O blog JIdiario agora é portal JInews.com.br, com muito mais interatividade e conteúdo atualizado a todo momento. Acesse e confira.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Edição 1.716: EDITORIAL - Ponte do Torneiro paralisada

Deveria ter uma lei no Brasil para que as obras tenham um prazo para terminar, independente, de interferência do clima, falta de recurso, e outras desculpas mais.
A duplicação da BR-101, trecho sul entre Palhoça - Santa Catarina - e Osório - Rio Grande do Sul - deve estourar em dois anos o prazo de entrega. É claro que se percebe que a obra é uma realidade, mas, os catarinenses e gaúchos, que usam essa rodovia não podem ficar a mercê das armadilhas da duplicação por mais tempo.
Outro problema é com a construção da ponte da Barra do Torneiro, em Jaguaruna, na divisa com o Balneário Rincão, em Içara. Primeiro tiveram que alterar o projeto inicial, pois a ponte tinha 48 metros e foi ampliada para 70 metros. Pelas medidas anteriores a construção ficaria suspensa entre os rio Urussanga, o que é inadimissível. Com a alteração das medidas o custo também sofreu reajuste. A obra de R$ 300 mil passou a custar R$ 600 mil. A empreiteira Sul Catari-nense, que havia recebido, apenas, a primeira parcela do Governo do Estado de Santa Catarina e como as contra-partidas das prefeituras de Içara e de Jaguaruna, R$ 75 mil cada, não foram pagas, resolveu paralisar os serviços. Agora, o que está pegando é uma pendência entre a SDR de Tubarão e a Prefeitura de Jaguruana referente a apresentação de uma taxa de R$ 5 mil, que deveria ter sido paga pelo Poder Público junto ao Deter.
Segundo as partes o impasse será resolvido essa semana e a obra deve recomeçar nos próximos dias. É bom, pois a paciência dos moradores do Torneiro está se esgotando.

CHARGE


.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Administração Municipal prepara dia especial ao Idoso

Secretaria de Saúde juntamente com Fundai pretende elaborar uma programação especial para o Dia Nacional e Internacional dos Idosos em evento a ser realizado na Praça Matriz São Donato.

A Secretaria Municipal de Saúde de Içara, com o apoio da FAI (Fundação Assistencial de Içara) prepara uma programação especial para comemorar o Dia Nacional e Internacional do Idoso, celebrado no próximo dia 1° de outubro.
No município, as ações serão realizadas no dia 2 de outubro, sexta-feira, a partir das 13h30min, na sede da FAI, centro de Içara.
O evento tem como objetivo orientar os idosos sobre a melhor forma de viver com saúde. Nas oficinas, segundo a Gestora Municipal de Saúde, Mira Dagostin, o alvo principal será a oferta dos exames de mamografia para as mulheres participantes. “Queremos que elas se cuidem, que percebam a importância da prevenção do câncer de mama e de útero, e a detecção precoce destes agravos prevenindo maiores complicações”, explica a enfermeira.
A abertura do evento se-rá às 13h30min com explanação do geriatra Álvaro Garnero; em seguida será feito um trabalho motivacional com Cleonice Canto e depois os presentes recebem orientações sobre a importância da prática de atividade física na 3ª Idade, com o professor Rogério Silva. Também será servido lanche. O encerramento acontece às 15h30min com uma apresentação musical. “Ainda será fornecido uma bolsa e uma viseira com o objetivo de estimularmos nossa população da terceira idade às praticas de atividades físicas”, acrescenta Mira.
A campanha de mamografias teve inicio neste mês e se estende até fevereiro de 2010. Em Içara a meta é realizar 7.500 ma-mografias, numa média de 1.250 por mês. “Solicitamos a colaboração de todas as mulheres içarenses para que procurarem uma unidade de saúde do município, no período da campanha, e solicitem o exame. É um direito de toda mulher”, enfatiza Mira.
O trabalho, segundo a gestora de Saúde, possibilitará que mulheres, acima de 35 anos de idade, tenham o direito de realizar um exame de mamografia, conforme critérios preestabelecidos pelo Programa SISMAMA.
A gestora ainda explica que após o exame de mamografia, as mulheres voltarão ao médico da unidade de saúde de origem e caso seja constatado qualquer alteração, imediatamente, serão encaminhadas à unidade de referência do município, CASMI – Centro de Atenção a Saúde da Mulher Içarense –, “quando serão atendidas por um médico especialista em mamas e caso seja necessário terá a disposição pelos SUS exames citopatológico de mamas; histopatológico de mamas; punção aspirativa de mamas; biopsia; ultrasson de mamas e cirurgia”.

POLÍCIA - Condutora atribue multas à pichação de placa de sinalização


Motorista recebe quatro multas, num intervalo de 18 dias, por excesso de velocidade e vai recorrer, visto que a placa de sinalização eletrônica na rovovia teria sido adulterada de 60km/h para 80 km/h.

A proprietária do Ford Fiesta placas MFO - 1180, de Içara, F.S.B., recebeu quatro multas por transitar em velocidade superior à máxima perrmitida em até 20%.
Segundo o pai dela, o empresário V.O.B., a placa de sinalização eletrônica do radar que fica na Rodovia ICR-252, acesso Içara à Criciúma pelo Bairro São João, próximo à Usipe, foi pichada.
“A velocidade máxima foi adulterada de 60 km/h para 80 km/h. A leitura da sinalização precisa ser visível de longe e da forma como estava o que se visualizava era um oito”, comentou V.O.B.
A família irá recorrer pois entendem que “o cancelamento das penalidades é legítimo uma vez que não foi erro do condutor, mas adulteração por pichação da placa de sinalização, comprovada por foto feita há uma semana”, declarou ele.
O empresário ainda informou que esse ato de vandalismo com a indicação de trânsito deve ter perdurado por um mês até que o Departamento de Trânsito repin-tasse a placa de sinalização, o que teria acontecido na última semana.
As multas rendem à F.S.B. a soma de 16 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e pagamento de R$ 344. O radar registrou as quatros infrações nos dias 25 de agosto, 3, 4 e 11 de setembro e segundo V.O.B. outros motoristas estariam com o mesmo problema.
“Talvez Detran e o Deinfra não soubessem da pichação para realizar a devida correção a tempo de não afetar os condutores”, afirmou.
A autoridade de trânsito do Departamento de Trânsito do Município, Paulo Preiss Neto, explicou que é direito de quem se sentir prejudicado recorrer às multas, mas que neste caso as alegações de improcedência da infração não se sustentam. “A pichação foi feita há du-as semanas, no entanto a placa ficou adulterada por cerca de quatro horas. Passando na ICR - 252 pela manhã percebi que a sinalização tinha sofrido ato de vandalismo e providenciei a mudança. Às 11 horas do mesmo dia a placa já havia sido arrumada com a velocidade máxima de 60 km/h”, argumentou.
Ele relata também que a adulteração foi grosseira e facilmente perceptível a visão dos motoristas.

VARIEDADES - Turma se reune após 52 anos e homenageia catequista


A catequista Luiza Frasson Pavei reencontra turma que fez a 1ª Eucaristia há 52 anos, na festa de São Miguel na comunidade da Vila Nova, em Içara, em celebração a fé cristã da partilha.

A Festa de São Miguel, na Paróquia de Vila Nova em Içara, teve um reencontro emocionante no domingo, 27 de setembro, com a presença de 22 pessoas que fizeram a 1ª eucaristia há 52 anos.
Das 54 crianças da turma da catequista, Luiza Frasson Pavei, a organizadora do evento, Marlei Terezinha Gabriel Ziller, conseguiu estabelecer contato com 42, mas, devido às condições, climáticas alguns não estiveram no encontro. De acordo com Marlei três ou quatro dos catequizandos da época já são falecidos.
Aos 89 anos, a professora de catequese se sentiu honrada com a homenagem. Foram quase 30 anos dedicados à instrução religiosa. “Sempre tive vocação para isso, sempre gostei de criança e lhes amava como a meus filhos”, declarou. Para ela o convite foi uma surpresa a que fez questão de comparecer.
Marlei conta que “encontrou uma das ‘meninas’ que fizeram a 1ª Eucaristia com o esposo, Nelso Zilli, ela disse que tinha uma foto da turma e pediu para ver. “Então surgiu a idéia de reuní-los num restaurante ou coisa parecida. Combinamos o encontro na festa da Paróquia em que foi realizada a primeira Comunhão deles em 1957”.
Ela conta que Luiza ficou feliz e emocionada ao rever os alunos de catequese depois de mais de meio século. “Ela deu o exemplo, foi a primeira a chegar à igreja, demostrando pontualidade”. A missa celebrada pelo padre Eloir Borges, foi apadrinhada pelos 22 convidados especiais, que relembraram o momento religioso cujo si-gnificado é comungar em Cristo.
Dentre os participantes estavam: Nelso Zilli, Elza Zilli, Anézia Zilli, Valério César, Orlando Budni, Gilda Dagostim, Zélia da Silva, Terezinha Guilherme, Vilma Colodel, Dilma Colodel, Onézia Colodel, Dotina Réus, Milton Martinhago, Salete Sartor, Salete Pavei, Marli Pavei, Gentil da Silva, Guerino Zacaron, Lúcia Selinger, Nair Calegare, Atílio Calegare e João Jucoski.
Uma mesma geração, que viveu junto a primeira experiência da eucaristia, mas cada um seguiu direção peculiar. Foram morar em cidades diferentes: Criciúma, Araranguá, Joinville, Porto Alegre e alguns continuam residindo na Vila Nova. Após a missa a turma da catequese de 1957 pode se confraternizar em um almoço no salão paroquial e compartilhar a nostalgia “da infância querida que não volta mais”, como diria o poeta.

ESPORTES


A direção do Criciúma Esporte Clube apresentou ontem, na sala de imprensa do Es-tádio Heriberto Hülse, o lateral-direito Eder. O jo-gador é mais um dos refor-ços contratados pelo clube catarinense para a dispu-ta da Copa Santa Catari-na. O jogador, de 27 anos, é natural do Paraná e já passou pelos seguintes clubes: Gaúcho (RS), Ana-polina (GO), Ituano (SP) e Naval (Portugal).

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Edição 1.715: EDITORIAL - Tornardo atinge Içara mais uma vez

Depois das fortes chuvas que castigaram muitas cidades de Santa Catarina, no final de 2008 e na primeira quinzena de setembro deste ano, agora foi a vez de um tornardo, no sábado, fazer estrago, principalmente, no litoral de Içara.
Cerca de 6.300 pessoas foram afetadas, sendo que 43 estão desalojadas e 10 desabrigadas, principalmente, nas localidades dos Balneários Rincão e Barra Velha, os mais atingidos no município. Eles estão abrigados em centro comunitário e no centro de educação infantil. Outros estão em casas de familiares e amigos. A Defesa Civil, através da Administração Municipal de Içara, distribuiu kit de higiene bucal aos atingidos, enquanto operadores de máquinas abriram valas nas ruas para escoamento das águas. Também foram recuperados telhados de algumas residências.
É hora dos partidos políticos, entidades e outras pessoas do município mostrarem solidariedade, doando cestas básicas, roupas de cama e agasalhos, água e alimentos não perecíveis, demostrando que caridade não se faz com o chapéu dos outros mas por vontade própria.

