo de Bombeiros.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Polícia Militar prende ladrão confesso de residências no Rincão

O ladrão, de 17 anos, integrante de uma quadrilha, após ser detido, confessou ter arrombado uma casa da Zona Sul do Balneário Rincão, mas até agora não se sabe se chegou a levar algo.

Ontem, por volta das 11h30min, em ronda da Polícia Militar de Içara, na Zona Sul do Balneário Rincão, os soldados militares Rodinei da e Nazareno perceberam que o alarme de uma residência estava disparando.

Ao averiguar o local, perceberam que a porta estava arrombada. Um cidadão disse que viu o possível ladrão se deslocar para a residência ao lado.

Os policiais foram à casa vizinha e encontraram um adolescente de 17 anos, o qual confessou ter arrombado a porta da casa e cometido o furto. Ao ouvir o alarme disparar, tentou subir no forro, na tentativa de desativar o aparelho de segurança eletrônico, mas não conseguiu.

Detido e levado à Delegacia de Polícia Civil de Içara, o menor foi identificado como integrante de uma quadrilha que realiza furtos a residências no Balneário Rincão, cujo líder, W.S.Z., mais conhecido como “Banha”, foi detido há aproximadamente duas semanas, pela PM.

O adolescente foi liberado por volta das 17h, quando a família chegou para buscá-lo. A casa onde foi preso pela Polícia Militar pertence a familiares, sendo que ele possuí uma chave.

Os proprietários da casa arrombada ainda não foram encontrados, possivelmente são veranistas, segundo informações da secretária da delegacia de Içara, Adriana Frederico.

O menor tem uma audiência com um promotor público marcada para daqui a aproximadamente 20 dias, juntamente ao responsável. A pena será sócio-educativa.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Plano Municipal de Saúde é discutido

O Plano Plurianual (PPA) e o Plano Municipal de Saúde de Içara foram discutidos nesta terça-feira por técnicos da Secretaria de Saúde, agentes comunitários e membros dos Conselhos Locais de Saúde dos bairros içarenses.

De acordo com a enfermeira Glicia Pagnan Silveira, coordenadora dos ESFs (Estratégia de Saúde da Família) no municipio, neste primeiro momento foi realizada explanação sobre a situação da Atenção Básica em Saúde em Içara nos últimos sete anos avaliando alguns indicadores como taxa de internações, cobertura vacinal, coleta de preventivo do câncer de colo de útero, índice de cesarianas, entre outros assuntos relacionados a saúde dos içarenses.

Prefeito de Içara, Gentil Dory da Luz, ressaltou que é necessário transformar a saúde publica do município na melhor da região. “Estamos no caminho certo e contamos com o apoio de vocês neste processo inclusive destinando recursos para investir na área da saúde”, declarou.

Glicia informou que uma nova reunião está agendada para a próxima semana quando as equipes de saúde e os conselhos locais apresentarão levantamento da situação de seus respectivos bairros para a realização do Diagnóstico de Vida e Saúde.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Vila Nova: pavimentação pára por falta de pagamento da AMI

Administração Municipal de Içara não cumpriu com acordo e os moradores da Rua Antônio Ferreiro a-firmam ter pagado por pavimentação não-concluída. Secretário de Obras garante solução até sábado.

O impasse da Rua Antônio Ferreira, no bairro Vila Nova, teve início em outubro de 2007.

De acordo com o morador, Valmor Bonassa, na época a comunidade fez um acordo com a antiga administração e, já neste período, iniciaram o pagamento da pavimentação da rua, às margens das casas que passam neste trecho. “Tínhamos que pagar 50% do valor total antes da empreiteira iniciar as obras, e então fizemos um consócio e seguimos com o pagamento”, contou Bonassa.

“Como trocou a administração nós tivemos uma reunião com o secretário de Obras, garantindo que a obra iria iniciar e seguir até o final. A pavimentação começou, mas quando chegou na parte do campo da Associação Atlética Vila Nova, que pertence à prefeitura de Içara, a empreiteira informou que não ia seguir em frente pela falta de pagamento”, contou.

Um casal que também mora na área, Laudenir Rafael e Sônia de Bonna Rafael, afirma que pagaram pelas obras e hoje continuam sem os resultados. “Eles sempre dizem que vão vir resolver e nunca aparecem. Quando chove a situação e de transtorno total por aqui, a areia desce e vem parar dentro da minha casa”, lamentou Sônia.

De acordo com os moradores o valor pago para pavimentar a frente de cada residência custou cerca de R$ 3240,00 e R$ 3618,00 (dependendo se o valor foi à vista ou parcelado). A maioria já efetuou o pagamento de mais que a metade do valor e a rua continua sem pavimentação. A empreiteira pavimentou apenas 80m² da rua, até o campo, faltando mais ou menos 620m² para a conclusão.

