O blog JIdiario agora é portal JInews.com.br, com muito mais interatividade e conteúdo atualizado a todo momento. Acesse e confira.

quinta-feira, 31 de março de 2011

CAPA: Edição2.076 - Içara, 31 de março de 2011

Rita levanta autoestima das mulheres içarenses
(Bruna Borges/Jornal Içarense)


Posto policial
do Rincão
sofre incêndio

(Maso Nyetto/Jornal Içarese)


Moradores da Rua Rubens Nunes Albino
pedem pavimentação

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Segurança em Içara é precária

Os números de ocorrên-cias referentes a assaltos em postos de combustíveis, arrombamentos em resi-dências, tráfico de drogas tem sido crescentes em Iça-ra, deixando a sociedade a mercê dos bandidos.
As Polícia Civil e Militar, com um contingente pe-queno tem até se esforçado, mas não está dando conta de combater a violência que vem transformando Içara e cidades vizinhas em lugares inseguros.
Talvez, com a implanta-ção das câmaras de segu-rança as ocorrências dimi-nuam, mas tudo vai depen-der dos pontos em que se-rão colocados.
A expectativa é que em breve a Secretaria de Segu-rança Pública de Santa Ca-tarina libere os monitores a Cidade do Mel.

CHARGE

POLÍTICA - TJ/SC suspende artigo de lei que cria cargos no Samae

A Justiça de Santa Catarina suspendeu a eficácia do art. 4º de Lei Complementar Municipal que autorizava a contração de pessoal em caráter temporário nos cargos criados para o Samae.

(Arquivo/Jornal Içarense)

(Arquivo/Jornal Içarense)

No dia 21 deste mês o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) suspendeu a eficácia do art. 4º da Lei Complementar Municipal de Içara nº 44, de 8 de dezembro de 2010, que autorizava a contratação de pessoal em caráter temporário nos cargos criados pela mesma lei para o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae).
A 2ª Promotoria de Justiça de Içara e o Centro de A-poio Operacional de Con-trole de Constitucionalida-de do Ministério Público, haviam ajuizado, no dia 9 de março, uma Ação Direta de Inconstitucionalida-de contra lei. Agora, o TJ/SC concedeu medida limi-nar à ação.
“Segundo consta da decisão, a lei questionada em nenhum momento [...] descreve a imperiosa necessidade de contratação imediata, apenas autoriza a con-tratação temporária, em seu art. 4º, sem qualquer ressalva quanto aos requisitos necessário para mitigar-se a realização do concurso público [...]”, publicou a promotoria de Justiça de Içara sobre a decisão.
A regra é o concurso público para provimentos dos cargos, e a contratação temporária deve ser feita em caráter excepcional.
Ainda de acordo com a decisão, “não se trata de cargos que visam atender situação de excepcional urgência, especialmente porque o serviço já era desenvolvido sem a participação dos cargos em questão, de modo que, por ora, afigura-se desarrazoado permitir a contratação de profissionais em caráter temporário”.
A lei criou cargos de Advogado, Assistente Social, Assistente Jurídico, Telefonista, entre outros, e permitia, em seu art. 4º, a con-tra-tação em caráter temporário, por processo seletivo, pelo diretor presidente do Samae, que atualmente é Paulo Preis Neto.
Sobre a determinação da Justiça do Estado, Preis diz que não sabe de detalhes, pois o advogado Joel Casa-grande é quem está cuidando do assunto.

GERAL - Moradores do Presidente Vargas sofrem com poeira vinda de rua

Nos dias secos a poeira toma conta de um trecho da Rua Rubens Nunes Albino, no bairro Pre-sidente Vargas, que não está pavimentado e a população pede providências para Administração.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

Os moradores da Rua Rubens Nunes Albino, no bairro Presidente Vargas, em Içara, estão há anos reivindicando a pavimentação da via.
De acordo com Jair Armando Amoroso, que reside há 7 anos no local, a po-eira que levanta da estrada de chão com a passagem dos carros é um problema antigo, que tornou-se insustentável após o as-faltamento da Avenida Diomício Freitas, no final do ano passado.
“Nossa rua é, hoje, a melhor ligação entre a SC-443, a Diomício Freitas, e a SC-444. Devido a isso, o tráfego de automóveis, utilitários e caminhões é intenso”, reclama Amoroso.
Ele explica que dos 750 metros de extensão da rua, apenas 200 metros não são pavimentados, o que gera uma nuvem de pó constante, que invade as residências. “A maioria dos veículos trafega em alta ve-locidade, aumentando o problema. Tudo o que conseguimos com políticos foram promessas. Gastamos uma enorme quantidade de água tratada para molhar a rua e lavar as calçadas diariamente, numa tentativa de manter a higiene”, comenta.
Além da sujeira formada pelo pó, há ainda um outro agravante para a família de Amoroso.
“Minha esposa tem câncer nos pulmões, devendo, de preferência, permanecer em locais arejados e limpos. Porém, vivemos sufocados no meio do pó e da sujeira, devido ao descaso com essa rua”, enfatiza.
Amoroso ressalta que a via fica aos fundos de um posto de saúde e de uma creche. Ele teme pela saúde da população.
De acordo com o morador, a necessidade é tanta que os residentes já concordaram entre si de pagar pe-la obra. “Porém, precisamos do intermédio do Poder Público para que a mesma aconteça”, observa.
A vizinha de Amoroso, Valdenir Joaquim, que reside no local há 30 anos, reforça a intenção dos moradores de pagar pela pavi-mentação. “Queremos pagar. As nossas casas ficam trancadas o tempo todo por causa da poeira. Além disso, ressalto o desrespeito dos motoristas, que passam pela rua em alta velocidade”, adverte Valdenir.
O vereador Joaci Domingos Pereira, o Boca, residente do bairro, explicou que está ajudando a população na pavimentação das ruas. Porém, está indo por partes. “Os moradores das Ruas Santa Rita de Cássia até o Anel Viário já estão pagando parcelas da pavimentação. Além destas, em outras ruas já fizemos o acordo entre a população e a prefeitura. Em abril pretendo chegar na Rua Rubens Nunes Albi-no, onde vamos fazer uma reunião”, conta Boca.
Ele explica que os moradores pagam pelas lajotas e mão-de-obra; e a Administração Municipal fica responsável pela drenagem, corte topográfico e corte da rua.

POLÍCIA - Posto da PM do Balneário Rincão afetado por incêndio

Os soldados da Polícia Militar do Balneário Rincão tiveram um susto ao perceber chamas atingindo o posto localizado na arena de eventos, cujas chamas vieram de um terreno ao lado.

(Divulgação)

Os soldados da Polícia Militar de Içara leveram um grande susto na noite de terça-feira, dia 29, quando ocorreu um incêndio no posto policial, construído próximo a Arena de Eventos no Balneário Rincão.
Isto porque a queima de materiais na área externa do posto atingiu o interior da construção de madeira. O combate foi iniciado pelo efetivo local, através de extintores de incêndio. Logo em seguida a guarnição do Corpo de Bombeiros foi então acionado, para impedir que as chamas causassem um estrago maior. Foram usados 200 litros de água no controle do fogo.
O comando da Polícia Militar de Içara pretende investigar para saber se o incêndio foi acidental ou ato criminoso de vândalos.
Danificar um bem público é um crime grave podendo, até, gerar prisão do responsável.
Também na noite de terça-feira o Corpo de Bombeiros de Içara atendeu a ocorrência de um incêndio em carro. Um Monza com placas de Criciúma pegou fogo no bairro Terceira Linha, em Içara.
Quando o Corpo de Bombeiros do município chegou no local, toda a parte interna e dianteira do veículo estavam em chamas, e para conter o fogo foram usados, cerca de 2 mil litros de água, evitando que afetasse o porta malas, onde estava o cilindro de Gás Natural Veicular (GNV), que havia sido instalado naquele dia.
As hipóteses da causa do incêndio podem ter sido um curto no sistema elétrico ou o auto aquecimento do veículo.
Segundo a PM, ninguém se feriu no incidente.

VARIEDADES - Palestra de sexóloga em Içara atrai mais de 800 mulheres

O 3º Encontro da Mulher de Içara reuniu um grande número de convidadas que lotaram o salão de festas da Igreja São Donato; onde Rita Rostirolla palestrou sobre sensualidade.