.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Processos de cassação de Gentil e Zanolli são adiados novamente

Adiamento do Rced 43 movido contra o prefeito e vice-prefeito de Içara é determinado porque desembargador Trisotto pediu tempo para analisar processo de cassação impetrado pelo PP.

O prefeito de Içara, Gentil Dory da Luz (PMDB), e o vice-prefeito, José Zanol-li (DEM), tiveram os dois processos de cassação do mandato adiados.
O Recurso Contra Expedição de Diploma (Rced) 43 no Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC) em Florianópolis deverá ser retomado na quarta-feira, 30, ou segunda-feira, dia 5 de outubro.
O desembargador, New-ton Trisotto, que havia pedido vista no processo no dia 21 de setembro, pediu mais tempo para analisar a questão.
O relator do processo o juiz, Oscar Juvêncio Bor-ges Neto, votou pelo desprovimento do Rced 43 impetrado contra o prefeito içarense e o julgamento foi prorrogado com a solicitação de Trisotto.
Neto entendeu não configurados os ilícitos a eles imputados.
Segundo o advogado da Coligação “Por Uma Içara Mais Forte” (PP/PT/PTB/PSDB), Gabriel de Souza Schonfelder, “isso prova que ele está olhando a tese da defesa e não somente da acusação. Temos certeza que houve irregularidade e relatamos tudo o que aconteceu nas eleições de 2008. Por isso, acreditamos que o juiz, Newton, está analisando calmamente e vamos ficar no aguardo do veredito final, que ainda não sabemos qual será”.
Já a audiência, do processo que corre no Fórum de Içara, que deveria ocorrer nesta terça-feira, 29, foi adiada para dia 17 de novembro pois Gentil viajou para Brasília e o juiz aceitou a solicitação mediante análise das provas e argumentos que justificaram o adiamento.
“Isso é uma vergonha , marcar uma viagem um dia antes da audiência”, criticou Souza.

GERAL - Chuvas do final de semana deixam desabrigados em Içara


As chuvas, acompanhadas de fortes ventos, na madrugada de domingo, dia 27, causaram sérios prejuízos nas comunidade de Barra Velha e do Balneário Rincão, afetando milhares de pessoas.

Segundo a Defesa Civil de Içara as áreas mais atingidas no munícipio com as rajadas de ventos, que ultrapassaram os 90 km/h, na madrugada de domingo, 27, foram a Zona Sul do Balneário Rincão e a comunidade de Barra Velha.
Cerca de 43 pessoas estão desalojadas, dez desabrigadas e 6.330 foram afetadas(pequenos danos) pelas chuvas e vendaval. Há duas áreas públicas atingidas; 480 residências privadas, duas residências públicas e duas comunitárias danifica-das e 10 casas destruídas.
“Parecia ser mais forte do que o furacão Catarina. Estive presente nos dois e a ventania, que ocorreu perto das 2h30 min, de domingo, foi tão forte que a gente sentia as paredes da casa de alvenaria tremer. Ainda bem que durou poucos minutos, se tivesse pegado a Barra Velha de jeito, teria arrasado com tudo”, narrou o coordenador da Defesa Civil de Içara, Márcio Toretti.
Ele informou que há um casal ilhado no morro da Lagoa Mãe Luzia, na Zona Sul do Rincão, três famílias alojadas no Centro Comunitário, uma família abrigada na casa de familiares e uma no Centro de Educação Infantil (CEI) da Barra Velha. Ele e o presidente da Defesa Civil, Walterney Réus, estiveram nos locais afetados avaliando a situação e verificando o atendimento aos desabri-gados e as pessoas mais prejudicadas.
“O prefeito Gentil Dory da Luz pediu para dar todas as condições para que elas estejam sob um teto seguro, não passem frio ou fome. Quanto aos prejuízos nas casas a Prefeitura não tem como dar residências novas e tem ajudado na efetuação reparos de acordo com as possibilidades”, afirmou Toretti. Segundo ele foram providenciados colchões, kit bucal, e cestas básicas aos desabrigados.
Réus contou que a Secretaria de Obras vai fazer os remendos paleativos nas vias danificadas. “O prefeito vai decretar estado de emergência para que algumas medidas sejam viabilizadas, como a possível liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A ações para minimizar os efeitos serão tomadas pela Administração Municipal, dentro daquilo que se possa fazer”, ressaltou.
O casal Bruna José de Souza e Diego de Souza Piucco, está no CEI da Barra Velha desde a manhã de domingo, com a filha, de quase 3 anos, dormindo em colchões. Larissa, que está grávida, relata os momentos antes e pós tempestade: “Fez um grande barulho de madrugada, com vento muito forte, percebemos que o forro estava cedendo, a chuva alagava a casa, a minha filha ficou gritando. Não tínhamos o que fazer ou para onde ir. Ficamos até de manhã. Os bombeiros foram até minha casa e disseram que não tinha como ficarmos lá, pois o teto poderia desabar a qualquer hora”.
A família, cujo esposo é diarista numa fábrica de papelão, teve a casa destruída e todos os móveis, roupas e alimentos molhados e reclamaram: “Só mandaram a gente para o CEI, prometeram que arrumariam o telhado e nos dariam cesta básica, mas até agora estamos contando com a ajuda da vizinhança e da merendeira”, relatou Piucco.
A vizinha da casa ao lado, Maria Rita da Rosa Antônio, teve um dos quartos alagados, molhou o colchão, roupa de cama e alguns alimentos. O telhado corre o risco de desabar também, principalmente, se as chuvas persistirem. A família continua na residência, amontoados no cubículo que está seco. “Nos dá desânimo, mas graças a Deus não perdemos muito”, comentou Maria Rita, que também citou a promessa de cesta básica, que não teria sido cumprida até aquele momento, na parte da manhã.
Toretti afirmou que as cestas básicas já estavam disponíveis na tarde de domingo e ficou de verificar porque motivo ainda não foram entregues.
Não foram registrados nenhum ferido ou desaparecido em Içara.

POLÍCIA - Familiares de Carvalho lembram que ele não morreu abandonado

O aposentado, que foi encontrado morto, no dia 15, afogado, no subsolo de um prédio, no Centro de Içara, após fugir do Hospital São Donato, não conseguir largar o vício do álcool.

Abalados com a morte de Volnei Füsther de Carvalho, 48 anos, o Nei, morador de Vila Nova, ocorrida no dia 15 de setembro, os familiares desmentem a versão do casal Carlos Ro-berto e Maria da Glória Nunes de que ele vivia abandonado.
O primeiro passo dos familiares foi registrar o sumiço da maioria dos documentos dele.
Volnei Carvalho, que era aposentado, trabalhava como motorista de caminhão de gás, e devido o atropelamento de uma criança, que estava pendurada na traseira do veículo, ele entrou em depressão e, em seguida, se entregou ao vício do álcool. Por diversas vezes Nei ficou morando na casa da filha, dos irmãos e da mãe, mas sempre fugia, para consumir álcool.
Todos os vizinhos foram enfáticos em afirmar que Nei era uma pessoa muito boa, e que por muitas vezes foi auxiliada pelo casal Carlos Roberto e Maria da Glória Nunes, natural de Morro da Fumaça, que lhe dava comida.
Nunes explicou que dois dos seus filhos dormem em dos quartos da casa, com consentimento de Nei, e que alugou o bar em 27 de fevereiro por um ano pelo valor de R$ 80 mensal. “Durante esse tempo uma das filhas esteve aqui umas quatro vezes. A esposa e a sogra apareceram depois da morte dele e pediram para queimar o colchão e as roupas dele”, comentou.
A dona de casa Nair de Souza Stolk, afirmou que, por diversas vezes, Carlos Roberto Nunes, levou o aposentado atá o posto de saúde para tirar bicho-do-pé, e que não media esforços para ajudar Nei.
O mesmo informou Odete Carvalho, cunhada da vítima, que perdeu as contas de quantas vezes socorreu Nei, que acabava fugindo para o canto dele. “Sempre que precisou levei ao hospital”, finaliza
A Família Füsther de Carvalho é natural de Bom Jardim da Serra e mora há 29 anos na região.
Volnei Füsther de Carvalho foi encontrado morto no dia 15 de setembro, no subsolo de um prédio, localizado na Rua 7 de Setembro, no Centro de Içara. O corpo foi localizado por funcionários de uma empresa desentupidora. O aposentado havia fugido do Hospital São Donato no dia 10 de setembro. Ele se encontrava com o avental da instituição hospitalar.
O Instituto Médico Legal (IML) confirmou que a morte foi decorrência de afogamento.

VARIEDADES - Academia Içarense de Letras participa de Congresso Estadual

Academia Içarense de Letras participou nos dias 25 e 26 de setembro do 3º Congresso das Academias de Letras de Santa Catarina, que aconteceu em Orleans, com exposição de projetos.

A Academia Içarense de Letras e Artes (Aila) apresentou projetos literários desenvolvidos no município no 3º Congresso das Academias de Letras e das Associações de Escritores do Estado de Santa Catari-na, que foi sediado em Orleans, nos dias 25 e 26 de setembro.
Representaram a Aila os escritores Fátima Pavei, Elza de Mello Fernandes, Silésia Pizzetti Augustinho, Alveri Barbora, Ronaldo David e Gesiel Gonçalves, juntamente com a presidente da entidade, Sônia Tere-zinha Ribeiro Batista.
Quatro projetos foram expostos na ocasião. “As conquistas e dificuldades da experiência de criação da academia de Içara” de Sonia Terezinha Ribeiro Batista; “A Literatura e Escritores de Içara” de Silésia Pizzetti Augutinho; o CD “Absoluto” do compositor e escritor Alveri Barbosa; o projeto “Livro em prol da Apae”e “Das fábulas à ortografia” palestrado por Fátima Pavei.
Com dois anos de fundação (a ser comemorado no dia 5 de outubro) a Academia de Letras de Içara realiza um trabalho que merece reconhecimento, pela demonstração de grande número de projetos e avanços em pouco tempo.
No congresso fora realizada verdadeira maratona de experiências literárias, com a presença de representantes de todo o estado. O que permitiu troca e comércio de produções catarinenses entre os presentes, que passaram a conhecer outras vertentes da Literatura Estadual.
As letras do Região Sul de Santa Catarina, mereceu destaque com a peculiar influência italiana. Personalidades marcantes e seletas do mundo literário catarinense participaram das mesas de debate e os acadêmicos içarenses puderam compartilhar do mesmo espaço.
Segundo Silézia Pizzetti, eles trouxeram na bagagem muitos livros para dar inicio à biblioteca da Casa do Escritor como: os espetáculos do Coral Stelle Alpine e do Grupo Teatral Italiano“Agora Vai”, o mega-show etnico do Quarteto Upus 4, patrocinado pela Lei Rounier, o recital clássico em acordeom com o fantástico Rudi Oscar Beck-hauser, da Academia de São Francisco do Sul, além de muitas propostas de palestras literárias e lançamentos de livros de grandes escritores catarinenses.
Além disso a Aila deverá formar parceria com a Associação Italo-Veneta de Içara (Acivi) para abrir caminhos para o desenvolvimento literário e cultural de Içara.

ESPORTES - Titular do Caiçara não joga mas juvenil entra em campo e vence

Apenas duas partidas foram realizadas no fim de semana pela Primeira Divisão do Regional da Larm, e em uma delas a equipe juvenil do Caiçara venceu o líder Meleiro por 1 a 0 embaixo de chuva.