O secretário de Obras da Administração Municipal de Içara (AMI), José Eloir do Nascimento, garantiu que está em contato com a empreiteira tentando negociar. “Quando conversamos com eles, em reunião, nós achávamos que a parte da prefeitura já estava resolvida. Agora, diante do problema, estamos tentando fazer aquisição de lajotas e negociar com o empreiteiro porque queremos que essa obra continue”, garantiu Eloir.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Mesa do Prefeito ficará duas semanas no Rincão

O projeto Mesa com Prefeito segue conforme os planos da Administração Municipal de Içara. O foco desta vez é o Balneário Rincão, que mesmo prestes a ser emancipado receberá a presença do prefeito e toda a equipe da administrarão durante duas semanas.

Na terça-feira, representantes de entidades do Distrito conheceram todas as atividades que serão desenvolvidas a partir da semana que vem.

O prefeito Gentil da Luz fez um esboço dos benefícios que serão levados à comunidade durante o tempos em que o projeto vai ser desenvolvido no Distrito.

“Pelo tamanho do Balneário Rincão, pelas necessidades e importância que representa, excepcionalmente o Mesa do Prefeito vai estar durante duas semanas ”, destacou. Segundo ele, as necessidades emergenciais da comunidade deverão ser atendidas, mas acima de tudo o projeto deve proporcionar a aproximação dos moradores com o prefeito, criando uma ligação com ações que vão perdurar até o final da administração.

O presidente da Associação de Moradores da Zona norte se antecipou e destacou a principal necessidade do local. “Hoje a situação de emergência aqui é a questão das estradas que estão com buracos por causa dos ônibus”, destacou Manoel dos Santos.

Gentil sugeriu a criação de um conselho com todas as entidades, para facilitar a criação de alternativas ao desenvolvimento e garantir a participação de todos na melhora da qualidade de vida dos moradores.

A primeira reunião para criar o conselho será dia 3 de junho, às 19h, na Escola Melquíades Espíndola.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Silva sugere contratar profissional de educação física na Praça da Juventude

O vereador doPP enviou ao prefeito de Içara uma indicação solicitando melhorias na Praça da Juventude Fernando Manoel Pacheco e um professor de educação para orientar as pessoas.


A sessão na Câmara Municipal de Içara, que ocorreu terça-feira, dia 26, serviu para os vereadores discutirem melhorias na Praça da Juventude, no Centro.

A indicação de autoria do vereador, Itamar da Silva (PP), pede ao prefeito Gentil da Luz, melhoria na conservação do ponto e um profissional na área de educação física ou estagiário para dar orientações à população que faz caminhadas frequentes na praça.

“Qualquer um pode receber a orientação e o acompanhamento dos profissionais. É uma oportunidade de fazer atividades físicas de qualidade, exercitar a sociabilizarão e usufruir os espaços públicos”, justificou o progressista no documento de indicação.

Segundo Silva, no ano passado havia um profissional dando orientações e estimulando os exercícios físicos. E a idéia é voltar com o trabalho.

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Flávio Felisberto, o profissional é de extrema importância em Içara, contudo o município ainda carece destes profissionais. “Queremos um professor que tenha todos os conhecimentos para suprir a necessidade das pessoas. O objetivo é um trabalho orientado e, principalmente qualificado”, disse Felisberto. “O problema da indicação do vereador é que ele prevê no pedido que este mesmo profissional atue na limpeza e manutenção do local, o que não é viável, pois cada um deve atuar na sua área. Neste caso seriam preciso duas pessoas trabalhando na praça”, completou.

A contratação do professor de educação física, conforme Felisberto, será por meio de processo seletivo ou a Fundação Municipal de Esporte contratará um professor que já atua e tenha horário disponível.

Fotos: Kelley Alves (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Susiane MENDES: Plano de Saúde para tratamento médico

Valor do tratamento médico não poderá mais ser limitado pelo plano de saúde decidiu o STJ.

Por diversas vezes planos de saúde são notícia no judiciário, sendo que várias das cláusulas são colocadas em questão pelos usuários, que somente quando precisão utilizá-los percebem que adquiriram um serviço imaginando algo que na prática não se realiza.

Esta semana o consumidor usuário de planos de saúde teve uma boa notícia, a exemplo do que já havia sido decidido quanto ao período de internação do paciente, que não pode mais ser limitado pelos planos, a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que também o valor de tratamentos e de internações dos usuários associados não poderá ser limitado, reconhecendo que a limitação de valor é demasiadamente prejudicial ao paciente, sendo nula a clausula que a prevê.

Segundo o ministro relator do processo no STJ, a limitação contratual do custo do tratamento médico-hospitalar fere o propósito do próprio contrato do plano, uma vez que o consumidor, ao contratar um plano de saúde, visa assegurar os meios necessários para a cura, o que fica totalmente comprometido com a imposição de limites de valor de tratamento.

