O blog JIdiario agora é portal JInews.com.br, com muito mais interatividade e conteúdo atualizado a todo momento. Acesse e confira.

terça-feira, 30 de junho de 2009

ESPORTES - Barão aplica goleada histórica ao vencer o União da Praia por 20 a 0

Domingo foi realizada a última rodada da primeira fase que definiu as 8 equipes classificadas: Barracão, Barão, Praia, Vila Nova, Presidente Vargas, São José, Jaqueline e União do Sul.

Barracão e Barão são as duas únicas equipes classificadas para a próxima fase que estão invictas na categoria titular do Campeonato Içarense.

O Barracão, a única equipe com 100% de aproveitamento, venceu o Barra Velha por 2 a 0. Já o Barão goleou o União da Praia por 20 a 0, com 11 gols de Bicudinho, o artilheiro da competição. Enquanto o Praia foi dominado pelo São José e perdeu por 5 a 1, sofrendo a primeira derrota. O Jaqueline eliminou o Atlético Iça-rense ao vencer de 5 a 4. Por sua vez, o SER Liri amargou mais uma goleada, desta vez por 0 a 4 para Presidente Vargas. E finalizando a rodada o Vila Nova aplicou 6 a 0 no União do Sul.

Com a finalização da primeira rodada foram disputados 36 jogos, totalizando 201 gols, tendo como artilheiro Juliano, do Barão, que marcou 15 gols.

E foi o Barão o principal destaque do fim de semana ao aplicar a goleada histórica de 20 a 0.

O coordenador de Eventos da Liga Atlética Içarense (LAI) Pedro Paulo da Rosa, o Pepa, afirmou que em todos os anos que acompanha o esporte amador nunca viu uma goleada desta, que entrará para a história do Campeonato Içarense.

Nem Toninho Laguna, técnico do Barão, esperava essa goleada e ficou surpreso com show de gols.

A maior goleada em competições amadoras no Brasil foi em São Paulo: Gavia 25 x 0 Oniopólis.

Fotos: Alex Cichella (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

VARIEDADES - Mangá: a cultura do desenho japonês em Içara

Os mangás estão presentes no mundo inteiro e são febre entre os jovens, desde desenhos como Dragon Ball Z até a Turma da Mônica. Agora, Içara conta com a primeira oficina de Mangá.

O popular estilo japonês de desenho em quadrinhos é chamado de Mangá.

Ao contrário do estilo americano, no qual se valorizam bastante os detalhes e os sombreamentos dos desenhos, o mangá dá mais valor às expressões e aos sentimentos dos personagens.

Por isso, olhos grandes e arredondados, pouca sombra e contornos limpos (geralmente em preto e branco) são características marcantes do estilo japonês de desenho.

Segundo o professor de artes e mangá, Rennato Britto, “no desenho americano, o roteiro é pouco trabalhado, ao contrário do mangá, que tem roteiros curtos e objetivos”.

A popularidade dos mangás se dá mais entre os jovens fãs e os adultos que se especializam nas técnicas de criação.

Inclusive, muitos desenhos de mangá viraram animação e se tranformaram em mania em muitos países, como as séries Dragon Ball, Naruto, Yu-Gi-Oh e Sakura Card Captors.

No Brasil, o maior mangá de sucesso, principalmente entre as crianças, é a Turma da Mônica, do artista Maurício de Souza. Poucos sabem que é mangá, mas fica mais visível na nova série, onde os personagens são adolescentes.

Agora, Içara conta com a primeira oficina de desenho e mangá. A Casa da Cultura Padre Bernardo Junkes, em parceria com a Administração Municipal, abre as inscrições para a oficina, até dia 3 de julho.

As aulas serão ministradas por Britto, que já trabalha na área há 15 anos e atualmente leciona no Núcleo Avançado de Ensino Supletivo (Naes) de Içara.

“Trabalha-se tudo o que há para se desenvolver em desenho: desde a anatomia do corpo humano, até ruas, prédios, objetos em geral, além de roteiro e arte-final”, explica o professor.

O objetivo é que as turmas criem fanzines (publicações amadoras) com as obras e tornem-se aptos para o Mercado de Trabalho na área.

Qualquer pessoa acima de 8 anos de idade pode se inscrever para as aulas semanais na própria Casa da Cultura, até a próxima sexta-feira.

Há ainda inscrições abertas para as oficinas de Street Dance, de Ballet, de Teatro e de Música, tanto na Casa da Cultura quanto em escolas de Içara.

Maiores informações pelo telefone (48) 3432-5847.

As aulas são gratuitas.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Quarto caso de suicídio em Içara, dessa vez na Esplanada

Em um pouco mais de três meses, quatro casos de suicídio em Içara foram registrados pela Polícia Civil, e com excessão desse último, os demais suicídas já apresentavam histórico de depressão.

Mais um suicídio em Içara, desta vez no Bairro Esplanada. F.R.A., 31 anos, foi a vítima.

Segundo informações da Polícia Civil de Içara, o fato ocorreu no dia 28 de junho, domingo, por volta das 17h45min, ao lado de uma clínica odontológica. Outras informações não puderam ser divulgadas pelos investigadores para proteger a identidade da vítima.

Com esse, somam-se quatro casos de suicídio em Içara neste ano. O primeiro ocorreu no Bairro Marili, cuja vítima tomou uma alta dosagem de medicamentos, vindo a falecer, há cerca de três meses. O segundo caso de sucídio ocorreu em abril, dia 22, no Bairro Poço Oito, onde V.V.B., que já tinha um histórico de depressão, segundo a família, amarrou um lençol no forro da casa, pressionou sobre o pescoço e se jogou, enforcando-se.

De acordo com o investigador da Polícia Civil, André Serra, foram encontrados remédios “tarja preta” espalhados por toda a casa. “Aqui nós não temos nenhum registro de tentativas de suicídio dele. Mas, pelo o que vimos, a situação já estava bem preocupante”, informou o investigador na época.

Já no dia seguinte, na madrugada de 23 de abril, ocorreu o terceiro caso de suicídi. G.A.T.A., 74, foi encontrado morto na orla do Balneário Rincão, entre as duas plataformas, por um grupo de pescadores.

Segundo os familiares, na noite do dia 22, o idoso (que também já tinha um histórico de depressão) havia saído de casa, após uma discussão, ameaçando se matar no mar.

Um mês antes, dia 23 de março, um corpo de um surfista, Wagner Vitório, de 31 anos também foi encontrado morto à beira-mar do Rincão, com a prancha presa ao pé. Por isso, a morte foi considerada acidental por afogamento e não suicídio.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Grevistas do INSS de Içara impedem entrada de funcionárias substitutas

Desde às 7h da manhã desta segunda-feira, os três grevistas do INSS de Içara, junto ao coordenador do Sindicato dos Previdenciários, barraram a entrada de duas funcionárias substitutas.

Os três funcionários do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) de Içara que aderiram à greve nacional bloquearam ontem pela manhã a entrada das duas funcionária contratadas temporariamente para substituí-los.

Quem estava com eles era o coordenador geral do Sindicato dos Previdenciários de Santa Catarina, Vilmar Braz de Souza (de camiseta laranja na foto ao lado), que veio de Florianópolis especificamente para esse ato.

O atendimento do INSS à população não foi interrompido, pois os grevistas não impediram que os cidadãos entrassem, apenas as funcionárias, que são de Orleans. Inclusive, algumas pessoas que passavam e tinham receio de se aproximarem eram tranquilizadas pelos grevistas. Não foi usado de violência para com as funcionárias que, calmamente, esperavam na rua por instruções da gerência.

“Essa foi uma decisão do comando estadual, em reunião, sexta-feira. Não aceitaremos que coloquem outros funcionários, para descaracterizarem a greve”, expôs o coordenador.

Também estava presente a gerente executiva da Região Sul, Marilu Scalabrini da Cunha (foto ao lado), que tentou resolver a situação “constrangedora” de forma pacífica.

Ela diz respeitar o pleiteamento, mas que o Estado não reconheceu o movimento como greve (por não haver tentativas de acordo antes dela) e, por isso, acionou a procuradoria, que providenciou um interdito proibitório.

“Estou no pleno direito de contratar funcionários para suprirem a falta do quadro. A população tem que ser bem atendida. E onde está o direito de ir e vir das funcionárias? São por esses motivos que eu repudio esse ato”, argumenta Marilu.

À tarde, o coordenador se reuniu com os representantes de Orleans que decidiram, a partir de amanhã, aderir à greve, inclusive as duas funcionárias que vinham para Içara. “Agora, só se contratarem outros funcionários de um outro município”, expôs o coordenador geral do sindicato.

Fotos: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Empossados prefeitos e secretários mirins

A posse dos prefeitos e secretários mirins eleitos na Escola Ignácio João Monteiro durante a semana, encerrou sábado as atividades do Projeto Mesa do Prefeito nas comunidades de Demboski e Linha Anta, em Içara.

Pelo menos 12 crianças receberam das mãos do prefeito Gentil da Luz e do vice-prefeito Jozé Zanolli, o certificado de participação e as orientações para continuar envolvidas nas atividades da comunidade e no relato dos problemas para possíveis soluções.

“A participação de todos é fundamental para melhorarmos a qualidade de vida da população e a visão das crianças deve ser respeitada”, destacou Gentil da Luz, logo depois de prestigiar apresentações artísticas dos estudantes da escola de primeira a quarta série.

O último dia do projeto também serviu para um balanço das atividades desenvolvidas durante a semana e, devido ao mau tempo dos primeiros dias, as máquinas devem retornar ao Demboski nesta quinta-feira para concluir a manutenção das ruas não pavimentadas.

Na próxima semana o projeto Mesa do Prefeito retorna ao Bairro Jussara e a partir do dia 7 de julho as ações serão concentradas no Bairro Vila Nova.

Foto: Simone Costa (Prefeitura Municipal de Içara)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Gentil da Luz e Acirton Costa visitam sede dos Escoteiros

O prefeito de Içara e o presidente da Câmara de Vereadores do Município, estiveram reunidos com o Grupo de Escoteiros Djalma Escaravaco, no Bairro Jardim Silvana, neste sábado.