Devido ao mau tempo a Liga Atlética da Região Mineira (Larm) cancelou a oitava rodada do Campeonato Regional da Primeira Divisão.
Assim, as partidas entre Rui Barbosa x Carbonífera Criciúma; Caravággio x Itaúna; Caiçara e Meleiro serão remarcadas para outra data pela entidade.
Há uma possibilidade dos jogos serem realizados no próximo domingo, dia 4 de outubro, porém a definição sairá em uma reunião com os representantes das equipes.
Já no sábado, o Grêmio Turvense conseguiu uma vitória importante contra o Mãe Luzia ao ganhar por 1 a 0. No outro jogo da rodada do dia, jogando em casa, a Carbonífera Metropolitana/União foi derrotada em 1 a 0 pelo Metropo-litano.
Em cinco partidas disputadas o Caiçara está na última colocação com apenas um ponto, enquanto o líder é o Metropolitano com 17 pontos.
Enquanto os titulares não entraram em campo as equipes juvenis jogaram normalmente. Apenas as partidas entre Caravággio x Itaúna e Rui Barbosa x Carbonífera Criciúma não foram realizadas.
Com o Estádio Diomício Freitas alagado o Caiçara sofreu para vencer o líder da competição, o Meleiro, com gol de Dedé, aos 11 minutos do segundo tempo. O resultado eleva o time de Içara a terceira colocação na tabela.
E pela Segunda Divisão, na categoria juvenil, houve apenas a partida Vasco 2 x 1 Vila Isabel. Os demais jogos, incluindo os titulares, foram adiados.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Edição 1.714: EDITORIAL - Greve, uma pressão pelos direitos

A greve no Brasil começou a ter forças no ABC paulista, através dos metalúrgicos, que tinham como líder sindical o torneiro mecânico Luiz Inácio Lula da Silva, hoje presidente da República, pelo Partido dos Trabalhadores. Com ele liderando a classe metalúrgica teve muitas conquistas, usando a paralisação das atividades como pressão pelos seus direitos.
De lá prá cá, a greve passou por vários estágios e hoje, mesmo de forma fraca, ainda é a arma de alguns sindicatos, ligados ao Partido dos Trabalhadores e a Central Única dos Trabalhadores (CUT), mas já não é unanimidade entre os trabalhadores brasileiros.
Nesta semana, quem resolveu paralisar as atividades foram os bancários, principalmente os do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, que são públicos e tem estabilidade. Já os privados, como Bradesco e Itaú, principalmente, estão com as portas abertas pois os funcionários que aderirem a greve entram para a lista dos demitidos. E todos querem preservar o emprego, só que de formas diferentes. Mas, o povo não pode ser prejudicado pela falta do serviço bancário.

CHARGE


.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Presidente do PPS pode sair candidato nas eleições do Rincão

O PPS deverá lançar candidatura própria à prefeitura do Balneário Rincão e o partido vai decidir entre o presidente da sigla, Volnei Lino e Jorge Amorim, para a primeira eleição do novo município.

Lideranças do Partido Popular Socialista (PPS) se reunirão neste sábado, dia 26 de setembro, com o deputado estadual Altair Guidi, para discutir a estruturação da sigla e as eleições no Distrito Balneário Rincão, em Içara. E na próxima semana o comando do partido deverão dar início a organização do sub-diretório no Rincão.
O PPS deverá ter candidatura própria no Distrito, sendo que os pré-candidatos à vaga de prefeito são o presidente do partido, Volnei Lino, o Nei, e o empresário Jorge Amorim, o Jorge Moskito, que foi sub-prefeito do Distrito na Administração Municipal de Júlio Cechinel
Podem concorrer a vereadores pela sigla: Ramíres Lino, Valdir Borges, José Paulo, Fernando Germano e Júlio Cruz.
Sobre a possibilidade de uma chapa de consenso Lino afirmou “É preciso sentar para conversar, mas, a princípio, trabalhamos com chapa própria”.
Ao ser questionado sobre qual o melhor formato da chapa consensual ele brinca: “Que seja eu o candidato”. E teoriza: “na verdade é assim que pensa a maioria daqueles que defendem chapa de consenso. Mas a questão é mais complexa. Vamos sair de um bairro para montar uma cidade. A tendência é sair do marasmo a que estamos submetidos. A primeira Administraçã o Municipal será responsável por dar o rumo da coisa”, completa.
Nei é assumidamente “um crítico-político ferrenho”, diz que alguém precisa comandar e que ele tem ótimas idéias para dinamizar o turismo do Balneário Rincão, portanto se considera “preparado pa-ra a empreitada”, concluiu o presidente municipal do Partido Popular Socialista.

GERAL - Içara sedia encontro do CDR que reúne prefeitos da Amrec

Prefeitos da região carbonífera realizaram reunião do Conselho Regional de Desenvolvimento nesta sexta-feira, 26, no auditório da Cooperaliança em Içara e Gentil fez as honras da casa.



A sétima reunião ordinária do Conselho do Desenvolvimento Regional (CDR) foi realizada nesta sexta-feira, 25, no auditório da Cooperativa Aliança, no Centro de Içara.
Na ocasição a Secretaria Regional de Criciúma assinou convênios com as cidades da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) que tota-lizaram quase R$ 800mil.
Tiveram convênios assinados os municípios de Cocal do Sul (construção de uma Unidade de Saúde no Jardim Itália e para a revitalização do ginásio de esportes municipal, somando R$ 179 mil); Treviso (no valor aproximado de R$ 100 mil para a construção de abrigos de passageiros e para a realização da Festa Tutti Insieme); Içara (vão ser pagos R$ 165 mil para a construção de uma unidade de saúde no bairro Jardim Elizabete e outros R$ 26 mil para a 7ª Festa da Criança, realizada pela Sociedade Esportiva e Recreativa Liri; Siderópolis (vão ser liberados cerca de R$ 70 mil para a compra de equipamentos e mobílias para unidades de saúde); Orleans (vai receber cerca de R$ 250 mil para a compra de uma pá carregadeira) e Criciúma (foi contemplada com R$ 7 mil para a aquisição e reforma da fanfarra da EEB Humberto de Campos. Os valores vão ser repassados para a Associação de Pais e Professores (APP) da escola.
A próxima reunião do Conselho Regional deve acontecer em outubro no município de Orleans.
Na reunião também ficou aprovada pelos prefeitos o Prodec para a empresa içarense do ramo da metalurgia, Esterol Indústria Metalúrgica de Içara. Cabe à Secretaria da Fazenda aprovar ou não a retenção do ICMS pela empresa para ser investido no seu crescimento, através do Prodec.

POLÍCIA - Mulher mentiu que foi estuprada para acobertar traição


Depois de apresentar retrato falado do possivel estuprador, que alegava ser um policial militar, a jovem de 19 anos, voltou atrás, e contou a farsa ao marido, que repassou a informação à polícia.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira o delegado Vitor Bianco Júnior, da Central de Polícia, desmentiu o estupro ocorrido contra uma jovem de 19 anos, que acusou um policial militar de ter cometido o crime após uma blitz.
Hoje, a jovem foi à Central de Polícia para que fosse confeccionado um retrato-falado do suspeito. Desconfiados da versão e das informações prestadas, os investigadores e o delegado a ouviram por diversas vezes. “A história não fechava. Nenhuma câmera de segurança havia filmado ela no trajeto mencionado no depoimento”, comentou o delegado.
No final da tarde, o marido da suposta vítima ligou e compareceu à Central. Ele afirmou que a esposa havia confessado ter chegado tarde em casa após manter uma relação extraconjugal e acabou inventando o estupro. Ela agora responderá inquérito por falsa comunicação de crime.
Segundo Gilmar Mônego, comandante da Polícia Militar de Criciúma, o inquérito instaurado na PM será concluído. Não está descartada a possibilidade da garota ser acionada judicialmente por danos morais e ela ter que ressarcir os cofres públicos em função de toda despesa causada.

Com espaço inovador Lokanda faz o cliente se sentir em casa


Empresária Jaqueline Lima, inaugura novo espaço com uma arquitetura dinâmica e arrojada, que promete contribuir com cenário da moda içarense e também fidelizar e ampliar a sua clientela.

A Lokanda, presente no mercado lojista de Içara há quase 24 anos, inaugurou o novo espaço no dia 16 de setembro.
De acordo com a proprietária, Jaqueline Lima Coelho, a Jaque, é a concretização de um projeto vislumbrado há algum tempo e que objetiva suprir a carência do município.
“Eu sempre quis expandir, a cidade quer algo mais abrangente. Até um certo tempo atrás precisávamos ir a Criciúma para tudo. Desde comprar uma roupa até ir ao médico. Agora temos mais opções e a Lokanda está sendo frequentada por pessoas de outros municípios como Criciúma, Capivari de Baixo e Araranguá, por exemplo”, comenta Jaqueline.
A arquitetura da boutique foi projetada visando o bem estar e comodidade do cliente, além de ter a intenção de fazê-lo sentir-se em casa. Logo no rol de entrada, a recepção remete a bom gosto e requinte, com um ambiente ornado para ser uma sala de visitas. No telão é apresentado vídeo com desfile das principais marcas vendidas na loja, “dando-se informação visual à clientela das possibilidades de looks que podem ser montados” explica a empresária da moda.
O que, somado às informações das vendedoras e da própria Jaque, pode garantir boas compras e satisfação. “A proposta é deixar o cliente se sentir em casa. É muito prazeroso quando um deles vem até aqui só para tomar um café comigo.Valorizamos ao máximo o cliente, prio-rizamos a amizade, ou se-ja, somos antes de tudo uma grande família,” avaliou a empresária.
Trabalhando com nove funcionários, Jaqueline Lima apostou na construção de um espaço grande, que permite, inclusive, a realização de desfiles de moda e outros eventos. Quem gosta de se vestir bem e estar por dentro das últimas tendências da moda, tem na Lokanda uma ótima opção. São encontradas marcas femininas e masculinas como Tri-ton, Carmin, Juliana Jabor, Caos, Contra Regra, Fora-ni, La Cost, Ralph Lauren, Highstil e multimarcas.
“Toda mulher que gosta de se vestir de forma atual, andar mais arrumada e arrojada vai se encontrar aqui. Montamos o look que se adeque à identidade e estilo da cliente, para que ela se sinta bem”, declara Jaqueline.
Confira a sugestão de quem há 24 anos trabalha com moda: Look para mulher ousada - um boyfriend + paletozinho; Look para mulher mais conservadora- vestido ou saia lápis.
“A coleção já é a do alto verão. As cores da tendência são amarelo, pink, rosa chiclete, coral e nude ( tonalidades de bege). A dica é harmonizar roupas e a-cessórios”, finaliza Jaque.

ESPORTES - Caiçara e Meleiro realizam disputa de lanternas na Larm

Acontece neste fim de semana a oitava rodada do Campeonato Regional da Primeira Divisão da Liga Atlética da Região Mineira (Larm).
De técnico novo, Pintinho assumiu o lugar de Claúdio Blissari que pediu demissão, o Caiçara recebe no Estádio Diomício Freitas, a equipe do Meleiro, que está na última colocação da tabela classificatória, com a obrigação de vencer, caso queira passar para a segunda fase e se garantir no campeonato do ano que vem. E para isso tem quatro rodadas para se recuperar.
A preocupação de Pintinho (Dirlei da Silva) é evitar que a defesa do Caiçara sofra gols, como ocorreu na partida contra a Carbonífera Criciúma (cinco) e acertar os chutes dos atacantes, que vem perdendo muitos gols no ataque.
Os torcedores estão confiantes na recuperação do Caiçara e devem lotar o Estádio Diomício Freitas, no Centro de Içara, neste domingo, com o objetivo de ver a equipe içarense sair vitoriosa de campo.
Pelo outro lado, o Meleiro ostenta a lanterna da competição com 2 pontos negativos, sendo que no momento em cinco jogos teve apenas uma vitória, um empate e três derrotas, mas não será um adversário fácil.