Esta decisão de nosso Superior Tribunal de Justiça, que é um precedente para outros casos semelhantes que chegarem ao judiciário, visa evitar que pacientes associados de planos de saúde, após vários meses mantendo o plano e se imaginado seguros em caso de necessidade de atendimento médico, se vejam obrigados a abandonar o tratamento uma vez que o “crédito” para o mesmo expirou.

Entendemos que o limite de valor para tratamentos médicos imposto pelos planos de saúde é inclusive uma afronta ao princípio da dignidade humana, uma vez que, quando a pessoa se encontra em um estado tão debilitado, que é uma doença, ainda precisa passar por uma situação em que se vê obrigado a abandonar o tratamento de que necessita ou fazer malabarismos econômicos para arcar com os custos do mesmo, ainda que tenha mantido religiosamente o pagamento do plano de saúde.

Portanto, se encontrando o paciente usuário de planos em situação semelhante, em que vê comprometido seu tratamento médico pela limitação de valores, deve o mesmo buscar os meios judiciais cabíveis para assegurar seu direito a saúde, a vida e a dignidade.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

ESPAÇO LIVRE - Emancipação

Sou um leitor assíduo do Jornal Içarense, gostaria de fazer alguns comentário e deixar algumas perguntas no ar sobre o que estão cogitando ter eleições no Balneário Rincão neste ano.

A constituição federal em seu art. 29 estabelece que:

I - eleição do Prefeito, do Vice e dos Vereadores, para mandato de quatro anos, mediante pleito direto e simultâneo realizado no país;

Eleições realizadas fora destas datas não estariam ferindo a constituição?

A legislação eleitoral lei 9.504/97 determina no inciso II do Parágrafo único do art. 1º que:

Art 1º .....
Parágrafo único. Serão realizadas simultaneamente as eleições:
I - para Presidente e Vice-Presidente da República, Governador e Vice-Governador de Estado e do Distrito Federal, Senador, Deputado Federal, Deputado Estadual e Deputado Distrital;
II - para Prefeito, Vice-Prefeito e Vereador.
Podemos observar que o art. 4ª da mesma lei determina que:
Art 4º - Poderá participar das eleições o partido que, até um ano antes do pleito, tenha registrado o estatuto no Tribunal Superior Eleitoral, conforme o disposto em lei, e tenha, até a data da convenção, órgão de direção constituído na circunscrição, de acordo com o respectivo estatuto.

Os partidos no Rincão não estão registrados com os estatutos no TSE como partidos municipais, novamente irão ferir a lei federal.

Outra questão que podemos observar é o que trata o Art. 9º e11º da lei eleitoral.

Art 9º - Para concorrer às eleições, o candidato deverá possuir domicílio eleitoral na respectiva circunscrição pelo prazo de, pelo menos, um ano antes do pleito e estar com a filiação deferida pelo partido no mesmo prazo.

Art. 11 - Os partidos e coligações solicitarão à Justiça Eleitoral o registro dos candidatos até as dezenove horas do dia 5 de julho do ano em que se realizarem as eleições.

Então se formos analisar a Constituição Federal, e a lei eleitoral, se tornarão ilegais se forem realizadas as eleições este anos, a não ser que seja votada no Congresso exceção para os municípios de SC, coisa impossível de acontecer no meu entendimento. Outra situação é que a lei eleitoral estabelece que o candidato tanto a prefeito e vice como a vereadores devam se incompatibilizar de cargos públicos ou associações num prazo que varia de 3 a 6 meses. Também não daria tempo. Sei que tanto o Estado como o Município podem editar leis de interesse local, mas será que cabe para esse caso? Em se tratando que não são casos de urgência. Daí você iria me perguntar como é que estão sendo feitas eleições em cidades onde tiveram os vencedores o mandato cassado, te responderia que essas são situações especificas de processos eleitorais que obedeceram todo um trâmite eleitoral em 2008.

Vamos hipoteticamente aceitar que as eleições sejam realizadas em conjunto com as eleições de Governo em outubro de 2010, seria um mandato que o prefeito assumiria em 1º de janeiro de 2011, e já em outubro de 2012 teríamos eleição para prefeito novamente, será que o TRE/SC – Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina -, vai movimentar toda máquina pra fazer isso? Não seria melhor o prefeito da Cidade Mãe ir organizando o novo município e os recursos virem separados e aplicados no novo município, e as eleições municipais do Rincão serem realizadas em 2012 em conjunto com todas do país.

Os partidos teriam tempo pra se organizar;

A CF não vai estar sendo desrespeitadas;

A legislação eleitoral vai ser respeitada, entre outros impedimentos que poderíamos encontrar.

Gostaria de fazer esse questionamento aos políticos que estão querendo colocar o carro na frente dos bois.

Isso não seria estratégias de quem perdeu as eleições em Içara para não ficar sem o poder?