Em 20 anos Gentil Dory da Luz é o segundo prefeito de Içara a visitar a sede do Grupo Escoteiro Djalma Escaravaco, localizado no Jardim Silvana. Antes dele, apenas o ex-prefeito Arthur Zanolli visitou o grupo.

O encontro ocorreu sábado, dia 27, junto com o presidente da Câmara de Vereadores, Acirton Costa (PMDB), quando conheceram as instalações, as atividades realizadas e os participantes do grupo.

Na ocasião foi entregue ao prefeito, pela chefia do grupo escoteiro, documento elencando as necessidades apresentadas pela entidade e os projetos em andamento, em especial o Projeto Quati, que visa o plantio de árvores frutíferas nativas por toda região.

Da Luz também fez explanação sobre os projetos encaminhados e em execução pela Administração Municipal, ficando praticamente acertada uma parceria com o grupo para efetiva participação nos ações desenvolvidas, desde que dentro das atribuições e viabilidade dos escoteiros.

O chefe dos escoteriros, Félix Rabassa, diretor-presidente do grupo, salientou que a esperança se renova com a presença de Gentil da Luz na prefeitura. "Conhecemos a história política do Gentil, com significância na juventude do partido, e acreditamos que o perfil dele continua sensível às causas a juventude, e não deixará desamparado o Djalma", apontou.

O prefeito deixou claro a intenção de parceria com os escoteiros, desde que haja uma contrapartida efetiva. "Todos os projetos da prefeitura são aprovados desde que tenham características de longo prazo, sejam comunitários e tragam benefício para toda Içara. Dentro desses parâmetros, todos serão contemplados", afirmou Da Luz.

Fotos: Alexandra Cavaler (Prefeitura Municipal de Içara)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Walterney RÉUS: ADIVINHEM DO QUE VOU FALAR... (Michael Jackson)

Na última quinta-feira, 25/06/09, por volta das 19h, estava eu aboletado na cama de um quarto de hotel, zipando canais de TV quando, passando pela CNN internacional, vi a apresentadora em tom contrito narrar qualquer coisa em inglês (razão pela qual eu não entendi patavina), enquanto a imagem mostrava uma ambulância no portão de uma mansão. Na parte inferior da tela, letras brancas sobre um fundo vermelho anunciavam: Michael Jackson is dead.

Como não entendo nada de inglês, imaginei que a reportagem estivesse fazendo alusão a alguma nova enrascada do mito pop, tipo assim: Michael Jackson é mortal... é fogo! Não demorou muito para perceber que a pobre língua inglesa estava informando que Jackson estava morto.

Confesso a vocês, leitora e leitor, que fiquei surpreso com a notícia. Afinal, ele estava agendando shows pela Europa. Mas, agendando ou não, Michael Jackson nos lembrou que a vida é fugaz, ligeira, e a metáfora figurativa que apresenta a morte como uma ceifadora é perfeita. Ela ceifa sem distinção, o que é bom! Bom porque se assim não fosse a corrupção comeria solta na hora do sorteio.

Contudo, a partir desse instante não consegui assistir mais nada que não fosse a malfadada notícia.

Trezentos canais na net e, tirando os canais infantis, o canal do boi e o de corrida de cavalos, os demais só falavam na morte de Michael Jackson. Tudo bem que o rapaz (quer dizer, ele já tinha 50... só que não notava) foi um ícone pop, revolucionou a música e os clipes musicais nos anos 80; tudo bem que ele vendeu zilhões de discos e bateu recordes, mas daí a relacionarem até uma final de um campeonato de futebol a homenagens ao de cujus, é exagero. Exagero típico de uma imprensa vampira, que suga a vida e a morte.

A partir do instante que Jackson morreu, parece que nada mais aconteceu no mundo (para azar de Farrah Fawcett, aquela loura linda das panteras anos 70, ela morreu no mesmo dia. Resultado, a morte dela apareceu no rodapé da mídia). A mídia enjoativa saiu em desespero atrás de tudo quanto é pessoa que um dia na vida cruzou o caminho do astro pop, e dá-lhe matéria, dá-lhe entrevista sem o menor sentido: “Eu estava lá naquele barraco quando ele passou a cem metros de mim... era um anjo flanando pela favela”, dizia uma mulher aprisionada pela lembrança de um longínquo mil novecentos e noventa e qualquer coisa, quando o astro visitou o Brasil. E, por conta daquele encontro, a mulher se tornou prisioneira de uma memória.

Isso sem contar a tolerância irresponsável com atos que, em outras pessoas, são execrados. O padre é um pedófilo sem-vergonha, um carcará sanguinolento, uma peste trajada de gente por assediar crianças. O astro morto, quando acusado de pedofilia, era “apenas” um homem tentando compensar a ausência de infância. Por que raios não foram ver a infância do padre, então, para lhe dar a mesma deferência?????

Michael Jackson morreu. Morreu a pessoa, morreu o corpo. O espírito segue o curso, tentando erigir templos à virtude e cavar sepulturas ao vício. Mas o comportamento superficial, rasteiro tanto da imprensa que alimenta a inutilidade, quanto do povo (nós) que dela nos alimentamos, não dá tréguas ao bem pensar. Ao invés de aproveitar o fato para avaliar a inexorável máquina trituradora de sonhos que é a indústria do entretenimento, vide, como Jackson, as mortes assemelhadas de Elvis Presley, Janis Joplin, Elis Regina, Cássia Eller, Cazuza, etc., vidas destruídas pela imposição de se viver a aparência a qualquer custo. Ao invés de darmos voz ao senso crítico para aferir se tal modelo é útil de alguma forma ao mundo, estragamos tudo com a superexposição do cadáver, com o desfile de frivolidades, de depoimentos deprimentes de milhares de pessoas histéricas por um fato que, se lhes diz respeito enquanto comunidade humana (a morte do semelhante) não lhes faz a menor diferença no que respeita ao curso de suas vidas (não deveria).

Michael Jackson morreu... mas, infelizmente para ele, morreu faz tempo.

Até a próxima semana.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

ESPAÇO LIVRE - Entre dois amores

Eu sei, não posso admitir, sou içarense, não quero perder nada, quem dirá terras.

Terra é motivo de guerras, conflitos familiares, rompimento de sociedades e amizades.

Quem quer perder? Quem quer dividir? Emancipar o Balneário Rincão é perder território. Içara será um pedacinho de terra às margens da BR 101.

Água doce, água salgada, dunas, verão, o IPTU.

Isto tudo é o racional, aplicável, o rentável. Mas como estão vivendo os moradores do Rincão? Esperando o verão para ver algumas melhorias, que não passam de maquiagem.

Pela razão, não à emancipação, mas pelo olhar humanitário, sim à emancipação; o que nos adianta ter, mas não ter?

Algo precisa ser feito com urgência de catástrofe.

É só ir lá para presenciar os anos de abandono. Há uma legião de adolescentes vivendo a sua própria sorte, morando de favores com avós, tios, vizinhos por qualquer rusga estão na rua. Famílias se formam e desformam a um piscar de olhos, filhos, quantos filhos a mercê do diabo. Adolescentes sem perspectivas, sem rumo, muitos encontrando guarita nas drogas.

A coisa é séria. O crack é “pandemia”. Muitos trabalham sob o efeito da droga. Ir para escola depois de certa idade, só a passeio. Reprovações, desistências, a escola é a ultima opção.

Hoje a rotatividade de moradores é muito grande. Uma duna, cinco tábuas já tem um morador novo, quem esta lá para impedir?

O que isto tem a ver com a emancipação? Tudo. O Balneário Rincão precisa que o Poder Público instale em definitivo, um conselho tutelar fixo e bem estruturado. Assistência social próxima e presente.

Se não houver uma mudança na forma de encarar a administração do Balneário Rincão corremos o risco de criarmos um novo Rio de Janeiro, só no que se refere às favelas, é claro.

Dorís Iolanda Dagostin dos Santos - Professora

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

Edição 1652: EDITORIAL - Greve é sinônimo de descontentes

Na década de 80, os metalúrgicos de São Paulo (ABC Paulista), encabeçados pelo líder sindical Luiz Inácio Lula da Silva (hoje presidente da República), deram início às greves no país para conseguir seus intentos, que era o reajuste salarial. De lá prá cá, as greves passaram a ser uma constante na vida dos brasileiros, alguns tiveram ganhos, outros derrotas.

Desde quando venceu aos eleições em 2002, Lula vem sofrendo com as greves. Recentemente os funcionários da Caixa Econômica Federal retornaram ao trabalho depois de 50 dias de paralisações (nas capitais) e agora foi a vez dos servidores do INSS - Instituto Nacional de Seguridade Social - que querem uma redução de trabalho sem perder os ganhos e outras regalias a mais.

A greve está prevista na lei e dentro do processo democrático, desde que não seja abusiva. Nem sempre todos estão descontentes e entram em greve, mas como é uma ação coletiva, o ato pode se tranformar em um efeito dominó, onde a maioria está propensa a perder o emprego coletivamente, enquanto uma minoria se beneficia com acordos feitos em quatro paredes. A greve não é unânime, por que na maioria das vezes a unanimidade é burra.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

sábado, 27 de junho de 2009

VARIEDADES - Jovens da Paróquia São Donato participam de mais um encontro

“Viver um dia diferente na presença de Deus” é o objetivo do 5° Encontro Paroquial de Jovens, que ocorrer neste domingo, em Içara, segundo o coordenador do grupo de jovens, Diego Vieira.

A Coordenação Paroquial da Pastoral da Juventude e o Grupo de Jovens Sacrário Vivo da Renovação Carismática Católica da Matriz São Donato de Içara, promovem o 5° Encontro Paroquial de Jovens, no próximo domingo, dia 28 de junho.

O encontro terá início às 8h, com a missa da comunidade, celebrada pelo padre Eloir Borges, que estará completando um ano de sacerdócio nesse dia.

Logo após, os jovens serão acolhidos no Salão Paroquial, ao lado da Igreja. O término está previsto para as 16h.

Neste ano, o encontro tem como tema “Nosso coração arde quando Ele fala, explica as Escrituras e parte o pão (Lucas 24:32-34)”. Tema este que está sendo vivido e estudado em toda a Igreja Católica, por ser o Ano Catequético.