(Divulgação)

O salão de festas da Igreja Matriz São Donato foi lo-tado por mais de 800 mu-lheres de Içara e região que foram ao local na tarde des-ta quarta-feira, dia 30, para assistir a palestra da sexó-loga gaúcha Rita Rostirolla.
A abertura do evento foi feita pela presidente da Fundação Assistencial de Içara (FAI) e primeira-da-ma, Marielza Inácio da Luz. Em seguida, o secretá-rio de Saúde, Laudelino Calegari, comentou sobre a importância das mulheres, que estão sempre dispos-tas a cuidar da família.
O prefeito Gentil Dory da Luz também enalteceu o empenho da FAI; da Se-cretaria de Assistência So-cial, Trabalho e Renda; e da Secretaria de Saúde, que estavam à frente dos trabalhos; além de focar na qualidade de vida.
“Cuidar da saúde do cor-po e cuidar da saúde da mente se equivalem quan-do o assunto é qualidade de vida e esse tema é nossa busca contínua em Içara”, destacou o prefeito.
Para a gestora de saúde de Içara, Mira Dagostin, a realização dos encontros está transformando a reali-dade da mulher de Içara.
“Cuidar da saúde física já é parte do cotidiano, ago-ra é a vez de cuidar do bem estar, da beleza, da sensua-lidade e autoestima”, des-tacou a gestora.
A palestra, que deveria iniciar às 13h30min, co-meçou por volta das 15h. O atraso se deve ao gran-de número de pessoas. Com isso, os organizado-res tiveram que providen-ciar mais cadeiras.
Um vídeo, no qual foram mostradas fotos de mo-mentos da carreira de Rita, marcou o início da progra-mação da palestra.
A primeira sex personal trainer do Brasil, pioneira ao desenvolver técnicas es-peciais de sedução e con-quista, foi à frente ani-mando as convidadas.
“Só sei que a minha pa-lestra surtiu efeito quando causa insônia nas mulhe-res. Pois, elas vão ficar pen-sando em tudo que falamos aqui, ou fazendo outras coisas”, provocou Rita.
O evento ainda contou com apresentação do Coral Show Criança Feliz, que distribui rosas às mulheres presentes, sorteios de rou-pas íntimas e chocolate.
Às içarenses, Rita falou sobre sensualidade e auto-estima feminina, enfocan-do a prevenção à AIDS.
Para as mulheres que não participaram durante a tarde, devido ao trabalho, puderam conferir a pales-tra à noite, no Clube Ipi-ranga. Mas, apenas as que possuíam convite.
Rita Maria Rostirolla, 46 anos, é gaúcha, e consul-tora comportamental.
Desde que instituiu as palestras como uma nova forma de treinamento, Rita Rostirolla já falou, com su-cesso, a mais de 600 mil mulheres em centenas em-presas e eventos de todos os portes pelo Brasil.

ESPORTE - Içara estreia nesta sexta-feira no Campeonato Estadual de Futsal

Os atleta do futsal da categoria Sub-13, da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Içara irão ter um fim de semana bem puxado na estreia do Campeonato Estadual da categoria

(Divulgação)

O ano começou movi-mentado para o esporte içarense, com as competi-ções de verão concluídas, rapidamente os campeo-natos foram retomados na cidade.
A Fundação Municipal de Esportes, (FME) de Içara prepara a equipe de futsal, categoria Sub-13, para a estreia nesta sexta-feira, 1º de abril, no campeonato estadual da categoria.
Para garantir resultados expressivos o treinador Gustavo Teixeira tem in-tensificado o treinamento.
Os jogos acontecerão no no Ginásio Esportivo Pro-fessor Adolfo Back, em For-quilhinha, nos dias 1°, 2 e 3 de abril. Os içarenses enfrentarão as equipes de Forquilhinha/ADC/Sea-ra/Anjo Futsal; Energia/Prolincon/Tubarão; Rui Barbosa/APAF/Colégio São Bento e ADESC/CME Braço do Norte.
Na primeira fase, os ti-mes jogarão entre si, em tur-no único, dentro das cha-ves, com pontuação corri-da. Esta primeira etapa ser-virá apenas para a forma-ção do ranking - todas as equipes estarão classifica-das para a segunda fase, quando as disputas pas-sam a ser em turno e retur-no. No total, 32 times parti-cipam do Estadual Sub-13.
“Estamos treinando du-as vezes por semana no gi-násio do bairro Cristo Rei por causa das reformas no Complexo Esportivo João Ramos Roussenq. Como se trata de uma equipe de ba-se, formada nos últimos dois anos, o entrosamento é grande. Estou com uma expectativa grande por isso. Temos que confiar em nosso potencial”, ressalta Gustavo Teixeira.
O técnico destaca a in-tenção de conquistar uma posição confortável para que Içara sedie uma etapa da competição, somando, no mínimo, quatro pontos.

quarta-feira, 30 de março de 2011

CAPA: Edição2.075 - Içara, 30 de março de 2011

Morreu Nereu Guidi fundador da Rádio Difulsora AM 910
(Divulgação)


Banheiro público é alvo de vândalos
(Bruna Borges/Jornal Içarense)


Comissão deve se reunir com Gentil e TRE/SC
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Vândalos devem ser punidos

As pessoas que destroem uma obra pública não de-vem ficar impune aos o-lhos da justiça.
O Centro de Içara tem si-do de vândalos, que não medem as consequências. Quebram as vidraças da Casa da Cultura Padre Ber-nardo Junkes, mijam e de-fecam na parte de fora do banheiro público, na Praça Matriz São Donato, Centro de Içara. Além de quebra-rem as portas e os sanitá-rios. Na maioria da vezes, são viciados em drogas e desocupados que fazem da praça a extensão da sua casa. A Polícia Militar deve fazer mais rondas e garan-tir a ordem na Praça, que passa a ser um refúgio da ralé da sociedade.

COLUNISTA - Elza de Mello



Aquém dos trilhos Vidas em Crônicas (10)

Há dias em que nos enfia-mos em recordações e o dis-tante parece que se torna la-tente em nossa memória. Sobretudo as conversas que tivemos com pessoas que nos forneceram um conheci-mento à priori.
Conhecimento que não ti-vemos por vivermos em é-pocas diferentes. Falo, hoje, da memória do Balneário Rincão na descrição de Pe-dro Luiz Fernandes. Ele também me repassou lem-branças de quando contava 51 anos de idade, exatamente no dia 12/04/1989, um dia de outono com um venti-nho que deixava o ar leve-mente frio naquele dia.
Seu Pedro Luiz falou que chegou à Lagoa dos Freitas, para onde a família veio mo-rar, aos 3 anos de idade. Os pais eram ainda recém casa-dos, visto que ele era o único filho nascido. E em Lagoa dos Freitas, na época Lagoa do Zé Réus, viveram da la-voura e ad-quiriam os gêneros de ne-cessidades: a-çúcar, sal, que-rosene, fósfo-ros, entre ou-tros, na venda do Gervásio Ferraz.
Logo que vieram resi-dir em Lagoa dos Freitas, presenciou os veranistas da Praia do Rincão: Addo Cal-das Faracco, Elias Angeloni, Bepe Casagrande, Lito Sea-ra, Jorge Carneiro, Massu-eto Costa, Eriberto Hül-se,Leandro Martignago, A-bílio Paulo, Adamastor Ro-cha. Entre esses veranistas podemos afirmar que tive-ram as primeiras casas no Rincão. E como moradores fixos: Antônio Manoel Ma-chado, Antônio Luiz Fer-nandes e Rafael Viscardi, pescadores que trocavam os pescados por outros gêneros na colônia.
Para atravessar as areias que fechavam a entrada do Arroio Rincão e divisavam com as lagoas, as mudanças eram tiradas dos caminhões e colocadas em carro de bois e transportadas até as casas. As pessoas acompanhavam os carros, à pé até a residên-cia da família e o carro ficava guardado na casa de Vital Mariano, na entrada da La-goa dos Freitas.
É preciso lembrar que a primeira pavimentação da estrada foi com juncos e a-pós, com palanchões de ma-deira que diziam ter sido jo-gado de um navio que esta-va para afundar nas ime-di-ações.
Então Osvaldo Cruz requereu da marinha. Assim os palan-chões eram colocados sobre as dunas e os carros atraves-savam o areal até as moradas dos veranistas.
Depois, a estrada foi sola-da com barro e pirita, e as pessoas pagavam um pedá-gio ao Gustavo Osório para ele limpar a areia que inva-dia a estrada e dificultava a passagem dos automóveis.
Os colonos, que no inver-no, devido as geadas, ti-nham os pastos queimados e soltavam o gado para pas-tar nos cômbros, também davam a sua ajuda ao cobra-dor do pedágio para cuidar do gado. Só mais tarde, com a transferência de Gustavo Osório para ajudar no traba-lho da Prefeitura Municipal de Criciúma é que foi cons-truído um mata-burros e deixou-se a vigilância da porteira.
Entre as la-goas e o mar haviam belos capões reves-tidos de vege-tação típica e adornados de belas bromé-lias e orquíde-as. Neles, as aves revoa-vam e se re-produziam.
Também o-correram fa-tos inesquecíveis: a morte de um alfaiate no Capão do Al-faiate; o tesouro enterrado no capão do Tesouro; o ni-nhal de papagaios no capão dos Papagaios. Perto do ca-pão dos papagaios havia a Casa da Nação, ponto de re-pouso do viajante do cami-nho do mar e, por ser acesso de viajantes, várias pessoas encontraram moedas e ou-tros objetos que marcaram a atividades deste caminho.
Hoje, esses caminhos es-tão descaracterizados pelas mudanças ocorridas na pai-sagem, com as construções de casas.
Outro fato inesquecível foi o naufrágio de um navio, en-tre o Balneário Rincão e a Barra Velha, na entrada da Lagoa do Faxinal, carrega-do de leite em pó e de cavalos de raça. Na segunda quebra do mar, quem pescar de re-des ainda engalha nos restos desse navio.
Então, quando as sauda-des batem forte no coração, relembrar os tempos passa-dos são faróis para entender os tempos presentes e valo-rizar ainda mais nossa terra e nossa gente.
Até a próxima semana com mais um assunto.

.

POLÍTICA - Morre ex-deputado e fundador da Rádio Difusora Nereu Guidi

O empresário, que sofria de distrofia muscular há mais de 10 anos, faleceu no começo da tarde desta terça-feira, em casa, na presença de familiares, e o prefeito de Içara decreto luto oficial.