Ou seria o medo dos Políticos de Içara de não dar conta de honrar com os cargos prometidos na campanha que não poderão colocar na Prefeitura de Içara, com a eleição do Rincão agora abriria mais cargos na Prefeitura do Rincão. Faço esses questionamentos.

Giovani Martins da Silva, morador do Balneário Rincão.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

Edição 1631: EDITORIAL - Comemoração diferente

Uma usuária dos Transportes Coletivos Iça-rense resolveu comemorar o aniversário de forma irreverente. Na data especial, com apoio da empresa, ela enfeita o ônibus no qual circula por tantos anos e leva um bolo para comemorar o aniversário juntamente com os demais passageiros. Ela faz esse festejo há 5 anos.

Uma data que todos devem lembrar é a do nascimento, pois a vida é uma dádiva que recebemos de graça de Deus, que apenas pede que cuidemos dela com muito amor e carinho.

É isso que Ladir Dutra está fazendo. Dividindo com as outras pessoas a elegria de ter nascido e estar dividindo o espaço neste mundo com as coisas bonitas da natureza.

Quando chegar o dia do seu aniversário, leitor, compre um bolo e divida com alguém, pois desta forma o mundo passará a ser mais fraterno.

Assim seja. Amém.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

ESPORTES - Aberta a 7ª rodada do Municipal de Bocha

Nesta terça-feira os jogadores de bocha voltaram as canchas espalhadas pela cidade para a a bertura da sétima rodada do Campeonato Municipal, com a realização de oito partidas.

Na noite de ontem foi realizada a sétima rodada do Campeonato Municipal de Bocha com a disputa de oito partidas, realizadas nas canchas de bocha espalhadas pela cidade.

A cada partida as equipes mostram que tem potencial, e na disputa de todos contra todos, alguns times já disparam na tabela classificatória.

O comando da Fundação Municipal de Esporte (FME) Içara afirma estar satisfeito com o andamento do campeonato, sendo que todas as partidas estão dentro da normalidade.

O atleta do Bar Salmi, Eduardo Campos, cuja equipe passou trabalho para vencer o G. Sport por 2 a 1, avaliou que a partida foi disputada bola a bola. “Faltando três rodadas para terminar a fase mais decisiva da competição queremos ir devagar e garantir nossa vaga sem muita pressão das equipes”, finalizou.

A rodada terá continuidade na quinta-feira, com a disputa de nove partidas. Até o momento já foram realizados 108 jogos.

Foto: Alex Cichella (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Resolvido o problema com a cláusula do convênio de terreno

Para a construção da nova sede da 2ª Compania da Polícia Militar de Içara, uma cláusula no convênio deve ser retificada, o qual, acertado entre as partes, ficará pronto no início de junho.

A cláusula foi retificada e o convênio para a transferência do terreno já está sendo encaminhado e ficará pronto próximo do dia 3 de junho, segundo informações do major Silva, da Polícia Militar de Içara.

O convênio é entre o empresário Zefiro Giassi e o Governo do Estado, pois Giassi possui um terreno no qual o Governo tem interesse em construir a nova sede da 2ª Compania da Polícia Militar de Içara.

A intenção do fechamento do convênio ocorre desde julho de 2008, mas por uma cláusula no convênio, este não foi acertado, pois ela acertava que, se a obra não fosse finalizada em um período de dois anos, o terreno voltaria a ser propriedade do empresário.

O Governo do Estado não aceitou a cláusula e o impasse se estendeu até esse mês.

Agora, segundo a coordenadora regional de patrimônio estadual, Miriam Soratto, a cláusula foi apagada do convênio, o qual estará pronto e retificado até o começo de junho. “É uma situação delicada, pouca coisa pode ser afirmada, mas, se não ocorrer nenhum imprevisto, ele estará pronto nos primeiros dias de junho”, completou a coordenadora.

O major Silva explicou que, após o término do convênio retificado, ele será encaminhado para Florianópolis para que seja feita a licitação da escritura do terreno, que fica ao sul e a oeste com a Empresa Giassi, ao norte com a SC-444 e a leste com uma rua projetada, na Vila São José.

Foto: Alex Cichella (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Conselho Tutelar: Desrespeito ao estatuto em Içara

A coordenadora do Conselho Tutelar, Maria Helena da Silveira, procurou a Secretaria de Saúde de Içara na segunda-feira, para denunciar alguns funcionários da área de saúde de Içara que não estavam cumprindo com o estatuto da criança e do adolescente.

“Desde o começo deste ano algumas pessoas que atuam na saúde não têm dado prioridade aos direitos das crianças”, contou Maria Helena. “Quando eu liguei para um posto de saúde da região uma pessoa chegou a me dizer que crianças não tinham prioridades”, revelou a coordenadora, que não quis citar a pessoa que fez tal afirmação.

Essas e outras situações, de acordo com os registros do Conselho Tutelar, têm causado transtornos no município, pois os profissionais se mostram não conhecer o estatuto da criança e do adolescente.