O padre Eloir estará com os jovens na parte da manhã. À tarde, o Coordenador Estadual do Ministério das Crianças da Renovação Carismática Católica, Caio Rocha, conduzirá um teatro e a coordenadora paroquial da Pastoral da Juventude, Heldilen Giassi, assessorará um momento de partilha com a juventude içarense.

A animação durante todo o dia ficará com o Ministério de Música Sacrário Vivo de Içara.

A coordenação do encontro promete muita animação, oração, partilha e encontro pessoal com Deus.

O jovem coordenador do grupo de jovens Sacrário Vivo, Diego Vieira, afirma que “a expectativa é grande, estamos preparando este encontro de forma que os jovens possam participar e viver um dia diferente na presença de Deus. Nosso objetivo é possibilitar um caminho para que os jovens tentem se integrar nos diversos serviços pastorais da Igreja”.

O valor da inscrição, incluindo lanche e almoço, é de R$ 2,00, com possibilidade de ser realizada antecipadamente na Secretaria da Paróquia São Donato, em Içara, pelo telefone (48) 3432-3443.

Outras comunidades e paróquias de Içara e região também estão sendo convidadas a participar do encontro, que é aberto para todos os interessados.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Motoristas são condenados por causar mortes no trânsito

Motoristas de Içara são condenados à prisão e à perda do direito de dirigir depois de causarem mortes de inocentes em rodovias da cidade, em períodos de três anos cada.

Três motoristas foram condenados em Içara por provocarem mortes no trânsito. As sentenças judiciais referem-se a acidentes em 2006 e 2007. As penas variam de dois a três anos de detenção e a suspensão do direito a dirigir.

No dia 31 de dezembro de 2006, por volta das 15h. R.V.F. dirigia o gol placas LXH-5635, pela rua Antônio Guglielmi, no Bairro Jaqueline e, ao fazer um retorno, o motorista perdeu o controle do veiculo e acabou atingindo Wilian Lacerda Vicente, que pedalava às margens da rodovia.

O caso complicou mais ainda pois o motorista do veículo não tinha carteira de habilitação para dirigir e por isso acabou fugindo do local, deixando de prestar socorro ao ciclista.

O segundo caso, registrado em 2007, foi iniciado com , S.S.R., o condutor do caminhão Mercedes, placas IFQ-6853, que seguia pela Rua Três Ribeirões, no Bairro Marili, por volta das 17h. Quando o motorista do caminhão foi fazer uma manobra de marcha ré, acabou colidindo em uma motocicleta Honda CG-125, placa LXS-6306, que estava sendo conduzida por A.S.R. e com a caroneira Raquel Borges Recco, que foi atingida em cheio pela carroceria do caminhão e faleceu no local em decorrência da colisão.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Içara: Procon será fiscalizado em Içara

A criação da fiscalização no Procon de Içara será discutida em reunião promovida pela 2ª Promotoria da Comarca do município na próxima segunda-feira, às 13h30min. O encontro acontecerá nas dependências do Fórum de Içara, com a participação da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/Subseção de Criciúma, Prefeitura Municipal e Procon.

A reunião se deve às reclamações de consumidores de Içara recebidas pela comissão da OAB, que deliberou e enviou ofícios às autoridades locais sobre a ausência de poder fiscalizatório do Procon e sobre as queixas.

A presidente da comissão, Rita de Cássia Pagani de Oliveira, espera que o resultado seja positivo, "para que o Procon de Içara em breve possa contar com o poder fiscalizatório, garantindo a defesa dos consumidores".

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Jornalistas e presidente do sindicato participam de fórum

No auditório da Faculdade Satc, em Criciúma, nesta quinta-feira, jornalistas de diversos meios de comunicação da região, junto aos acadêmicos do curso de Jornalismo da Satc, se encontraram com o presidente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Rubens Lunge.

Os objetivos foram debater a decisão do Superior Tribunal Federal, que desobrigou a obrigatoriedade do diploma de Jornalista para exercício da profissão, e propor soluções práticas para a região.

Foi criado um conselho regional de jornalistas e de acadêmicos que deve elaborar uma proposta para apresentar a sociedade.

Lunge falou que há 54 profissões regulamentadas no Brasil, dentre elas Guardador e Lavador de Carros. Já a profissão de Médico não é regulamentada. “Isso porque a classe dos médicos é forte. Se a nossa categoria se unir, seremos mais fortes ainda. Se ficarmos de braços cruzados e conformados, seremos descaracterizados e não só nós perderemos, mas todos os brasileiros”, expôs o presidente.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Aids e drogas são temas do Seminário de Redução de Danos

“Uma nova perspectiva na atenção ao uso de drogas” é o que pretendeu oferecer o Primeiro Seminário Municipal de Redução de Danos Aids/Drogas, que ocorreu ontem em Içara.

Aconteceu nesta sexta-feira, 26 de junho (Dia Mundial de Luta Contra as Drogas), no Salão Paroquial da Igreja Matriz São Donato, no Centro de Içara, o 1° Seminário Municipal de Redução de Danos Aids/Drogas.

A Redução de Danos consiste em estratégias individuais e coletivas, que visam a diminuição das consequências prejudiciais do consumo de álcool e drogas, sem precisar se abster destes.

O dia foi marcado pelas palestras (ou Mesas). Cinco ao todo. As quatro primeiras, com apenas um palestrante e um tema cada, a última com todos em uma Mesa Redonda, isto é, um debate assistido.

Os temas abordados foram, respectivamente: Redução de Danos; Drogas na Atualidade e o Panorama do Consumo; Políticas de Prevenção e Atenção às Pessoas que usam Drogas; Direitos Humanos e Aids; Uso de Drogas; Uso de Psicofármacos na Clínica de Dependência de Drogas; Política dos Sistemas de Saúde e de Segurança Pública que assegurem a saúde e o respeito aos Direitos Humanos, sendo agente para construção do exercício de cidadania aos usuários de drogas.

Os palestrantes foram Ricardo Charão, José Francisco Neto, Beatriz Pacheco e Marcos Paulo Nacif.

Para a psicóloga do Programa Municipal DST/Aids, Zulma Pereira Velho, “é o momento para os profissionais da Saúde e da Educação, que estão aqui assistindo as palestras, obterem mais conhecimento e refletirem sobre esses temas fundamentais”.

No local ainda havia a exposição de produtos artesanais criados pela Oficina de Arte “Vida PositHIVa”, composto por um grupo de aproximadamente 30 pessoas soro-positivas do município de Içara.

Fotos: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Itamar pede um cuidado especial com os munícipes

O vereador mais votado de Içara, com 1773 votos, nas eleições de 5 de outubro de 2008, Itamar da Silva, o Ita, esteve sexta-feira na redação do Jornal Içarense e fez uma avaliação dos primeiros meses de mandato na Câmara Municipal de Içara e também da administração do Prefeito Gentil Dory da Luz.

Eleito pelo Partido Progressista (PP), Ita é oposição na Câmara Legislativa, porém segundo ele, os projetos que forem bons para o município, não serão ignorados pela bancada.

O progressista afirma, que houve um grande problema em trabalhar neste começo das gestões Legislativa e Executiva. “Foram seis meses de muitos problemas e poucas soluções, mas eu, como vereador, o que foi possível fazer eu fiz”, afirma o vereador.

Ita, comenta que o prefeito de Içara não cumpriu o acordo com os exonerados da Associação Feminina de Assistência Social (Afasi). “Infelizmente, além de não ter respeitado o acordo firmado. Tem postos de saúde fechados e vias públicas intransitáveis”.

O vereador falou que não está fazendo uma critica a Gentil da Luz, e sim pedindo um pouco mais de atenção com os içarenses.

Foto: Maso Nyetto (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Gentil da Luz lança projeto de voluntariado para atender solicitações do Bairro Vila Nova

O projeto em Vila Nova terá a finalidade da restauração da praça em frente à Paróquia São Miguel, além de uma ampliação da igreja que será feita em conjunto com a comunidade.

O projeto intitulado “Dia de fazer a diferença” foi lançado na manhã desta sexta-feira (26) pelo prefeito Gentil Dory da Luz, durante reunião na sede da prefeitura com lideranças de Vila Nova, representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), da Associação Comercial e Industrial de Içara (ACII), mais o secretário de Agricultura, Silvio Viana, e o deputado estadual, Manoel Mota (PMDB).

As solicitações da comunidade de Vila Nova, em Içara, apresentadas pelos padres Silvestre Junkes e Eloir Borges ao prefeito Gentil da Luz, devem ser sanadas, na maioria, através do voluntariado.

“Este é um projeto que já está sendo desenvolvido por mais de 1,8 mil cidades em todo o Brasil e consiste na participação da sociedade em ações coletivas”, resumiu Gentil da Luz.

No mesmo encontro ficou definido que todo dia 30 de cada mês serão realizadas ações por voluntários em parceria com entidades e prefeitura.

Em Vila Nova, o projeto vai ser concentrado para revitalizar a praça em frente à Paróquia de São Miguel, além de uma ampliação da Igreja.

“Com certeza seremos parceiros nesse projeto”, destacou o padre Eloir, acrescentando que a participação da comunidade, do poder público e das entidades constituídas do município pode ser a saída para resolver os problemas pertinentes da cidade de Içara, e acrescentou que entram juntos nesta empreitada.

Fotos: Alexandra Cavaler (Prefeitura Municipal de Içara)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Viviane MARAGNO: Conferência Municipal dos Direitos da Criança

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Içara realizou nesta quinta-feira, 25, a Sétima Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. O encontro contou com palestra do Psicólogo Luiz Claiton de Medeiros Ehlers. De acordo com a Gestora Municipal de Assistência Social a proposta da conferência foi discutir e construir uma política municipal, um Plano Decenal para “desenvolver políticas que garantam os direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)”, explica.

Segundo a secretária do Conselho de Direito, Daniela Militão de Souza, o encontro teve como desafio elaborar de forma integrada propostas para a Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, que deverão, posteriormente, “balizar a elaboração de um plano da Política de Atendimento dos Direitos da Criança e do Adolescente”.