(Arquivo/Jornal Içarense)

Morreu nesta terça-feira, aos 68 anos, Nereu Guidi, fundador da Rádio Difuso-ra AM910, instalada no município de Içara.
Ele faleceu em casa, na companhia da esposa Cla-rice e dos filhos Rafael, Ca-rolina e Ana Rosa, de insu-ficiência respiratória. Há cerca de 10 anos, Guidi lu-tava contra a distrofia mus-cular, uma doença rara, de caráter hereditário e que pro-voca a degeneração da mem-brana que envolve as células musculares.
O velório acontece no Fó-rum de Criciúma e o sepul-tamento está marcado para esta quarta-feira, às 10 horas, no Cemitério Muni-cipal de Criciúma, no ba-irro São Luís.
Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Nereu Guidi destacou-se na atividade jurídica na região de Criciúma. Mais tarde, foi deputado federal (1975/1978), eleito pela A-rena, vereador de Criciúma (1969-1975) e presidente da Câmara (1973 a 1975). A-tuou ainda como secretário de Justiça no governo de Antônio Carlos Konder Reis, secretário chefe da Casa Civil de Jorge Bornha-usen, presidente da Eletro-sul e procurador geral de Criciúma da gestão de Altair Guidi.
Depois de deixar a car-reira política, entrou para a área empresarial. Ocu-pou um cargo administra-tivo no Grupo Angeloni.
Mesmo afastado da polí-tica tinha forte influência no meio até os dias atuais.
Em 1982 fundou a Rádio Difusora, hoje administra-da pelos filhos Rafael e Carolina Guidi.
O prefeito Gentil da Luz, oficializou o decreto de luto oficial por três dias em Iça-ra. O mesmo decretou o prefeito de Criciúma, Clé-sio Salvaro.
A região perdeu um dos mais importantes e influ-entes políticos da história. Homem que dedicou a vida pública para o desenvol-vimento do Sul do Estado.
O ex-prefeito Heitor Val-vassori, amigo de longas datas de Nereu Guidi, de-clarou: “O sul catarinense está de luto, perdemos um grande homem que nos deixa um grande legado de trabalho. Sua história de vida ficará marcada no coração de todos da Região Sul. Doutor Nereu, fique junto a Deus, que Deus lhe proteja e aos seus filhos também”, comentou à Rá-dio Difusora 910.
Governadores, deputa-dos, prefeitos, vereadores empresários enviaram mensagens de condolên-cias aos familiares de Ne-reu Guidi durante esta ter-ça-feira.

GERAL - Banheiros públicos de Içara são alvo de vandalismo

Gari Tereza Teixeira, que cuida da limpeza dos banheiros públicos, relata ao Jornal Içarense as más condições de uso dos sanitários; e a Administração Municipal prometeu melhorias.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

Os banheiros públicos próximos à Casa da Cultu-ra Padre Bernardo Junkes, no Centro de Içara, há anos vêm sofrendo com a ação de vândalos, que utilizam o local à noite.
As más condições de uso dos banheiros foram lem-bradas pelo vereador Ita-mar da Silva, na sessão da Câmara Municipal de Iça-ra, na noite desta segun-da-feira, dia 28.
Silva comentou que há seis meses pediu para que a Administração Munici-pal tomasse alguma provi-dência a fim de manter o ambiente em ordem. “Peço que o prefeito arrume aque-le local, pois isso pode ser feito com pouco dinhe-iro”, observou o vereador.
Porém, de acordo com a gari Tereza Teixeira, res-ponsável pela limpeza dos banheiros, o problema não é tão simples de resolver.
“A prefeitura já arrumou diversas vezes. Mas, os drogados vêm à noite e es-tragam tudo de novo, além de roubarem as coisas”, conta a gari.
Dona Tereza, senhora i-dosa, prestes a se aposen-tar, diz que em alguns dias não sobra tempo para to-mar café, tamanha a suje-ira deixada pelos vânda-los. “Algumas vezes não posso nem tomar café ao chegar. Tenho que ir direto limpar. Pois, eles deixam a-té fezes nas paredes e uri-na pelo chão”, ressalta.
A gari relata, ainda, que encontra frequentemente roupas íntimas de homens no banheiro feminino e de mulheres no banheiro mas-culino. “Aqui fica tudo lar-gado. Acho que eles usam o local para fazer ‘sacana-gem’”, comenta.
Durante à noite é que a-contece o maior número de depredações. Dona Tereza diz que lixeiros foram queimados, azulejos ar-rancados, além de supor-tes para sabonete e papel toalha roubados. “Rouba-ram também um pedaço de mármore da pia do banhei-ro masculino e partes de vasos sanitários”, informa.
Até um buraco foi feito pelos vândalos entre as paredes para “espiar as mulheres”, enfatiza a fun-cionária pública.
As condições de traba-lho dos garis também são prejudicadas com a depre-dação. “As portas não fe-cham mais, nem dos ba-nheiros e nem do local on-de nós nos abrigamos para fazer lanche e guardar os produtos de limpeza. Quando chove, a água des-ce e alaga tudo”, reclama Dona Tereza.
Para a gari, o problema acontece por que os guar-das que ficam no local à noite não intervém.
“Ninguém cuida. Os guardas ficam a noite toda, mas não fazem nada. Eles nem ligam”, relata a fun-cionária pública.
Apesar das más condi-ções de uso dos banheiros públicos, o local é bastante frequentado pela popula-ção. Pois, “as pessoas não podem fazer as necessida-des na rua”, como ironiza Dona Tereza.

POLÍCIA - Operação realizada pela PF e PC prende falsificador em Içara

Uma operação conjunta entre as Polícias Federal e Civil prendeu na manhã de ontem um falsificador no bairro Vila Nova, em Içara, sendo que na região seis pessoas são investigadas.

(Mauricio Vieira/Divulgação)

A manhã, de ontem foi movimentada para agentes da Polícia Civil de Cri-ciúma e de Içara, pois desenrolou-se uma operação envolvendo a Polícia Federal, além de representantes do Ministério Público com apoio de agentes de Floria-nópolis. O objetivo da ação é desarticular uma quadrilha especializada em falsificação de documentos.
Segundo o promotor de Justiça Eduardo Paladino, toda documentação necessária para a obtenção de vistos de entrada em outros países eram falsificados pelos acusados, que tinham “clientes” inclusive fora do Estado.
No total, serão cumpridos cerca de seis mandados de busca e apreensão. Quatro mandados de prisão já foram cumpridos e quatro pessoas estão detidas. Uma delas, J.O., 39 anos, preso no Bairro Vila Nova, em Içara, apontado pela polícia como o chefe da quadrilha. Ele já esteve preso antes, acusado pelo mesmo crime.
Na residência de O., que conta com sistema de mo-nitoramento por câmeras, os policiais apreenderam vários computadores e documentos. A polícia segue com a operação e outros envolvidos no esquema po-dem ser presos, se pegos em flagrante.
As investigações que levaram à desarticulação da quadrilha duraram cerca de dois meses.
Conforme o Consulado, para documentos falsificados eram cobrados em média R$ 5 mil e R$ 10 mil para passaportes. Informações preliminares dão conta de que aproximadamente 100 pessoas fizeram uso dos serviços da quadrilha para viajarem para os Estados Unidos e Canadá.

VARIEDADES - Colégio Evangélico Pastor Pedro Valentim Monteiro é ampliado

O colégio precisou ser ampliado devido à demanda; um novo prédio foi adquirido e a escola passa a oferecer Berçário; são 150 alunos nos períodos matutino, vespertino e integral.

(Divulgação)

O Centro de Educação e Cultura Pastor Pedro Va-lentim Monteiro, de Içara, está passando por reformas para atender a demanda, que segundo a direção da escola, cresce a cada dia.
Após procura e sugestões da comunidade, o CECPVM decidiu abrir a turma de Berçário e passa a atender crianças a partir dos seis meses de idade, no período integral.
Segundo a diretora da escola, Adriana Fernan-des, esse já era um desejo de funcionários e pais.
“Devemos ter clareza de que, ao dedicar o trabalho a essa área tão delicada, que se trata de bebês extremamente indefesos e que dependem totalmente de cuidados especiais, é fundamental compreender as necessidades destes, em especial dos que possuem até um ano de idade”, explica a diretora.
Para Adriana, a instituição deve propiciar às criança e aos pais conforto e segurança.
“A escola, até então, não estava preparada para a-tender essa demanda. Porém, hoje, estamos a cada dia buscando recursos e melhorias, a fim de garantirmos uma infraestrutura adequada para receber os bebês. Nos preocupamos com o desenvolvimento co-gnitivo, afetivo, motor e social da criança”, enfatiza.
A proposta pedagógica do CECPVM visa à participação ativa do educando, segundo relata a coordenadora pedagógica Ivaneile Alves, a Tita.
“Dentro de nossa proposta pedagógica a criança deve participar do planejamento e ocupação do espaço da sala de aula; or-ganizá-lo de forma a facilitar as atividades diárias. Esta construção e descoberta conjunta do espaço físico é o alicerce para a apropriação do conhecimento desde o berçário. O educador é um provocador. Sua atuação deve orientar-se para desafiar a criança a solucionar problemas de interesse”, comenta Tita.
Hoje, a escola atende cerca de 150 alunos nos períodos matutino, vespertino e integral, desde o Berçário até o 5º ano do Ensino Fundamental.
O colégio evangélico também oferece cursos na área teológica, desde o curso básico até o bacharel em teologia reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC).
“A educação continuada é outra preocupação nossa. Por isso, disponibiliza-mos também estes cursos para outros profissionais da área da educação de nossa cidade e região”, relata Adriana. A primeira turma de Teologia se formou neste ano.