Conforme a gestora de Saúde de Içara, Mira Dagostim, “muitos desses profissionais acabam falando sem prestar atenção no que estão dizendo, foi o caso desta funcionária que supôs que criança “não tem direitos. Eu conversei com esta pessoa e ela me disse que não entende o porquê de ter falado isto”, contou Mira.

“De qualquer forma a secretaria de saúde está promovendo reuniões entre todos os funcionários da Secretaria de Saúde, inclusive com a participação das representantes do Conselho Tutelar, para esclarecer as questões dos estatutos e evitar estes tipos de transtornos”, garantiu a gestora.

É importante que os funcionários da àrea de Saúde do município tenham cursos de capacitação para prestar um ótimo atendimento aos içarenses.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Rua do PV deve receber verba para pavimentação

Solução da Rua Diomício Freitas, no Bairro Presidente Vargas, próxima da realidade. O recurso disponibilizado pelo governo do Federal, no valor de R$ 200 mil, viabilizado no dia 13 de maio, quando o prefeito Gentil da Luz, realizou a última viagem à Brasília, a fim de buscar recursos para a pavimentação no município.

De acordo com o secretário de Obras, Jose Eloir do Nascimento, parte do dinheiro será investido na Rua Diomício Freitas, que há mais de um ano está interditada. “Nós começaremos a mexer neste local na última semana deste mês, quando faremos a Mesa com Prefeito no Bairro Presidente Vargas”, garantiu Nascimento.

Em relação ao recurso que será investido na rua engenheiros da Secretaria de Obras estão fazendo um levantamento a fim de verificar quanto será gasto. “Ainda não está definido o que será gasto na obra, nós estamos fazendo um estudo e em breve teremos a resposta”, garantiu o engenheiro Civil Márcio Peruchi.

Foto: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Caixa de tratamento de esgoto vaza e atinge nascente de água

Mal construída, a estação de tratamento do Loteamento Lima deu lugar a um esgoto à céu aberto que prejudica o meio ambiente e traz insetos e mal cheiro aos moradores da localidade.

O que era para ser uma estação de tratamento de esgoto se tornou uma “fossa a céu aberto”. Tudo isso porque a construção foi feita bem próxima a uma nascente de rio.

O recurso para a construção da estação foi no valor de aproximadamente R$ 150 mil. Hoje o resultado da irresponsabilidade da empresa que viabilizou a construção foi um valo de esgoto totalmente aberto nas proximidades do Loteamento Lima. O local se tornou prejudicial ao meio ambiente causando mau cheiro e insetos na comunidade.

“O morador de um sítio às margens do esgoto me ligou informando que iria entrar com um recurso no Ministério Público”, contou o presidente da Câmara de Vereadores, Acirton Costa. “Quando cheguei ao local, me assustei com a situação e, então entrei com um requerimento no Legislativo solicitando a fiscalização do Samae na estação”, completou.

De acordo com a dona de casa, Ariana Rodrigues, os técnicos do Samae já estiveram no bairro, mas nada fizeram. “Eles aparecem aqui, mas nunca dão solução, sempre dizem que não podem fazer nada”, contou a mulher. “O cheiro é horrível, em dias muito quentes eu não consigo nem fazer almoço por causa do mau cheiro”, lamentou.

O presidente do Samae, José Zanolli, está participando de um seminário em Gramado (RS), e no retorno irá ver o problema de perto.

Foto: Kelley Alves (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Julgamento de LHS e Pavan será quinta-feira

Como já se sabe, a pedido do relator, o julgamento por parte do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do processo que pede a cassação do governador do PMDB, Luiz Henrique da Silveira (LHS) e do vice Leonel Pavan (PSDB) por suposto abuso político e econômico nas eleições de 2006, marcado para essa terça, foi transferido para amanhã.

Conheça o caso:
De acordo com o site oficial da Agência Estado, a acusação, formulada pelo segundo colocado Esperidião Amin (PP) e aliados, é que o governador teria se beneficiado de maciça propaganda governamental e isenção de IPVA para motocicletas até 200 CC. Na ocasião dos fatos Luiz Henrique não era o governador, havia renunciado para fazer campanha, deixando o cargo para o vice Eduardo Pinho Moreira.

No ano passado, LHS esteve praticamente cassado, três ministros do TSE votaram pela cassação e quando faltava apenas um voto surgiu a tese, inédita na jurisprudência do TSE, de que o vice Leonel Pavan deveria ser escutado.

Com isto, os três votos foram cancelados, mas, as provas juntadas ao processo não. Os três ministros que votaram contra Luiz Henrique não integram mais o TSE, o que melhora as chances do governador.

Dias atrás, o Supremo Tribunal Federal julgou improcedente um dos 13 recursos protelatórios apresentados pela defesa do governador ao longo do processo de cassação. Agora só falta o TSE decidir. São sete ministros, o presidente só vota em caso de empate.