Foram realizadas debates em cinco eixos específicos definidos: promoção e universalização de direitos em um contexto de desigualdades; proteção e defesa no enfrentamento das violações de direitos humanos de crianças e adolescentes; fortalecimento do sistema de garantia de direitos; participação de crianças e adolescente em espaços de construção da cidadania e gestão da política.

Participaram do Seminário vários segmentos da sociedade, entre eles secretários municipais, membros das organizações governamentais, conselho tutelar, poder judiciário, coordenadores, psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, membros das organizações não governamentais e sociedade civil.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

Edição 1651: EDITORIAL - Criação do Ministério da Pesca

Em visita a Santa Catarina, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva elevou a Secretaria de Pesca e Aquicultura para Ministério e empossou o catarinense Altemir Gregolin como ministro. A sanção ocorreu nesta sexta-feira em Itajaí.

A nova regulamentação vai permitir que pescadores e empresas de processamento da produção tenham acesso ao crédito rural, como ocorre com os agricultores. A legislação, a partir de agora, vai valorizar as mulheres que desempenham trabalhos complementares ao da pesca, como reparo de redes, serão reconhecidas como pescadoras e terão os mesmos direitos.

Vamos torcer que não seja mais um Ministério para se tranformar em cabide de emprego e um ninho de corrupção.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

VARIEDADES - Anunciada nova diretoria da Rede Feminina de Combate ao Câncer

Em comemoração ao 18° aniversário, foi empossada, nesta quinta-feira, em um coquetel de confraternização, a nova diretoria da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Içara.

Aconteceu nesta quinta-feira, nas dependências do Salão de Festa da Igreja São Donato, no Centro de Içara, um coquetel com as voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) para a posse da nova diretoria da entidade.

Mas antes da solenidade foi realizada uma missa especial para abençoar os trabalhos da RFCC.

A diretoria ficou composta na seguinte ordem:

Presidente: Inês Barrichello
Vice-presidente: Edite Lodetti
Primeira-secretária: Irani Floriano
Segunda secretária: Vandeci Ferrari
Primeira-tesoureira: Albertina Niehues
Segunda-tesoureira: Salete Pavei Piazza
Oradora:
Neuza dos Santos

A presidente Inês Barrichello afirmou que tem como principal meta primar pela união entre as voluntárias e, principalmente, procurar resgatar as que estão afastadas. “Para que a rede tenha um bom trabalho, precisamos de união, transparência e muito amor ao trabalho e à entidade a qual representamos”, declara Inês.

O coquetel foi, na verdade, uma festinha de aniversário, com direito à bolo, refrigerantes e salgadinhos, devido ao aniversário de 18 anos da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

A RFCC é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, fundada através do Lions Clube de Içara, com o objetivo de cuidar da saúde da mulher içarense, prestando o serviço de Exame Preventivo de Colo de Útero e Mama.

Desde a fundação da entidade içarense, Inês Barrichello é a quinta presidente escolhida para um mandato de dois anos. As dirigentes anteriores foram: Delcionir Maria de Freitas Lodetti (1ª); Nadir Casagrande, ( 2ª) Inez Rizzieri Pavei (3ª) e Eulália Borges Geremias (4ª).

Todas elas deram a sua contribuição à Rede Feminina de Combate ao Câncer, que funciona numa sala em anexo no Hospital São Donato.

Fotos: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Bombeiros gastam mais 4 mil litros de água para apagar incêndio

O Corpo de Bombeiros não sabe explicar o que causou o incêndio, que destruiu totalmente uma residência na Rua Luiz, Zilli, no Bairro Jaqueline, na noite desta quinta-feira.

Na noite de ontem, às 22h30min, a sirene do Corpo de Bombeiros fez com que moradores do Jaqueline fossem a rua para ver o que houve.

Foi então que perceberam que a residência de Marcolina da Silva, localizada na Rua Luiz Zilli, fora totalmente destruída pelo fogo.

Os bombeiros gastaram mais de 4 mil litros de água para controlar o fogo, que deixou a casa de alvenaria totalmente destruída. A família perdeu os documentos, móveis e roupas. O caminhão dos Bombeiros teve que fazer duas viagens para apagar o fogo.

Um grande número de curiososos se aglomeraram pela rua para ver o que estava acontecendo.

Marcolina perdeu tudo que tinha em casa, até uma quantia em dinheiro, que não soube precisar o valor.

Ela e a filha, Daiana, dormiram ontem na residência da vizinha Jovelina Dalmolin Bialeski.

A guarnição do Corpo de Bombeiros não soube precisar o que causou o incêndio e devem aguardar o laudo para se posicionar.

As pessoas interessadas em fazer doação a Marcolina da Silva podem entrar em contato nos fones (48) 3432-7764 e no (48) 9985-5068. Toda a ajuda será bem-vinda.

Fotos: Maso Nyetto (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Içara: Academia de letras aprova estatuto

A legalização da Academia Içarense de Letras está na reta final. O próximo passo a ser concretizado é a aprovação de um estatuto. Estas serão as normas votadas em duas assembléias marcadas para hoje e sábado, dias 26 e 27 de junho, nas dependências da Casa da Cultura Padre Bernardo Junkes.

Conforme a presidente da academia, Sônia Batista, a divisão dos trabalhos foi necessária para garantir a participação dos associados. Isto porque, segundo ela, entre os convidados para ocupar as 30 cadeiras, poucos são atuantes. “Precisamos de mais assiduidade”, alertou a escritora.

A primeira chamada da assembleia desta sexta-feira, será às 19h. E a última ocorrerá após 30 minutos. E a mesma discussão sobre o estatuto acontecerá no sábado. Porém com horário diferenciado. A reunião será iniciada às 14h, com possibilidade de ter a votação adiada por até 30min.

Além das normas, a diretoria da Academia de Letras de Içara também planeja expor os possíveis projetos para 2009.

De acordo com Sônia, a melhor ideia a ser aplicada é um concurso literário no município. Entretanto, a dificuldade para colocá-la em prática estaria na falta de recurso financeiro da entidade, devido alguns dos associados deixarem de pagar a mensalidade.

O objetivo da Academia Içarense de Letras é incentivar a publicação de livros que tenham o cunho literário e assim ajudar a divulgar e resgatar a cultura içarense, que está meio esquecida.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Mais um caso de Gripe A foi confirmado em Criciúma

A Vigilância Epidemiológica de Criciúma informa que desde os primeiros casos de Gripe A (Suína) ocorridos no Brasil, já investigou seis suspeitos. Desses, dois confirmados por exame laboratorial para a Influenza A N1H1. Um deles foi de uma mulher de 40 anos e liberada na quarta-feira. Ela havia chegado da Argentina, local onde adquiriu a doença e estava sendo monitorada em casa pela Vigilância Sanitária.

O outro caso é de um jovem de 26 anos que havia ido para o Chile. O caso dele foi confirmado ontem. “O jovem e sua família estão sendo monitorados em casa pela equipe. Os trabalhos serão realizados até domingo”, ressaltou a gerente da Vigilância Epidemiológica de Criciúma, Joyce Savi.

Ela explica que nesse período, um caso foi descartado clinicamente (não se enquadrando nos critérios de definição de caso suspeito), um negativo por exame laboratorial e dois continuam em monitoramento domiciliar aguardando resultado do exame. “Todos os casos mencionados acima, foram de pessoas que estiveram em viagem ao exterior, sendo assim, os casos positivos são considerados importados”, disse.

A equipe da Vigilância Epidemiológica continua em alerta.

A Secretaria de Estado da Saúde, através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), confirma mais quatro casos de Influenza A (H1N1) em Santa Catarina, que agora totaliza 44 pessoas contaminadas pelo vírus. Três deles se contaminaram na Argentina. Trata-se de um homem de 62 anos, residente em Florianópolis, de um rapaz de 12 anos, que vive em Joinville, e de uma mulher de 20 anos, moradora de Orleans. O quarto caso é um homem de 26 anos, residente em Criciúma, que viajou para a Argentina e o Chile. Nenhum deles necessita de internação hospitalar.

A DIVE também recebeu nesta quinta-feira o resultado da análise de um caso suspeito, que foi logo descartada a contaminação pelo vírus H1N1.

As entidades epidemiológicas de Santa Catarina continuam informando que as pessoas devem evitar as viagens para o estrangeiro quando não for obrigado.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Faixas e cartazes anunciam greve, mas INSS de Içara funciona normalmente

Dez dias de greve, apenas três funcionários do INSS da agência de Içara aderiram à greve, mas o posto funciona normalmente com substituição dos grevistas por funcionários de outras agências.

Em Santa Catarina, a greve dos funcionários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que já se segue há dez dias e é a nível nacional, ganhou força ontem, com adesão de mais grevistas. Ainda assim, nenhuma agência em Santa Catarina foi fechada, mas, muitas funcionam de forma parcial, segundo a assessoria de imprensa do INSS.

Em Içara, apena três funcionários do instituto aderiram a greve.

Segundo o gerente da agência do INSS de Içara, Antônio Fernandes, funcionários de agências de outros municípios, como Laguna e Urussanga, estão substituindo os grevistas e isso faz com que o atendimento permaneça normal.

Na agência, embora de portas abertas e funcionando em horário normal, há uma faixa que informa a “paralização” e cartazes na porta de vidro que explicam os motivos. Para quem precisa usar os serviços da agência, não faz muita diferença.

Os grevistas do INSS de todo o Brasil reivindicam a manutenção da jornada de trabalho de 30 horas semanais e a realização de concursos públicos para contratação de 20 mil trabalhadores no país, paridade entre ativos e aposentados, reestruturação das carreiras, incorporação das gratificações e melhores condições de trabalho.

Foto: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Manifesto contra STF em Brasília, pedindo saída de Gilmar Mendes

Um grupo de pessoas fizeram nesta quarta-feira uma manifestação em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, pedindo a saída do ministro Gilmar Mendes, presidente da Casa.

Foram espalharam velas e cartazes pela Praça dos Três Poderes, onde o Supremo divide o espaço com o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto.

O protesto, organizado pelo movimento, também está sendo realizado em São Paulo e Belo Horizonte.

Além de discursos dos participantes do movimento, a manifestação terá o clima das festas juninas, com direito a dança de quadrilha e casamento na roça.