ESPORTE - Criciúma conhece adversários da Série B

O Tigre conheceu nesta segunda-feira, dia 28, a tabela do Campeonato Brasileiro da Série B e o Criciúma vai estreiar em casa, diante da torcida, contra o Guarani-SP, treinado por Argel Fucks.

(Divulgação)

O Criciúma recebeu nesta segunda-feira dia 28, a tabela do Brasileiro da Série B de 2011.
O Tigre estreia noa competição nacional jogando em casa contra o Guarani de Campinas (SP), treinado por Argel Fucks, ex-técnico do Criciúma. A data ainda está para ser confirmada mas será entre o dia 20 ou 21 de maio.
Todos os 38 jogos do Tigre terão transmissão pelo sistema pay-per-view. Na rodada inaugurau, os jogos Criciúma x Guarani, Portuguesa x Náutico e Sport x Icasa estão programados para transmissão na TV aberta.
Mesmo com a aproximação da Série B, o Criciúma faz dispensas. Sessenta conselheiros participaram, na noite desta segunda-feira, da reunião do Conselho Deliberativo do Criciúma, realizada no Restaurante Oásis. Durante o encontro, o superintendente de futebol Enedir Perraro anunciou que os quatro jogadores vindos do Internacional serão devolvidos. "Eles não aprovaram", disse aos conselheiros. Assim, os laterais Kléber e Mineiro, o meia Wá-gner Libano e o atacante Talles Cunha deixaram o Criciúma, que está contratando um meia uruguaio, de 23 anos.

terça-feira, 29 de março de 2011

CAPA: Edição2.074 - Içara, 29 de março de 2011

Férias de médico causa alvoroço no Rincão
(Bruna Borges/Jornal Içarense)


Paço Municipal é arromdabo e caixa eletrônico fica destruído
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)


Convenção do PP é suspensa por falta de consenso e Estadual definirá Diretório
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Içara precisa de mais segurança

Cada dia que passa uma nova ocorrência deixa em alerta a população de Içara de que a cidade não é mais pequena e que os fatos, antes vistos através da televisão, passam a serem realida-des no dia a dia do município. São furtos, assassinatos, roubos a mão armada, es-tupros, entre outras barba-ridades. No fim de semana, os ladrões tiveram a audácia de entrar no Prefeitura Municipal de Içara e tentaram arrombar o caixa eletrônico do Banco Itaú existente no Paço Ângelo Lo-detti. A segurança no Paço deve ser redobrada.

CHARGE

De bem com a VIDA com Jairo MARTINS



Arando
a terra


O solo seco é improdutivo para plantio. Nada cresce. Não se vêem lindas plantas em solo árido. Pelo contrário, em solos ruins, crescem ervas daninhas e se proliferam.
A terra é o nosso coração. Vamos prepará-lo, preparar o coração para o dia do mal. Não se colhem louvores de corações improdutivos.
Em cada coração há uma semente de amor. A semente precisa germinar, precisa dar frutos, precisa ocupar o seu espaço. A semente somente germina se a terra estiver própria.
Os frutos de alegria, satisfação e contentamento somente serão conse-quências dos corações puros dispostos a estar vivos. Corações amargurados, tristes, solitários não batem na cadência da vida.
Existem como órgãos mas não vivem suas emoções. Vamos arar o coração. Preparar para receber as recompensas das lutas, do empenho na busca do melhor.
Há sempre uma condição estável e satisfatória esperando pelas nossas ações. Não nos contentamos com a falta de esperança, pelo olhar abatido, pela falta de sonhos.
Preparamos o coração para ser um vitorioso. O propósito da vida é maior. Tem sentido.
É mais re-al que nossas próprias dúvidas. Não há na-da melhor que coraçõ-es satisfeitos, confiantes e fortes. A fortaleza do homem não está apoiada em ventos passageiros que destroem intenções e, sim nas experiências vivas de fatos positivos que se repetem e nos levam, cada vez a um estágio muito melhor. Vamos arar a terra. No solo fértil estão as razões para se viver feliz.
Até a próxima semana com mais um assunto!!!!

POLÍTICA - PP suspende convenção por falta de consenso

O presidente do Partido Progressista de Içara, Arnaldo Lodetti Júnior, avaliou como um “problema bom” a suspensão da formação do Diretório, devido ao grande número de interessados.

(Maso Nyetto/Jotnal Içarense)

“Ninguém quis abrir mão de uma vaga no Dire-tório do PP de Içara”. Este foi o motivo apresentado pelo presidente da sigla, Arnaldo Lodetti Júnior, pa-ra a suspensão da convenção do partido que aconteceria no último sábado, dia 26, das 8h às 12h, na Câmara Municipal de Içara.
Quase 80 militantes do PP se mostraram interessados em participar do Dire-tório. O problema é que o setor comporta apenas 44 pessoas. “Não houve consenso entre os interessados. Os integrantes da chapa antiga não quiseram a-brir mão da vaga para os novos. Por isso, o prazo a-cabou e nenhuma chapa foi inscrita”, disse Lodetti.
Sem chapa, um novo Di-retório não pôde ser eleito, e o presidente da sigla a-chou melhor não haver disputa. “Na sexta-feira, dia 25, quando resolvemos suspender a convenção, encaminhamos um expediente ao Diretório Estadual, informando a situação. Agora, resta esperar uma manifestação deles. Acredito que daqui uns 15 dias teremos alguma resposta”, comenta Lodetti.
O Diretório Estadual po-de determinar que o PP de Içara entre em consenso para a formação da chapa ou realize uma convenção.
O presidente avalia a situação como um “problema bom”. “Muita gente es-tá querendo participar. Temos, na verdade, um ‘problema bom’, pois, ruim seria se estivéssemos procurando pessoas interessadas”, observa.
Sobre a falta de consenso ser consequência da possível coligação com o PMDB nas eleições municipais de 2012, Lodetti afirma que “não teve nenhuma influência”.
“O que tinha que ser discutido este ano a respeito de coligação já foi discutido, com a eleição do presidente da Câmara e da Co-operaliança. Agora o PP vai fazer o seu projeto e o PMDB também. Caso, no futuro, os dois partidos se alinhem nos ideais, é outra conversa”, explica.
Com relação às especu-lações de que Dalvânia Cardoso e Júlio De Luca estariam disputando a presidência, Lodetti diz que as conversas estão invertidas.
“Estão adiantando as coisas. Primeiro temos que escolher o Diretório, que por sua vez elege a Executi-va e, consequentemente, o presidente”, ressalta, completando, “depois de tudo isso é que podemos tratar de coligações. O PP é um partido muito forte em Içara. Então, uma série de discussões ainda ocorrerá. Não está nada resolvido”, comenta o líder dos progressistas.

GERAL - Posto do Rincão sem médico pela manhã até a próxima semana

O médico que atende pela manhã na Unidade de Saúde da Estratégia da Família Central do Balneário Rincão está de férias; e o Dr. Paulo Henrique Nandi continua atendendo no período da tarde.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

Na manhã desta segunda-feira, dia 28, o Jornal Içarense recebeu uma denúncia de populares, a respeito da falta de médico na Unidade de Saúde da Estratégia da Família Central do Balneário Rincão.
A reclamação dava conta de que muitas pessoas aguardavam no posto para serem atendidas.
De acordo com a enfermeira responsável pela u-nidade, Magda Andréia de Brito, a queixa dos moradores se deve às férias do Dr. Geraldo Quintana, que se ausenta por 15 dias.
O médico atende no horário da manhã, das 8h às 12h. “A unidade de saúde central do Rincão é a única que possui dois médicos, um para a manhã e outro para a tarde. Por isso, o pessoal está acostumado a ter bastante vagas. Nestes dias em que um médico está de férias, as pessoas a-cabam ficando preocupadas em não conseguir atendimento e chegam muito cedo, bem antes das 13h, o que ocasiona o grande número de cidadãos na unidade”, explica Magda.
O médico Quintana fica fora do posto dos dias 21 de março a 5 de abril. Até a próxima semana, os pacientes serão atendidos apenas à tarde, nas terças, quartas, e sextas-feiras. A quinta-feira é para atendimento de gestantes.
O agendamento de consultas na unidade acontece todas as segundas-feiras, a partir das 13h.
“Mesmo com as férias do Dr. Geraldo, estamos com um número razoável de consultas, o mesmo que nas outras unidades. Pois, ainda temos um profissional atendendo”, observa a enfermeira.
Magda pede que a comunidade tenha um pouco de paciência e, aquele que não tiver urgência, que precisa apenas fazer exames e procedimentos de ro-tina, deixem para ir ao posto a partir do dia 6.
“Temos muitas vagas disponíveis normalmente. Por isso, aconselho que a-queles que podem deixar para procurar o posto na próxima semana, o façam, pois terão maior conforto para conseguir uma consulta”, orienta.
A Unidade de Saúde da Estratégia da Família Central do Balneário Rincão tem, em média, 200 atendimentos por semana, normalmente, com os dois médicos disponíveis. São 32 vagas pela manhã e 17 no período da tarde.