8ª Rodada

Sábado
Grêmio Turvo x Mãe Luzia
Carb. Metro x Metropolitano
Domingo
Caravággio x itaúna
Rui Barbosa x Carb. Criciúma
Caiçara x Meleiro

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Ediação 1.713: EDITORIAL - Homenagem mais do que merecida

A Câmara de Vereadores de Içara prestou uma homenagem na noite desta quinta-feira, no Clube Ipiranga, ao governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB), por indicação do presidente da Mesa Diretora, Acirton Costa (PM-DB). Ele recebeu o Título Honorífico de Cidadão Honorário, honraria a pessoas que não são natural da cidade mas que fizeram muito pelo município.
E pode se dizer que a homenagem é mais do que merecida, pois, até esse momento, nenhum governador fez tanto por Içara como Luiz Henrique da Silveira. A oposição pode espernear, xingar o governador, mas tem que engolir e dar o braço a torcer de que é uma verdade.
Basta conferir as obras que foram feitas em Içara e na região nestes últimos 8 anos, (não vamos citar as obras para não fazer uma auto promoção do governo).
E que os catarinenses, nas próximas eleições, saibam escolher o sucessor de Luiz Henrique da Silveira, e que ele governe em função de todos e não somente de políticos interesseiros, que pensam somente no umbigo deles.

CHARGE


.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Disputa por presidência esquenta no PMDB de Içara

Eleições do diretório do PMDB de Içara acontecem dia 3 de outubro e, pelo menos, dois candidatos, Tramontim e PC, vão bater chapa devem disputar a preferência dos peemedebistas.

Rebatendo as declarações do diretor da Câmara de Vereadores de Içara, Paulo César Crescêncio, o PC, o atual presidente do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PM-DB) , Adiltom Tramontim é enfático: “Sou candidato à presidência do partido no dia 3 de outubro, não tenho compromisso com o PC ou com qualquer outra pessoa sobre desistência da minha candidatura”.
De acordo com Tramontim, apenas comentou algumas vezes com Crescêncio da possibilidade de não sair candidato.
“O prefeito Gentil Dory da Luz pediu para que eu continuasse. Tenho o apoio da maioria da Executiva partidária”, explica sobre a a decisão de concorrer mais uma vez ao cargo que ocupa há seis anos.
Quanto às alegações de PC sobre a saída de Tramontim, caso o ex-vereador Wagner Pizzetti fosse nomeado secretário de Obras por Da Luz, ele afirma: “Essa é uma decisão do prefeito, não existe situação desconfortável entre mim e o Wagner. Apenas tenho a opinião de que a Secretaria de Obras deva ficar com o PMDB”.
Além disso, vai aguardar que o fato se concretize para então se pronunciar com maiores detalhes.
Tramontim explica também que qualquer filiado é livre a se candidatar à presidente da sigla, e que o grupo deverá escolher o que for melhor para o partido. Questionado sobre o que seria para ele o melhor para o partido, ele desconversa, mas profere a máxima: “Em time que está ganhando não se mexe”.
Paulo César informou que “será candidato também, e que o Adelir Cabreira será seu vice, com 90% de chance que isso se realize.
Sobre as informações prestadas por Tramontim declarou: “Não estou chamando ele de mentiroso, mas ele voltou atrás naquilo que havia me falado”.
Ele quer ser o presidente do PMDB porque o partido está abandonado, desde que Gentil assumiu o mandato não fora feita sequer uma reunião e para “que o grupo volte a ser o que era antes, de fato um partido. Pois estamos esquecidos e o PMDB está sendo coordenado por uma só pessoa”. Questionado sobre quem seria, declara: “Tramontim”.
Gentil confirma total apoio ao atual presidente peemedebista. “Eles está muito bem à frente do partido, tem que continuar. Não foi apenas um pedido meu como da bancada do PMDB na Câmara. Tramontim foi coordenador das minhas duas campanhas e tem feito trabalho de renovação no grupo, visto que éramos oposição e agora somos Administração do Município”.
O prefeito de Içara é mesmo adepto do acordo. “Vou convidar o PC e o Adiltom para uma conversa e tenho certeza que os dois estarão juntos na convenção. Vamos tentar uma chapa de consenso”.
Pizzetti esclareceu que Gentil perguntou se queria fazer parte do secretariado. “Se for da vontade do partido e dele, estou à disposição. Não cogitamos pasta. Estou disponível para colaborar com a Administração da cidade”.
Já Da Luz comentou que: o deputado Manoel Motta pediu para contemplar o grupo dele. “Não é compromisso quero privilegiar as forças políticas que nos ajudaram na campanha. Se o Pizzetti for o indicado, será o secretário, há outros cogitados: Dil-nei Lima, Antônio Sobrinho e Fábio Freitas”.

POLÍTICA - Governador Luiz Henrique da Silveira recebe Título de Cidadão Honorário


A Câmara de Vereadores de Içara concedeu nesta quinta-feira, 24, o título de Cidadão Honorário de Içara, como forma de reconhecimento de trabalhos prestados para a comunidade içarense.

Visita do governador do Estado de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (LHS - PMDB) ao município de Içara teve como finalidade assinatura da Ordem de Serviço (OS) para a pavimentação da estrada que liga a região das lagoas à Barra Velha e também para ser homenageado com o Título de Cidadão Honorário de Içara.
Em sessão solene no Clube Ipiranga, na noite desta quinta-feira, 24, a Câmara de Vereadores concedeu a Silveira a honraria como forma de agradecimento e reconhecimento pelos serviços prestados aos içarenses.
Através da indicação do presidente da Casa Legislativa Acirton Costa (PMDB), e aprovação dos demais parlamentares pode-se prestigiar o governador peemedebista recebendo o Título de Cidadão Honorário de Içara.
Foram convidados para a cerimônia lideranças políticas de toda a Região Sul, como o secretário Regional de Desenvolvimento de Criciúma, Luiz Fernando Cardoso (PM-DB), o Vampiro, o presidente da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), Douglas Warmiling (PP), o Guinga, além de todos os deputados estaduais e federais da Amrec; a diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), da Associação Comercial e Industrial de Içara (ACII), e representantes de entidades organizadas do município.
O prefeito , Gentil Dory da Luz (PMDB), lembra que é a primeira vez que um chefe do Poder Executivo Estadual foi aclamadao cidadão içarense, através de titulação aprovada pela Câmara Legislativa Municipal. Acrescentando que é a segunda vez que o governador este na Barra Velha. “Me sinto homenageado com o Luiz Henrique por receber a honraria por serviços prestados à cidade. O fato dele querer ir até a Barra Velha demonstra que ele entende a importância da obra e o quanto ela irá melhorar a qualidade de vida daquela comunidade”, declarou o prefeito içarense.
Para Costa “a noite foi maravilhosa, foi uma maneira que encontraram de agradecer ao governador pelos benefícios que tem trazido ao município”. A intenção foi mostrar a gratidão pelas ações que LHS tem destinado à Içara, sendo um dos governadores com mais trabalhos prestados no município de acordo com o presidente da Câmara Legislativa. “Se o carinho e amizade dele com Içara já eram grandes agora serão maiores. Os laços serão ainda mais estreitos”, ressaltou.
Silveira afirmou: “Quero agradecer de coração aos vereadores por essa homenagem. O capital do homem público, o que se acumula de patrimônio é o reconhecimento alcançado ao longo da vida”.

POLÍCIA - Mobilização Pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infanto-Juvenil



Quinta-feira foi marcada pela campanha contra o combate a exploração sexual infanto-juvenil no Brasil que a cada mês são registrado mais de 500 casos de abusos em todo o estado catarinense.

Secretaria de Assistência Social do Município de Içara realizou nesta quinta-feira, 24, Dia da Mobilização Pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infanto-Juvenil.
Foram distribuídos, de acordo com a Gestora da Pasta, Silvana de Vasconcelos Cechinel, material informativo, em instituições/órgãos públicos e privados da cidade. “A atividade tem como objetivo sensibilizar a sociedade civil da importância da denúncia no processo de intervenção profissional para atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência, abuso e exploração sexual” explica Silvana acrescentando que aliado à ação existe a proposta de divulgar o Serviço de Enfrentamento à Violência e à Exploração Sexual contra crianças e adolescentes do município de Içara, através de visitas institucionais públicas e privadas.
Para marcar o Dia Estadual de Combate à Violência e Exploração Sexual Infanto-Juvenil, manifestações estão previstas em várias cidades. As mais frequentes serão a distribuição de panfletos sobre o problema.
A programação foi definida entre Ministério Público e entidades ligadas ao Fórum Catarinense pelo Fim da Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
Neste ano, foi deflagrada a Campanha Crianças Abusadas Sexualmente Não Falam. Fale Por Elas!. O objetivo é orientar os catarinenses para prevenir e denunciar casos de violência, exploração e abuso sexual praticados contra crianças e adolescentes.
Outro objetivo é divulgar o Disque 100, telefone em que a pessoa pode fazer a denúncia de forma anônima. Com isso, vencer um obstáculo: o abuso sexual acontece, na maioria das vezes, na família. Por causa dessa característica, prevalece o silêncio, o que dificulta a apuração.
Mais acostumados ao drama vivenciado pelas crianças vítimas de abuso, profissionais do Programa Sentinela, em cidades como Florianópolis e São José, usam brinquedos para “tentar ouvir” dos meninos e meninas pequenas o que estão “contando” pelas disposições de bonecos.
O alerta da promotora justifica-se pelos números: o Programa Sentinela atendeu, no Estado, em 2007 e 2008, mais de 28 mil casos de violência física e psicológica, negligência, abuso e exploração sexual infanto-juvenil.

VARIEDADES - Para Terezinha felicidade é gostar daquilo que se faz



Há mais de 20 anos trabalhando na limpeza pública, Terezinha Francisco Teixeira declara que o ofício de gari é toda a sua vida e não se imagina realizando uma outra atividade.