Estudantes de Jornalismo aproveitaram a oportunidade para protestar contra a decisão do STF em relação ao fim da obrigatoriedade do diploma e do registro para o exercício da profissão.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Colônia Z-33 vão prestigiar visita de Lula

Na madrugada desta quinta-feira os pescadores da Colônia Z-33, do Balneário Rincão em Içara, foram para Itajaí, prestigiar a vinda do presidente Lula da Silva, que vai sancionar a nova Lei que cria o Ministério de Pesca e Aquicultura. E na oportunidade será empossado Ministro o catarinense Altemir Gregolin, ex-secretário Especial da Pesca.

O encontro está marcado para as 10h desta sexta feira no Centro de Eventos de Itajai (Parque da Marejada). Além da criação do novo ministério, Lula sancionará a lei que irá reger as modalidades para o setor.

Os integrantes da Colônia Z-33 passaram, durante o dia de ontem, participando de reuniões e palestras sobre o novo ministério em Itajaí. Além disso, um plenário de mulheres foi montado para discutir sobre as 50 casas populares que serão construidas no município.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Representantes da Faepesul se reúnem com vereadores

Os vereadores solicitaram a presença da Faepesul para que explicasse onde será aplicado o recurso do convênio no valor de R$ 150 mil, entre a entidade e a Administração Municipal.

Representantes da Faepesul (Fundação de Apoio a Educação, Pesquisa e Extensão da Unisul), membros do Poder Executivo e vereadores, se reuniram nesta quarta-feira, dia 24, no Plenarinho Adão dos Santos Moreira, na Câmara Municipal de Içara.

A intenção do encontro foi o motivo de um projeto de convênio no valor de R$ 150 mil entre a Administração Municipal de Içara e a Faepesul, PDL/055/09 que esta em tramitação nas comissões da Casa e foi retirada de votação do plenário para um melhor estudo por parte dos vereadores.

Assim, os vereadores solicitaram algumas explicações sobre sobre onde será aplicado o convênio.

Conforme os representantes da Faepesul o objetivo é o desenvolvimento e aperfeiçoamento de sistemas de informação, serviços e processos voltados ao cumprimento das atribuições e competências municipais estabelecidas no âmbito da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, capacitação de docentes e funcionários da Secretária de Educação, Cultura e Esportes do município de Içara, para melhor adequação dos profissionais com o ambiente de trabalho e com os alunos da rede municipal de ensino.

“Será realizado um planejamento de como será a educação no município. Não pensando em apenas para quatro anos, mas sim pensando no futuro da educação. E também facilitará a criação de projetos para buscar recursos no Governo Federal”; explicou o secretário Executivo da Faepesul, Carlos Alberto Nogueira de Sá.

Foto: André Dal Pont (Divulgação)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Marion SILVEIRA: Direito dos familiares de pessos desaparecidas junto à Previdência

A morte presumida está prevista em vários dispositivos da legislação brasileira. Desta forma os familiares de vítima de catástrofe ou de pessoa que simplesmente desapareceu sem deixar vestígio podem garantir judicialmente os direitos à herança, pensões, seguro de vida, indenizações e outros procedimentos legais.

A declaração da morte presumida é o procedimento legal para atestar o falecimento de vítimas de acidentes cujos corpos não foram encontrados após o encerramento das buscas e posterior declaração oficial das autoridades de que não foi possível o reconhecimento ou localização.

A Lei permite a justificação judicial da morte para o registro de óbito de pessoas desaparecidas em naufrágio, inundação, incêndio, terremoto ou qualquer outra catástrofe, quando estiver provada a presença no local do desastre e não for possível encontrar o cadáver para exame.

O artigo 6º do Código Civil dispõe que a existência da pessoa natural termina com a morte; presume-se esta quanto aos ausentes nos casos em que a lei autoriza a abertura de sucessão definitiva.

Em tragédias aéreas, como a ocorrida recentemente com o avião da Air France que caiu no Oceano Atlântico, a justiça tem declarado a morte presumida sem a decretação de ausência. Tal declaração substitui judicialmente o atestado de óbito.

Para requerer a pensão paga pela Previdência Social nos casos de desaparecimento do segurado em catástrofe, acidente ou desastre, os dependentes do desaparecido não precisam apresentar, de imediato, a declaração da morte presumida.

A Previdência Social aceita como prova do desaparecimento o boletim de ocorrência da Polícia – documento confirmando a presença do segurado no local do desastre –, noticiário dos meios de comunicação, entre outros, mas, enquanto não finalizar o processo que decretará a morte presumida, a cada seis meses os beneficiários terão de fornecer posição atualizada do processo à autoridade competente.

Para efeito de pensão previdenciária, o Superior Tribunal de Justiça já firmou o entendimento de que a concessão do benefício por morte presumida começa a contar desde a data do desaparecimento do segurado. A pensão por morte é paga aos dependentes do segurado: cônjuge, companheiro e filhos não emancipados, menores de 21 anos ou inválidos. Esses dependentes não precisam comprovar a dependência econômica, mas o companheiro(a) deve comprovar a união estável.

O instituto da morte presumida viabiliza o exercício de direitos dos familiares das pessoas desaparecidas não só junto a Previdência Social, como também o recebimento de seguro de vida, indenizações, abertura de inventário fundamental na proteção dos bens do familiar sumido ou ausente.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

ESPAÇO LIVRE - Todo mundo entende de polícia

Tenho observado através da mídia, que nos últimos tempos, diante do recrudecimento da violência no país, qualquer pessoa, sem conhecimento de causa, sem qualquer dado técnico ou cientifico, completamente leiga em planejamento de segurança pública, atrás somento dos holofotes que a imprensa proporciona, arvora-se em expert no assunto, emitindo opiniões divorciadas da realidade, sem qualquer suporte probatório, no simples afã de mostrar-se conhecedora do tema.

Em que pese a Segurança Pública ser um dever de todas, polícia e sociedade, a administração do emprego das polícias é feita por profissionais extremamente zelosos e conhecedores das necessidades locais.

Neste viés, por força da capacidade profissional, da competência legal e dos conhecimentos específicos dos índices de ocorreências e das necessidades locais, o deslocamento, o emprego, a logística e a utilização dos efeitos é uma faculdade das autoridades policias - delegados e oficias - tendo como norte, sempre, a tranquilidade, públcia e a segurança cidadã.

Desta forma, causa estranheza que pessoas que não militam o dia-a-dia da rotina polícial, que desconhecem as matizes que formam o intricado sistema de segurança pública e que ignoram o sagrado mister de dedicar integralmente sua vida em prol da socidade, se utilizem de mídia para comentar fatos e dados que nao sabem, falando como se possuíssem conhecimento de causa e dados científicos para dar sustentação aos argumentos.

Sobre dados estatísticos, emprego de policiais e viaturas, necessidade global da comunidade entre outros assuntos nao seria melhor perguntar a quem detém o conhecimento?

As informações postadas por pessaos sem conhecimento de causa denotam uma rivalidade política, interesses partidários, utilizando a segurança pública, anseio da população, como pano de fundo, o que é lamentável e prejudicial a comunidade, já que espalha um temor infundado e aumenta apenas o descrédito das instituições.

José Augusto Rodrigues
Pós Graduado em Segurança Pública PUC/RS e cabo da Polícia Militar de Içara

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

Edição 1650: EDITORIAL - Todo cuidado com a gripe é pouco

A infestação do vírus da gripe suína A (H1N1) em todo o Planeta é uma pequena amostra da fragilidade na área da saúde.

Uma gripe que iniciou no México e se espalhou rapidamente pelo mundo já infectou mais de 55 mil pessoas e causou a morte de 238, por isso deve ser tratada com maior responsabilidade pelo órgãos de saúde, antes que mate mais pessoas.

Os aeroportos e rodoviárias do país devem ter um controle maior na entrada e saida de pessoas para evitar a contaminação em série. A gripe, por si só, é uma epidemia que se alastra rapidamente, mas nunca chegou a matar, como está ocorrendo agora.

Portanto, se você está gripado, evite aglomerações e procura fazer uma alimentação balanceada e beba bastante líquido. O seguro morreu de velho.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

ESPORTES - Farben e Barreira vencem no Campeonato Suíço da Lesc

Em partidas realizadas na noite de ontem no Campo do Toni, no Bairro Aurora, a Farben venceu o Caldeirão, enquanto o Barreira ganhou do Grêmio Içarense, pela competição de suíço.

Nesta quarta-feira foram realizadas dus partidas do 1° Campeonato de Futebol Suíço da Liga Esportiva Sul Catarinense (LESC).

A Farben venceu o Caldeirão por 3 a 1, com gols de Tico e Bicudinho (2), descontando Udson.

Já o Barreiras ganhou de 2 a 1 do Grêmio Içarense, gols de Gabril e Guilherme, e de Manolo (Grêmio).

Até o momento foram realizadas 8 partidas com um total de 27 gols estes números marcam uma média de 3,4 gols por partida, foram aplicados 14 cartões amarelos e 5 cartões vermelhos. E o artilheiro da competição é Udson, do Caldeirão, que tem 3 gols, seguido de Everaldo, da Praia, e Moacir, da Blauth, com dois cada.

Na sexta-feira jogam Primos x São Domingos e Blauth do Brasil x Poço 8.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

VARIEDADES - Caminhada sobre brasas em tradicional Festa Junina

Pelo quarto ano seguido, a Família Brogni, comemora uma grande Festa Junina com direito à fogueira, quadrilha infantil e um tapete de brasas, onde os convidados caminham descalços.

A Família Brogni realiza há quatro anos, no bairro Cristo Rei, em Içara, uma tradicional Festa Junina sempre na véspera do Dia de São João. Na noite desta terça-feira, dia 23 de junho, reuniu mais de 200 pessoas, entre familiares, vizinhos e convidados.

Entre as atrações típicas de uma festa junina, como pinhão, quentão, quadrilha das crianças, amendoim torrado, cachorro-quente, pipoca e a grande fogueira, mas o que sempre se destaca no evento é o tapete de brasas.

As brasas da fogueira são dispostas pelo chão formando um pequeno corredor, por onde os familiares e convidados caminham.