POLÍCIA - Tentativa de assalto no Paço Municipal

A ação de bandidos na madrugada de sábado terminou com um caixa eletrônico danificando dentro das dependência da PMI e o sistema eletrônico de alarme não disparou durante o arrombamento.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

As ações dos bandidos dentro de Içara parece estar cada dia mais ousada. Eles começam arquitetar crimes em locais menos vigiados pela Polícia Militar.
Neste fim de semana, os ladrões arrombaram o prédio da Prefeitura Municipal de Içara, localizado na Rua Altamiro Guimarães.
A ação resultou em um vidro quebrado, além do terminal de auto-atendimento do banco Itaú queimado. O fato ocorreu na madrugada de sábado, 26. Contudo, somente no período da manhã foi reparado a invasão no primeiro andar do prédio. A demora ocorreu porque o sistema de vigilância eletrônica contratado pela Administração Municipal (AM) não disparou.
De acordo com o gerente operacional da vigilância Triângulo, Vilmar Carvalho, o único motivo aparente de o alarme não ter disparado foi um posicionamen-tos dos sensores. “Quando eu estive no local para averiguar o motivo de o alarme não ter disparado percebi que os dois sensores que ficam de frente para a porta principal da prefeitura haviam sido mudados de posição, impedindo assim seu acionamento através de algum movimento”, explicou o gerente. A situação foi repassada à Polícia Civil de Içara e será investiga.
Os ladrões não tiveram sucesso no furto, já que não conseguiram abrir o terminal e nem uma das cédulas que estava no equipamento foi levada, assim como nem um outro material da AMI.

VARIEDADES - Nicole Custódio é a nova colunista do Jornal Içarense

A fotógrafa Nicole Custódio passa a assinar uma coluna no Jornal Içarense, que inicia na próxima sexta-feira, dia 25; e a jovem vai registrar imagens de eventos da sociedade içarense.

(Divulgação)



O contato de Nicole Cus-tódio com o mundo da foto-grafia começou cedo e sem compromisso com o lado profissional.
Aos quinze anos ela brincava de fotografar as a-migas. “Mesmo com muito amadorismo e com poucos recursos de uma câmera di-gital, aquele universo das imagens me encantava”, conta a jovem.
Nicole adquiriu a primei-ra câmera profissional, mais avançada em recur-sos, em 2009. Foi quando resolveu aperfeiçoar-se em um curso de fotografia pro-movido pelo SESC, com o professor Álvaro Dias.
“Através deste aprendi-zado, desenvolvi novas técnicas e novas maneiras de fotografar. Cada vez mais sentia que nasci para testemunhar fatos, pessoas e paisagens através de re-tratos”, comenta Nicole.
Depois de especializar-se também em cursos de maquiagem e contabilida-de, a jovem sentiu-se pre-parada para fazer traba-lhos próprios como fotó-grafa. “Graças a Deus e a minha boa comunicação, não demorou muito para que várias oportunidades surgissem. Consequente-mente, meu leque de clien-tes não parou de aumen-tar”, comemora.
Um tempo depois, Nico-le recebeu uma proposta de emprego em um estúdio de fotografia em Criciúma. Com isso, ela pôde aliar o trabalho com sua paixão e continuar com os projetos próprios. “Esta experiênci-a me rendeu ótimos frutos. Aprendi a me tornar uma profissional completa. Lo-go depois, vieram outras o-portunidades”, ressalta.
A ideia de montar o pró-prio negócio surgiu quan-do não conseguia mais conciliar o trabalho no es-túdio com os projetos parti-culares. “Precisei optar em ir atrás de um sonho ou a-diá-lo por um tempo. Esco-lhi a favor de meu sonho e investi em minha própria carreia como fotógrafa”, enfatiza a moça.
Nicole contou com a aju-da dos pais para realizar o sonho do próprio negócio. Com o investimento, ad-quiriu equipamentos, entre eles uma câmera ainda me-lhor do que já tinha, e mon-tou o estúdio, com o nome Nicole Custódio Photogra-phy. “É algo modesto para os olhos das outras pesso-as, mas para mim é algo grandioso, a realização de um sonho”, comenta.
O interesse por produzir uma coluna do Jornal Iça-rense (JI) surgiu da própria fotógrafa.
“Ela percebeu que não havia no jornal uma colu-na voltada para o público jovem. Então, entrou em contato conosco e achamos uma boa ideia”, conta o e-ditor-chefe do JI, o jor-nalista Maso Nyetto.
Nicole se diz motivada e pronta para o novo desafio. ”Hoje, não me vejo em ou-tro lugar ou em outra pro-fissão. O universo das ma-is variadas formas e ângu-los das ima-gens é o meu lugar”, conclui a jovem que tem o estúdio na Rua Para-ná, no Balneário Rincão.

ESPORTE - Criciúma deixa escapar a vitória

O Tigre enfrentou, domingo, em Blumenau, o Metropolitano e deixou a vitoria escapar outra vez, voltando para casa com um empate, já no próximo domingo enfrenta o Joinville, no Majestoso

(Divulgação)

Os atacantes do Crici-úma fizeram a sua parte, mas a defesa deixou a desejar e o Tigre empatou em 3 a 3 com o Metropolitano, em Blumenau, em jogo válido pela sexta rodada do segundo turno do Campeonato Catarinense.
O tricolor vencia por 3 a 1 até os 35 minutos da etapa final. O Tigre fechou a rodada em quinto lugar no segundo turno com nove pontos, e volta a campo no próximo domingo, às 16h, no Estádio Heriberto Hül-se, contra o Joinville, que goleou o Avaí por 4 a 0.
Schwenck marcou duas vezes e o outro gols foi de Lincom. Enquanto, Jona-tas, Rafinha e Matheus balançaram a rede em favor do time do Norte do Estado.
O técnico Guilherme Macuglia tem a semana cheia para corrigir as falhas e escalar a equipe, que já apresenta três desfalques para o confronto. Schwen-ck, Rogélio e Pirão, receberam o terceiro cartão amarelo no empate com Metropolitano e vão cumprir suspensão automática.
No lugar de Rogélio, Nir-ley deve ser a opção. No ataque Lincoml pode ganhar a vaga e no lugar de Pirão, pela esquerda, Fabiano deve ser a opção
O Criciúma colocou apenas um jogador na seleção da sexta rodada do segundo turno. O atacante Sch-wenck, autor de dois gols. Os demais: goleiro Max (Jo-inville), os laterais Bruno (Figueirense) e Rafinha (Metropolitano), os zagueiros Renato Santos (Joinville) e Grolli (Chapecoense), os volantes Diego (Joinville) e Leandro Leite (Brusque), os meias Ramon (Joinville) e Pittoni (Figueirense) e o atacante Lima (Joinville).

segunda-feira, 28 de março de 2011

CAPA: Edição2.073 - Içara, 26 e 27 de março de 2011

Moradores de 3ª Linha recebem água do Samae
(Divulgação)


Rodovia SC-444 completa 194 dias sem vítimas fatais
(Alex Cichella/Jornal Içarense)


Dóia Guglielmi e Laudo Calegari visitam HSD
(Divulgação)

EDITORIAL - PMDB de olho na eleição do PP

Ideologia partidária é coisa do passado. Pelo menos é isso que as siglas estão mostrando.
PP e o PMDB (Arena x MDB) sempre foram inimi-gos históricos, pelo menos em Içara, passando o ranço político de pai para filho. E isso ainda existe. Mas, motivados mais pelos interesses próprios do que ideológicos as duas siglas ensaiam uma aproximação.
O PMDB, mais fortalecido e com a vantagem de es-tar no poder, aguarda a eleição do novo presidente dos progressistas, que desunidos ainda não chegaram ao consenso entre Júlio de Luc-ca e Dalvânia Cardoso. A convenção vai ser hoje, na Câmara de Vereadores.

COLUNISTA - Viviane Maragno,



Varicela
Catapora (1)


O que é? A varicela (cata-pora) é uma doença infecci-osa, altamente contagiosa, causada por um vírus cha-mado Varicela-Zoster. Esse vírus pode causar vários ti-pos de infecções: primária (quadro clínico de catapora bem estabelecido), latente (sem manifestação clínica) e reativação. Esse vírus per-manece no corpo a vida to-da, estando como que a-dormecido; a reativação de-termina doença localizada na á-rea correspon-dente a um ou mais nervos sensitivos e cha-ma-se Herpes-Zoster, conhe-cida também co-mo cobreiro.
Como se ad-quire? Na era pré-vacina 90% das pessoas suscetíveis desenvolviam a doença primária varicela ou catapora. No contato intra-domiciliar a contaminação da doença ocorre em mais de 80% dos propensos; em contato menos íntimo (co-légio), baixa para 30% das crianças. A passagem da do-ença de pessoa a pessoa em uma mesma casa costuma tornar mais grave o quadro.
O período de transmissão inicia 24h a 48h antes do sur-gimento das lesões da pele e se estende até que todas as ve-sículas tenham desenvol-vido crostas (casca), usual-mente 7 a 9 dias. O tempo que medeia entre o contato e surgimento da doença (in-cubação) é de 14 a 16 dias, variando entre 10 e 21 dias.
A transmissão se dá atra-vés do contato aéreo, de via respiratória para via respi-ratória ou por contato dire-to com as lesões vesicula-res cujo líquido está cheio de vírus.
O que se sen-te? Uma vez a-lojados no orga-nismo, os vírus começam a se reproduzir, in-vadem o sangue e produzem os sinais de infec-ção: febre 38 a 38,5°C, mal es-tar, perda do apetite, dor de cabeça. Os sintomas são mais ou menos intensos na dependência da quantidade de vírus contaminantes e da capacidade de defesa daquele indivíduo.
Lesões da pele e das mu-cosas: Os vírus que estão na árvore respiratória são car-regados para a pele e muco-sas pela corrente sangüínea.