Gari é, segundo Silveira Bueno, “empregado da limpeza pública”. Um profissional responsável por limpar ruas, praças, parques, vias e outros locais públicos. Cuida da higiene e recolhe diariamente os detritos produzidos nas cidades.
É uma profissão extremamente importante para a sociedade pois evita o acúmulo de lixo nas ruas e bueiros ajudando a evitar enchentes e proliferação de bichos e doenças.
Para exercer essa atividade é preciso que o trabalhador se disponha a exercer uma função útil, mas muitas vezes desprezada ou mal remunerada. Precisa-se ter amor pelo o que se faz, disposição, responsabilidade, pró-atividade, agilidade e flexibilidade e espírito de equipe.
Uma das responsáveis pela limpeza do banheiro público da Praça da Matriz São Donato, Terezinha Francisco Teixeira, realiza a função, exatamente, com essas características. “Eu gosto do meu trabalho, porque é importante para minha sociedade”, contou.
Há 20 anos trabalhando como gari, ela já pegou pesado nas ruas e devido ao esforço físico prejudicou a saúde. Segundo ela a hérnia recorrente na região do abdômen não é razão para ficar parada, tampouco para maldizer o seu ofício. “Me sinto contente, feliz da vida”, define-se Terezinha. Mãe de seis filhos, dois deles adotivos, ela se orgulha de ser a funcionária com maior tempo na ativa do setor.
Os louros em reconhecimento à dedicação e alegria com que realiza o seu trabalho ela colhe diariamente através da demonstração de carinho, ou no mínimo respeito, que recebe dos usuários do ambiente cuidado com muito capricho.
“As pessoas me tratam muito bem, nunca tive problema por ser gari”, decla-rouTeixeira. Na casa dela há um cantinho especial onde coloca os Troféus do Destaque Içarense que já recebeu. “Recebi três destaques. Meu maior sonho é que Deus me dê forças para que eu ganhe mais um troféu, através da escolha do povo. Adoro vê-los um ao lado do outro, assim quando me aposentar será uma bela recordação”, afirmou animada, a gari.
Quanto a preconceito ou repulsão de outrens, devido à atividade que desenvolve, esclarece. “Tenho um bom relacionamento com minhas companheiras de trabalho e com as pessoas que passam ou utilizam o serviço aqui. Muitos brincam comigo e até me dão presentes”.

GERAL - Bancários entram em greve e não tem data para voltar


Os bancários de Santa Catarina entraram em greve ontem e não tem um prazo para volta, eles reivindicam aumento salarial tendo como base uma perda de 10% em cima do que ganham.

Os bancários dae Santa Catarina decidiram a favor da greve durante as assembléias realizadas na noite de quarta-feira. Em uma delas, que ocorreu em Criciúma, a maioria dos trabalhadores da Região Sul seguiu as orientações do Comando Nacional dos Bancários e resolveu paralisar as atividades a partir de ontem por tempo inde-terminado.
A categoria está em negociação com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) desde agosto, porém, os banqueiros não apresentaram uma proposta que atenda as reivindicações. A principal delas é o aumento de 10%. Os bancários ainda pedem melhores condições de trabalho, mais segurança nas agências, novas contratações e maior participação nos lucros dos bancos. O que não foi aprovado pela Fenaban.
O prazo dado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), que representa os bancários, foi até quarta-feira.
Em Içara, apenas os funcionários das agências do Itaú e Bradesco não aderiram a paralisação.

GERAL - Ciretran deve ser instalada em Içara até final de outubro


Com garantia da instalação do Ciretran no município, e com isso a realização de emissão de carteiras de motoristas na própria cidade, por Ronaldo Benedet, só faltam detalhes técnicos.

No mês de maio o secretário de Segurança Pública e do Cidadão de Santa Catarina, deputado estadual Ronaldo Benedet (PMDB), deu a garantia de implantação em Içara dos serviços do Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran).
Desta forma será viabilizada a emissão Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no município.
O que facilitará e agilizará o processo, deixando de ser necessária a ida dos condutores içarenses até Criciúma e, além disso, possibilitará a impressão das carteiras de identidades também.
Os vereadores do PMDB Acirton Costa, Jurê Carlos Bortolon e Antônio de Mello, o presidente do partido em Içara, Adilton Tramontim, o diretor da Câmara Legislativa, Paulo César Crescêncio, e o assessor parlamentar, Jorge Custódio, articularam essa conquista com Benedet na ocasião.
Segundo Mello o recurso facilitará a vida dos iça-renses na questão de tempo e evitará transtornos.
“As reclamações da população são muitas sobre esta questão. Tem gente que perde uma tarde inteira esperando nas filas de Criciúma só para fazer um exame de vista”, disparou.
De acordo com Tramontim a demora na implantação do órgão se deve ao contrato de locação do prédio que atrasou, mas até o dia 30 de outubro a questão burocrática será solucionada.
Por sua vez, Costa complementa que estão terminando de formar a equipe técnica para que o Ciretran comece a funcionar em Içara. “É apenas uma questão de pouco tempo”.

ESPORTES - Escolinhas de Içara disputam competições diversificadas

As escolinhas de esporte de Içara fizeram bonito, durante a semana, em disputas de várias modalidades, agora os atletas se preparam para pontuar nas competições do fim de semana.

As Escolinhas de Içara de futsal, de futebol de campo e de vôlei estão participando de várias competições paralelas contra equipes de Jaguaruna, Sangão, Morro da Fumaça, Urussanga e Lauro Müller.
Pelo Campeonato Regional da Liga Atlética Criciu-mense (LAC) duas categorias de futsal de Içara entraram em quadra para enfrentar o Morro da Fumaça.
No Sub-13, no Ginásio Ergino Januário Borges, a equipe da casa desperdiçou muitas oportunidades de gol e acabou surpreendida pelo adversário, perdendo o jogo por 3 a 2.
Ja na categoria Sub-15, Içara não começou muito bem, mais de cinco minutos para final do jogo a equipe mostrou a força e acabou fazendo três gols, virando o jogo em 5 a 3.
Além do futsal, o vôlei também representou o município de Içara na Copa Unisul de Voleibol. As categorias masculinas e femininas participaram da etapa regional sul na cidade de Imbituba.
Entre as equipes participantes, todas elas chegaram a semifinal sendo que o pré-mirim e o infantil masculino venceram a final e estão classificados para a etapa estadual da Copa Unisul, que será realizada de 10 a 12 de outubro, em Balneário Cam-boriú.
No domingo, 27 de setembro, os atletas das categorias Sub-11, Sub-13, Sub-15 e Sub-17de futebol de campo iniciam a participação na Copa Intermunicipal de Escolinhas, enfrentando a Escolinha de Jaguaruna, no Estádio Dego Rocha, em Içara.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Edição 1.712: EDITORIAL - Muda ou não o nº de vereadores

Com a aprovação da PEC na Câmara Federal haverá um aumento de aproximadamente 7 mil vereadores no país, sendo que em Içara, o Legislativo pode aumentar de 3 a 5 representantes. Mas, isso, somente na próxima legislatura.
Por outro lado, se o município quiser manter o quadro de 10 vereadores não há necessidade de alterar a redação da Lei Orgânica.
A decisão deveria passar pelo crivo da comunidade com elabora-ção de uma pesquisa.

POLÍTICA - Agricultores deverão participar da 2ª votação da Lei Antifumo

Projeto de Lei de autoria do vereador Darlan Bitencourt Carpes (PP), foi aprovado por unanimidade, em primeiro votação, mas é desaprovado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

O Projeto de Lei (PL) N° 029/09 que proibe o consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou de qualquer outro produto fumígeno, derivado ou não do tabaco, em locais públicos e privados de uso coletivo deverá ser votado em segundo turno na próxima sessão da Câmara de Vereadores de Içara, dia 28 de setembro.
O autor do PL, Darlan Carpes (PP), não abre mão da apreciação da matéria e garante que entrará em pauta nem que seja “só com o voto dele”.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Içara, Jair de Stefani, diz que a entidade é contrária à lei, visto que muitas famílias içarenses vivem da plantação de fumo e a cidade tem tradição no cultivo. “Muitos agricultores estarão presentes na votação de segunda”, garantiu. Ele acredita que, às vezes, cria-se leis desnecessárias, mas falta fiscalização e campanhas educativas. “Muitos apresentam lei só por promoção, precisa-se trabalhar a conscientização, mas não queremos criar impasse. O Darlan deveria ter comunicado ao sindicato, nos chamado pa-ra a discussão e não fazer da forma que ele acha que tem que ser”, desabafou.
Os vereadores Osmar Manoel dos Santos (PP), Antônio de Mello (PMDB), Itamar da Silva (PP), Neuzi Berto Silveira (DEM) e André Mazzuchello Jucoski (PSDB) votarão contra. Geraldo Baldis-sera (PDT) estaria inclinado à mesma decisão, contou Jair. “A lei po-de gerar conflito dependendo da forma como for interpretada”, concluiu.

GERAL - Alça Viária da SC-444 ainda sem previsão para reinício e conclusão


As obras nas margens do anel viário da Rodovia SC-444 continuam paradas, aguardam possíveis mudanças no projeto pelo prefeito Gentil Dory da Luz e não tem data para serem reiniciadas.

A Administração do prefeito de Içara, Gentil Dory da Luz (PMDB), já está no nono mês de gestão e até agora não tem prazo para reinício ou conclusão das alças viárias da Rodovia SC-444.
A gestão anterior do ex-prefeito, Heitor Valvassori (PP), deu início à obra em novembro de 2008 e com a mudança de gestor os trabalhos continuam paralisados.
A rodovia precisa de meio-fio, calçada, canteiros, sinalização de placas e pinturas de alerta nos acessos. Detalhes que comprometem a orientação dos motoristas, visto que não conseguem identificar qual o lado da pista em que deve permanecer (não existe proteção nas laterais).
O secretário de Obras e Serviços Urbanos do município, José Eloir do Nascimento, informou que esta verificando junto ao departamento técnico da Administração, com o Deinfra e com a empresa que ganhou a concorrência a continuidade do projeto.
Segundo Nascimento, o prefeito quer fazer algumas alterações na obra, mas os últimos dias não estão sendo dedicados a uma outra questão. “Estamos envolvidos no projeto de pavimentação da Lagoa dos Esteves até a Barra Velha, cuja assinatura da Ordem de Serviço acontece nesta quinta-feira, 24, pelo governador do estado, Luiz Henrique da Silveira (PMDB). Enquanto isso os içarenses aguardam que a situação seja resolvida o mais rápido possível.

POLÍCIA - Multas geram insatisfação de motoristas no Centro da cidade


Policiais militares de Içara notificaram alguns motoristas, que entraram na contra mão no cruzamento entre as Ruas 7 de Setembro e João Menegaro, em frente a Emergência do HSD.

Na manhã de ontem um tumulto formou-se em frente do Hospital São Donato, na Rua 7 de Setembro, e da entrada da Emergência da Unidade de Saúde, na Rua João Menegaro. Motoristas e populares se indignaram com a atuação dos soldados da Polícia Militar (PM) que paravam e notificavam com multas os condutores que entravam na contra mão em direção à emergência.
A direção do trânsito do local fora mudada há cerca de 45 dias conforme o gestor do departamento de trânsito, Paulo Preiss Neto. Segundo ele “houve 30 dias de adaptação com a orientação aos condutores de veículos pela PM e nos meios de comunicação”
As pessoas que se aglomeravam próximo ao HSD tinham a mesma opinião de que a alteração não fora divulgada, os motoristas seguiam a rota há anos, e ainda reclamavam da sinalização. Para Manoel Costa, a placa está errada, escondida desse jeito e precisa estar mais visível.
“A sinalização está correta, placas novas com tamanho 50x50 cm, posicionadas em local correto e bem visível”, explicou Preiss.
“Dirijo aqui há mais de 10 anos, não sabia que era contra mão e nem vi a placa”, diz a condutora Lúcia Zilli.
“Vim trazer uma mulher ferida no hospital e fui multada, é preciso mais orientação”, declarou, irritada e trêmula, Sislene Schimidt.
“Chamaram até camburão, para mim, os soldados são despreparados, arrogantes, notificam uns e outros não”, critica Sérgio Martins, o Pinduca.
“Foram notificadas quatro pessoas, a PM tem autonomia para multar infrações de trânsito”, afirmou o soldado Teixeira.O Major da PM, Jorge Silva, não foi loca-lizado para tratar do caso.