Para Laudir Brogni, essa é a atração mais esperada. “Temos de passar na véspera de São João, assim manda a tradição”, explica ele.

De acordo com um dos organizadores da festa e amigo da família, Bruno Neka Dal Pont, a tradição diz que somente na véspera do Dia de São João, caminhar sobre as brasas não machuca ou arde o pé.

“Uma senhora calmamente tirou as sandálias e caminhou tranquila sobre as brasas. Foi de arrepiar para quem assistia”, conta Neka, que, ao contrário de alguns na festa, não quis se arriscar a andar por sobre as brasas.

História da Festa Junina:
Os festejos juninos começaram na Europa antiga, onde durante o solstício de verão (dia mais curto com noite mais longa do ano) era comemorado o início da colheita. Nessas festas eram oferecidos alimentos e animais a um deus Juno (“deus da fertilidade”), além da fogueira, para espantar os maus espíritos, e danças características.

Com a difusão do catolicismo, os festejos se transformaram e acabaram homenageando os santos que nasceram no mesmo período da antiga festa.

Para o Brasil, os jesuítas trouxeram a cultura. Porém, antes disso, os índios já festejavam a época, para que a colheita fosse boa. A essa mistura foi acrescentado o jeitinho brasileiro, que acabou na festa junina.

Foto: Divulgação
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - PM forma mais um grupo do Proerd no combate às drogas

Ocorreu ontem a formatura de 564 alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas de Içara, coordenado pela PM e amanhã será a vez de mais 254 formandos no Balneário Rincão.

A Polícia Militar de Santa Catarina, através da 2ª Companhia de Polícia Militar de Içara, realizou nesta quarta-feira a formatura dos alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), no Ginásio Ergino Januário Borges, em Içara. Todos os formandos cursam o 5º ano do Ensino Fundamental (antiga 4ª série) e têm em torno de 10 anos de idade.

O Proerd acontece em nove encontros semanais em sala-de-aula e, no décimo encontro, é a formatura, na qual os estudantes recebem camisetas do programa e certificados de conclusão.

A professora Terezinha Cichella Niero, da Escola Municipal Ângelo Zanelatto, do Bairro Primeiro de Maio, acompanhou os 53 alunos durante as nove aulas semanais e conta que eram bem dinâmicas e com trabalhos em grupo.

“No momento das aulas, os alunos não pareciam que iam se apropriar do que estava sendo ensinado, mas durante as outras aulas, quando um assunto geral era abordado, eles argumentavam bem de acordo com a visão que era passada no Proerd, isso significa que o curso está dando resultados”, explica a professora.

A formatura acontece em duas etapas, a primeira foi ontem à noite, quando foram formados 564 alunos, de 11 escolas içarenses.

A segunda etapa será nesta sexta-feira, 26 de junho, no Ginásio da E.E.B. Melchíades Bonífácio Espíndola, no Balneário Rincão, onde serão formadas mais 254 crianças.

A ex-aluna Jéssica dos Santos afirmou que uma das melhores experiência que teve no Proerd foi amplo conhecimento sobre os efeitos com as drogas.

“É o mais importante programa de prevenção da Polícia Militar. Os resultados são colhidos depois de um certo tempo quando as crianças se tornam cidadãos”, diz o major Jorge Luiz da Silva, comandante da 2ª Companhia da PM.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Inscrições para oficinas gratuitas só até amanhã na Casa da Cultura

Música, Street Dance, Ballet, Desenho e Teatro são as cinco oficinas oferecidas gratuitamente pela Casa da Cultura de Içara, mas inscrições só podem ser realizadas até sexta-feira, dia 26.

A Administração Municipal de Içara, em parceria com a Casa da Cultura Padre Bernardo Junkes e várias escolas do município, oferecem cinco oficinas à população içarense. As aulas já começaram nesta semana e as inscrições vão até sexta-feira, dia 26 de junho.

De acordo com o assessor cultural, Reginaldo Laurindo, não há limite para número de estudantes. “Criaremos quantas turmas for preciso para que todos possam ter as aulas, mas como elas já iniciaram, não podemos colocar, por exemplo, um aluno novo em uma turma que já está aprendendo há muito mais tempo”, explica o assessor.

Os cursos (de música, ballet, street dance, desenho e teatro) serão ministrados tanto na Casa da Cultura quanto em outras escolas de diversos pontos de Içara, por isso é importante que a matrícula seja feita no local onde se quer ter as aulas.

Na Escola Quintino Rizzieri, no Bairro Jardim Elizabete, serão ministradas as oficinas de música, street dance e teatro. Na Escola Tranquilo Pissetti, no Bairro Nossa Senhora de Fátima, as de teatro.

Já no Bairro Aurora (Mineração), as aulas serão de música, Teatro e desenho. Na Escola Maria Arlete Lodetti, no Raichaski, as de música e de Street Dance.

As aulas de desenho serão oferecidas no Núcleo Avançado de Ensino Supletivo (NAES) de Içara.

As inscrições podem ser feitas das 8h às 17h, de segunda à sexta-feira. Não serão cobradas mensalidades, a Administração Municipal oferece os cursos gratuitamente. Basta levar uma cópia da carteira de identidade ou da certidão de nascimento.

No curso de música, há aulas de bateria, violão e musicalização (partituras). Enquanto na oficina de desenho, haverá aulas técnicas de artes plásticas, desenho livre, mangá e pintura em tela.

A duração das aulas é de duas horas semanais para as oficinas de desenho, de street dance e de teatro e de 50 minutos para as de música e de ballet.

Fotos: Djonatha Geremias (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Serafim desaprova desisão do STF

O deputado estadual José Paulo Serafim (PT), protocolou terça-feira na Assembleia Legislativa de Santa Catarina duas moções em relação ao julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu a obrigatoriedade do diploma de jornalismo para o exercício da profissão.

Após votação no plenário da ALESC, que deve ocorrer nas sessões da próxima semana, uma moção será enviada ao STF repudiando a decisão, em nome do Poder Legislativo Catarinense, e outra será encaminhada ao Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, em solidariedade à classe e reafirmando a luta para encontrar alternativas que revertam essa situação.

“Não é possível aceitar essa desqualificação da atividade jornalística. Percebo claramente a necessidade da qualificação técnica para exercer a profissão como forma de colocar o jornalista em um compromisso maior com a verdade e a ética”, afirma Serafim.

O deputado defende ainda a formação acadêmica em favor das classes sociais.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Representantes mirins do Demboski são eleitos no Projeto Mesa do Prefeito

Em mais uma ação da Administração Municipal, agora no Bairro Demboski, em Içara, o prefeito Gentil da Luz tenta consciliar a participação das crianças nas ações públicas desde cedo.

Os representantes mirins dos cargos de prefeito, vice-prefeito, secretários de Saúde, Educação, Meio Ambiente, Assistência Social e Esportes, do Bairro Demboski, em Içara, foram eleitos na manhã desta quarta-feira, dia 24.

O prefeito de Içara, Gentil Dory da Luz, visitou a Escola Municipal Ignácio João Monteiro nas 3ª e 4ª séries e coordenou a eleição das crianças que serão empossadas no próximo sábado, durante o encerramento do Projeto Mesa do Prefeito na comunidade.

“A participação das crianças nas ações públicas deve ser incentivada desde cedo e nossa intenção é auxiliar nesse envolvimento, fazendo com que elas possam nos ajudar a elencar as dificuldades e dirimir os problemas”, destacou o Gentil da Luz.

Além da eleição dos representantes mirins, o prefeito também acompanha as ações das Secretarias de Obras, de Educação, da Assistência Social e da Saúde, que desde a segunda-feira estão executando atividades no Bairro Demboski para sanar as dificuldades imediatas e destacar as ações futuras na comunidade.

O Demboski, localizado no limite entre Criciúma e Içara, possui cerca de 1,5 mil moradores. E dá acesso a Cocal do Sul e Morro da Fumaça. A Escola Municipal João Ignácio Monteiro de Ensino Fundamental atende a crianças de primeira a quarta séries.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Susiane MENDES: Faça uma transação imobiliária segura

Para garantir uma transação imobiliária segura é necessário fazer uma análise dos documentos.

Antes de adquirir um imóvel é imprescindível que o comprador tome alguns cuidados antes de concretizar o negócio, do contrário, o que era pra ser a concretização de um sonho poderá causar inúmeros transtornos, se tornando um verdadeiro pesadelo.

É muito importante, em negociações imobiliárias, que antes da compra seja realizada uma correta análise dos documentos, tal prevenção pode evitar dores de cabeça futuras ao novo proprietário.

É preciso conferir, por exemplo, se o imóvel não está sendo hipotecado, com cláusula de inalienabilidade, penhorado por execução de dívida ou se é objeto de usufruto. Também se deve conferir se o imóvel está realmente transcrito em nome do atual proprietário, uma vez que se assim não o estiver, este não poderá transferir o imóvel ao comprador.

Outro fato que também não é incomum é que o imóvel ofertado contenha pendências tributárias. Assim, o pretenso comprador não pode esquecer de analisar tal possibilidade, antes de concluir a negociação.

O ideal é que o comprador já obtenha as certidões antes de consolidada a transação, mesmo antes de qualquer pagamento a título de antecipação. Portanto, para evitar que se invista em um negócio duvidoso, é de suma importância que antes da efetivação da compra de um imóvel a documentação seja cuidadosamente analisada pelo futuro dono.

Sendo assim, quem vai investir as economias na compra de um imóvel deve cercar-se de toda segurança, inclusive procurando profissionais de sua confiança para garantir que o negócio não lhe traga problemas futuros. O que pode parecer uma economia hoje, pode amanhã causar sérios prejuízos.

Até a proxima semana com mais um assunto.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

ESPAÇO LIVRE - STJ diz não ser crime pagar por sexo com adolescentes

Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concluíram que dois homens que pagaram para fazer sexo com garotas de programa adolescentes não cometeram crime de exploração sexual de menores. A decisão a Justiça do Mato Grosso do Sul revoltou especialistas em Direito da Criança e do Adolescente.

Os réus foram acusados de contratar os serviços de três garotas de programa em 2006. Teriam pago R$ 80 para duas adolescentes, que na época tinham 12 e 13 anos, e R$ 60 para uma mulher.