Na próxima edição va-mos continuar esse assunto.
A todos, um ótimo fim de semana com muita saúde.

POLÍTICA - Vereador quer redução nas atribuições da Fundai

Para o vereador Acirton Costa (PMDB), as multas aplicadas pela Fundai às empresas, são absurdas; a fundação se defende dizendo que a fiscalização eficiente deveria ser elogiada.

(Arquivo/Jornal Içarense)


(Bruna Borges/Jornal Içarense)

O vereador Acirton Costa (PMDB) não poupou críticas à Fundação do Meio Ambiente de Içara (Fundai) na sessão legislativa da última segunda-feira, dia 21.
O peemedebista aproveitou o espaço do Horário Político para reclamar das multas aplicadas.
“Estou preocupado com o trabalho da Fundai com relação à fiscalização em algumas empresas do município. Ao invés de ajudar, está atrapalhando. Existem pessoas jogando lixo em toda a margem do Anel Viário e a Fundai não é capaz de multar. Quando as empresas cometem alguns erros, muitas vezes sem saber, sofrem multas grandes”, reclamou Costa.
De acordo com o vereador, alguns empresários estão dizendo que vão sair do município por causa da “perseguição”.
Para amenizar o problema, o peemedebista comentou a necessidade de criar um projeto de lei que retire da Fundai algumas atribuições, ou seja, reduza a autonomia da fundação. “Algumas coisas devem continuar sendo de competência da FATMA. Temos que entrar com um projeto de lei para tirar um pouco a autonomia da Fun-dai”, enfatizou Costa.
O vereador foi procurado pela reportagem do Jornal Içarense para citar as empresas insatisfeitas, mas não atendeu às tentativas de contato telefônico.
Em resposta, o diretor su-perintendente da Fundai, Geraldo Baldissera, enviou uma nota de esclarecimento. Entre os trechos, ele explica que “as multas só são aplicadas se no ato de fiscalização for observado algum crime ambiental, ou constatado, em posterior vistoria, que a empresa notificada não atendeu às exigências anteriormente cobradas”.
Baldissera ainda faz um questionamento, procurando justificar as multas: “A quem a Fundai deve o-bediência? Ao povo, ou aos empresários que causam danos ambientais?”.
O superintendente ressalta que os servidores da Fundai acreditam que, ao invés de haver preocupação em diminuir as atribuições da Fundai, se deve, na verdade, procurar lutar pela fundação, para que a mesma tenha mais técnicos e uma estrutura que permita atender melhor a-os anseios da população e dos empresários.
Com relação à fiscalização, ele diz que “a maioria ocorre devido a denúncias feitas pela população, que se queixa de algum problema que uma empresa ou pessoa física pode estar causando. O setor de fiscalização, então, confirmando a causa da denúncia, co-bra medidas que permitam o funcionamento da empresa, ou, se for o caso, promovem embargo”.
Para Baldissera, o procedimento, ao invés de ser cri-ticado, a fim de ser menos rígido, deveria receber elogios, pois o que mais é cobrado dos órgãos públicos é fiscalização eficiente.
Sobre a acusação de estar barrando o desenvolvimento do município, o superintendente responde que “a Fundai, na verdade, agiliza o desenvolvimento, pois toda empresa que deseja se instalar em Içara, todo loteamento a ser implantado, entre outras a-tividades a serem regularizadas, necessitam de licença ambiental. E estas, dependendo do tipo de atividade e do porte da empresa, podem ser emitidas pe-la Fundai ou pela FATMA. Portanto, as empresas que podem ser licenciadas pela Fundai têm as licenças a-gilizadas por ela, processo este que poderia ser mais moroso através da FATMA, pois o órgão possui uma demanda grande , por a-tender a muitos municípios. Hoje as fundações municipais tendem a ‘desafogar’ um pouco o volume de licenças ambientais a serem emitidas pela FAT-MA”, observa Baldissera.

GERAL - Samae passa a distribuir água tratada em Terceira Linha

O bairro Terceira Linha, em Içara, que não possuía distribuição de água tratada, ganhou tubulação de mais de 2,3 quilômetros, feita pelo Sistema Autônomo de Água e Esgoto (Samae).

(Divulgação)

A comunidade do bairro Terceira Linha, em Içara, já pode usufruir de água tratada nas residências.
A tubulação de mais de 2,3 quilômetros feita pelo Sistema Autônomo de Á-gua e Esgoto (Samae) de Içara está à disposição dos moradores para ligação nas casas.
“Já ligamos 16 residências à rede de água tratada e outras oito famílias cadastradas estão no aguardo do andamento da obra”, destacou o presidente do Samae, Paulo Preis Neto.
Segundo ele, algumas pessoas ainda não definiram se vão aderir ao sistema, mas a tubulação colocada na localidade é sufici-ente para atender todas as famílias de Terceira Linha.
Ainda, conforme o presidente, as obras de implantação do sistema de abastecimento da Terceira Linha devem encerrar na pri-meira quinzena de abril, depois de estender a tubulação por toda a localidade.
“Há muito tempo sonhávamos em ter água tratada em nossas casas. Além da qualidade de vida, não precisamos mais nos preocupar com a falta d’água nos períodos de seca do verão”, afirmou, satisfeita, a dona de casa Gisele de Es-téfani de Jesus.
Na residência de Gisele a ligação já está concluída, o que fez com que a vizinha, Cristiane Guezzi Gislon, pretendesse o mesmo benefício. “Também quero água do Samae na minha casa, é muita facilidade. Vou fazer a solicitação imediatamente”, declarou Cristiane.
Em janeiro, os moradores do bairro se reuniram com o prefeito, Gentil Dory da Luz, o vice-prefeito José Zanolli, junto com a equipe técnica da Administração Municipal. Na ocasião foram apresentados projetos para beneficiar a regi-ão. Entre as obras estava o fornecimento de água.
O projeto foi implantado assim que os moradores terminaram de efetivar o ca-dastro de adesão.
Na ocasião também foi apresentado o investimento na área da saúde: a refor-ma da unidade básica de saúde no valor de R$ 193 mil e que será concluída no primeiro semestre de 2011. E, ainda, o projeto de engenharia da pavimentação da ICR-357, trecho entre BR-101 e Rodovia Lino Za-nolli, orçado em mais de R$ 6,5 milhões.

POLÍCIA - PMRv preste a comemorar 200 dias sem morte na SC-444

A PMRv comemora no dia 2 de abril, 200 dias sem mortes em toda a extensão da Rodovia SC-444 em Içara, e com esses números os soldados Rodoviários alertam os motoristas dos cuidados.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

No próximo sábado, dia 2 de abril, a Polícia Militar Rodoviária Estadual (PM-Rv) de Içara, comemora 200 dias sem registros de morte na Rodovia Paulino Búrigo SC-444. Hoje, são 184 dias. Mas, no estado os números são diferentes.
Faltando menos uma semana para terminar, o mês de março, os números de acidentes na extensão da rodovia é preocupante, já que é considerada uma das rodovias estaduais com o maior número de veículos.
Os dias mais críticos ainda são os fins de semana, quando o fluxo de carros em direções as regiões litorâneas e a BR-101 gera mais atenção dos motoristas.
Os soldados da PMRv de Içara alertam para os cuidados que podem prevenir acidentes de trânsito. Medidas simples, como manter a distância regulamentar do outro veículo, utilizar o cinto de segurança, verificar a situação do carro e não beber ao dirigir, podem evitar ocorrências de acidentes.
O excesso de velocidade e ultrapassagem indevida são as principais causas de acidentes na jurisdição. Estes mesmos motivos, teriam ocasionado a maioria dos acidentes registrados no em Santa Catarina (SC).
Atualmente, acidentes envolvendo motocicletas são os mais preocupantes e frequentes em Içara em função de tentativas de ultrapassagem forçada. Os condutores de motocicletas precisam redobrar a atenção, pois a grande maioria de mortes em SC, tem motociclistas envolvidos.

VARIEDADES - Sexóloga Rita Rostirolla faz palestra gratuita em Içara

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, que ocorreu em 8 de março, o 3º Encontro da Mulher de Içara, uma parceria também com a FAI, traz a sex personal trainer Rita Rostirolla.