VARIEDADES - Oficina de Artes Plásticas realiza 1ª Mostra de Mangá


A Oficina de Artes Plásticas da Casa da Cultura Padre Bernardo Junkes, de Içara, realiza esta semana, no Naes, exposição de trabalhos produzidos pelos alunos do curso profissionalizante.

A Casa da Cultura Padre Bernardo Junkes, de Içara, realiza a Iª Mostra Mangá, animes dos alunos, da Oficina de Artes Plásticas.
Os trabalhos artísticos estão expostos no Núcleo de Ensino Avançado de Içara (Naes), localizado na Rua Vitória.
São apresentados ao público os trabalhos dos oficineiros das aulas com o professor mineiro, Renato Britto, que pode perceber o estilo típico de desenho japonês: olhos bem expressivos e delineados. A inspiração vem das séries de TV e Mangás como Dragon Ball Z, Nanohá, Oh Gi Oh, Kagami, Ponemon, Slayers e Naruto.
Este estilo é uma febre entre os jovens do mundo inteiro e segundo Britto “desenvolve a sensibilidade artística dos alunos, dando-lhes a oportunidade de contato com a cultura oriental o que vislumbra a melhoria da expressão artística e inserção no meio cultural”.
A Casa da Cultura e Oficina de Artes Plásticas Façart realizarão em outubro o 1º “Cosplay” Içara, outro movimento bastante difundido no Japão. Trata-se de fãs de animes e Mangás que se fantasiam como os personagens das séries da televisão.
Além disso estão preparando a Semana Leonardo Da Vinci, mostra com a reprodução das obras do pintor pelos alunos.
”Estou satisfeito com o processo do conhecimento dos alunos que dia-a-dia estão se aperfeiçoando”, confessa o professor das Oficinas de Artes Plásticas.
As aulas acontecem de segunda a quinta-feiras, das 13h30min às 21h, nas dependências do Naes e conta com cerca de 70 oficineiros inscritos. Os interessados podem se inscrever neste local ou na sede da Casa da Cultura para o curso profissionalizante, qye é gratuito.
Fique por dentro dos termos dessa Arte:
<< Mangá – Termo usado no mundo para designar histórias em quadrinhos japoneses.
<< Anime – Desenho a-nimado japonês.
<< Dragon Ball Z - O a-nime mais conhecido.
<< Cosplayer – Fãs que se fantasiam como os personagens de animes e Mangá.
<< Shôujo Mangá – Mangá Feminino.
<< Shounen Mangá – Mangá Masculino.
<< Kodomo Mangá – Mangá Infantil.
<< Hentai Mangá – Gênero adulto.
<< Desenhistas Famosos de Mangá - Yu Watase; Júlio Shimamoto e Yoshito Usui.

ESPORTES - Escolinhas de Içara jogam com categorias de base do Internacional


Os atletas das Escolinhas de Futebol de Içara, Sub-12 e Sub-14, disputam amistosos contra as categorias de base do time de Porto Alegre, neste sábado, às 14h30min, no Estádio Dego Rocha.

Atletas das categorias de 12 e 14 anos, do Projeto Colméia, da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Içara, recebem no sábado, dia 26, para a realização de amistosos, as categorias de base do Internacional de Porto Alegre. A garotada entra em campo a partir das 14h30min, no estádio Dego Rocha, Módulo Esportivo Ramos Rousseng.
A ação tem como objetivo desenvolver, além de talentos, estimular o gosto pelo esporte.
De acordo com o presidente da FME, Flávio Felisberto, trazer equipes com renome nacional, como o Internacional, é um incentivo aos atletas.
Atualmente mais de 300 crianças fazem parte do Projeto Colméia em Içara. Cerca de 120crianças, no Módulo; mais 135, no Balneário Rincão, e 50, na Barra Velha.

COLUNISTA Maso Nyetto

Governador Luiz Henrique da Silveira
recebe nesta quinta-feira, às 19h, no Clube Ipiranga, da Câmara Municipal de Içara o Título Honorífico de Cidadão Honorário, indicação do presidente do Legislativo, vereador Acirton Costa (PMDB).
Fazendo um retrospecto Luiz Henrique foi um dos governadores que mais atendeu os pedidos de Içara, nestes últimos anos, tanto. Quem falar ao contrário é demagogo.

A gestora da Saúde
Mira Dagostim, informou, através da assessoria de imprensa da Administração Municipal, que o Cartão Ponto Digital das Unidades de Saúde de Içara estarão todos funcionando adequadamente até 1º de outubro.
A empresa contratada para reinstalar o sistema e recadastrar os servidores já efetuou a manutenção em alguns postos.
Vamos ficar na torcida.

Bancários
de bancos públicos e privados de todo o país entram em greve a partir de hoje, por tempo indeterminado.
Na região, a paralisação atinge 9 municípios de base do Sindicato e cerca de 800 funcionários.
Em assembleia lotada, realizada no final da tarde de ontem no Sindicato dos Metalúrgicos a maioria votou pela suspensão das atividades.

Tucanos de Içara
realizaram reunião com as lideranças do município nesta terça-feira, 22, para demonstrar o apoio ao pré-candidato à deputado estadual Adelor Guglielmi, o Dóia. Segundo o vereador tucano André Jucoski, o Polakinho, “estamos trabalhando como se ele já fosse candidato. O fato de mais de 100 pessoas, inclusive de outras siglas, terem comparecido ao encontro cre-dencia a nossa iniciativa”.
Dóia declarou que vê a vereadora de Criciúma, Tati Teixeira, como candidata a deputada federal. “Não conversei com a Tati, o Rogério Frigo ou o Henrique Salvaro, tenho trabalhado para viabilizar a minha candidatura. O partido irá escolher o melhor preparado”, relatou.
Sobre a reunião no município ele diz que “ foi mais uma oportunidade de externar o compromisso com Içara. É mais do que hora de ter um representante da cidade na Alesc, Siderópolis e Araranguá com eleitorado igual ou maior tem, essa é uma oportunidade ímpar”, defendeu. Segundo Guglielmi, o PSDB de Criciúma tem compromisso com ele, tanto que o presidente daquele município, Derceli Coral, esteve na reunião para demonstrar o apoio e o prefeito Clésio Salvaro, a quem assessorou por 12 anos, é seu companheiro, incentivador e conselheiro de todas as horas.

Frase”Quem não se ocupa de política já tomou a decisão política de que gostaria de se ter poupado: serve o partido dominante”. (Max Frisch - arquiteto e escritor suíço - 1911-1991)

COLUNISTA Susi Mendes - Garantia no Código de Defesa do Consumidor

Ao adquirir um produto ou serviço, o consumidor tem uma expectativa de qualidade, tal expectativa deve ser respeitada pelo fornecedor e é garantida pelo Código de Defesa do Consumidor.
Existem dois tipos de garantia que são tratadas no Código, a legal e a contratual. A garantia legal é obrigatória, total, incondicional e inegociável. A garantia contratual é aquela que o fornecedor oferece ao consumidor, através do termo de garantia, que deve ser entregue, devidamente preenchido pelo fornecedor, no ato do fornecimento, do produto.
A garantia legal dos produtos e serviços não duráveis é de 30 dias, sendo que a dos produtos duráveis é de 90, isso em caso de vício de fácil visualização, sendo que a contagem do prazo para o consumidor reclamar dos defeitos ocultos nos produtos duráveis, segundo o Código de Defesa do Consumidor, somente inicia-se quando ficar evidente o defeito.
Cabe frisar que a contagem do prazo da garantia contratual e da garantia legal são complementares, isso quer dizer que um é adicionado ao outro. Portanto, por exemplo, quando houver um prazo de garantia contratual para um bem ou serviço durável de um ano, na verdade o consumidor terá a garantia total de um ano e três meses, sendo esses três meses o correspondente a garantia legal.
É importante lembrar que para o produto adquirido que depois de entregue, apresenta um defeito, o fornecedor tem um prazo de até trinta dias para sanar o vício, confome previsto no Código de Defesa do Consumidor.
Caso este prazo termine sem que o produto tenha sido reparado o consumidor poderá, a escolha, obter um abatimento no preço, trocar o produto por outro igual ou equi-valente, ou ainda, obter a devolução do valor pago, corrigido monetariamente, sem prejuízo de se ressarcir de eventuais perdas e danos decorrentes do defeito do produto.
É importante observar que as peças eventualmente substituídas passam a gozar de novo prazo de garantia, portanto é importante exigir comprovantes de tal substituição. Nossos Tribunais vem entendendo que um produto que apresenta sucessivamente defeitos pode gerar também o direito a reparação por danos morais
Existe também, para o caso de compras fora do estabelecimento comercial, como por exemplo, através de telefone, pela internet ou venda a domicílio, o prazo de sete dias a contar da assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, o prazo de sete dias em que o consumidor poderá desistir da compra, tendo os valores eventualmente pagos, a qualquer título, devolvidos, de imediato e monetariamente atualizados.
Cabe ao consumidor cercar-se de toda prova possível, como notas fiscais, comprovantes de entrega, notas de troca de peças. O Código garante o direito, mas o consumidor é quem fiscaliza e o que faz valer.

Susiane é advogada do Escritório Marion Silveira Advocacia

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

COLUNISTA - Maso Nyetto



PCdoB de Içara
escolheu nesta terça-feira os 14 membros que farão parte da Executiva. Uma nova reunião no dia 30, no Plenarinho Adão dos Santos Moreira, na Câmara de Vereadores, definirá os cargos de cada um, inclusive o de presidente.
De acordo com a vice-presidente da Comissão Provisória do PCdoB içarense, Edna da Silva, “o foco é o fortalecimento e crescimento do grupo para construção de uma alternativa de esquerda em Içara para lançar candidatura própria à prefeito em 2012, defesa da manutenção do governo popular do presidente Lula e eleições de deputados estadual e federal.
A expectativa da comissão é reorganizar a sigla e a grande batalha é ampliar o números de integrantes, au-mentando as filiações e manter a postura partidária diante da Administração Municipal de Içara, através da fiscalização.

O vereador
Darlan Carpes (PP), mantém a posição e não vai retirar a lei antifumo.
Segundo ele, as pessoas não vão deixar de fumar por conta da proibição do consumo de produtos fumígenos em ambientes fechados. O que vai fazer é apenas adequar o projeto às leis estadual e federal.
A segunda votação deverá ser na próxima sessão, dia 28 de setembro, e Carpes garante: “nem que seja só com o meu voto”.

Segunda-feira
na sessão ordinária os vereadores de Içara apro-varam em votação única e por unanimidade a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentára) de 2010.
A LDO consiste na determinação das metas para posterior elaboração do orçamento que discriminará obras, ações, programas e atividades a serem realizadas pelo Poder Público. Por se tratar de matéria orçamentária não houve o horário político.

Ex-vereador
Valmor Rosso (PP) já confirmou que vai trabalhar na reeleição do deputado federal Jorge Boeira (PT) , com tem compromisso e não com um candidato do partido. E também vai disputar à presidência da Cooperaliança, não interessa que seja o candidato.

Enquanto
em Içara a escolha do presidente do PT, ocorre dentro da normalidade, em Criciúma, a disputa está em pé de guerra entre os grupos de José Paulo Serafim e Décio Góes.