No caso de Luiz Henrique perder o mandato, não está claro quem será o sucessor. A cassação dos governadores da Paraíba e Maranhão resultou na posse do segundo colocado na eleição, mas os ministros do TSE estão questionando esta solução porque descumpriria a própria Constituição. A decisão só será conhecida ao final do julgamento de Luiz Henrique.

Há três hipóteses no caso de cassação: assume Esperidião Amin; é realizada nova eleição ou a Assembléia Legislativa realiza uma votação interna, entre os 40 deputados, para escolher o governador até o final de 2010.

Caso LHS seja cassado, ficará inelegível por três anos da data da diplomação, mas, poderá concorrer a senador como deseja. Pavan também poderá concorrer a qualquer cargo em 2010. O que motivou o adiamento foi o processos separado da inelegibilidade que agora será julgado com o de cassação.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - PMDB do Sul de SC se reunirá para discutir reforma política

O encontro será no dia 6 de junho, às 10h, no salão paroquial do bairro Vila Nova. A pauta, que será abordada pelo ex-deputado federal Ibsen Pinheiro, será a reforma política no país.

Na presença do governador do estado, Luiz Henrique da Silveira, e de todos os deputados do PMDB da região da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), os peemedebistas terão esclarecimentos e discussões sobre a reforma política e fortalecerão o nome de Eduardo Moreira para o cargo de governo do estado. O evento será no dia 6 de junho, no Centro Comunitário, no bairro Vila Nova, em Içara.

Para o presidente do PMDB de Içara, Adilton Tramontim, o voto em lista não será uma boa idéia para o eleitor. “Em minha opinião esta reforma tirará o direito de escolha do eleitor. É como tirar do povo e dar para o partido”, definiu Tramontim.

Contudo, esta não é a opinião de todos os integrantes da sigla. “É exatamente por isso que queremos uma reunião para discutir isso. Alguns são contra outros a favor, mas com restrições, esta palestra será exatamente para o esclarecimento e uma definição do PMDB”, explicou o presidente da sigla de Içara.

A pauta da reunião ainda não está pronta, contudo os bastidores já estão agilizando os assuntos do evento. O prefeito, Gentil da Luz, também deve participar do encontro.

Foto: Kelley Alves (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Élza de MELLO: O 13 de Maio na História - Parte 3

Nas freguesias do Estado de Santa Catarina não houve necessariamente razões para justificar a escravidão e a exploração de aricanos como coisa e força bruta. A população branca era composta de famílias pobres, e elas mesmas trabalhavam o quinhão de terras. Era muito diferente a vida dos catarinenses e a vida dos senhores de engenhos ou dos fazendeiros de café.

Quanto à discriminação social, ela caracterizou-se em face da situação vigente noutras áreas do Brasil. Todas as restrições legais relativas às possibilidades de acesso a determinadas carreiras, eram vedadas aos escravos por incapacidade civil. Os impedimentos legais ao cidadão afrobrasileiro estavam estipulados no Código Negro, juntamente com as posturas municipais.

Ainda que o escravo já se tornasse liberto, não apagava da memória coletiva a condição, que deveria pesar ainda sobre os descendentes.

Uma das regras estabelecidas a-inda foi registrada no início da expansão social do município de Içara: “não poderão passar da primeira porta de um edifício os criados e escravos que acompanharem um sócio ao baile; e aí poderão aguardar a sua volta.” Estas regras de exclusões do escravo e do afrodescendente se formalizaram em Posturas e Ordens da Chefatura de Polícia. A Postura e Ordens eram intensificadas em situações que poderiam favorecer o contato interracial como, por exemplo, o carnaval que era proibido aos escravos e libertos, sob pena de cadeia.

Proibia-se também a dança e os folguedos para escravos e libertos. As expectativas de comportamento do senhor e do escravo deveriam, pois, ajustar-se mediante um sistema de direitos e de deveres que estipulava, de forma irrevogável, as obrigações de todos nas diferentes situações sociais. Como resposta, o escravo procurava fugir e homiziar-se na floresta.

É verdade que nas localidades içarenses estas posturas não foram obedecidas. A população escrava era mínima, e resumia-se quase ao trabalho doméstico. Assim, os libertos sempre estiveram a frente dos festejos de Urussanga Velha e dos folguedos tão comuns na época. Embora havendo muitos filhos de patrões ou outros brancos, as uniões estáveis entre escravos eram comuns, e várias famílias negras são encontradas com mais de três gerações. Um fato diferente de outras freguesias ca-tarinenses onde o escravo era uma peça preciosa pelo preço e, muitas foram vendidas para São Paulo e Rio de Janeiro após a proibição do tráfico negreiro.