O caso chegou ao STJ porque o Ministério Público argumentou que o fato de as meninas serem prostitutas não exclui o crime de exploração sexual. Mas, na decisão do STJ o cliente “ocasional” que contrata uma adolescente que já é prostituta não pode ser acusado de submetê-la à prostituição ou à exploração sexual, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Eles foram apenas condenados por terem fotografados as menores em poses pornográficas.

Para especialistas em Direito da Criança e do Adolescente a decisão abre prescedentes perigosos e dá espaço para que a exploração seja continuada.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

Edição 1649: EDITORIAL - Prevenir é o melhor remédio

A iniciativa do Comando da Polícia Militar de Santa Catarina em criar o Programa Educacional de Resistência às Drogas - Proerd - que alerta os adolescentes para os perigos das drogas, tem sido de grande valia para a sociedade, que ainda se mantém refém dos traficantes, que usam os menores para venda e consumo da maconha, crack, cocaína entre outras drogas.

Depois de nove encontros semanais em sala de aula ocorreu ontem a formatura de 564 alunos do Centro de Içara, numa grande festa no Ginásio Ergino Januário Borges. Com o certificado na mão, os adolescentes se tornam cidadãos e vão ajudar no combate às drogas, como agentes conscientizadores.

Sexta-feira é a vez de mais 254 estudantes içarenses, desta vez do Distrito Balneário Rincão, receberem o certificado do Proerd.

Dar educação às crianças para formar adultos conscientes no futuro é o melhor remédio à prevenção.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

DISTRITO - Mais uma Ação Social da Família Feliz no Balneário Rincão

Voluntários da entidade içarense se revezaram nesta segunda-feira, dia 22, para realizar trabalhos sociais as pessoas carentes da Divinéia, no Balneário Rincão, e o corte de cabelo foi o primeiro deles.

Voluntários da Associação Beneficente Família Feliz, de Içara, mais uma vez fizeram presente na realização de trabalhos sociais no município.

Nesta segunda-feira, dia 22 de junho, as famílias carentes (adultos e crianças) da localidade de Divineia, no Distro Balneário Rincão, receberam os serviços de cortes de cabelo.

A cabeleireira Dircéia Dalmolin não mediu esforços para ajudar o próximo, fazendo uma boa ação com o fio da tesoura.

“Ela é mais uma voluntária que faz parte da Entidade Família Feliz, e ficamos muito felizes por ter pessoas assim, de grande coração, haja visto que é muito gratificante podermos fazer algo especial aos menos favorecidos”, enfatiza o presidente Daniel Fernandes.

“Tudo o que fizermos em favor do nosso próximo, um dia, perante a Deus teremos a nossa recompensa”, lembra.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

ESPORTES - Oito jogos deram início à 2ª fase do Municipal de Bocha

As equipes vencedoras nos jogos de ida abrem vantagem para as partidas de volta, que ocorrem nesta quinta-feira, pela 2ª fase do Municipal de Bocha 2009, em canchas espalhadas por Içara.

Na noite desta terça-feira foram realizados os oito primeiro jogos da 2ª fase do Municipal de Bocha de Içara.

A rodada foi disputada nas canchas das equipes que tiveram o melhor desempenha na primeira fase da competição e quem jogou em casa aproveitou a vantagem.

Para a próxima fase, que ínicia no dia 30, se classificam apenas seis times.

Bocha:
Figueira B 2x1 Santa Cruz
Salmi A 2x0 Barracão
Lalo C 2x0 Gonçalves
Amigos 1x2 Nori
Vânio B 2x0 Ademir A
Mãe Luzia 0x2 Ser Liri
São Rafael 2x0 Boa Vista
Nanico 1x2 V sta. Luzia

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

VARIEDADES - Cidade de Deus é o 4º na lista dos melhores filmes estrangeiros

Revista americana selecionou os 25 filmes essenciais desta década e a indicação ao Oscar seria “um dos raros momentos de clareza da Academia”, superando outras produções internacionais.

A revista norte-americana “Paste” selecionou os 25 filmes estrangeiros mais importantes da década e colocou a produção brasileira “Cidade de Deus”, de Fernando Meirelles, na quarta colocação.

O longa está à frente de produções assinadas por importantes cineastas, como Pedro Almodóvar, Wong Kar-Wai e Alejandro González Iñárritu.

De acordo com a revista, as quatro indicação ao Oscar do filme brasileiro em 2004 deixaram muitos chocados, mas teria sido “um dos raros momentos de clareza da Academia”.

O texto afirma ainda que o longa de Meirelles não precisa, no entanto, de prêmios para garantir seu lugar na história do cinema.

“Universalmente aclamado por sua honestidade visceral em descrever o crime organizado no Rio de Janeiro, o filme é o melhor tipo de obra de arte: aquela que vem de um talento não conhecido em um lugar improvável”.

Antes de “Cidade de Deus”, figuram na lista “O Labirinto do Fauno”, do mexicano Guillermo del Toro, “O Tigre e o Dragão”, do diretor taiwanês Ang Lee, e “O Escafandro e a Borboleta”, produção francesa assinada pelo diretor americano Julian Schnabel.

Constam ainda na lista “Fale com Ela” e “Volver”, de Pedro Almodóvar, o alemão “A vida dos outros”, “Amores brutos”, de Iñárritu, o romeno “4 meses, 3 semanas e 2 dias”, o francês “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, entre vários outros.

Confira a lista completa dos filmes:
1. O Labirinto do Fauno
2. O Tigre e o Dragão
3. O Escafandro e a Borboleta
4. Cidade de Deus
5. Fale com Ela
6. A Viagem de Chihiro
7. Amor à Flor da Pele
8. A Vida dos Outros
9. Amores Brutos
10. Cache
11. 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias
12. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
13. E Sua Mãe Também
14. The Best of Youth
15. Ninguém Pode Saber
16. Entre os Muros da Escola
17. Yesterday
18. Paradise Now
19. A queda – As Últimas Horas de Hitler
20. Gomorra
21. Oldboy
22. Deixe Ela entrar
23. Volver
24. Persépolis
25. Maria Cheia de Graça

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Ocorre hoje a formatura de 564 alunos do Proerd de Içara

A Polícia Militar de Santa Catarina, através da 2ª Companhia de Polícia Militar de Içara, inicia hoje, a formatura dos alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas, no Ginásio Ergino Januário Borges, em Içara.

A formatura acontece em duas etapas, a primeira hoje a noite, quando serão formados 564 alunos, de 11 escolas içarenses (municipais, estaduais e particulares).

A segunda será nsexta-feira, 26 de junho, no Ginásio da E.E.B. Melchíades B. Espíndola, no Balneário Rincão, onde serão formadas mais 254 crianças.

Todos os formandos cursam o 5° ano do Ensino Fundamental e têm em torno de 10 anos de idade.

O Proerd acontece em nove encontros semanais em sala-de-aula e, no décimo encontro, é a formatura, na qual os estudantes recebem camisetas do programa e certificados de conclusão.

“É o mais importante programa de prevenção da Polícia Militar. Os resultados são colhidos depois de um certo tempo quando as crianças se tornam cidadãos”, diz o major Jorge Luiz da Silva, comandante da 2ª Companhia da Polícia Militar de Içara.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍCIA - Um ano de Lei Seca e número de acidentes não são reduzidos

Em Içara, a fiscalização policial foi intensificada desde a aplicação da Lei 11.705 de 2008 e o número de autuações aumentou, mas o número de infratores embriagados não diminuiu.

A Lei 11.705, apelidada de “Lei Seca” no Brasil, estipulada em 19 de junho de 2008 modificou o Código de Trânsito Brasileiro e fez com que qualquer condutor que apresentasse em um teste de bafômetro 0,1mg de álcool por litro de ar expelido ou 2dg de álcool por litro de sangue fosse considerado transgressor e sujeito à pena de multa, suspensão da carteira de habilitação por 12 meses e até detenção, em casos mais graves.

Entretanto, em Içara, após um ano de aplicação da lei, o número de trans-gressores não diminuiu, apenas aumentou o número de autuações.

Segundo o relatório da Polícia Militar Rodoviária (PMRV) de Içara, em um comparativo entre um ano antes e um ano depois da aplicação da lei, isto é, entre junho de 2007 até maio de 2008 e junho de 2008 até maio 2009, foram emitidas 15 autuações a mais desde a aplicação da lei.

Entre junho de 2007 e maio de 2008, 67 autuações foram feitas no Posto Rodoviário de Içara. Sendo que de junho de 2008 até maio de 2009, o número aumentou para 82 casos.

Segundo a soldado Cristina, da PMRV, a diminuição visível ocorreu mais no primeiro mês de aplicação da Lei, mas depois, mesmo com a fiscalização maior, os motoristas continuaram como antes, dirigindo embriagados.

Em nível estadual, a PMRV registrou no ano que antecedeu a Lei, 791 autuações e, no último ano, caiu para 766. Acidentes com motoristas não-embriagados em 2007 foram 82% do total, contra 18% de embriagados. Em 2008, os acidentes causados por motoristas embriagados foi para 13,41% do total.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Içara: Discussão sobre o Plano Diretor

A partir do dia 30 de junho, em calendário programado para 10 micro-audiências, será discutido com a população içarense o Plano Diretor (PD). Nestas reuniões também devem estar presentes além de representantes do Poder Público, entidades organizadas do município e a Coordenadora do PD de Içara, Yona Bresciani, do Consórcio Hardt Engemin, empresa responsável pelo Plano.

De acordo com o secretário de Planejamento, Diego Vittorassi, as oficinas antecedem as Audiências Públicas, que devem ser realizadas no segundo semestre de 2009, e tem como objetivo fazer explanação sobre o Plano Diretor. “Nestas reuniões a comunidade terá oportunidade de esclarecer dúvidas e elencar as necessidades de cada local”, explica acrescentando que o PD é um processo de discussão pública “que analisa e avalia a cidade que temos para depois formular a cidade que queremos. Assim, a Administração Municipal de Içara, em conjunto com a sociedade, busca direcionar a forma de crescimento conforme a visão de uma cidade coletivamente construída, tendo sempre como prioridade a qualidade de vida”.