Adilor Guglielmi
o Dóia, pode ser fritado dentro do PSDB, com a entrada da vereadora Tati Teixeira, que alega ter apoio de Henrique Salvaro.
Tucanos de Içara afirmam que estão com Dóia.

COLUNISTA - Elza de Mello - Nuances de vidas em crônicas (14)


Um sol morno e claro iluminava o Dia da Pátria, 7 de setembro, embora todas as previsões fossem de chuva. Depois do almoço meu marido Jorgemar convidou-me a visitar uma parente que há alguns anos não víamos, embora muito pouco contato tivéssemos com ela, a visita já estava planejada há algum tempo. Dona Laura era muito lembrada em casa de meus pais, ela era uma das primas de meu pai, que sempre elogiava a paciência, o bom humor e o carinho para com os familiares. Aliás, era uma das qualidades das filhas do tio Lucas Salustro, como era conhecido. Então fomos até a casa do Mauri e da Mariquinha, sua nora, onde ela está morando.
Já acometida por um AVC (Acidente Vascular Cerebral), pouca foi a conversa oral, mas muita a participação emocional; capaz de nos dizer tudo o pretendíamos conversar. E se acaso não entendíamos, ela escrevia o que pretendia nos dizer. Aí está a maravilha da linguagem escrita. Ela é capaz de nos dar capacidades para participarmos de eventos ímpares na sociedade. Veio-me na lembrança a passagem bíblica que fala do anúncio do nascimento de João Batista a Zacarias. Incrédulo, ele ficou afásico, mas ao nascer o menino, tão logo ele escreveu o nome que lhe seria dado, a língua como que desatou-se e ele pode então falar tudo o que precisava. É, a linguagem bíblica, tão cheia de metáforas, nos guia por diversas explicações.
Mas um fato até curioso, é a aquisição da escrita e da leitura por pessoas de idade avançada e que viveram em lugares tão ermos, como Dona Laura. Ela escreveu o nome do professor: João da Rocha Porto. Claro, aí tudo fica explicado. O educador era genro de Bertholino Liseu de Mello e, consequentemente, sobrinho do professor Salus-tiano Nunes de Mello; avô de dona Laura. Eles sempre conservaram a leitura e a es-crita nas localidades onde residiam. Logo que o professor Salustiano deixou o magistério em Urussanga Velha, mudando-se para a localidade de Coqueiros, ele preparou um aluno para seguir na escola de Urussanga Velha, o professor Salustia-no Antônio Cabreira. Tal era o compromisso com a educação!
Bem, o resto da tarde, nós passamos falando de tempos idos e vividos. E enquanto falávamos Dona Laura nos acompanhava com toda lucidez. Falamos dos antepassados, de pessoas que conhecemos apenas pelas falas de nossos familiares e, se estamos em uma terceira geração, em relação aos nossos pais, era como se estivéssemos no mesmo contexto. As nuances que víamos estava clarificada pela companheira de uma caminhada que antecedeu nossos dias. Dona Laura exprimia o prazer de relembrar os antepassados pelo brilho de seus olhos.
Uma coisa fabulosa é observar a ousadia de nosso ancestral, aqui, em Içara. Ele colocou a sua casa onde havia um olho d’água, em pleno campo de terras arenosas. Lá se vão 110 anos e o olho d’água continua existindo, e servindo ainda a comunidade.
É claro que houve muita preservação do ambiente. Onde foram retiradas as árvores naturais, foram plantadas as árvores frutífera, o cafezal, e toda espécie que pudesse servir à família e preservar o ambiente da nascente d’água. Não poderia faltar a água tão necessária à vida da família e as lidas no engenho de farinha.
Percebe-se então o senso de preservação ambiental. Talvez por ter sido pensado por um mestre de barcos, que deixara a rotina de embarcado para se tornar professor, houvesse tanto conhecimento e valor ao ambiente.
Só quando a chuva começou a cair, depois de um relâmpago é que deixamos a casa da Mariquinha e do Mauri. Voltei para a casa com a alma em festa por tão acolhedora visita.

Até a proxima semana com mais um assunto de nossa terra, nossa gente.

DISTRITO - Governador assinará OS da pavimentação até Barra Velha


O governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) atende a uma reivindicação antiga dos moradores da Lagoa dos Esteves e da Barra Velha, ao assinar a ordem de serviço pavimentação.

O governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) vai assinar a ordem de serviço para pavimentação do acesso entre a região das lagoas à Barra Velha.
O acontecimento se dará na próxima quinta-feira, 24, no Centro Comunitário do Distrito Balneário Rincão, em Içara.
O custo da obra está orçado em apoximadamente R$ 3,2 milhões e é um convênio da Administração Municipal de Içara com o Governo do Estado.
Serão pavimentados 6,2 quilômetros, da Lagoa dos Esteves até a entrada da Barra Velha, passando pelas rodovias ICR-353 e ICR-358.
A construção será realizada pela Construtora Fer-nandes - Confer -, que venceu a licitação. A empresa deverá concluir a obra no prazo de 10 meses.
O governador tem atividades agendada para este dia no município içarense e participará de sessão solene da Câmara dos Vereadores de Içara, no Clube Ipiranga, às 19h.
Na ocasião ele receberá o título de Cidadão Honorário de Içara, por iniciativa da indicação do presidente da Casa, Acirton Costa (PMDB). A homenagem é concedida pelo Legislativo às pessoas que não são nascidas em território içarense, mas que contribuiram efetivamente com a população.

ESPORTES - Pugilista içarense volta para casa com medalha


O nome de Içara foi anunciado, quando o juiz da luta levantou a mão de Marcelo Lalau e consagrou o lutador como campeão, garantindo vaga na disputa do cinturão de peso médio.

A concentração para o Içara Fight é total. Será no evento de outubro que o pugilista Marcelo Lalau confirmará, ou não, a vaga para a final do cinturão ca-tarinense de peso médio (a-té 75kg). Pelo ranking atual, ele já está garantido. É que domingo, dia 20 de setembro, nocauteou Mateus. E com isso, conquistou em Lages o título da quinta etapa da competição, assumindo a ponta da tabela, onde antes era vice de Cláudio Antunes.
Também no planalto catarinense, o içarense João Cassadore, 18 anos e 61kg, se isolou no ranking. E Ademar Banana, de 58kg, foi vice da etapa.
Lalau retornou para Içara na tarde de segunda-feira. E com a medalha no peito, já voltou também aos treinamentos junto da equipe Black Team. Mas, sobre a preparação, ele destaca que a principal dificuldade é a falta de apoio. Ainda assim, sonha em representar a cidade nos Jogos Abertos de Santa Cata-rina (Jasc). E levar o nome da cidade para a categoria profissional em 2009.
O pugilista afirmou que nos teste realizados para a competição foi registrado que a força de seu soco é numerada de 100 à 120kg. “O boxe é um esporte clássico, e muito respeitado no mundo inteiro, por ser muito técnico sendo que é uma das competições mais perigosas, você pode entrar bem e sair em coma do ringue”, finalizou.
Com isso o atleta, além de ter muito empenho em seu treinamento, continua a procura de bons patrocínios, para esta modalidade que é tão antiga, mas conta com poucos adeptos na região. “Sabemos que o esporte não é uma modalidade popular, existe outras lutas que sempre são mais procuradas, pelos jovens, mas se fizermos um bom trabalho isso pode mudar. Sempre tenho em mente o tênis com nosso atleta catarinense, o Guga, que levou o nome do estado ao mundo e a modalidade esportiva a cantos do país que nunca tinham visto uma raquete”, finalizou o campeão iça-rense, que se prepara para novos desafios.

VARIEDADES - A pintora Ângela Cristina se diverte fazendo "Arte"


A artista, que já expôs os trabalhos, junto com outros pintores, na Casa da Cultura Padre Bernardo Junkes, em Içara, afirma que a pintura é forma de expressão dos sentimentos, terapia e lazer.

A matogrossense de Canarana, Ângela Cristina Frizon Borba, que mora em Içara há 17 anos, faz pintura em tela há quatro anos. Jovem talento da arte içarense, já fez uma mostra dos trabalhos numa exposição coletiva na Casa de Cultura Padre Bernardo Junkes, no mês de maio.
Ela conta que a mãe, Noemi, percebeu que tinha um cuidado especial nos detalhes e cores dos trabalhos de Artes da escola. “Ela me incentivou para entrar na aula de pintura em tela, queria que eu pintasse uns quadros dos quais precisava”, relem-brou. No entanto, após se inscrever, Angela não gostava das aulas diárias. “No começo era uma briga, mas com o tempo fui melhorando e aprendendo a gostar de pintar. Hoje não fico mais sem a pintura”, confessa. Para a artista: “A pintura é uma terapia, um dom sem explicação, uma forma de expressar o que estou sentindo”.
O apoio dos pais, Simão e Noemi, é muito importante para que ela desenvolva um bom trabalho. “Eles sempre estão por perto quando estou pintando, dão sugestões e dizem quando posso fazer melhor. Isso me ajuda muito”, revelou. A jovem pintora faz quadros em tela de paisagens, animais, flores, humanos; de tudo um pou-co, a depender da vontade do momento e inspiração.
A obra “Bailarina” é uma das suas prediletas embora “todos os quadros tenham um valor sentimental.Gosto muito da “Bailarina, mas é difícil escolher aquele do qual eu goste mais”, explicou.
Quando questionada quanto às pretensões futuras relacionadas à profissão artística ela é incisiva: “não pretendo ir longe, não, planejo fazer faculdade. Não penso em expor em vários países. A pintura é meu lazer e passatempo. Não encaro como um ofício para ganhar dinheiro”, declarou.
Já vendeu três quadros, mas não espera da atividade retorno financeiro: diverte-se com o que faz e se orgulha do resultado das criações. “É uma sensação muito boa ao ver a obra pronta”, ressaltou. Sobre os presentes que ela deu a parentes ela brinca: “Tenho quadros espalhados por alguns cantos do país”.
Angela gosta do que faz e usa a sensibilidade também para projetar os dias vindouros: “Vamos ter um futuro excelente, embora muitas pessoas não acreditem, é o que espero”, concluiu.

POLÍCIA -Homem embriagado é preso após disparar tiros em bairro de Içara

O masculino de 60 anos foi preso segunda-feira e encaminhado ao presídio Santa Augusta, em Criciúma, após dar tiros para o alto, no Loteamento Salézio Teixeira, assustando moradores.

A Central de Emergência da Polícia Militar recebeu ligações por volta das 21h50min, desta segunda-feira, dia 21 setembro, que relatavam que um morador do Loteamento Salézio Teixeira, em Içara, estava disparando tiros para o alto.
A guarnição deslocou ao local e encontrou um grupo de vizinhos assustados com o morador M.P., 60 anos, autor dos tiros.
Em rondas, a guarnição localizou o homem em frente a residência, em visível estado de embriaguez e portando uma arma de fogo. Ao avistar aviatura, ele fugiu para dentro do terreno, vindo a ser detido pelos policiais e conduzido à Delegacia de Içara para lavratura de flagrante.
Após o interrogamento o acusado foi encaminhado ao Presídio Santa Augusta, em Criciúma, e agora ficará a disposição da justiça.
Os casos de pessoas com alto teor de embriaguês tem aumentado regularmente, deixando a população preocupada. Além do uso de armas de fogo ou arma branca (faca) os bêbados tem abusado no volante, provocando acidentes e atropelamentos nas rodovias.