As mulheres de Içara te-rão a oportunidade de par-ticipar gratuitamente de uma palestra da sexóloga Rita Rostirolla, na próxima quarta-feira dia 30.
Rita é considerada a pri-meira sex personal trainer do Brasil, por ter sido pio-neira ao desenvolver técni-cas especiais de sedução e conquista.
Às içarenses, ela vai falar sobre sensualidade e auto-estima feminina, em duas edições: aberta a todas as mulheres, às 13h30min, no salão de festas da Igreja Matriz São Donato, e à noi-te no Clube Ipiranga, ape-nas para convidados.
Durante a palestra have-rá momento para o lanche, exposição de lingeries, a-presentação de dançari-nos, distribuição de brin-des e cartilha educativa so-bre saúde sexual.
“Nós do programa DST/HIV/AIDS de Içara, junto com a Secretaria de Saúde, tivemos a ideia de promo-ver a palestra devido a u-ma necessidade. Ao longo destes anos de trabalho, percebemos o aumento no número de mulheres infec-tadas pelo vírus da AIDS no município. A maioria delas contraiu a doença ao ter relações sexuais com o próprio marido, ou seja, em um relacionamento fi-xo. Porém, também a mai-oria passava por proble-mas no casamento, sendo o motivo dos homens pro-curarem em outros relacio-namentos satisfação”, ex-plica a coordenadora do programa DST/HIV/AI-DS, Samira Abdenur.
Segundo a coordenado-ra, as mulheres, devido à cultura e à própria educa-ção a que são submetidas, acabam, muitas vezes, se tornando reprimidas sexu-almente, o que gera proble-mas no casamento.
“A proposta da palestra é mostrar para a mulher que ela pode ser sensual, sem ser vulgar. A Rita vai ensinar técnicas, como a maneira correta de andar, vestir-se, olhar e se dirigir às pessoas, e relacionar-se com o parceiro”, conta.
De acordo com a coorde-nadora, em Içara existem 300 pessoas infectadas pe-lo HIV, que estão sendo a-companhadas pelo pro-grama. “Na época do início da epidemia, entre os anos 80 e 90, existiam cerca de 36 homens infectados para cada uma mulher. Hoje, já está quase meio a meio”, ressalta Samira, expli-cando que as mulheres são mais vulneráveis ao vírus. “Convidamos todas as içarenses para o evento. Ao final da palestra, as parti-cipantes poderão fazer perguntas à Rita”, observa a coordenadora.
Rita Maria Rostirolla, 46 anos, é gaúcha, e consul-tora comportamental, espe-cialista há cerca de 16 anos na abordagem de assuntos como autoestima, estética, comportamento feminino e masculino, repressão sexu-al, comunicação entre os casais, rotinas dos relacio-namentos e intimidade.

ESPORTE - Domingo terá rodada completa do catarinense

Neste domingo será de tabela completa do catarinense e o Criciúma vai até Blumenau
enfrentar o Metropolitano, o jogo é decisivo para o Tigre para poder definir a final em casa.


(Divulgação)

Mesmo debaixo de chuva, o técnico Guilherme Macuglia comandou um coletivo sexta-feira à tarde, e encaminhou o time para o jogo de domingo, às 20h30min, contra o Metropolitano, em Blumenau.
Recuperando-se de uma lesão muscular, o zagueiro Toninho participou da atividade, mas segue como dúvida para a partida. Ele vai ficar em observação no departamento médico
O zagueiro Rodrigo deixará o time, para o retorno de Toninho ou de Nirley, que cumpriu suspensão no empate em 2 a 2 contra o Imbituba, quarta-feira.
Se Toninho ainda é dúvida, Mika está fora do confronto, por conta de uma gripe. Enquanto, Carli-nhos Santos está apto para o jogo.
Neste sábado, o técnico Guilherme Macuglia comandará mais um treinamento, que definirá a equipe para a partida contra o Metropolitano.
A provável lista dos titulares será: Andrey; Fábio Santana, Rogélio, Toninho (Nirley) e Pirão; Henik, Carlinhos Santos, Pedro Carmona e Roni; Valdo e Schwenck. Nesta sexta-feira, o meia Rosembrick foi inscrito na Federação Cata-rinense de Futebol e já tem condições de jogo para domingo.
A soma de total de pontos no turno e no returno é o critério que a Federação Catarinense deverá adotar para definir o clube que terá o direito de definir, em ca-sa, o título da competição.
Hoje, o Tigre é o terceiro colocado na classificação geral, atrás de Figueirense e Chapecoense.
A arbitragem será João Fernando da Silva, auxiliado por Neuza Inês Back e Josué Lamin.
O departamento jurídico do Tigre conseguiu efeito suspensivo para Waner Li-bano, que havia sido sus-penso por quatro jogos.

sexta-feira, 25 de março de 2011

CAPA: Edição2.072 - Içara, 25 de março de 2011

Alistamento militar dos nascidos em 1993 encerra em 30 de abril
(Arquivo/Jornal Içarense)


Oceanógrafo dá palestra aos alunos de EJA
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)


Vereadores criticam ação de Marzinho
(Bruna Borges/Jornal Içarense)

EDITORIAL - Jet Sky e barcos podem poluir as lagoas de Içara

Dono do maior potencial hídrico do planeta, o Brasil corre o risco de chegar em 2015 com problemas de abastecimento de água em mais da metade dos muni-cípios. O diagnóstico está no Atlas Brasil - Abasteci-mento Urbano de Água, lançado dia 22 pela Agên-cia Nacional de Águas (ANA). O levantamento ma-peou as tendências de de-manda e oferta de água nas 5.565 cidades brasileiras e estimou em R$ 22 bilhões o total de investimentos para evitar a escassez.
Os nossos mananciais de água potável estão sen-do usados para prática de jet sky, prática de ricos. Os vereadores deram o tiro no pé ao não proibir esse “es-porte” degradante.

COLUNISTA - Susiane MENDES



Semana do Consumidor
Práticas abusivas que geram dever de indenizar


Estamos na semana do consumidor, assim, cabe uma reflexão de como está a relação entre os consumi-dores e os fornecedores, neste período em que o Có-digo de Defesa do Consu-midor completa 20 anos em vigor (11 de março).
Mesmo possuindo uma das melhores legislações quanto a defesa do consu-midor, o Brasil ainda en-frenta várias situações de desrespeito e abuso de di-reitos do consumidor.
Assim, se a Lei existe, tal-vez o que esteja faltando é um maior controle e denún-cia por parte tanto dos con-sumidores lesados quanto de toda a sociedade.
Para coibir o desrespeito com os direitos do consu-midor, muitas vezes, so-mente fazendo com que o fornecedor seja atingindo em seu bem mais precioso, o bolso. Desta forma, vamos apresentar al-gumas das si-tuações mais comuns de prática abusi-va contra os consumidores.
Envio de produto ou serviço não solicitado
O envio de produtos ou serviços não solicitados pe-lo consumidor configura-se conduta considerada pelo Código de Defesa do Con-sumidor como prática abu-siva (art. 39, III).
São evidentes os incômo-dos decorrentes das provi-dências necessárias para o cancelamento de tais pro-dutos ou serviços, pois na maioria das vezes as em-presas que enviaram o pro-duto dificultam sobrema-neira tal cancelamento.
Neste caso, é a repetição da conduta abusiva e o grau de dificuldade enfrentado pelo consumidor para o cancelamento que irão de-terminar a gravidade do dano moral causado ao con-sumidor e o dever da em-presa em indenizá-lo.
A relação jurídica que o-corre entre a empresa for-necedora e o consumidor submete-se às regras do Código de Defesa do Con-sumidor e, desta forma, o ônus da prova quanto a contratação de serviços é do fornecedor.
Além da possibilidade de gerar dano moral indeni-zável, a cobrança indevida de serviços não solicitados pelo consumidor, gera o dever de restituição em do-bro das quantias cobradas indevidamente.
Renovação automática sem a autorização
do consumidor
Muito comum, a renova-ção automática de serviços ou de produtos, como a as-sinatura de revistas, por e-xemplo, não solicitados, é conduta considerada pelo Código de Defesa do Con-sumidor como prática abu-siva (art. 39, III).
Neste caso, assim como o envio de produtos não so-licitado, são os incômodos decorrentes das providên-cias necessárias para o cancela-mento de tais produtos ou ser-viços e a repeti-ção da conduta abusiva junta-mente com o grau de dificul-dade enfrentado pelo consumi-dor para o can-celamento, que determinam o dever da empresa em indenizá-lo.
Inscrição indevida
em serviços de
proteção ao crédito
Infelizmente, é mais co-mum do que se possa ima-ginar o fato de pessoas se-rem surpreendidas, ao ten-tar efetuar compras a prazo, por algum tipo de restrição ao crédito. Ocorre que mui-tas vezes esta inscrição é in-devida, tendo a origem em débitos inexistentes.
Nesses casos, o consumi-dor poderá socorrer-se ao PROCON ou mesmo bus-car através do Poder Judici-ário a exclusão de seu nome e também uma indeniza-ção, uma vez que o crédito faz parte dos bens imateri-ais do ser humano e seu abalo por débitos inexisten-tes é um ato ilícito passível de indenização.
Até a próxima semana com mais um assunto de in-teresse dos içarenses.

POLÍTICA - Audiência Pública na Câmara pede estudo nas lagoas do Rincão

Depois de vários protestos de donos de jet-skis na audiência pública realizada na Câmara nesta quarta-feira, o vereador Marzinho (PP) desistiu de entrar com projeto para proibição.