A partir de 1870, em Santa Catarina, a crítica de grupos sociais: bacharéis, artesãos, pequenos funcionários, entre outros, trouxe nova consciência à população; especialmente a do Desterro. Assim, a Abolição, em Santa Catarina, não acarretou a desorganização da vida econômica do ex-escravo.

Os artesãos, criados domésticos, trabalhador do campo; continuaram a dispor dos meios indispensáveis à vida. O mesmo aconteceu nas comunidades litorâneas: Içara, Jaguaruna, Araranguá e Tubarão.

Só com o início da mineração do carvão é que as famílias afrobrasileiros se dispersaram, virando operárias mineiras na totalidade. Faz parte da memória cultural africana o trabalho do Grupo Chico Rosa, que preserva a raiz familiar içarense advinda dos anos de 1870. Para o grupo nosso reconhecimento pela nobre missão: preservar a memória dos antepassados com o orgulho de ser um membro da rica e laboriosa cultura.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

FLASH JI - Retrans e o descaso com o lixo doméstico

A empresa de transporte e recolhimento de lixo de Içara, a Retrans Reciclagem e Transporte, está deixando a desejar, quando diz respeito ao recolhimento de lixo doméstico. Os funcionários não tomam cuidado quando pegam as sacolas das lixeiras e acabam rasgando as mesmas, deixando cair o lixo pelas calçadas, sem ao menos se darem ao trabalho de recolhê-los, deixando que o vento espalhe as sujeiras pelas ruas do município, como registramos nesta terça-feira, após a passagem dos funcionários da empresa na noite anterior.

Foto: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

Edição 1630: EDITORIAL - Fiscalização do dinheiro público

O eleitor brasileiro de quatro e quatro anos vai as urnas para votar nos candidatos a presidente da República, a senadores, a deputados federais, a governadores, a deputados estaduais, depois para prefeitos e vereadores. É ele o responsável pelos dirigentes que regem as leis na União, nos Estados e nos Municípios.

Só que depois, o eleitor vira as costas para os políticos e esquece de fiscalizar, e por isso é que existem os casos do mensalão, dinheiro na cueca, passagens áerea, desvios nos Correios, entre outras irregularidades no Congresso Nacional.

Em Içara, o superfaturamento na construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, localizada no Loteamento Lima, deve ser averiguada pela Câmara de Vereadores de Içara, como também o valor da construção do Centro Cultural deverá ser tema de uma auditoria por parte da Administração Municipal de Içara.

Eleitor, vote no candidato que for, mas não esqueça fiscalizar, pois se a maioria da classe política é corrupta é porque você é displicente.

Depois não adianta chorar sobre o leite derramado.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

terça-feira, 26 de maio de 2009

ESPORTES - Praia vence o Vila Nova mas Barão e Barracão goleiam

Cinco partidas deram continuidade da primeira rodada do Campeonato Içarense 2009, e as duas maiores goleadas foram de responsabilidade de Barão e Barracão, que marcaram 15 gols.

Finalizando a primeira rodada do Campeonato Içarense de Futebol foram disputados cinco partidas neste domingo, que originaram 25 gols.

O Barão não deu moleza para a Barra Velha e aplicou 7 a 2.

Já o Barracão goleou o SER Liri por 8 a 0 e o líder da competição pelo saldo de gols.

Na partida entre Praia e Vila Nova, o primeiro tempo teve muitos chutões de bola, cobranças de escanteio e pressão da torcida sobre a arbitragem. Mas na etapa seguinte, o jogo ganhou maior ritmo. O motivo para a velocidade dos jogadores foi devido ao gol marcado por Clei Baltazar para o Praia logo no início da etapa. Aos 33 minutos, o time da casa ampliou e definiu a partida de domingo, com o André dando destino certeiro ao passe de Jair Bala.

A derrota de 4 a 2 do União da Praia, não agradou oa dois jogadores que descontaram em cima do assistente da arbitragem, Marcos Rogério Tereza, agredido fisicamente por causa de uma expulsão do União da Praia.

Conforme relatado em súmula, o problema iniciou, quando André Franciscone, do União da Praia, agrediu verbalmente Tereza, o que resultou no segundo cartão amarelo e automaticamente o vermelho. No final da partida ele, juntamente, com Antônio Lima Vargas, agrediu o auxiliar.

Conforme a direção da Liga Atlética Içarense, os dois estão suspensos por um ano de todas as competições do Sul de Santa Catarina.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

VARIEDADES - Boi-de-Mamão: grupo de Içara realiza festa folclórica há 13 anos

A festa popular catarinense Boi-de-Mamão tem sido realizada pelo Grupo Folclórico Almiro Marcelino, de Içara, há cerca de 13 anos, o qual não pretende parar tão cedo com a brincadeira.