GERAL - Prefeito de Içara e gestora da Educação vistoriam creche


A obra avaliada em R$ 1 milhão, que vai atender mais de 200 crianças de 0 a 6 anos e está sendo construída em anexo a garagem municipal, no Primeiro de Maio, deve ficar pronta em em 2010

Uma creche, com cerca de dois mil metros quadra-dos de área construída para atender mais de 200 crianças, está sendo construída no bairro Primeiro de Maio em Içara.
Executada em parceria entre a Administração Municipal e o Fundo Naci-onal de Desenvolvimento da Educação - Programa Proinfância e com valor estimado de R$ 1 milhão -, a obra vai manter crianças de zero a 6 anos em período integral e resolver os problemas de muitas mães que não têm onde deixar os filhos pequenos.
Vistoriada na manhã desta segunda-feira (21) pelo prefeito, Gentil Dory da Luz e pela gestora municipal de Educação, Giovana dos Santos, a creche já está com as paredes praticamente levantadas e a previsão é de que até mea-dos de 2010 esteja atendendo a população.
“Precisávamos de um espaço para construir a creche e parte do pátio de obras foi garagem e agradaria a todos”, explicou Gentil da Luz, acres-centando que a destinado para este fim porque julgamos que a divisão não atrapalharia o espaço da localização é privilegiada e vai atender muito bem a todas as mães daquela região da cidade.
Para Giovana dos Santos, “é mais um passo sendo dado em direção da excelência na Educação e também na qualidade de vida das famílias de Içara”.
A nova creche está sendo feita na Rua Machado de Assis, no bairro Primeiro de Maio, em espaço anexo ao pátio de máquinas da prefeitura de Içara.

POLÍTICA - Gentil da Luz está confiante na absolvição do processo do PP


Na sessão de segunda-feira, 21, do Tribunal Regional de Santa Catarina (TRE-SC) o juiz, Oscar Juvêncio Borges Neto, votou pelo desprovimento do Recurso Contra Expe-dição de Diploma (Rced) 43 impe-trado contra o prefeitode Içara, Gentil Dory da Luz (PMDB), e o vice-prefeito, José Zanolli (DEM).
Neto entendeu não configurados os ilícitos a eles imputados. O julgamento foi suspenso, com pedido de vista do desembargador Newton Trisotto. O julgamento deverá ser retomado, assim que ele analise o processo. No caso de uma decisão da Corte contrária ao voto do relator, Içara po-derá ter nova eleição, uma vez que a chapa Gentil da Luz e José Zanolli conquistou 18.226 votos, ou 52,6% do total de válidos.
A Coligação “Por Uma Içara Mais Forte” (PP/PT/PTB/PSDB) move o Rced 43 por abusos de poder e-conômico, político, de uso indevido dos meios de comunicação social e, principalmente, fraudes nas contas, que caracterizariam o uso de “caixa 2” na campanha.
Segundo o juiz-relator “A simples rejeição das contas do prefeito não implica, necessariamente, por si só, prova de abuso de poder econômico, pois não existe prova robusta de prática de ‘caixa 2’, não havendo na rejeição efetuada por este Tribunal demonstração de capacidade para influir no resultado do pleito”. Também não viu ilícito na distribuição do panfleto que acusava o ex-prefeito, Heitor Valvassori (PP), de comparra ilegalmente terrenos da Prefeitura. Já a denúncia de uso indevido de meios de comunicação, através de site oficial da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional (SDR), de Criciúma, por Gentil, quando era dirigente da instituição, Borges não encontrou nos autos nada que o levasse a crer de que houve autopromoção. Nem viu a-buso em reportagem publi-cada em julho/2007 pela Revista Metrópole sobre atos da SDR no qual aparece o então secretário e cita que Valvassari também fora fotografado e mencionado na mesma edição.
O prefeito peemedebista não esconde o contentamento pelo voto do relator do processo: “O sentimento é de muita confiança, desde o início nunca escondi que existe erro formal na prestação de contas da campanha, mas sempre fui criticado por não ter recursos no período da eleição. Deste modo as denúncias de abuso de poder e caixa dois não procedem”, desabafou.
Ele atribui a sua “fé inabalável na absolvição ao grupo de advogados que se dedicam ao processo. “Fiz tudo correto, não tenho o que temer. Acredito na Justiça, que tarda mas não falha; o Ministério Público (MP) já havia anunciado o desprovimento do Rced 43 e agora o juiz Oscar Juvêncio fez o mesmo, sendo que seu voto é baseado nos altos do processo”, complementou.
Até o fechamento da edição não foi possível fazer contato com o advogado da coligação recorrente do processo, Gabriel de Souza.

Edição 1.711: Editorial - Uma luz no fim do túnel

Pelos foguetes que estouravam no céu de Içara, na noite desta segunda-feira, parece que o Prefeito Gentil da Luz e o vice José Zanolli começam a ver uma luz no fim do túnel no processo de cassação. Já para a oposição, que esperava ver os dois longe do Paço Municipal, foi um balde de água fria
Da Luz e Zanolli obtiveram um ponto favorável, nesta segunda-feira, no julgamento do processo de cassação do diploma recorrido pela coligação “Por Uma Içara Mais Forte”, formada pelo PP, PT, PSDB e PTB, junto ao Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC). O relator, juíz Oscar Juvêncio Borges, votou pela improcedência do pedido, mantendo a decisão de primeiro grau do juíz da 79ª Zona Eleitoral de Içara, Marco Augusto Ghisi Neto. Já o juíz Nilton Trisotto pediu vistas ao processo e encerrou as discussões. Agora, o TRE/SC vai definir uma nova data para o julgamento, mantendo o voto favorável do juiz relator em favor de Gentil da Luz. Agora com as explanações da defesa e da acusação, cabe os juizes do TRE absolverem ou condenarem o prefeito e o vice de Içara.
A expectativa é grande por parte do povo içarense e pela maioria dos políticos da cidade.

sábado, 19 de setembro de 2009

Edição 1709: EDITORIAL - O psicológico provoca doença

Depois que o vírus da Gripe Influenza A (H1N1) iniciou no México, em abril, e rapidamente se espalhou pelos quatro cantos do mundo, a pandemia tomou conta da vida das pessoas, que mudaram os hábitos rotineiros.

Mesmo sem estar apresentando os sintomas, tem aqueles que se sentem doentes psicologicamente, pelo fato do assunto estar na mídia diariamente. A cisma pode provocar doença.

Escolas sem aulas, cartórios fechados, práticas esportivas e reuniões canceladas, entre outras atividades que causam aglomerações, foram formas de tentar evitar que o vírus se espalhesse.

Com a temperatura mais amena o vírus diminuiu o ritmo e as pessoas voltaram a sua normalidade no trabalho, na escola, nos clubes de danças, nos ginásios, como se nada tivesse acontecido.

A Gripe Influenza A (H1N1) mudou a higieninização das pessoas, que haviam esquecido a prática de lavar as mãos antes das refeições. É claro que as pessoas que tem imunidade baixa, crianças, gestantes e idosos devem evitar locais com grande volume de pessoas, porque o vírus ainda circula no ar.

Mas o calor humano é a forma mais correta de combater a gripe.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

ESPORTES - Depois de uma semana de folga Caiçara volta a campo

Os jogos deste fim de semana darão continuidade a mais uma rodada do Regional da Larm, e o Caiçara busca uma recuperação contra a Carbonífera Criciúma, sábado, fora de casa.

Depois de um fim de semana de folga para os atletas que disputam o Campeonato Regional da Liga Atlética da Região Mineira (Larm), devido as fortes chuvas que atingiram a cidade nas última semanas e deixaram os campos sem condições de jogo.

A rodada anterior será disputada em outra data e os jogos desta semana seguem dentro da tabela.

O Caiçara entra em campo contra a equipe da Carbonífera Criciúma, fora de casa, sabendo que tem um compromisso difícil, mas, os jogadores devem mostrar que tem potencial e trazer os três pontos para Içara, que serão importantes para se manter na competição regional. O Caiçara está em 10° lugar, com apenas um ponto, em quatro jogos, sendo um empate e três derrotas.

Já a Carbonífera Criciú-ma, terceira colocada com 10 pontos, obteve três vitori-as, um empate e uma derrota no campeonato.

O técnico do Caiçara, Claúdio Blissari, confirmou que este é um dos jogos mais complicados. “O adversário é considerado um dos melhores do campeonato, a nossa equipe aproveitou a folga para treinar, corrigir as falhas e buscar entrosamento dos jogadores”, completa o técnico da equipe içarense.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

VARIEDADES - Acessibilidade é tema da 4ª Feira Pedagógica e Cultural da Apae

A Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Içara, realizou nesta sexta-feira, 18, a 4ª Feira Pedagógica e Cultural. O tema desse ano foi a acessibilidade dos portadores de deficiência.

Nesta sexta-feira, 18, a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Içara, Escola Especial Sonho Dourado, promoveu a 4ª Feira Pedagógica e Cultural da instituição.

O projeto mostra ao público o que os alunos fazem durante o primeiro semestre do ano.

Pretendem acabar com o preconceito de que os portadores de deficiência não aprendem ou não possuem capacidade.

Afinal de contas a espécie humana é dotada de múltiplas inteligências, sendo que ninguém possui todas elas, nem é desprovido de alguma sapiência.

A equipe é formada por 50 profissionais e a associação é mantida por convênios com o Estado e Administração Municipal.

A diretoria da Apae é voluntaria. E a unidade içarense tem alguns voluntários que prestam serviços gratuítos.

“Precisamos garantir nossas atitudes para poder cumprir a lei. A luta é pela conscientização da sociedade e promover mudanças e possibilitar melhor acesso não só para o portador de deficiência. Nossa cidade é inacessível para idosos e gestantes também”, explica a diretora da Apae, Clair Tramontin Martinello Faraco.

São 179 alunos com necessidades especiais distintas, mas que surpreendem pela alegria de viver e potencialidades de aprender, mesmo desacreditados por parte da sociedade.

A escola especial trabalha todas as áreas do conhecimento, realizando atividades multidisciplinares.

Os trabalhos desenvolvidos em cada setor são apresentados para a apreciação do público.

As turmas da educação especial são: a Estimulação essencial, de 0 a 4 anos; SPE, de 4 a 7 anos; SPE , de 7 a 16 anos; Iniciação ao trabalho, mais de 16 anos; Oficina protegida terapêutica, idade acima de 16 anos; sala de psicologia, sala de fisioterapia.

Segundo uma das coordenadoras pedagógicas, Cleonice Matiola Goulart, estão previstos no projeto pedagógico desse ano, cujo tema é a Acessibilidade, a elaboração e distribuição de informativo, que já está sendo executado; montagem de vídeo para apresentar na Câmara de Vereadores e ambientes públicos; realização de passeata e a própria feira pedagógica.

A finalidade desses trabalhos é “mostrar que o deficiente é um cidadão comum e tem direito de ir e vir como qualquer outro cidadão”, ressalta a coordenadora pedagógica.

“A cidade precisa ser adaptada às pessoas com necessidades especiais, não há rampas para cadeirantes, as calçadas não ajudam”, comenta a professora Ana Francisca.

Fotos: Almerice Rodrigues (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.