(Bruna Borges/Jornal Içarense)

O vereador Osmar Ma-noel dos Santos, o Marzi-nho (PP), levantou polêmica na Câmara Municipal de Içara ao declarar que o uso de embarcação motori-zada, como jet-ski, nas lagoas do Balneário Rincão, pode estar ocasionando o problema da mortandade de peixes.
Uma audiência pública foi realizada no Legislati-vo, quarta-feira, dia 23, pa-ra discutir o assunto.
“Este encontro está sendo feito para encontrarmos uma alternativa. Pois, para os moradores da Lagoa dos Esteves, a culpa da mortandade dos peixes está no jet-ski”, ressaltou Marzinho.
O primeiro a se manifestar foi o morador da Lagoa dos Esteves e suplente de vereador em Criciúma, José Argente Filho. “Na Lagoa do Faxinal, onde não trafegam embarcações a motor, foram verificadas mais mortes de peixes do que na Lagoa dos Esteves. Por is-so, podemos constatar que não é culpa dos jet-skis”, enfatizou.
Devido ao comentário de Argente, Marzinho leu trechos de um documento e-mitido pelo promotor de justiça da Comarca de Passo Fundo (RS), com argumentos que comprovavam ser o jet-ski prejudicial.
O presidente da Colônia de Pescadores Z-33, João Picollo, disse que os pescadores são defensores do meio ambiente e estão preocupados. Porém,”é prematuro proibir a utilização dos jet-skis sem antes fazer um estudo das águas”.
Um estudo aprofundado também foi sugerido pelo presidente do Iate Clube Veleiros da Lagoa, Eduardo Mondardo. “Temos que pensar mais amplo. Não só na morte de peixes, mas em todos os problemas que podem ser ocasionados pela ação do homem na lagoa”.
O presidente do PMDB de Içara, Adilton Tramon-tim, morador da lagoa, se manifestou pedindo que não fosse tomada nenhuma decisão no momento. “Quem tem que decidir é a futura administração do balneário. Estão querendo engessar o turismo no novo município”, criticou.
Convidado a falar sobre as pesquisas já feitas, o pre-sidente da Fundai, Geraldo Baldissera, disse que não foi encontrada alteração na água da Lagoa do Jacaré, onde não transita jet-ski, mas, mesmo assim, morreram muitos peixes em abril do ano passado.
“A análise mostrou que morreram apenas peixes da espécie cará, que tem u-ma vida mais curta que a dos outros”, explicou.
“Trabalhamos com a hipótese de uma doença bac-teriana na espécie. Porém, um estudo mais amplo poderá determinar a causa”, explanou o fiscal ambien-tal, Múcio Bratti Júnior.
O subprefeito do Balneário Rincão, Jairo Custódio, comentou que o novo município vai viver praticamente do turismo. Por isso, a questão deveria ser melhor discutida.

GERAL - Estudantes do EJA questionam oceanógrafo sobre tragédia no Japão

O oceanógrafo José Nestor Cardoso palestrou aos alunos do programa de Educação para Jo-vens e Adultos (EJA); e os estudantes participaram ativamente da palestra com perguntas.

(Maso Nyetto/Jornal Içarense)

Os desastres naturais, como terremotos e tsuna-mis, despertam a preocupação da população de to-do o planeta.
Os meios de comunicação estão noticiando a tragédia ocorrida no Japão, que deixou, até o momento, 9.700 mortos.
Para falar sobre o tema, o programa para Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Içara convidou o ocea-nógrafo José Nestor Cardoso, que palestrou para du-as turmas do período noturno , na Escola Quintino Rizzieri, no bairro Jardim Elizabete, terça-feira, 22.
“Quase todos os alunos são trabalhadores. Eles não têm muito tempo para ler um jornal ou assistir televisão. Por isso, nós, do EJA, temos a obrigação de mantê-los informados dos acontecimentos mundiais”, explicou a coordenadora do EJA, Dorís Iolanda Dagostin dos Santos.
De acordo com a coordenadora, a turma da alfabetização e mais a 5ª e 6ª série, participantes da aula, se mostraram bastante curiosas sobre o assunto.
“A função do EJA é recuperar o tempo perdido pelos alunos. Então, temos muitos assuntos e pouco tempo. Mas, não deixamos de trazer novidades para eles e sempre com conteúdos relacionados à vida, ao dia-a-dia”, enfatiza Dóris.
Para o palestrante, a rece-ptividade dos alunos foi muito boa. “São alunos de diferentes idades e eles participaram ativamente”, observou o oceanógrafo.
Entre as perguntas estava a preocupação com desastres naturais no Brasil. “Eles questionaram se poderia acontecer no Brasil, como ocorreu no Japão. Expliquei que a chance é muito pequena, pois o Brasil está no centro de uma grande placa tectônica”, comentou Cardoso.
Outra questão levantada foi a radiação nuclear.
“Eles queriam saber por que é necessário utilizar a energia nuclear e eu disse que é para fins energéticos, ou seja, através delas usufruímos de alguns confortos”, explanou.
Os alunos quiseram saber também sobre os perigos da exposição à radiação nuclear, o tempo que ela dura e os impactos na economia mundial.
José Nestor Cardoso formou-se em oceanografia e é professor aposentado da U-niversidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
Cardoso é natural de Içara e retornou ao município, onde faz trabalho freelan-cer como agente de viagens, dá aulas de mergulho, e realiza palestras na região, quando solicitado.

POLÍCIA - Jovens têm até dia 30 de abril para se alistar

A Junta Militar de Içara funciona das 7h às 13h e irá atender os jovens nascidos em 1993 até o dia 30 de abril, quanto termina o prazo de alistamento militar obrigatório de todos os brasileiros.

(Alex Cichella/Jornal Içarense)

Todos os jovens brasileiros nascidos no ano de 1993 estão convocados a comparecerem na Junta Militar para se alistar e assim ingressar no Exército Brasileiro.
A Junta Militar de Içara está localizada Rua Amaro Maurício Cardoso, próximo a APAE e a Delegacia de Polícia Civil. O horário de atendimento é das 7 às 13h.
De acordo com o Secretário da Junta Militar de Içara, Almir Bortolotto, os jovens tem até o dia 30 de abril para a apresentação e alistamento. E quem não comparecer para o alistamento paga multa e entra no processo seletivo do próximo ano. “Até o momento, 200 jovens já fizeram a inscrição, dentro de Içara é esperado cerca de 600 a 700 comparecimentos”, informou o secretário da Junta.
Para se alistar, é necessário apresentar alguns documentos básicos, que são: carteira de i-dentidade, CPF, duas fotos 3x4, certidão de nascimento original e um comprovante de residência.
Bortolotto confirmou que a cerimônia de dispensas está marcado para o dia 11 de agosto, na Praça Matriz São Donato, Centro de Içara.
No ano de 2010, a Junta Militar de Içara sofreu com um número muito abaixo do esperado, dos jovens que deveriam se alistar. A meta esperada (cerca de 700 pessoas) não foi atingida, sendo que apenas 557 compareceram, no período programado.
Qualquer duvida sobre o serviço de alistamento em Içara pode ser adquirido no telefone (48) 3432-7136, das 7h às 13h, ou na sede da Junta Militar.

VARIEDADES - Nova diretoria da CDL Içara toma posse nesta sexta-feira

Um jantar reservado para convidados será realizado na noite desta sexta-feira, dia 25, a fim de oficializar a posse da nova diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Içara.

(Divulgação)

A cerimônia de posse da nova diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Içara será mar-cada por um jantar, que acontece nesta sexta-feira, dia 25, às 20h, na sede Sociedade Recreativa e Esportiva Ipiranga.
O presidente José Dioní-sio Cardoso, o Déio, já está à frente da entidade desde janeiro, tendo organizado o Liquida Içara, entre outras ações para o comércio içarense.
Déio tomou o posto com novas ideias.
Ainda em dezembro, ele disse que pretendia resgatar perdas financeiras junto à Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL) de Santa Catarina e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).
O problema estava na consulta a informações do cliente no banco de dados, que apresentava um repasse diferente entre lojas do município e estabelecimentos instalados em Içara e também em outras cidades do Estado.
O lojista do município investe R$ 1,25 para a consulta, sendo que R$ 0,32 são destinados à federação e R$ 0,93 ficam para a CDL local.
Estas e outras questões serão levadas à diante pela nova diretoria da CDL.

ESPORTE - Chapecoense lidera a tabela do Estadual e Tigre é quarto

Depois da última rodada, realizada nesta quarta-feira, a tabela do Campeonato Catarinense teve algumas modificações, como a subida do Concórdia que é o quinto colocado, com 7 pontos.

(Divulgação)

O Campeonato Catari-nense 2011 está sendo disputado o returno, e o Cri-ciúma, campeão da primeira fase e com vaga garantida na final do Estadual e na Copa do Brasil, em 2012, ostenta o quarto lugar na tabela classificatória, com oito pontos.
O último ponto conquistado de forma suada foi no empate em 2 a 2 com o Im-bituba, quarta-feira, no Estádio Heriberto Hülse.
O Tigre volta a campo no domingo, dia 27, às 20h-30min,jogando contra Metropolitano, em Blumenau.
O técnico Guilherme Macuglia deve definir o ti-me no treino desta sexta-feira no Centro de Treinamento do Cristo Redentor.
A Chapecoense é o líder do Estadual, com 13 pontos, mostrando muita determinação em campo. O Verdão do Oeste é treinado por Mauro Ovelha.

quinta-feira, 24 de março de 2011

CAPA: Edição2.071 - Içara, 24 de março de 2011

Mato toma conta do Centro Cultural de Içara
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)


Moradores cobram abertura de rua no Primeiro de Maio
(Maso Nyetto/Jornal Içarense)