A primeira etapa já foi realizada. Um grupo de pesquisa da empresa contratada levantou, na fase do diagnóstico, cinco aspectos: uso do solo, meio-ambiente, condições econômicas, serviços, habitação e arrecadação de tributos. O prefeito Gentil da Luz ressaltou a importância de planejar as ações para superar os problemas existentes e cobrou empenho. “Peço empenho de toda a equipe, dos técnicos e secretários para que a elaboração do Plano Diretor ganhe agilidade e que o processo seja realizado de forma, realmente, participativa onde todos os moradores assumam a tarefa de construir um futuro melhor para a cidade promovendo, assim, o direito da cidadania”.

O PD é uma lei municipal que estabelece diretrizes para a ocupação da cidade, edeve identificar e analisar as características físicas, as atividades predominantes.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

GERAL - Área do antigo lixão no Poço Oito sem data para ser recuperada

Promotoria de Justiça aguarda cópia do processo integral do licenciamento da Fatma. Procurador da Prefeitura não tem tempo de agendar reunião com CSN e Santec não dá declarações.

A área que o antigo lixão ocupava, no Poço Oito, em Içara, ainda não foi recuperada e parece que não será tão cedo.

De acordo com o promotor Márcio Rio Branco de Gouvêa, da 1ª Promotoria de Justiça de Içara, responsável pelas questões de ambientais, foi solicitado à Fundação do Meio Ambiente (Fatma) uma cópia integral do processo de licenciamento da área. A Fatma, no entanto, teve um prazo de 90 dias para fazer a entrega e até agora não o fez.

Conforme Gouvêa, o não manifestamento da Fatma após o prazo poderá ser caracterizado como crime.

Segundo o promotor de justiça, a Fatma não entregou os documentos alegando não tê-los todos ainda.

O promotor contactou também o procurador geral do município, Walterney Réus, pois a administração municipal pretendia construir uma zona industrial no local. Réus ficou de procurar documentos para o promotor, mas ainda não deu retorno.

O procurador disse que precisa marcar uma reunião com as empresas Santec e Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), que teriam ficado responsáveis pela recuperação do local, e que ainda não tinha feito por falta de tempo.

“A CSN foi a empresa que minerou a região e, por uma sentença judicial, ficou também responsável pela recuperação”, explicou Réus.

A empresa Santec Resíduos, segundo o promotor, disse que estaria apenas esperando a decisão da prefeitura, se iria construir a zona industrial ou não, após isso a Santec estaria pronta para iniciar a recuperação do local.

A auxiliar administrativa da Santec, Naiara Brina, recusou-se a dar entrevista ao Jornal Içarense, solicitando que as perguntas fossem enviadas previamente por e-mail, que seria respondido em pelo menos um dia. Mesmo assim, o e-mail não foi respondido até o fechamento da matéria.

Assim, não há previsão para a recuperação da área.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - André Juncoski pede melhorias na SC-444

Preocupado com o descaso por parte do Governo Estadual com a Rodovia SC-444 o vereador André Mazzuchello Jucoski, o Polakinho, do Partido Social Democracia Brasileira, (PS-DB) solicitou a mesa diretora da Câmara Municipal Legislativa para que seja realizada no próximo mês de julho uma audiência Pública, para tratar do assunto.

A audiência foi marcada para o dia 31 de julho, no Salão Paroquial do Bairro Vila Nova, em Içara. E contará com presença do secretário de infra-estrutura do Estado, Mauro Mariani, o diretor regional do Departamento Estadual de infra-estrutura (Deinfra), Lourival Pizzolo, e o Prefeito de Içara, Gentil Dory da Luz.

Tendo, aproximadamente, 21,2 km de extensão, é a principal via que liga o Distrito Balneário Rincão, em Içara, à Criciúma.

O vereador tucano já fez contato com o Deinfra. “A principio eles não queriam realizar a obra alegando falta de dinheiro, foi então que senti a necessidade de realizar uma audiência pública com os Içarenses”, salientou.

Segundo Polakinho será preciso fazer melhorias em toda a malha viária, pois a situação é precária em todos os trechos. Além disso seria necessário a construção de três trevos alemão, como forma de facilitar o acesso dos motoristas aos bairros cortados pela rodovia estadual.

Foto: Maso Nyetto (Jornal Içarense)
Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

POLÍTICA - Gentil se reunirá com vereadores semanalmente antes das sessões

Os vereadores de Içara, por intermediação de Jurê Bortolon, foram convidados pelo prefeito Gentil Dory da Luz, para se reunirem com ele e os secretários, todas as segundas-feiras, às 17h.

A bancada de vereadores do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), encaminhou segunda-feira, uma iniciativa para tentar aproximar o Poder Executivo do Legislativo de Içara.

Por iniciativa do vereador Jurê Bortolon (PMDB) será realizada uma reunião entre so representantes do dosi Poderes, todas as segundas-feiras, as 17h, no antigo gabinete do prefeito, atual sala de reuniões, no Paço Municipal.

O presidente da Câmara de Vereadores, Acirton Costa (PMDB), acredita que iniciativa será produtiva para o municipio. “Com isso iremos trabalhar juntos, Prefeitura e Câmara” informa o vereador.

Segundo ele muitos projetos que são encaminhados, só é tomado o conhecimento no momento em que eles vão avaliar. “Vamos acabar com esse vácuo entre os dois poderes e fazer uma administração totalmente unida” enfatizou.

O prefeito Gentil Dory da Luz avalia como positiva a posição dos vereadores para administrar em conjunto, mas acredita que está união será apenas reforçada. “Os 40 projetos que encaminhamos à Câmara, foram aprovados, a maioria por unaniminidade. Isso mostra que já há um elo, e que iremos apenas reforçá-lo”, afirma o prefeito.

O encontro contará todas as semanas com a presença de dois secretários do município.

Para próxima segunda feira, dia 29 de junho, estarão presentes o vice-prefeito de Içara e Presidente do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (Samae), José Zanolli e a Gestora Municipal de Saúde, Mira Dagostin.

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.

COLUNISTA - Élza de MELLO: Nuances de Vidas em Crônicas (Parte 1)

O vento gelado não deixava dúvidas de que estávamos vivendo o Inverno. Especialmente, o primeiro dia de Inverno.

Era de manhã cedinho, e eu estava vindo pela rua Anita Garibaldi. Lembrei de meus dias de estudante no Ginásio Normal Dom Jaime de Barros Câmara. Era a rua Anita Garibaldi que eu percorria até o Colégio Estadual Antônio João (hoje Salete Scotti dos Santos). Lembrei de meus colegas de curso, alguns bem mais fixos em minha memória. Outros já se diluindo pelo distanciamento das vivências. São lembranças benvindas, com certeza.

Bem... ao atravessar a Rua Vitória, olhei para o Supermercado Moniari, lembrando o Mercado do Pedro Casagrande, que em nossa adolescência supria bem a freguesia da rua. A lembrança do sorriso de dona Palmira parece que iluminou a manhã gelada.

Entre o pote da manteiga caseira e a costelinha de porco, da hora, dona Palmira atendia às senhoras que supriam a mesa com a refeição matinal e já preparavam o almoço. Seu Pedro lhe fazia companhia e as crianças pegavam certo no horário em que não estavam na escola. Não era feio e nem proibido os pais conduzirem os filhos ao trabalho, no albor da vida.

Então quando cheguei à próxima esquina, tomei a direita e passei para a Rua São Donato, e dali à Rua Duque de Caxias. As árvores espalhavam a última florada, nas lajotas que revestem a rua, já fragilizada pelo frio. Espiei entre os arbustos e o meio-fio da calçada, e avistei no alto o educandário Cristo Rei.

Veio-me a lembrança de um tempo em que a rua era sem revestimento algum. O trilho da ferrovia cortava a rua e havia sempre as manobras do trem carvoeiro, que chegava ou saía, com os vagões carregados para os portos. Parece que ainda podia avistar o seu Doro a abrir a portinhola da caixa do embarque do carvão e, acima, os caminhões manobrando e descarregando o escuro minério na caixa. Seu Dorvino, seu Botinha (Ataíde Serafim), seu Salvino eram os motoristas que nas idas e vindas da mina à caixa de embarque do carvão, davam carona aos alunos e também aos professores que se dirigiam à outras comunidades para lecionar. Não havia horários de coletivo para suprir a demanda do horário escolar. Eram os motoristas da empresa carbonífera que davam este suporte aos educandos e educadores de Içara.

Tão profunda era a minha recordação que tive medo de acordar as pessoas que já dormem o sono da eternidade. Mas as saudades falaram mais alto e parece que eu ia tropeçar nos dormentes do trilho, quando despertei do devaneio ao som de uma buzina. Não era o tão conhecido apito do trem, era uma buzina de automóvel que me alertava. Desperta, não encontrei mais a paisagem que se descortinava a poucos instantes.

O que pude presenciar foi a mudança das três últimas décadas. Eu também já não era a menina daquele tempo.

Faltava, a poucos metros dali, a casa sempre cheia de aromas dos doces da dona Lora. Não havia também o vai-e-vem da juventude para os treinos no campo do Caiçara. Fechado entre muros, o Caiçara fica fora da visão dos caminhantes e fãs de um tempo em que tínhamos a visão nos craques da turminha: o Rogério, o Valdir, o Heitor (Valvassori), o Rafael (Mazzuchello) o Tarcísio, o Lembreia (Casagrande), o Ginho do Berdardinho, e vai por aí à fora.

A fachada da Casa do Rock, imponente e obtusa, me fez lembrar de que vivemos um tempo diferente. É o tempo de novas construções, onde o alicerce do que vivemos é a argamassa mais sólida na cultura de nossa gente, e na paisagem de nossa terra.

Até a próxima semana com a continuação deste assunto.

Nuances de Vidas em Crônicas (Parte 1)
Nuances de Vidas em Crônicas (Parte 2)
Nuances de vidas em crônicas (Parte 3)
Nuances de Vidas em Crônicas (Parte 4)
Nuances de Vidas em Crônicas (Parte 5)
Nuances de Vidas em Crônicas (Parte 6)
Nuances de Vidas em Crônicas (Parte 7)

Participe: Deixe abaixo o seu comentário, sua opinião.