Conhecida no país inteiro por diferentes nomenclaturas, a tradicional festa do litoral catarinense, Boi-de-Mamão (ou ainda boi-mamão, bumba-meu-boi, boi-bumbá, boi-de-reis, boizinho, boi-pintadinho, boi-da-cara-preta, etc.), também se faz presente no município de Içara, sendo reavivada há 13 anos pelo Grupo Folclórico Almiro Marcelino, de Pedreiras.

O grupo, único no município, tem cerca de 30 componentes, entre 10 e 33 anos, que atuam como cantores e apresentadores dos bichos-personagens da peça.

O Boi-de-Mamão é hoje uma das manifestações mais populares do estado. Revela em sua manifestação um auto dramático, encenado com alegre coreografia ao som de uma cantoria contagiante que encanta e envolve crianças e adultos. É uma versão catarinense dos folguedos do bumba-meu-boi tão conhecido no Norte e Nordeste do Brasil.

O presidente do grupo, Edmilson Bráz Carlos, de 32 anos, que também é agente operacional da Câmara de Vereadores de Içara, conta que o nome o grupo foi uma homenagem a Almiro Marcelino, que por sete anos participou das festividades e que, desde os 17 anos de Edmilson, o incentiva a brincar de Boi-de-Mamão. Marcelino faleceu há cinco anos, aos 80.

O filho de Carlos, Luís Henrique, assim como o grupo, também tem 13 anos e é participante deste desde os três, como toureiro do boi. ”Essa cultura vem sendo valorizada pelos jovens que gostam da brincadeira.

Muitos, são casais que participam com os filhos, perpetuando o gosto pela brincadeira às futuras gerações”, conta o presidente do grupo.

As atividades folclóricas iniciam-se nas festas juninas da região.

No dia 6 de junho, o grupo se apresentará no Salão da Igreja do Torneiro; em Jaguaruna, no dia 13, na localidade de Pedreiras, no Bar da Nega; e no dia 27, na Festa Junina da Igreja do Bairro São João.

Para contratar o Grupo Folclórico Almiro Marcelino os interessados podem entrar em contato com o presidente pelos telefones 9918-7059 ou 8831-5744.

Fotos: Divulgação (Grupo Folclórico Almiro Marcelino)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Outro acidente termina em morte

Na Rodovia SC-444, no Km 0,320, próximo ao Bairro Próspera, em Criciúma, a Polícia Militar Rodoviária de Içara atendeu a um acidente de trânsito que resultou na morte de um homem, sábado, dia 23.

De acordo com o registro de ocorrência da Polícia Militar Rodoviária de Içara, Danilo Jordão Rocha, de 20 anos, dirigia o carro Ford Ka, placas LBV-9757 de Criciúma, preferencialmente pela rodovia no sentido Içara-Próspera, quando foi cortado pelo Passat, placas LZL-6963, de Criciúma, dirigido por C.A.J., 43 anos, que sofreu trauma no tórax e foi encaminhado ao Hospital São José, em Criciúma, onde veio a falecer horas mais tarde.

O condutor do KA e as caroneiras dos dois veículos sofreram apenas ferimentos leves.

Na rodovia Jorge Lacerda, no bairro Verdinho, em Criciúma, Luiz Carlos Savi, 51, motorista da Fiorino placas LZG 5420, de Urussanga, morreu ao colidir contra o caminhão Scania conduzido por U.S. 54 anos.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Mulher morre atropelada por ônibus em Terra Firme

Confundida com um cachorro pelo motorista de um ônibus, Crislaine, de 29 anos, foi atropelada na localidade de Terra Firme, em Içara, e morreu antes mesmo do Corpo de Bombeiros chegar.

Na noite do último domingo, dia 24, por volta das 21h, uma mulher de 29 anos morreu após ser atropelada por um ônibus, na localidade de Terra Firme, próximo a Pedreiras, em Içara.

De acordo com a Polícia Militar de Içara, Crislaine Alexandre Moisés, 29 anos, foi atropelada por A.P.C., 39, motorista do ônibus Mercedez Bens, placas LIV-5513, de Criciúma, que transportava pessoas até a danceteria, Disco Laser, em Esplanada.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por populares, pois o motorista não prestou socorro à mulher, que veio a falecer após ser atropelada.

Conforme depoimentos do namorado da vítima, J.R., 32, o casal e mais um amigo estavam indo até um bar para comprar bebida e Crislaine resolveu voltar na metade do caminho, quando então foi atropelada pelo veículo.

O motorista alegou não ter visto a vítima e achou que tinha batido em um cachorro. A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do motorista não era compatível ao tipo de veículo que conduzia. O ônibus foi guinchado ao Pátio da empresa Farol Guinchos, na Rodovia SC-444, em Barreiras.

O delegado plantonista, Ivaldo Gregório Inácio, estipulou uma fiança ao motorista de R$ 770,00, paga com cheque, do contrário, teria sido encaminhado ao Presídio Santa Augusta, em Criciúma.

Agora, o motorista vai responder processo em liberdade.

Foto: Maso Nyetto (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.